Suspeitos trocam tiro com polícia no centro de Ipiaú
Tempo de leitura: < 1 minuto

Pelo menos cinco suspeitos morreram durante confronto com policiais militares, na noite desta quinta-feira (10), na Rua Beira Rio, no centro de Ipiaú, no sul da Bahia.  Um policial também foi atingido no braço e na perna pelos bandidos e está internado no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, informa o site Giro Ipiaú.

O confronto entre policiais e bandidos começou logo após uma tentativa de abordagem de rotina. Os suspeitos reagiram atirando contra os PMs. No confronto, um segundo PM também teria sido atingido, mas essa informação ainda não foi confirmada pelas polícias.  Os suspeitos mortos ainda serão identificados.

O confronto durou cerca de duas e causou pânico e correria no centro de Ipiaú. Muitos comerciantes correram para fechar os seus estabelecimentos. Minutos depois do confronto, centenas de curiosos foram para as ruas próximas ao local do tiroteio.   A polícia informou que drogas e armas foram apreendidas. Um balanço da ação deve ser divulgado nesta sexta-feira (11).

 

Siga o Pimenta no Instagram

 

Prefeituras de Canavieiras abre processo seletivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Canavieiras publicou edital de processo seletivo simplificado que visa a contratação temporária de funcionários para diferentes cargos na Secretaria de Educação. A inscrição deverá ser feita nos próximos dias 14 e15, sempre das 8h às 12h30min e das 14h às 17h, presencialmente ou por procuração, no Colégio Municipal Paulo Freire, na Avenida Otávio Mangabeira, no centro da cidade.

As vagas são para auxiliar de serviços gerais, porteiro, vigia noturno, auxiliar administrativo, monitor de recreação e professores de Biologia, Educação Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa e Matemática. Os salários variam de R$ 1.212 a R$ 1.403,08. A carga horária semanal depende do cargo.

As inscrições são gratuitas. O processo seletivo será feito com análise curricular e redação para os cargos de níveis médio e superior. Já os candidatos aos cargos de ensino fundamental vão passar pela fase de análise curricular.

Para os candidatos ao cargo de ensino médio, a redação será realizada a partir das 8h, nos dias 28 de fevereiro e 1º de março. Nestas mesmas datas, a partir das 14h, serão submetidos à redação os candidatos dos cargos que exigem ensino superior. O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 14 de março. Acesse aqui o edital.

Safra brasileira de grãos deve crescer 5%
Tempo de leitura: 2 minutos

A produção brasileira de grãos na safra 2021/22 está estimada em 268,2 milhões de toneladas. O volume, se confirmado, representa um crescimento de 5% em comparação com a temporada passada, o que representa cerca de 12,79 milhões de toneladas a mais a serem colhidas. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (10) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

“O desempenho da atual safra sofre impacto da forte estiagem, verificada nos estados da Região Sul do país e no centro-sul de Mato Grosso do Sul, que justifica as perdas expressivas nas produtividades estimadas, sobretudo nas lavouras de soja e milho”, explica o presidente da Conab, Guilherme Ribeiro.

Com 16,8% das lavouras já colhidas, a soja deverá registrar uma produção de 125,47 milhões de toneladas, uma queda de cerca de 9% quando comparada com a safra passada. O plantio da oleaginosa ocorreu dentro da janela ideal na maioria das regiões produtoras, o que gerou expectativas positivas. Porém, a partir de novembro, o cenário mudou devido às condições climáticas adversas ocorridas.

Já para o milho, apesar do clima adverso para a primeira safra, a Conab espera uma recuperação na produção. Segundo a estimativa da estatal, deverão ser colhidos 112,34 milhões de toneladas, um incremento de 29% em relação a 2020/21. A primeira safra do grão deve permanecer em 24 milhões de toneladas, volume muito próximo ao colhido na temporada passada.

