Estudantes em Itabuna acusam empresa de ônibus de cobrar tarifa inteira
Tempo de leitura: 2 minutos

Pais de alunos em Itabuna acusam a empresa Atlântico Transportes de descumprir a lei que dá ao estudante direito a meia passagem durante o período letivo, nos dias úteis da semana. Os alunos fizeram imagens da catraca para comprovar que a empresa está cobrando o valor cheio de R$ 3,70, negando-se a transportá-los por R$ 1,85. Os pais denunciam que a cobrança, considerada indevida, começou no mês passado.

Ao perceberem a ilegalidade, afirmam, procuraram a empresa e teriam sido informados que havia um acordo com o município que determinava que o beneficiário só poderia ser contemplado com a meia passagem no turno em que estava matriculado. Quem estava matriculado pela manhã, por exemplo, teria até meio-dia para embarcar de volta para casa pagando meia tarifa. No entanto, perceberam que a tarifa cheia também era cobrada quando o estudante embarcava para a escola, pela manhã.

A cobrança da tarifa integral para o deslocamento do estudante em qualquer hora do dia, afirmam, é um desrespeito. Eles observam que em muitos dias da semana as aulas são encerradas mais tarde, o que impossibilita que seus filhos embarquem no turno em que está matriculado.

Além disso, segundo relatam os pais, a cobrança da tarifa inteira vem ocorrendo independentemente do horário em que o estudante retorne para casa.

OUTRO LADO

Por meio de sua assessoria, a empresa rebateu a informação de que esteja cobrando tarifa cheia dos estudantes. “O sistema de bilhetagem eletrônica está programado para liberar a gratuidade à meia passagem em duas viagens por dia, independente do horário utilizado pelo estudante, totalizando o direito a uma cota mensal de 60 passes estudantis”, informa.

Ainda segundo a empresa, por meio de sua assessoria, “na grande maioria dos casos, a liberação do benefício acontece dessa forma. Mas alguns alunos, que estudam em dois turnos, por exemplo, têm direito a uma cota maior e a liberação da cota de meia passagem é feita de acordo com a necessidade do beneficiário”.

“Dessa forma, procede a informação da cobrança de R$ 3,70 (valor integral da passagem) para estudantes que venham a exceder a cota diária à qual têm direito”. Atualizada às 11h01min (13/07)

Confira mais clicando aqui

 

25 respostas

  1. Estão fazendo uma tremenda sacanagem com os estudantes, quero saber se vão devolver o créditos ?
    Isso é roubo , é pilantragem total

    1. Falta de respeito uma empresa de ônibus que não tem segurança nem conforto para os usuários. Outra coisa é a disponibilidade de ônibus para alguns bairros adjacentes. Meu neto precisa sair de casa às 5:30 da manhã pegar um ônibus no bairro de Fátima. E fazer “baldeação “para chegar ao colégio no São Caetano. Precisando usar dois transportes para ir e voltar . Ai eu pergunto,; onde está o poder público, ministério público, câmara de vereadores? Olha por essas crianças e adolescentes por favor.

  2. No grupo de Whatsapp do colégio CEEP, onde minha filha estuda, as denúncias, reclamações e indignação de inúmeros pais , são publicadas a todo o momento devido a essa comprovação individual e coletiva. Vai haver LUTA para que haja JUSTIÇA! A Prefeitura Municipal de Itabuna, tbm precisa se manifestar diante desta cruel arbitrariedade. Não há desculpas aceitáveis para este desrespeito á LEI e á dignidade humana.

  3. Que absurdo. O que já era péssimo (serviço de transporte público em itabuna) Conseguiu ficar ainda pior. Parabéns aos envolvidos.

  4. Minha filha também estuda no ceep
    isso e um absurdo que está acontecendo com os estudantes agente como mãe vamos procurar o direito de nossos filhos .na outra empresa que tinha aqui em Itabuna nunca aconteceu isso
    Cadê o prefeito Augusto Castro que não se manifesta bora ver viu prefeito vamos botar a boca no trobone fassa alguma coisa,

  5. Pega um advogado e coloca nas pequenas causas, primeiro faz uma queixa na empresa e espera ela responder… Se não responde justiça e se responde e não resolve… Abrir liminar com multa diárias

  6. E muita pilantragem pos não tem fiscalização adequada, e punição aproveito a oportunidade pra denunciar o descaso que o bairro da mangabinha vem sofrendo, com o transporte público a empresa atual pos tos aqui tínhamos s linhas Califórnia, jardim primavera, ferradas hospital de base , rosa do povo, e bananeira. hoje só temos a linha bananeira e mesmo assim é um micro ônibus

  7. Boa tarde! Lamentável essa postura, a jornada de um estudante não é fácil e nem barata. O mínimo que se espera é que tenham seus direitos básicos respeitados e garantidos. Será que o estudante é só estudante no período que esta na escola? Ele não tem atividades em periodo oposto( educação física, entre outras). Não basta que estamos sem várias linhas até os dias de hoje, por exemplo: um aluno que mora na Califórnia e estuda no Jardim Primavera, tem que sair muito antes do horário, porque tem que usar dois ônibus em seu trajeto. Espero que corrijam essa situação com urgência e responsabilidade.

