Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner: sede da Ufsulba em Itabuna.

A edição desta semana do programa Conversa com o Governador antecipa que a sede administrativa (reitoria) da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsulba ou Unisulba) será mesmo em Itabuna.
De acordo com o governo baiano, a universidade federal do “Oeste terá sede em Barreiras e campi em Luís Eduardo Magalhães e Bom Jesus da Lapa e, a segunda [Ufsulba], com sede em Itabuna e campi em Porto Seguro e Teixeira de Freitas”.
No programa, Wagner ressalta a expansão do ensino superior federal no estado. “Dilma está fazendo justiça com a Bahia, que tinha um número de escolas de nível superior do governo federal, muito aquém do que a nossa população precisa e muito aquém do que a Bahia merece”.
A presidente Dilma Rousseff anunciará as quatro novas universidades federais brasileiras, duas delas na Bahia. Nos bastidores, políticos baianos davam como certo a sede da Ufsulba em Itabuna devido ao forte apoio da bancada federal. Mas não se posicionaram temendo “puxão de orelha” da presidente.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O assunto saiu da mídia, mas nem por isso a possibilidade de privatização da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Itabuna (Emasa) deixou de ser uma preocupação para o “Comitê em Defesa da Água contra a Privatização da Emasa”. O grupo reúne políticos e sindicalistas, como os ex-vereadores Luís Sena e Emanoel Acilino.
O comitê se reuniu na noite desta segunda-feira, 15, e deliberou sobre a organização de um seminário no mês de outubro, com a finalidade de discutir os seguintes temas: captação e distribuição de água, saneamento e esgotamento sanitário, e a despoluição do Rio Cachoeira.
Serão convidados representantes da Assemae, Embasa, Emasa e governos de municípios das bacias dos rios Almada e do Cachoeira.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vale o esforço, a intenção, mas o anúncio institucional (filme, diriam os publicitários) de clubes de serviço conclamando políticos, empresários e sociedade a reivindicar a reitoria da Ufsulba ou Unisulba (Universidade Federal do Sul da Bahia) soou forçado. Veiculado nas tevês locais, lembra aquela velha história dos gansinhos unidos. O problema é que texto, imagens e voz não estão, digamos, harmônicos. Culpa da correria necessária para pressionar a fim de que o sul da Bahia seja (fosse) ouvido.
Quanto à universidade, o anúncio de criação será feito nesta terça (16) pela presidente Dilma Rousseff, acompanhada pelo governador Jaques Wagner.
 

Tempo de leitura: < 1 minuto

Garrafão deu zig no credor e usou cheque da prefeitura.