Leia Mais

Motorista desatento "fechou" a ponte do Marabá, em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O motorista de uma picape Fiat Strada travou o trânsito nas imediações da Ponte do Marabá, no centro de Itabuna, nesta quinta-feira (10). Ele trafegou pela ponte sem perceber o limitador de altura.

O veículo tem menos de 2,5 metros de altura (1m60cm). Porém, transportava tábuas na caçamba. A Strada avançou pela via e a carga arrancou o limitador de uma das extremidades da ponte que faz ligação do centro com a região dos bairros Conceição e Góes Calmon e Shopping Jequitibá. A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settran) foi acionada.

Confira o vídeo abaixo e também no perfil do Instagram do PIMENTA.

Gabriel K e Sinho Ferrari estão entre as atrações de abertura das Quintanejas, em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Casarão Cola na Manu abre, hoje (10), a temporada das Quintanejas. A abertura será com o cantor Gabriel K., que se revela animado para a noite de hoje. “Com certeza, as nossas quintas-feiras jamais serão as mesmas”, disse ele.

Ele não subirá ao palco sozinho. Digo Martins e Henrique Araújo são presenças confirmadas. A noite terá uma participação que é marca registrada – e sucesso – nos palcos do sul e da Bahia, o cantor Sinho Ferrary.

“Vai deixar a noite ainda melhor e mais animada. Além disso, outras novidades serão anunciadas”, afirma Manu Berbert, que pilota e dá nome ao Casarão da Avenida J.S. Pinheiro, ao lado do Sest-Senat.

O Casarão abre as portas às 22h. A entrada custa R$ 20 para homens e R$ 15 para mulheres. Mas se a mulher chegar até as 23h, a entrada é gratuita.

Augusto, 2º à esquerda, diz que o município já está apto a receber investimento || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Após reunião na Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no Ministério da Economia, em Brasília, o prefeito Augusto Castro (PSD) disse que Itabuna está apta a receber novos investimentos, “principalmente na área de infraestrutura”. O gestor participou de encontro na STN nesta quarta-feira (9).

De acordo com o prefeito, durante a reunião, a STN validou que Itabuna está apta “a receber novos investimentos”. E completou: “A Prefeitura cumpre o dever de casa, que segue sendo realizado com sucesso. A Prefeitura está cumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Da reunião na Secretaria do Tesouro Nacional, participaram os secretários municipais Sônia Fontes (Planejamento) e Davi Dultra (Fazenda e Orçamento), além do procurador-geral do Município, Álvaro Luiz Ferreira.

Praia da Avenida ainda tem muita sujeira depois de enchente de dezembro
Tempo de leitura: < 1 minuto
O Grupo Amigos da Praia (GAP) promoverá mutirão de limpeza neste final de semana, em Ilhéus. A ação, programada para este sábado (12), ocorrerá na praia da Avenida, um dos cartões-postais da cidade e uma das mais afetadas pela poluição.
Desde as últimas cheias que afetaram o sul da Bahia. A sujeira ao longo da orla, alerta os representantes do GAP, “muda a paisagem e é o reflexo do descaso para com o meio ambiente e a população”.
Os dejetos deixados nas praias não só afetam as espécies marinhas, como também trazem prejuízo econômico e aos banhistas, que frequentam esses locais. O município tem no turismo uma das suas bases econômicas.
ADESÃO AO VOLUNTARIADO 
O trabalho voluntário do GAP precisa da ajuda de toda a população. Quem tiver interesse em participar da ação, o ponto de encontro será na sede da ONG (ao fundo da Igreja São Sebastião, Ilhéus), às 7h deste sábado.
Alguns cuidados são importantes, como o uso de protetor solar, roupas leves e de preferência com proteção UV, bonés e sapatos fechados.
Para mais informações, o GAP disponibiliza um contato de WhatsApp 73 98850-1323. Nas redes sociais, as ações podem ser acompanhadas pelo Instagram.

