Trabalhadores nascidos em julho recebem neste sábado|| Foto Marcelo Camargo/AB
Tempo de leitura: 2 minutos

A Caixa Econômica Federal libera, neste sábado (21), o Saque Extraordinário do FGTS para cerca de 3,5 milhões de trabalhadores nascidos em julho. Serão creditados quase R$ 2,5 bilhões nas Contas Poupança Social Digital, que podem ser movimentadas pelo aplicativo do banco.

Todos os trabalhadores que possuem conta do FGTS com saldo disponível terão direito ao Saque Extraordinário do FGTS de até R$ 1 mil. O crédito é feito de forma automática na conta do Caixa Tem, em nome do trabalhador. Em todo o calendário de pagamento, serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para cerca de 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque.

Após o crédito dos valores, por meio do aplicativo Caixa Tem, é possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, além de fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR code nas maquininhas.

O valor também pode ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco. É possível ainda realizar transações por meio do Pix, além de efetuar saque nos terminais de autoatendimento e nas casas lotéricas.

APLICATIVO

Caso o crédito do Saque Extraordinário não seja disponibilizado de forma automática, o trabalhador deverá acessar o App FGTS, no menu “Saque Extraordinário”, confirmar/complementar os dados cadastrais e clicar em “Solicitar Saque” para liberação do valor.

Os trabalhadores que não utilizaram o Saque Emergencial em 2020 podem precisar atualizar o cadastro e solicitar o saque no App FGTS, de forma rápida e 100% digital, sem precisar ir a uma agência. Nesse caso, o crédito será realizado no Caixa Tem na próxima janela de processamento.

Em caso de dúvida, os trabalhadores devem acessar o App FGTS, no menu “Saque Extraordinário”, ou ainda, os canais oficiais da Caixa, como o telefone 4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas, e o 0800 104 0104 para demais regiões.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.