Tempo de leitura: < 1 minuto

O governo estadual e o Ministério da Saúde confirmaram hoje o apoio das Forças Armadas no combate à dengue na Bahia. 14 médicos infectologistas, clínicos e pediatras do Exército e da Marinha atuarão em Itabuna e Salvador, segundo a Sesab. As Forças Armadas também vão liberar atendentes de enfermagem.
De acordo com a assessoria do governo estadual, os médicos atuarão em sistema de rodízio. Quatro médicos do Exército e outros quatro da Marinha passarão 15 dias em Itabuna e outros seis em Salvador. Após esse prazo, os profissionais da capital vão para o interior e vice-versa.
Ainda não foi definido em quais unidades de hidratação de Itabuna vão atuar estes médicos.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.