Gestores municipais participaram de curso de qualificação do Sebrae
Tempo de leitura: 2 minutos

O Sebrae finalizou, nesta semana, o curso Gestão Pública 4.0, voltado para secretários, subsecretários, dirigentes e gestores da prefeitura de Itabuna. O encontro buscou qualificar gestores no contexto das transformações que afetam o presente e o futuro da gestão pública municipal, apoiado na definição e identificação de estratégias para o desenvolvimento econômico local.

O gerente do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, destacou que o curso faz parte de uma série de soluções ofertadas pelo Sebrae para as prefeituras. “O objetivo é criar um ambiente cada vez mais favorável para o desenvolvimento dos pequenos negócios. No município de Itabuna tivemos, no final, a apresentação de projetos que trazem um impacto muito positivo à gestão municipal para que Itabuna ofereça aos seus cidadãos uma cidade cada vez melhor para se viver”, pontuou.

A secretária municipal de Planejamento, Sônia Fontes, avaliou o treinamento para a melhoria dos serviços públicos. “Foi uma excelente oportunidade para avaliarmos o primeiro ano da gestão e também para culminar em um planejamento estratégico com novas perspectivas, além de ser mais instruídos para os próximos anos”, ressaltou.

Para o secretário municipal de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Ricardo Xavier, o Sebrae foi assertivo na proposta de formação dos gestores. “O Sebrae está de parabéns pela execução deste curso, pois acrescentou muito na parte teórica para que possamos implementar melhorias em benefício das políticas públicas e coletivas da nossa cidade e estado”, disse.

MENTORIA

O treinamento contou com um cronograma de execução com duração de três meses, com encontros quinzenais, aplicados de forma remota e presencial. Ao todo, ocorreram oito encontros presenciais, com total de 62 horas de mentoria e nove encontros remotos com carga horária de 48 horas.

Os temas trabalhados divididos os sete módulos foram Gestão Empreendedora; Evidenciando Gestão Pública Empreendedora; Processo Decisório; Gestão Data Driven; Transformação Digital; Gestão Orientada para Resultados e Equipes de Alto Desempenho; Desenvolvimento Sustentável: Desafios para a Gestão Pública – Brasil 2030; e Políticas de Amortecimento dos Impactos para os Pequenos Negócios em Cenários Pós-Crise.

Maria Prestes (1932-2021) e José Henrique Abobreira, idealizador do novo centro socialista
Tempo de leitura: 2 minutos

A criação de um centro socialista em Ilhéus será tema de reunião online, na próxima terça-feira (15), às 19h, com a participação do ex-vice-prefeito José Henrique Abobreira, do professor de História Luiz Henrique Blume (Uesc), do professor Franklin Oliveira (Ufba) e da presidente do Psol na Bahia, Elze Fachinetti. O encontro terá transmissão ao vivo, pelo Youtube, neste link.

Ao PIMENTA, José Henrique Abobreira explicou que o objetivo do centro é resgatar as memórias das lutas sociais que marcaram a história de Ilhéus. “Essa história tem marcos fundamentais, como a revolta dos escravizados que, em 1789, tomaram o Engenho de Santana e impuseram limites à exploração do seu trabalho”, conta o ex-vice-prefeito.

Segundo Abobreira, o levante do Caboclo Marcelino, nas décadas de 20 e 30 do século passado, também será lembrado. Para ele, Marcelino foi o primeiro grande defensor da integralidade e inviolabilidade do território ainda hoje ocupado pelo povo Tupinambá de Olivença.

Os movimentos sindicais também terão espaço nesse resgate, assegura Abobreira. “Um dos grandes exemplos foi a União Protetora dos Operários, que reunia portuários, estivadores, conferentes e arrumadores”.

A criação do Partido Socialista Brasileiro após o fim do Estado Novo, em 1947, também será lembrada, assim como a luta campesina contra a opressão dos coronéis do cacau.

Outro momento marcante dessa história foi a resistência à ditatura civil-militar implantada após o golpe de 1964, que derrubou o presidente João Goulart. Pai de José Henrique, Eronildes Abobreira, telegrafista dos Correios e agitador sindical, foi um dos tantos perseguidos pelo regime em Ilhéus, assim como o professor e jornalista Nelson Schaun, organizador do Partido Comunista Brasileiro (PCB) na região.

