Tempo de leitura: < 1 minuto

Fiéis confeccionam tapete na rua da catedral itabunense (Erivaldo Bonfim).
Fiéis confeccionam tapete na rua da catedral itabunense (Erivaldo Bonfim/Arquivo).

A celebração pelo Dia de Corpus Christi começou logo cedinho, em Itabuna, e terá continuidade. Às 15h30min, haverá exposição do Santíssimo Sacramento. Às 16h, o bispo Dom Ceslau Stanula conduzirá a concelebração eucarística do Corpo e Sangue de Cristo. A tradicional procissão pelas principais avenidas do centro começará logo depois.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bacelar quer adiamento de convenção (Foto Gustavo Lima/Ag. Câmara).
Bacelar: adiar convenção (Gustavo Lima/Ag. Câmara).

A cúpula governista está de olho nos passos do PR na Bahia. O deputado federal João Bacelar defendeu que o seu partido adie a convenção estadual para o dia 30, após a realização da nacional.
Bacelar, acusado recentemente de atuar como “comprador de emendas”, defende o adiamento por entender que seria necessário para “esperar a decisão da executiva nacional”.
Embora o PR esteja na base governista na Bahia, é grande a possibilidade de que o partido desembarque da campanha do petista Rui Costa para apoiar o democrata Paulo Souto.
O PR poderá apoiar a reeleição de Dilma Rousseff (PT) ou até mesmo lançar candidatura própria. O senador Magno Malta é o nome do partido na disputa presidencial, pontuando com 2%, segundo a pesquisa CNI/Ibope.

Tempo de leitura: 2 minutos

YASUYOSHI CHIBA
Iniesta e Casillas deixam campo desolados (Reprodução Yasuyoshi Chiba/Fifa).

José Sámano | El País

O futebol é amnésico, e amanhã é ontem. Quatro anos depois de Johanesburgo, e apenas dois depois da Eurocopa de Kiev, a Copa do Brasil foi o Titanic espanhol.

A Espanha que mais merecia um adeus honroso encerrou seu conto de fadas de forma espantosa, com uma decepção mundial. Um torneio que ficará gravado para sempre como um pesadelo, assim como seus triunfos também prevalecerão. Contra o Chile, o campeão continuou na lona, completamente atordoado depois do desabamento monumental perante a Holanda.
Não houve gongo que a salvasse, e o borrão é de tal calibre que a Roja, rota e desbotada, se tornou a primeira seleção a ser eliminada no Brasil, junto com a irrelevante Austrália. Desde a França-98, a seleção não deixava uma Copa pela porta de trás, na primeira fase. Naquela ocasião, a Espanha havia metabolizado o pessimismo crônico até a medula. Agora, parecia impensável uma pancada semelhante, mas o futebol é amnésico, e amanhã é ontem. Quatro anos depois de Johanesburgo, e apenas dois depois da Eurocopa de Kiev, a Copa do Brasil foi o Titanic espanhol.
Como o futebol não tem alma, para desgraça espanhola precisou ser o Maracanã o palco escolhido para que a seleção virasse a página sem consolo algum. Um desengano absoluto para uma geração que pôs a Espanha no topo, de onde caiu de forma sísmica. Uma casta para a lembrança infinita, e uma Copa para o esquecimento. A essa geração o futebol espanhol deve a conquista não só dos seus melhores troféus, mas também de um legado único, o pensamento próprio em um país onde o futebol só era definido pela diversidade dos clubes.
Clique aqui e leia na íntegra
————
Além da queda da Espanha, ontem (18), a Copa do Mundo no Brasil registrou a goleada aplicada pela Croácia. Bateu Camarões por 4 a 0. Antes, a Holanda venceu a Austrália, com dificuldades: 3 a 2.
Jogos de hoje (19)
Colômbia x Costa do Marfim, às 13h, em Brasília (DF).
Uruguai x Inglaterra, às 16h, em São Paulo (SP).
Japão x Grécia, às 19h, em Natal (RN).

