Unidade de Pronto Atendimento recebeu recursos para estruturação e operacionalização
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Atlantic Nickel doou R$ 220 mil ao Governo da Bahia para custear despesas no trabalho de enfrentamento ao novo coronavírus na região sul do estado. Desde o início da pandemia, a empresa diz já ter destinado cerca de R$ 1 milhão em doações, contemplando as prefeituras de Itagibá, onde tem sede, Ipiaú e outras administrações municipais da região, além de entidades e comunidades. As doações beneficiaram, até agora, mais de 15 mil pessoas, segundo a companhia.

O recurso de R$ 220 mil, direcionado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipiaú, atende a uma situação emergencial de aumento de demanda na região e se destina, exclusivamente, à estruturação e operacionalização do tratamento de pacientes infectados pela covid-19. Ipiaú é referência no atendimento médico neste período para municípios do seu entorno.

A doação faz parte de uma série de estratégias sociais implementadas desde o início da pandemia. Entre elas, está a compra de 1.760 testes rápidos entregues no último dia 29 de julho às secretarias de Saúde de Ipiaú e Itagibá, e ao Hospital Geral de Ipiaú. Com essas entregas, a empresa já completou a doação de 2.200 testes rápidos aos dois municípios baianos.

“Estamos num cenário de guerra que exige uma postura proativa de todo o empresariado em apoio às autoridades públicas. Estamos fazendo a nossa parte junto às nossas comunidades e perante nossos empregados, adotando todas as medidas cabíveis de proteção à vida”, afirma Paulo Castellari, CEO do Grupo Appian Capital Brazil, controlador da Atlantic Nickel.

Outra ação é assegurar a hospedagem dos profissionais de saúde da região mobilizados na luta contra a Covid-19. A empresa contratou uma pousada, que funciona na cidade de Ipiaú, com 17 apartamentos duplos, com frigobar, TV, ar condicionado, estacionamento privado e mesas de trabalho.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.