“TAREFA HISTÓRICA”

“Constitui tarefa histórica resgatar a trajetória desses ilustres homens e mulheres e sua ação socialista para conhecimento e educação da novas gerações”, diz Abobreira, lembrando que as lideranças femininas do povo Tupinambá de Olivença também receberão o devido reconhecimento por sua luta, com espaço especial no centro socialista, que será criado em um bairro popular de Ilhéus.

O próprio José Henrique Abobreira faz parte dessa história. Quando vereador (1992-1996) e vice-prefeito (1997-2000), ele participou ativamente da organização do povo Tupinambá e estimulou o cooperativismo dos pequenos produtores rurais, transformando seus mandatos políticos em verdadeiros instrumentos da luta social.

A ex-reitora e atual secretária de Saúde Adélia Pinheiro || Foto Matheus Pereira/GOVBA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aprovou, por unanimidade, Moção de Aplauso à secretária estadual de Saúde Adélia Pinheiro, nesta terça-feira (8). A proposição foi feita pelo presidente do Conselho e reitor da Uesc, Alessandro Fernandes de Santana. O documento também será encaminhado ao governador Rui Costa (PT).

“Propomos ao Consu uma homenagem, por meio de Moção de Aplauso, à excelentíssima secretária de Saúde do Estado da Bahia, nomeada pelo governador da Bahia no início deste mês, não apenas por sua nomeação, por ter sido pró-reitora, vice-reitora e reitora por duas gestões consecutivas da nossa Uesc, mas por sua competência, por sua capacidade de entender os problemas da sociedade e generosidade para com o próximo, muitas vezes abdicando do convívio familiar para defender os interesses coletivos; além do que ela é professora concursada nesta instituição”, justificou Alessandro.

Adélia Pinheiro estava à frente da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti). O anúncio da nomeação da professora e médica para a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) foi feito na noite de sexta-feira (4), pelo governador Rui Costa (PT).

A nomeação de Adélia para o novo cargo mexeu com o imaginário político de Ilhéus, onde a secretária viveu por muitos anos e mantém laços familiares (veja aqui).

Erasmo Ávila diz ter recebido resposta rápida do presidente da Desenbahia || Foto Ascom-Câmara
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Agência de Fomento da Bahia (Desenbahia), Paulo Costa, prometeu esforços exclusivos para que todos os pedidos de crédito emergencial de vítimas das chuvas no estado sejam respondidos “tão logo a análise de crédito seja concluída”.

A resposta de Paulo Costa ocorreu depois de ofício do presidente da Câmara de Itabuna, Erasmo Ávila (PSD), que solicitou informações do andamento das propostas. Ávila ainda lamentou que apenas 42 dos 400 cadastrados tenham sido aprovados até agora.

Paulo Costa disse que “a Desenbahia continuará não medindo esforços na manutenção de equipes exclusivas para analisar as propostas” de crédito emergencial de até R$ 150 mil.

O crédito foi prometido, também a Itabuna, pelo governador Rui Costa no final de dezembro. O empresário terá 36 meses para pagar o empréstimo, com carência de 12 meses, sem juros.

Turismo baiano registra crescimento de mais de 47% em 2021 || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

PDT e União Brasil, partido resultado da fusão do DEM com o PSL, promovem neste sábado (12) um encontro político em Itacaré, no sul da Bahia. O evento começa às 10h, no Centro Cultural do Porto de Trás, bairro que tem 284 anos e surgiu a partir de uma comunidade quilombola.

O encontro em Itacaré, que faz parte do calendário de reuniões que a Executiva estadual pedetista fará até junho visando discutir a criação de um projeto regional de desenvolvimento para a Bahia, é organizado pelos presidentes municipais do PDT, Ramon Setúbal, e do DEM, Luiz Quadros, mais conhecido como Luizão. Os dois integram o movimento político Itacaré é Você.

