Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna atingiu, nesta quarta-feira (18), a marca de 14 mil infectados pelo novo coronavírus. Do início da pandemia até hoje foram confirmados exatos 14.001 casos da doença, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Desse total de infectados até o momento, 341 pessoas não resistiram ao vírus.

De acordo com o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 30 pacientes estão internados em hospitais em Itabuna. São 17 pessoas internadas em estado mais grave (algumas intubadas) em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outros 13 estão em leitos de enfermaria.

Houve uma pequena queda na quantidade de casos ativos da doença (pessoas ainda se recuperando). Ontem eram 245 nesta condição. Hoje esse número baixou 235. O número de curados subiu para 13.425. Na terça-feira (17) eram 13.405, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde.

Seleção de voluntários se encerra neste mês
Tempo de leitura: 2 minutos

Com mais de 500 voluntários recrutados em Salvador, o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes) está conduzindo os estudos que vão testar a eficiência de uma vacina contra o Coronavírus. A vacina é desenvolvida numa parceria entre Estados Unidos e Bélgica.

A previsão é que até dois mil voluntários possam receber a vacina. A fase de recrutamento deve encerrado no dia 22 deste mês. Após a triagem e a seleção, os voluntários devem ser convocados em até 28 dias para receberem a dose única da vacina.

O estudo irá testar a eficácia da vacina contra a Covid-19 produzida pela farmacêutica Jansen-Cilag e desenvolvida em parceria entre Estados Unidos e Bélgica. Na capital baiana, o centro de estudos é Hospital Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia.

O infectologista Carlos Brites, responsável pelo estudo em Salvador e coordenador do Laboratório de Pesquisa em infectologia do Hupes, explica que após a fase de recrutamento, os voluntários terão um calendário de monitoramento. “Após receberam a dose, os voluntários serão acompanhados por dois anos. A primeira visita de retorno está marcada para um mês após a aplicação”.

Além dessa etapa, há o acesso a um aplicativo para que as pessoas participantes do estudo relatem qualquer adversidade e sejam atendidas imediatamente por alguma equipe médica do Hupes, complementa o infectologista.

Os voluntários estão passando por um processo de triagem e caso selecionados receberão a vacina/placebo após a inclusão no estudo. Na primeira semana começaram a ser triados voluntários com idade entre 18 e 60 anos sem restrições de saúde. Na sequência haverá a triagem de voluntários sem limite de idade e sem restrições de doenças pré-existentes.

Leia Mais

Universidade Para Todos abre 12 mil vagas
Tempo de leitura: 2 minutos

Estão abertas as inscrições para o programa Universidade Para Todos (UPT). Podem participar os estudantes que estão terminando o ensino médio ou profissionalizante na Rede Pública. A preparação é desenvolvida em parceria com as universidades públicas Uneb, Uefs, Uesb, Uesc e Ufrb, com o objetivo de contribuir para o acesso de estudantes ao Ensino Superior.

O edital, com o manual de instruções e o passo a passo para a inscrição, pode ser acessado no site do Programa. As dúvidas podem ser esclarecidas por meio de email upt@educação.ba.gov.br ou ainda por telefone, pelo 0800-2858000. São 12 mil vagas gratuitas de preparação para o ingresso no ensino superior. Além do Enem, Uesb e a Uneb oferecem também o vestibular, no mês de abril.

O superintendente de Programas e Projetos da Secretaria Estadual da Educação (SEC), Március Gomes, explica que agora o programa será de forma remota, com o acompanhamento por tutores e monitores nos 156 municípios que estão envolvidos no programa UPT. “Para além das 12 mil vagas, este programa estará disponível também para que todos os estudantes possam se qualificar, fortalecer a aprendizagem e se preparar para o Enem e para o vestibular”. Veja como se inscrever em leia mais.

Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.071 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.423 recuperados (+0,4%), informa a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Dos 377.445 casos confirmados desde o início da pandemia até esta quarta (18), 362.017 já são considerados recuperados e 7.415 ainda estão em recuperação, os chamados casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (25,33%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (9.019,07), Itabuna (6.756,31), Madre de Deus (6.741,57), Almadina (6.698,39), Aiquara (6.590,19).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 775.117 casos descartados e 91.757 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (18).

