Itabuna registra casos de dengue e chikungunya|| Foto Roberto Santos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os moradores de Itabuna nem bem iniciaram a comemoração pela drástica redução na quantidade de casos de novo coronavírus e já têm uma nova preocupação: a dengue. O número de casos da doença vem crescendo em quase todos os bairros da cidade. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (24), desde o início do ano foram notificados 2.123 casos suspeitos de dengue, com 1,2 mil casos confirmados.

A quantidade de casos confirmados de chikungunya também preocupa. Os dados divulgados hoje pela Secretaria de Saúde de Itabuna mostram que 133 pessoas tiveram exame positivo para a doença. Outra doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti é o zica vírus, com 17 ocorrências confirmadas até agora.

O número de bairros com grande quantidade de criadouros do mosquito transmissor das doenças vem preocupando a Secretaria Municipal de Saúde. Entre os bairros com índice alta de infestação de larvas estão Santo Antônio, Pontalzinho, Novo Horizonte, São Caetano, Califórnia, Daniel Gomes e Nova Califórnia.

Para reduzir o índice de infestação predial, que está em 5,6%, bem acima do aceitável (de no máximo 1%) pela Organização Mundial de Saúde, o município iniciou, no último dia 17, mutirões nos bairros. As primeiras localidades visitadas foram o Novo Horizonte, Santo Antônio e Pontalzinho.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.