Também estão confirmadas as presenças do presidente do PDT na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior, e do deputado estadual Alan Sanches (União Brasil). Os dois devem fazer uma dobradinha eleitoral em Itacaré no pleito de outubro. O encontro terá ainda a participação de lideranças municipais dos dois partidos.

“Vamos começar pelo sul da Bahia uma série de encontros para discutir o futuro da Bahia e dos municípios, além de formar novas lideranças. Esses eventos serão organizados pelos diretórios municipais, com a presença também de partidos com os quais estamos dialogando visando construir uma nova perspectiva de futuro para o estado”, afirmou Félix Mendonça Júnior.

Substituição de semáforos por rotatória é avaliada pelo governo municipal, diz diretor da Sutram
Tempo de leitura: 2 minutos

A Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade de Ilhéus (Sutram) avalia a possibilidade de substituir o conjunto semafórico do cruzamento da Rua da Linha com a Avenida Canavieiras, em frente à Receita Federal, por uma rotatória. O diretor da Sutram, Valci Serpa, falou sobre o assunto com o PIMENTA, por telefone, nesta quarta-feira (9).

Os semáforos citados estão quebrados. “A ideia é criar uma rotatória, por isso nós colocamos uma rotatória provisória para sentir como funciona e a expectativa é que ali passe a ter uma rotatória. Se não der certo, já está lançado o edital para comprar os equipamentos para reativar aqueles semáforos”, explica Serpa.

Perguntamos se a retirada definitiva dos semáforos não vai dificultar o trânsito dos pedestres, pois há quatro escolas nas imediações. “Não, não. Ali, praticamente, não tem muita travessia. Claro que, quando se coloca uma rotatória, a gente privilegia os carros, os veículos, em detrimento dos pedestres. Mas, logo à frente, no IME [Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne], continuará tendo o semáforo, que tem uma passagem de pedestres. A gente está avaliando isso, está em estudo. A frequência de passagem de pedestres naquela região é pequena, mas existe”, respondeu o gestor.

OPERAÇÃO TRAVESSIA SEGURA

Ainda segundo o diretor da Sutram, os semáforos provocam engarrafamento. Citou como exemplo o cruzamento da Avenida Itabuna com a Avenida Princesa Isabel. “O engarrafamento da entrada da Princesa Isabel tá batendo lá no Eco Baba. Agora, aumentamos o tempo da Avenida Itabuna, para ver se libera mais o tráfego. E estamos fazendo a Operação Travessia Segura com objetivo de colocar os agentes de trânsito para puxar o tráfego nesses horários de muito movimento e ajudar os pedestres nas travessias”.

A Operação Travessia Segura também ocorre em frente à Receita Federal, na entrada do bairro Malhado pela Avenida Itabuna, na Praça Cairu e na Avenida Petrobras. “A gente faz esse tipo de serviço para garantir que não tenhamos acidentes de trânsito. Inclusive, com esse trabalho, o número de sinistros de trânsito em cruzamentos semafóricos é pequeno, na comparação com os acidentes que ocorrem em ultrapassagens perigosas”, conclui Valci Serpa.

Transporte público é tema de reunião entre representantes da Faculdade, da Sutram e das empresas de ônibus
Tempo de leitura: 2 minutos

O diretor administrativo da Faculdade de Ilhéus, Alan Frisso, e o coordenador do Colegiado de Direito, professor Joilson Vasconcelos, reuniram-se com o diretor da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram), Valci Serpa, para reivindicar melhoria do transporte coletivo, alvo de muitas reclamações no município. Os gerentes das concessionárias, Carlos Bahia (Viametro) e Josemir Sobrinho (Viação São Miguel), também participaram da reunião, na última terça-feira (8), na sede da instituição de ensino.