O ex-prefeito de Floresta Azul, Carlos Hamilton “Garrafão”, está sendo procurado por dar um golpe de R$ 6 mil na empresa Renato Baterias, em Itabuna. Garrafão Hamilton comprou 12 baterias para carros de passeio e caminhões-caçamba e apresentou dois cheques pré-datados como garantia, no valor de R$ 3 mil cada.
Suspeita-se que as baterias tenham sido adquiridas para a frota de caminhões do prefeito e de parentes, além de parte da compra ter sido desviada para a fracassada campanha eleitoral de Garrafão. “Ele dizia que era para carro de som”, afirma Renato Andrade, dono da empresa.
As compras foram feitas em junho daquele ano. Depois de peregrinações na prefeitura, Renato conseguiu os cheques como garantia. Só que os borrachudos bateram “fofo” por duas vezes (confira aqui e aqui) e desde outubro de 2008 que o empresário faz incursões em Floresta Azul e Itabuna, sem sucess.
Garrafão perdeu a disputa eleitoral e deu “zig” no credor. A prefeita eleita, Sandra Cardoso, não topou quitar a parada.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tiago Francisco dos Santos, 25, trabalha há quatro meses na prefeitura de Itabuna. Hoje, o auxiliar de serviços gerais não pôde dar expediente. É que não satisfeito com os caraminguás que recebe do município, partiu para complementar a renda apropriando-se do alheio.
Juntou-se ao “amigo” Phellipe Batista Santos, 20 anos, na empreitada. Roubaram uma estudante no bairro Zildolândia. Para sorte da jovem, a polícia estava por perto e a dupla, nada sertaneja, foi parar atrás das grades.
Tiago disse ao Radar que nunca roubou e até agora não sabe porque decidiu complementar renda “trabalhando” na iniciativa privada. O auxiliar de serviços gerais, por enquanto, dará expediente no Complexo Policial.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Itabuna achou um jeito de ficar um passo à frente da turma que faz de tudo para assumir a paternidade da Universidade Federal do Sul da Bahia. Na sessão especial que discutiu o assunto na manhã desta segunda-feira, 15, no auditório da FTC, um assessor da Secretaria da Educação transmitiu a seguinte mensagem de Azevedo: “se a reitoria da universidade vier para Itabuna, a Prefeitura dará o terreno do campus”.
Dizem que o prefeito raciocinou que, como não pode se arvorar de pai da criança, haja vista não ter sequer chegado perto do “quarto” em que ela foi concebida, Azevedo quer pelo menos ver se vira padrinho do rebento.
“Bem, o berço ele já ofereceu”, afirma um empolgado ajudante de ordens do capitão.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pouco caso, desprezo, omissão, negligência… Todas essas palavras servem para definir o comportamento do governo ilheense diante da lenta e implacável deterioração de um prédio que, além de fazer parte do patrimônio histórico da cidade, abriga um acervo bibliográfico precioso, com obras valiosíssimas já catalogadas.
Em fevereiro, a Biblioteca Pública de Ilhéus foi desativada porque um laudo técnico identificou perigo de desabamento do prédio. Havia risco à integridade física e até mesmo à vida de quem trabalha ou utiliza o espaço para leitura e pesquisa.
Abandonado, o prédio serve hoje para denunciar a irresponsabilidade criminosa de quem governa de costas para a cultura, a educação e à cidadania, numa atitude troglodita.
A foto acima, publicada no blog Sarrafo, mostra a única utilidade da velha biblioteca no presente: sob o patamar, na frente do prédio, moradores de rua têm enfrentado as noites. Talvez não imaginem o risco que correm.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ex-noivo pode ter ordenado o sequestro de Marcela Andrade

Conforme a polícia de Ubatã já havia antecipado, o ex-noivo de Marcela Dantas Andrade, 16, é o principal suspeito de ter sequestrado a adolescente. Marcela foi apresentada pela família à polícia, por volta das 16 horas, desta segunda-feira, 15, depois de ficar cinco dias em poder dos sequestradores.
Na quarta-feira, 10, três homens armados e com as cabeças e rostos cobertos por capacetes invadiram a casa de Marcela. Um dos bandidos ficou à espera dos comparsas, em frente à casa da jovem.
A polícia acredita que o crime tenha ocorrido por motivo passional. O pai de Marcela determinou o fim do relacionamento dela com o rapaz de 27 anos que agora é o maior suspeito de ter comandado o sequestro. O ex-noivo não se conformou com a proibição de manter o noivado.
 

Tempo de leitura: < 1 minuto

Evaldo foi sequestrado ontem à noite (Arquivo pessoal/Pimenta).

Uma quadrilha sequestrou ontem à noite, em Itacaré, o empresário Evaldo Galvão, dono da pousada Shambala e da Pizzaria Beco das Flores. Quatro homens usaram um Fiat Uno para render e levar a vítima que, no momento, estava entrando numa picape.
A Ford Ranger, placas HAB-7164, licença de Juiz de Fora (MG), que pertence a um dos sócios do empresário. O carro foi abandonado pelos sequestradores em Serra Grande, balneário de Uruçuca, no sul da Bahia.
A polícia civil em Itacaré tomava depoimentos, há pouco, e somente se pronunciará sobre o caso no início desta noite. Nenhum contato foi feito por parte dos sequestradores até agora, 20 horas depois da ação criminosa em Itacaré.