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.
Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

A primeira pesquisa da série encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao Ibope traz a presidente Dilma Rousseff (PT) com 39% das intenções de voto. Aécio Neves (PSDB) atinge 21% e Eduardo Campos (PSB), 10%.
O levantamento ainda traz Pastor Everaldo (PSC) com 3%, Magno Malta (PR) com 2% e José Maria (PSTU) com 1%. A soma de intenções de voto nos demais candidatos dá 3%.
A pesquisa aponta segundo turno na corrida presidencial, pois Dilma tem 39% e a soma dos adversários dá 40%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais.
O Ibope ouviu 2.002 eleitores no período de 13 a 15 de junho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00171/2014.
SEGUNDO TURNO
A presidente Dilma Rousseff bate os dois principais adversários no segundo turno. A petista tem 43% e Aécio atinge 30%. Já no embate com Eduardo Campos, Dilma tem 43% e Campos, 27%.
O levantamento também aferiu a rejeição aos candidatos: Dilma tem 43%, Aécio vai a 32% e Campos soma 33%.

Tempo de leitura: 2 minutos

(Foto Waldyr Gomes/Arquivo).
Seleção deve contratar 139 agentes(Foto Waldyr Gomes).

A Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Itabuna esclareceu que o município já descartou a empresa Excellence da realização para as novas provas da seleção pública para contratar agentes de combate a endemias (entenda clicando aqui).
À empresa é atribuída a série de problemas detectados no último dia 8, quando da realização das provas. “Está decidido que a G. Excellence não será mais a responsável pela aplicação da prova”, esclarece a Secom.
E completa: “O que a administração estuda é se a própria Prefeitura fará a seleção em todas as suas etapas ou se contrata outra empresa para aplicar a prova objetiva, etc”.
Atualização às 23h – O secretário de Comunicação Social da Prefeitura de Itabuna, Giorlando Lima, enviou comentário à nota postada acima. Segue, na íntegra:
A Prefeitura não entende que a G. Excellence foi a responsável pelos problemas ocorridos no dia 8.
Os problemas de logística e organização final decorreram, em grande parte, à desmobilização provocada pela liminar que suspendeu a prova na antevéspera da data prevista. Não se atribui à empresa a responsabilidade exclusiva sobre os incidentes.
O afastamento da G. Excellence decorre de:
1. medida preventiva, já que a administração municipal quer que a seleção, quando for retomada, ocorra sem qualquer vínculo com qualquer dos fatores associados aos problemas do dia 8, para tranquilidade, em especial, dos candidatos
2. de recomendação do Ministério Público Estadual.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui rebate ex-governador e adversário (Foto Arquivo).
Rui rebate ex-governador e adversário (Foto Arquivo).

O pré-candidato petista ao governo baiano, Rui Costa, rebateu Paulo Souto, que acusou a gestão de Jaques Wagner de não ter cumprido promessas feitas na última campanha, a exemplo de barragens e obras estruturantes (veja post abaixo).
Costa disse que o governo investiu cerca de R$ 600 milhões em barragens e alfinetou Souto ao dizer que o democrata não está interado dos fatos porque não queria participar do pleito.
– Ele já foi governador por dois mandatos. Teve a oportunidade de trabalhar, mas esqueceu dos baianos que mais precisam. Por que não trabalhou? Ele parece não ter resposta para isso.
Quanto à acusação de que obras como Porto Sul e o aeroporto de Ilhéus se tornaram promessas não cumpridas, Rui defende a gestão da qual foi secretário estadual de Relações Institucionais e, depois, da Casa Civil.
– Há menos de uma semana foi anunciada a transferência da administração do Aeroporto de Ilhéus para o Estado e orçamento de R$ 220 milhões para aplicação, já em janeiro do próximo ano, na construção, inicialmente, de duas pistas de três mil metros cada, pistas de taxiamento e um terminal de passageiros.

Tempo de leitura: 2 minutos

smartphoneA Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou hoje (18) uma proposta para reduzir os valores das ligações de celulares entre operadoras diferentes. Até 2019, o Valor de Remuneração de Uso de Rede da telefonia móvel (VU-M) deverá ser reduzido em mais de 90%, passando dos atuais R$ 0,23 para R$ 0,02 . O VU-M é o valor que as operadoras de celular pagam para usar a rede de outras empresas.
“Esta redução de preços de interconexão deverá se refletir nos preços dos serviços de telefonia ofertados pelas empresas ao consumidor, pois haverá aumento da competição no setor”, diz a agência. De acordo com a norma aprovada hoje, os valores dessas tarifas estarão referenciados aos custos e serão reduzidos gradativamente até o nível de custo eficiente de longo prazo.
Com a medida, a Anatel espera que os preços das ligações entre operadoras diferentes fiquem mais próximos dos preços cobrados para chamadas entre usuários da mesma empresa. Assim, o consumidor não precisará de vários aparelhos celulares ou vários chips em um mesmo celular para realizar chamadas para outras operadoras.
Leia Mais