Segundo Alan Frisso, a receptividade por parte da Sutram e das empresas foi a melhor possível. “Eles se colocaram totalmente à disposição para facilitar a mobilidade urbana. Ficou acordado que as empresas vão colocar dois fiscais para observar o fluxo de estudantes e, se houver a demanda, o número de veículos será aumentado. E a Sutram vai sinalizar a saída em frente à Faculdade de Ilhéus”, acrescentou.

RETOMADA DAS AULAS PRESENCIAIS

Há preocupação com o retorno às aulas no modo presencial diante da perspectiva do aumento do número de estudantes no campus, com a chegada dos estudantes da Faculdade Madre Thais, que foi adquirida pela Faculdade de Ilhéus.

Os estudantes dos cursos de Direito, Enfermagem, Administração e Engenharia Civil que eram da Madre Thaís iniciam suas atividades no dia 21 de fevereiro. Já os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Engenharia Elétrica, Farmácia, Fisioterapia, Gastronomia, Gestão de Recursos Humanos, Logística e Serviço Social terão o início do semestre letivo no dia 3 de março.

Tendo em vista o fluxo de trânsito na Avenida Tancredo Neves, à margem da BA-001, foi acordado – para garantir a segurança dos estudantes – que o tráfego de ônibus será priorizado pela Avenida Nossa Senhora Aparecida, na Barreira. “Os estudantes terão à sua disposição duas portarias de acesso ao campus da Faculdade de Ilhéus, uma localizada na Avenida Tancredo Neves e a outra na Avenida Nossa Senhora Aparecida”, explica Alan Frisso.

Para facilitar o acesso ao transporte público, a Faculdade de Ilhéus antecipou o horário do início das aulas para as 18h30min, com término às 22h.

O QUE DIZ O DIRETOR DA SUTRAM

O diretor da Sutram, Valci Serpa, falou ao PIMENTA sobre o desfecho da reunião. Segundo ele, as empresas asseguraram o atendimento da demanda da Faculdade de Ilhéus, principalmente à noite.

Após a aquisição da Madre Thaís, conforme Serpa, a Faculdade de Ilhéus passou a ter quase 6 mil alunos. Por isso, assim como as empresas, a Sutram também vai escalar um fiscal para avaliar a prestação do serviço aos estudantes. Caso haja necessidade, o transporte será reforçado com mais ônibus, explica o gestor.

Jabes Ribeiro fala ao PIMENTA sobre montagem da chapa governista para a eleição estadual
Tempo de leitura: 6 minutos

O secretário-geral do PP na Bahia, Jabes Ribeiro, diz que não há nada definido para a formação da chapa majoritária do grupo governista para a disputa do Palácio de Ondina e da vaga no Senado. Nesta entrevista ao PIMENTA, ele fala sobre as cartas que estão na mesa de discussão da base do governador Rui Costa (PT).

Com 69 anos de idade e quatro décadas na vida política, Jabes está em Salvador, onde participa ativamente das articulações do Progressistas. Por telefone, ele também falou ao site das movimentações do partido no sul da Bahia, especialmente em Ilhéus, município que governou por quatro mandatos (1983-1988; 1997-2000; 2001-2004; e 2013-2016).

Segundo o ex-prefeito, o Progressistas terá candidatos a deputado em todas as grandes cidades baianas, inclusive em Ilhéus e Itabuna. A montagem das chapas proporcionais é outro tema da entrevista.

Jabes também comenta a possibilidade de Rui Costa deixar o comando do governo estadual para disputar as eleições deste ano. Leia.

PIMENTAAs informações sobre a formação da chapa majoritária indicam dificuldade para essa equação. Só há uma vaga para o Senado e, naturalmente, uma vaga para a cabeça da chapa. O senador Otto Alencar pretende a reeleição. O senador Jaques Wagner é o pré-candidato do PT a governador. Qual será o papel do PP no arranjo da aliança? Há mesmo dificuldade para fechar essa conta?

Jabes Ribeiro – Primeiro, uma preliminar. Há esforço e interesse em garantir a unidade da base aliada. Esse fator é fundamental para conseguirmos o nosso objetivo, que é ganhar as eleições e garantir a manutenção do nosso projeto. Projeto, inclusive, que tem tido aceitação popular. Veja aí a aprovação que o governador Rui Costa tem em todo o estado. Esse é o nosso objetivo número um: preservar a unidade da base aliada.