Tempo de leitura: < 1 minuto

As provas do concurso da Petrobras serão realizadas no próximo dia 28 e, de acordo com a Cesgranrio, 173.686 candidatos se inscreveram na disputa por 590 vagas. Dá uma média de 294 candidatos por vaga. Os salários variam de R$ 1.801,37 a R$ 6.217,19. O cargo com maior número de inscritos é o de advogado júnior. São 15.479 inscritos para apenas cinco vagas.
O salário para advogado júnior é de R$ 4.117,07, mas remuneração mínima mensal de R$ 6.217,19. Não é só isso que justifica a forte concorrência pelas vagas ofertadas. A imagem da maior empresa brasileira e uma das principais petrolíferas do mundo e a possibilidade de evolução na carreira, também contam. Muito.
Mas a maior concorrência ocorre na disputa por vaga de analista ambiental júnior com formação em biologia: 4.692 candidatos disputam a única vaga ofertada, com salário e remuneração mínima iguais às de advogado júnior.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após a descoberta de plágio e a anulação ocorridas no mês passado (relembre aqui), novas provas do concurso público da prefeitura de Coaraci foram aplicadas ontem. A prefeitura optou pela manutenção da IEPDM, que antes havia se desculpado pelos plágios, desorganização etc e tal.
Ontem, candidatos se depararam com provas novamente mal formuladas, ricas em erros, questões em duplicidade, perguntas de enfermagem na prova para área de assistência social.
Hoje, um grupo se reuniu para entrar com representação no Ministério Público estadual, não sem antes dar uma conferida em provas similares realizadas em outros estados para averiguar possíveis plágios .
Pode vir mais “dor de cabeça” para a gestão municipal, pelo jeito.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA) auditaram contrato de R$ 26 milhões entre a Embasa e o Consórcio Porto Seguro, para fornecimento de programa de computador e treinamento. A lupa dos técnicos teria encontrado superfaturamento que em reais equivale a 6 milhões.
A direção da Embasa alegou que o valor estaria dentro do pago pelo mercado, mas a justificativa não convenceu aquele que é a pedra no sapato do governo Wagner, o conselheiro Pedro Lino. O caso vai parar nos ministérios públicos Estadual e Federal, segundo a edição de hoje d´A Tarde. Detalhe: somente a Consórcio Porto Seguro participou da licitação que teve dois aditivos.

Tempo de leitura: 2 minutos

Serviço tem alta aprovação popular, mas o salário...

Os funcionários do Samu 192 de Itabuna recebem os mais baixos salários da Bahia e reclamam da desvalorização. Técnicos de enfermagem, por exemplo, recebem praticamente a metade de profissionais da mesma área e que atuam no Samu de Ilhéus e Vitória da Conquista.
O salário deste profissional no Samu itabunense é de R$ 800,00, enquanto em Ilhéus e Vitória da Conquista paga-se quase o dobro, R$ 1.400,00.
– A gente vai ao secretário [Geraldo Magela] para cobrar equiparação e ele sempre fica empurrando e dizendo que aumenta quando a [gestão] plena retornar. Essa enrolação não é de agora – reclama uma das vítimas do arrocho.
Sobre o valor do salário ainda há o desconto de 8% do INSS. Líquido no bolso do técnico, só R$ 736,00. Médicos e enfermeiros também reclamam das condições precárias de trabalho e da remuneração baixa.
Os técnicos recebiam R$ 1.200,00 quando o Samu foi implantado em Itabuna, em 2004. Quando a contratação dos profissionais passou a ser feita pela Sodesp, em 2006, o salário caiu para R$ 600,00. “Foi uma vergonha”, relata um técnico em enfermagem”. A remuneração passou a R$ 800,00 quando a oscip saiu de cena.
A desvalorização atingiu todas as categorias que trabalham no Samu, segundo uma técnica ouvida pelo PIMENTA. Todos preferem não se identificar porque não são concursados e temem a perda do emprego. No comparativo com outras cidades, a defasagem é ainda maior entre os enfermeiros.
Magela promete melhoria salarial.

Por telefone, o secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, disse que negocia com o sindicato dos servidores reajuste para todas as categorias do Samu 192. Ele reconhece a defasagem salarial em Itabuna, mas promete pagar até janeiro de 2012 o mesmo que recebem os profissionais de Ilhéus. “Todos vão ter recomposição já neste mês”, anuncia. “A gente já fez levantamento e só falta fechar acordo”.
A previsão de Magela é de um maior desembolso do município na contrapartida para manutenção do Samu 192, hoje em 20%, e que deve subir a 30% devido ao pagamento de salários. O Samu é mantido com 50% de recursos do Ministério da Saúde, 30% da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e 20% do município.