Tempo de leitura: < 1 minuto


Os professores, abaixo assinados, lotados no Departamento de Ciências Jurídicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), vêm a público manifestar sua solidariedade ao prof. MARCOS ANTÔNIO SANTOS BANDEIRA, em virtude da nota publicada no último dia 27 de novembro pelo Diretório Central dos Estudantes, considerada ofensiva à honra e à história de vida do docente. Entendemos que, na intenção de defender interesses da estudante, o Diretório exacerbou na linguagem e na interpretação dos fatos, inclusive indo além do que efetivamente a aluna expressou enquanto interpretação pessoal de fatos envolvendo o relacionamento discente-docente.

Conhecemos a história e a trajetória profissional do prof. Marcos Bandeira, enquanto Juiz de Direito e Professor Universitário. Atestamos seu compromisso social e posicionamentos democráticos, principalmente voltados para a inclusão social de segmentos vulnerabilizados, e temos plena certeza que os fatos serão devidamente apurados e resolvidos na instância competente, inclusive lançando mão das melhores formas de resolução pacífica dos conflitos.

Valdir Farias Mesquita – Diretor do Departamento
Guilhardes de Jesus Júnior – Coordenador do Colegiado de Direito
Wenceslau Augusto dos Santos Júnior
Otávio Augustus Carmo
Fernanda Viana Lima
Laurício Carvalho Pedrosa
José Cairo Júnior
Clodoaldo Assunção
Katiana Amorim
Luis Carlos Nascimento
Ana Paula Gomes
Pedro Germano
Lilian de Brito Santos

Uma resposta

  1. Fui aluno do curso de Direito da UESC (Turma 52-2012/2016) e tive excelentes professores, e entre eles estava o professor Marcos Bandeira, do qual tenho a honra em ter sido seu aluno.
    Um docente extremamente educado, compromissado não só com o aprendizado do aluno, mais também com o lado humano na formação do profissional, incapaz de agir de forma grosseira, rude ou descortês.
    O Diretório Central dos Estudantes deveria ter melhor apurado a denúncia, ouvido os demais estudantes, antes de publicar uma nota tão desagradável. Lamentável.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.