Ponto dois. Pelo que sei – e tenho participado de todas as conversas que envolvem o PP -, não há nada definido em relação à chapa [majoritária]. Não há definição em relação a nada. Tudo é expectativa. O PT, por exemplo, apoia o nome do senador Wagner. Já o nosso partido propõe que o candidato a governador seja o vice-governador João Leão. Ouço que o PSD desejaria ter o senador Otto Alencar candidato à reeleição. No entanto, nada disso está fechado. Tudo ainda é motivo de conversas.

O que posso lhe garantir, no caso do nosso partido, é o seguinte: Leão não pode mais ser candidato a vice-governador. Ele está impedido por conta da legislação eleitoral vigente. Se não pode ser vice, só tem duas possibilidades: ser candidato a governador ou a senador. Ora, se todos desejam garantir a unidade da base, é preciso que todos tenham a compreensão de que Leão não pode ser vice.

______________

Leão não pode mais ser candidato a vice-governador. Ele está impedido por conta da legislação eleitoral vigente. Se não pode ser vice, só tem duas possibilidades: ser candidato a governador ou a senador.

______________

 

A manutenção da unidade é mesmo um desejo de todos os partidos da base?

Creio que sim. Todos nós ajudamos a ganhar as últimas eleições e ajudamos a governar. A experiência de Wagner, Otto Alencar e João Leão é indiscutível. Todos têm compromisso com a Bahia e com a preservação do projeto que tem sido implementado no estado. No nosso caso, não há uma posição intransigente. Por exemplo: se Leão diz: – o que não é o caso –  “Sou candidato a governador e não abro mão!”, isso não é fazer política. Isso não é querer unidade. Da mesma forma, se Otto Alencar afirma: “Sou candidato a senador e não abro mão pra ninguém!”, isso também não é lógico; nem acredito nessa visão por parte de Otto, que tem experiência.

Creio que esse jogo, essa equação, melhor dizendo, essa equação está sendo montada e montada de forma competente, porque tem na liderança dessa montagem a figura de Jaques Wagner, um homem treinado, acostumado a fazer articulação política. Ele é o grande construtor desse projeto, que começou em 2006. De nossa parte, não tem problema, há uma questão legal: João não pode ser vice. Se pudesse, tudo estaria resolvido.

A possibilidade de o governador Rui Costa se afastar do cargo e, consequentemente, de João Leão assumir o governo seria um caminho para fechar essa equação?

Veja. Nós não trabalhamos, dentro da negociação da chapa, com esse ponto. Ela pode ocorrer sim, depende do governador. É natural até que ela possa acontecer. O governador tem sete anos e quase dois meses à frente do estado, com uma administração exitosa, bem avaliada pela população. Ninguém pode obrigar o governador e dizer: “Você não vai ser candidato a nada. Vai ficar sem mandato.” Isso seria absolutamente insensato. Não teria lógica. Se ele disser:  “Eu quero ter mandato” – e ele ainda tem tempo para decidir -, é algo absolutamente legítimo. Creio que todos compreenderão isso, tanto o PSD, como o PP e os demais partidos da base.

Portanto, há uma situação a decidir e nós não temos porta fechada pra nada. Não depende de nós, essa é uma decisão do governador. Nós estamos dispostos a colocar na mesa essa questão e discuti-la. Não há nenhum dificuldade de nossa parte. Como você está vendo, o PP não é problema. O PP é solução. Seja qual for a possibilidade, estamos dispostos a discutir.

______________

O PP não é problema. O PP é solução. Seja qual for a possibilidade, estamos dispostos a discutir. Há apenas uma questão. O nosso nome para essa equação chama-se João Leão.

