Tempo de leitura: 2 minutos

dengue-aedes3Bateu o desespero em autoridades em saúde em Itabuna. Relatório concluído há pouco, indica um novo aumento nos índices de infestação do mosquito da dengue no município. Os números foram obtidos pelo Pimenta, com exclusividade.
Realizado entre a quarta e a sexta da semana passada, o Levantamento Rápido de Infestação de Aedes Aegypti (LIRAa) aponta que o percentual de casas infestadas pelo mosquito transmissor da doença saltou de 16,5%, em novembro do ano passado, para 16,8%, agora em março – o que mantém o alerta de surto epidêmico.
Isso significa que praticamente 17 de cada grupo de 100 casas visitadas pelos agentes de combate à dengue apresentam larvas do mosquito. O número indica que a doença não cede e o trabalho dos agentes apresenta falhas gritantes. A cidade já era bicampeã nacional em infestação do mosquito.
Este índice levantado no LIRAa ainda não seria o número real, segundo fontes contactadas pelo Pimenta. O índice seria superior a 20%. O trabalho de combate ao mosquito é feito por agentes da secretaria municipal de saúde.
Uma fonte  experiente no combate à dengue explica que o número de casos de pessoas vítimas do mosquito caiu por conta da aplicação do fumacê em toda a cidade.
– Porém, o fumacê só combate o mosquito, e na fase adulta. É preciso combater as larvas, fazer um trabalho de identificação dos focos de reprodução do Aedes aegypti, aplicar larvicidas e remover quaisquer objetos que possam acumular água e vir a ser criadouro do mosquito.
O alerta ainda vai para as condições de saneamento básico em Itabuna. Várias localidades apresentam grandes problemas de abastecimento de água. Os canais de macrodrenagem não passam por limpeza, apesar da orientação do Ministério Público Estadual. “Tudo isso é um conjunto de fatores que colabora para a manutenção deste quadro epidêmico em Itabuna”.

4 respostas

  1. É de constatar pelo li aqui no pimenta que em vez de melhorar o combate neste ano de 2009 a situação piorou, o numero sobiu de 16,5 p/16,8 e ainda pode ser 20. resta uma pergunta que nao ofende ninguem: e agora de quem é a culpa, era do governo passado, era realmente do secretário Dr.Jesuino como muitos condenaram a todos os cantos e ventos, é dos agentes da dengue, é do povo que nao entendeu ainda do perido que ronda a cidade, é dos meios de comunicação que nao informa, é quem. O fato que é com tristeza que vejo a situação piorar cada vez mais, nada melhorou, então o que está acontecendo, onde estão os supervidores da 7ª Dirres, os Homens da funasa. Tá vendo por esses resultados que é de um conjunto mais complexo de ações que o próprio site faz e que precisa ser combatido pelo Prefeito e seu Secretário atual da saúde Dr.Antonio Vieira que parece não ter noção de nada me desculpem, tá por fora das coisas, nao tem uma equipe coesa e que possa diminuir esse problema que a partir de agora, já vi e constarei que nao era do governo passado como queriam, mas de falta de continuidade dos processos que estavam am andamento e nao foram aplicados, infelizmente e o resultado disso tudo é o sofrimento do povo.

  2. Eu tenho uma dúvida e gostaria de saber se alguém poderia saná-la: se o aedes tem hábito diurno por que o fumacê na minha rua só passa pela noite?

  3. Seria possivel usar uma indicação atraves de uma pintura vasada indicando as casas onde foi encontrado o foco de dengue para conhecimento da sociedade e possivelmente tomadas de providencias por parte dos seus proprietarios como medida de superaçãso desse terrivel mal?

  4. A PREMEIRA PERGUNTA É A SEGUINTE:
    1º QUANDO É QUE O PREFEITO ELEITO PELA SOBERANA VONTADE DO POVO DE ITABUNA VAI ASSUMIR SEU MANDATO, OU VOTAMOS EM sgt GILSON ENGANADOS?
    2º É FACIL CRITICAR DIFICIL É FAZER!!! CONCORDA SECRETARIO VIEIRA, SAIA DA LUA E POUSE NO AEROPORTO TERTULIANO GUEDES DE PINHO. SAÚDE!!!! ISSO EXISTE EM ITABUNA??
    3º DESDE JANEIRO ATÉ HOJE 22/04/2009 ÁS 18:00 NÃO EXISTE MATERIAL PARA COMBATE A DENGUE,UNIFORME,IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL,OS AGENTES DE COMBATE A DENGUE PARECEM “”ESMOLÉS”” NEM FARDA TÊEM!!! A PREFEITURA DO BLÁ BLÁ BLÁ!!!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.