Na Bahia, 30.255 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 24 óbitos. número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.013, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 56,18% ocorreram no sexo masculino e 43,82% no sexo feminino.

Tempo de leitura: 2 minutos

A partir desta quarta-feira (18), até às 16h de 30 de novembro, estarão abertas as inscrições do processo seletivo para preenchimento de vaga e formação de cadastro reserva para estágio de níveis médio e superior nas unidades do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Os interessados deverão inscrever-se no site da Super Estágios, por meio do sítio eletrônico www.superestagios.com.br.

Confira o edital

De acordo com o Edital n.º 30/2020, publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), desta terça-feira (17/11), no ato da inscrição, o estudante deverá indicar a vaga para a qual deseja concorrer. As provas serão realizadas de forma online, nos dias 1º e 2 de dezembro.

A princípio, para o nível médio será formado cadastro de reserva para o ensino médio regular e para formações técnicas em Auxiliar Administrativo, Edificações, Eletrotécnica, Logística, Microinformática. No nível superior, a seleção terá vagas para Administração (20), Análise de Sistemas (4), Arquitetura (01), Biblioteconomia (01), Ciências Contábeis (01), Comunicação (01), Comunicação – design (01), Comunicação – publicidade (01), Comunicação – relações públicas (01), Direito (26), Engenharia Civil (04), Engenharia Elétrica (01), Estatística (01), Informática (01), Logística (01), Pedagogia (01), Secretariado (01).

A bolsa de estágio para os estudantes de nível superior será de R$900,00. Já para os de nível médio, a bolsa equivale a R$600,00. O estagiário terá direito a auxílio-transporte mensal, na proporção de duas tarifas do transporte público coletivo municipal de Salvador por dia útil de estágio. A carga horária do estágio para os dois níveis terá duração de 20 (vinte) horas semanais, e as atividades a ele concernentes serão realizadas dentro do horário de funcionamento oficial da Secretaria do Tribunal.

A prova será objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, sendo composta de 20 (vinte) questões das seguintes áreas de conhecimento para os dois níveis: Língua Portuguesa (10 questões), Conhecimentos Gerais (Informática, Raciocínio Lógico e Atualidades) (10 questões).

Dentre as exigências estabelecidas no Edital n.º 30/2020, para participar do processo seletivo, é necessário que o estudante de nível superior tenha cursado o mínimo de 50% (cinquenta por cento) do curso, e não esteja matriculado no último semestre tenha disponibilidade para estagiar em regime de 4 (quatro) a 6 (seis) horas diárias, limitado a 20 (vinte) horas semanais, conforme os limites previstos na Lei n.º 11.788/2008, além de outros requisitos mínimos.

De acordo com a publicação, a inscrição do estudante implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e das condições estabelecidas no edital, bem como das disposições do Código de Ética dos Servidores da Justiça Eleitoral da Bahia (Resolução Administrativa TRE-BA n.º 3, de 17de maio de 2017 – disponível em https://www.tre-ba.jus.br/legislacao/normas-internas/normasinternas-do-tre-ba), em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. A divulgação do resultado e da classificação será no dia 4 de dezembro, a partir das 17h.

Gilvanei com a bebê e a avó dela na UPA
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma bebê de dois meses e 15 dias foi salva, na terça-feira (17), em Itabuna, por policiais do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM) depois de engasgar com leite. Os policiais foram acionados pela avó de Ana Laura, que apresentava muito desespero quando chegou ao posto policial do bairro. Os primeiros socorros prestados pela guarnição ocorreram em via pública, no bairro Califórnia.

O cabo e técnico em enfermagem Gilvanei Egídio, que realizou o atendimento inicial, falou sobre a ocorrência. “A avó nos informou que a criança começou a ficar sufocada e perder os sentidos. Coloquei a criança no meu antebraço, sentei numa cadeira e fiz o procedimento. Daí ela começou a chorar. Depois usei a outra mão para retirar o que estava obstruindo a passagem de ar e ela apresentou uma melhora”, disse.

Em seguida as guarnições levaram a bebê para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para que fosse avaliada por um médico

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ex-prefeito de Ilhéus e secretário-geral do PP da Bahia, Jabes Ribeiro comentou o resultado obtido pelos progressistas no estado no último domingo. “Nós conseguimos eleger 92 prefeitos, 50 vice-prefeitos e 766 vereadores, o dobro da eleição passada”.