______________

Há apenas uma questão. O nosso nome para essa equação chama-se João Leão. Existem nomes valorosos no PP. Temos uma bancada de dez [deputados] estaduais e quatro federais. Temos prefeitos, ex-prefeitos, deputados, lideranças importantes, mas, dentro desse cenário, neste instante, o nome que temos para essa montagem, essa equação, é João Leão, que é unanimidade no PP por tudo que representa. Foi cinco vezes deputado federal, prefeito de Lauro de Freitas, vice-governador por dois mandatos, tem experiência administrativa, é secretário de estado. É um nome que contribui com o projeto de todos da base aliada.

O partido terá candidato em Ilhéus e Itabuna para as eleições proporcionais?

A executiva estadual definiu uma proposta no sentido de que, nas grandes cidades do estado onde o partido está presente – e está presente em todas -, devemos participar ativamente do processo eleitoral. Você faz política, articula, organiza, mas, na verdade, as eleições definem o poder político, seja no plano estadual, federal ou municipal. Por se tratar de uma eleição nacional, em que você tem a necessidade de eleger deputados federais, estaduais e senadores, essa situação faz com que o partido estimule seus quadros.

Ilhéus e Itabuna são duas cidades extremamente importantes para o partido. Trabalhamos para que essas cidades participem também do processo eleitoral para fortalecer o partido, para elegermos uma boa bancada federal, uma boa bancada de deputados estaduais. Por Ilhéus, posso garantir, teremos deputado federal ou estadual. Estamos discutindo. Também pretendemos que aconteça isso em Itabuna, Conquista, Feira.

______________

Por Ilhéus, posso garantir, teremos deputado federal ou estadual. Estamos discutindo. Também pretendemos que aconteça isso em Itabuna, Conquista, Feira.

______________

O nome em Ilhéus é o do ex-vice-prefeito Cacá Colchões, presidente municipal do Progressistas?

É o nome natural. O nome de Cacá é o natural pelo que ele representa, uma liderança importante do partido em Ilhéus, mas estamos discutindo.

Quais são os critérios para definir se a candidatura em Ilhéus será a deputado federal ou estadual?

Depende muito. Vamos analisar a seguinte situação. Em 2018, trazendo um pouco de memória, Cacá era candidato a federal. Em determinado momento do processo, ainda antes das convenções – claro-, houve um movimento em Ilhéus que levou o partido local a decidir que seria melhor que Cacá saísse a estadual. Seria candidato a federal, originariamente, mas houve um movimento político que levou o partido à avaliação de que seria melhor Cacá sair a estadual. Isso foi conversado com a executiva estadual e foi batido o martelo.

______________

Cacá foi o [candidato a] deputado mais votado de Ilhéus naquela oportunidade, mais votado na cidade. Mais votado entre todos os estaduais e federais. Não se elegeu, não é uma eleição simples, você sabe disso, mas saiu muito bem avaliado na cidade.

______________

Cacá foi o [candidato a] deputado mais votado de Ilhéus naquela oportunidade, mais votado na cidade. Mais votado entre todos os estaduais e federais. Não se elegeu, não é uma eleição simples, você sabe disso, mas saiu muito bem avaliado na cidade. Todas essas questões são objeto de análise. Estamos em 2022. Qual é o melhor caminho: termos uma candidatura do Progressistas a estadual ou a federal? O ideal seria que tivéssemos as duas, mas não é assim. As coisas não são exatamente como a gente deseja. No entanto, a recomendação da [executiva] estadual é que tenhamos candidato a federal ou a estadual. Analisamos uma série de elementos, de vetores, para saber como o partido vai participar desse projeto.

Repito: o nome natural é o de Cacá, mas, se por qualquer razão, Cacá não puder ou não tiver interesse de participar, vamos ter outro. O que posso acrescentar é o seguinte. Se Cacá não puder participar por uma decisão pessoal – repito: ele é o candidato natural, tem a prioridade -, queremos lançar uma mulher. Se você me perguntar qual, não vou lhe dizer agora. Não posso. Mas, certamente, seria algo muito importante pra cidade.