Ele não passou recibo quanto ao resultado em Ilhéus, onde o PP ficou em terceiro na corrida à Prefeitura, com Cacá Colchões. Foi diplomático ao comentar o resultado.

– Temos que respeitar o resultado da urnas, esse é o primado da democracia. Cacá fez uma campanha limpa, propositiva e de acordo com as normas da justiça eleitoral. No entanto, o resultado final depende do julgamento do povo”.

Rafael Andrade, criador do maior mutirão de prevenção do diabetes no Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

Para esclarecer sobre o diabetes, especialmente como proteger a saúde dos olhos, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) realizará, em 21 de novembro, maratona de atividades com 24 horas de entrevistas e palestras com dicas de prevenção. O evento 24 horas pelo Diabetes terá edição virtual devido às limitações impostas pela Covid 19 na realização de mutirões por todo o país.

O evento terá a participação do médico Rafael Andrade, presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do Mutirão do Diabetes de Itabuna, considerado o maior evento no tratamento e prevenção da doença em todo o país. De acordo com Rafael, serão 24 horas voltadas para orientação sobre prevenção e tratamento do diabetes, “numa grande mobilização nacional, que envolve não apenas médicos”, mas diversos segmentos da sociedade organizada”.

Durante o evento também serão apresentados depoimentos de pacientes, de artistas e celebridades que enfrentam o diabetes. Haverá ainda várias reportagens sobre o tema. A ação digital também contará com a participação dos usuários das redes sociais, que poderão enviar perguntas, depoimentos e comentários.

“O Conselho Brasileiro de Oftalmologia entende que o diabetes é um tema que deve ser visto como prioridade pela saúde pública. Por isso, convidamos Governo, sociedades médicas e entidades da sociedade civil para fazerem parte dessa grande mobilização. Vamos levar esclarecimentos à população sobre o quão prejudicial o diabetes pode ser à visão e a importância da prevenção e do controle da doença, de uma forma geral”, afirmou o presidente do CBO, José Beniz Neto.

O coordenador do evento e vice-presidente do CBO, Cristiano Caixeta Umbelino, demonstra preocupação com os indicadores da doença. “O crescimento da prevalência do diabetes no mundo reforça a urgência de ações efetivas. No Brasil, entre 2006 e 2019, a prevalência de diabetes passou de 5,5% para 7,4%, segundo dados do Ministério da Saúde”, destaca. A programação completa das atividades de 21 de novembro, com foco nas mídias digitais, ficará disponível na página do CBO.

Centro de Divulgação das Eleições (CDE), do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília || Foto Marcelo Casal Jr./AB
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou hoje (17) que o atraso na totalização e divulgação dos votos não deve ocorrer no segundo turno das eleições, marcado para 29 de novembro. A conclusão está em uma nota técnica divulgada pelo tribunal, na qual a Corte também garante que o problema está sendo resolvido.

“Equipes técnicas do TSE e da Oracle entendem que a falha no plano de execução no primeiro turno não se repetirá no segundo turno, em 29 de novembro, tendo em vista que o otimizador já está calibrado para processar um volume maior de informações de forma célere”, diz o relatório.

No domingo (15), o atraso de três horas na divulgação dos resultados foi provocado pela falta de calibragem na inteligência artificial de um supercomputador, operado pela empresa de tecnologia Oracle. Diante do problema na leitura dos dados, um dos oito processadores travou e a totalização apresentou lentidão.

O supercomputador foi comprado em março, mas chegou ao tribunal somente em agosto, devido à pandemia da covid-19. Não houve tempo necessário para fazer todos os testes antes do primeiro turno. Dos cinco testes que foram planejados, somente dois foram realizados.

O volume maior no trafego de dados ocorreu porque o TSE passou a centralizar a totalização dos votos de todas as urnas do país. Nas eleições passadas, o trabalho era feito pelos tribunais regionais eleitorais. A mudança foi feita para aumentar a segurança das informações e para conter custos. Segundo o tribunal, a unificação da totalização no TSE protege o sistema de transmissão de votos contra eventuais hackeamentos nos 27 tribunais regionais eleitorais (TREs).

Mais cedo, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, pediu desculpas aos colegas da Corte e à sociedade brasileira pelo atraso na divulgação dos resultados.