  8. Boa tarde! Na segunda feira 05/07/2022, ao retomar as aula, na ida para escola ao passar o cartão do meu filho foi cobrado R$ 3,70.
    ABSURDO!

  9. Precisamos garantir o direito dos estudantes. Saliento que além de ser extremamente injusto fazer essas cobranças indevidas observando um horário específico, é do conhecimento de todos que não é só durante o horário das aulas regulares que o estudante precisa se locomover até a escola. Muitas vezes há atividades extraclasse também, além de atividades que necessitem ir até o comércio, realizar pesquisas presenciais etc. É urgente a necessidade em garantir um valor justo dessas passagens para todos.

  10. Infelizmente não temos um transporte público descente em Itabuna graças ao prefeito. Sempre tivemos um transporte público precário, mas para se deslocar de um bairro para outro ter que pagar duas passagens é um roubo. E não venha com essa de que vc pega outro ônibus e não paga outra passagem, se tiver pago em Rael vai pagar outra passagem sim. Nem todo mundo tem cartão. Então Sr prefeito respeite o cidadão que usa o transporte público

  11. Eu estudo no CIONF pois moro em Ferradas
    E estudo a noite, já tem 2 meses eles fazendo isso ,não só comigo como com uns colegas tbm . E ainda quando nos sai da escola da horário não permitido e o cartão não passa.

  12. A população de Itabuna precisa de transporte de qualidade. Absurdos vem acontecendo: Quantidade de ônibus reduzidas, demora nos ponto de ônibus, transbordo não está funcionando, a população que deveria pagar apenas uma passagem está sendo obrigada a pagar duas pois os ônibus estão demorando de passar mais de uma hora para determinados lugares, as estações de transbordo não existem! Os estudantes tem direito da meia passagem em qualquer turno pois eles precisam se deslocar para aulas de Educação física no turno oposto, precisam fazer trabalhos de pesquisa em grupos, precisam frequentar bibliotecas e realizar pesquisas de campo. Não é justo isso! Vereadores são pagos para fiscalizarem. Vamos acionar o ministério público.

  13. Antes tinha ónibus pra todos os bairros,hoje só tem pro centro comercial, obrigando o passageiro pagar duas passagens,um absurdo,estamos sendo lesados

  14. Isso sem contar que teríamos transbordo, Wi-Fi, ar condicionado, ônibus diferenciado para cadeirante e outros, cade tudo isso Sr, Augusto Castro?

  15. Hoje presenciei a indignação de uma aluna do CEEP que foi cobrada tarifa cheia de 3,70 quando ia pra escola. A aluna filmou e gravou a reclamação e pediu o apoio dos passageiros sobre a denúncia que irá efetuar formalmente junto a Prefeitura e ao Ministério Público. Resta saber se os alunos lesados serão ressarcidos dos valores cobrados a mais.

  16. Sou estudante e estagiária e deixo aqui minha indignação quanto ao que está acontecendo.Passando por esse constrangimento e as minhas colegas que estavam junto comigo também.
    Vamos nos juntar contra ao serviço péssimo do transporte público de Itabuna-Ba
    E além do mais a é cobrança indevida .

  17. Aconteceu comigo, fui na atlântico fazer uma reclamação onde a empresa disse que eu estava devendo eles e por isso estava descontando o valor de $3,70, porque de acordo com eles, só posso usar duas passagens ao dia e de segunda a sexta, como se eu n tivesse aulas aos sábados e como se eles me dessem a passagem gratuita… E mesmo que eu pudesse utilizar apenas 2 passagens ao dia, pq me cobrariam $3,70 na primeira passagem do dia? Além disso, não posso realizar integração, pois me cobram uma nova passagem. Não tinha nenhum estorno do meu valor e o problema continua acontecendo… UMA FALTA DE VERGONHA DESSA EMPRESA!

  18. Prefeito toma vergonha na tua cara e procura resolver esse problema de muitos outros que vc não resolve, será que essa empresa miserável irresponsável com ônibus todos as ruínas mal cheiro tudo quebrado até os elevadores que algum ônibus tem não funciona pelo amor de Deus prefeito de meia pataca resolve esse problema dos estudantes e procura devolver o que foi cobrado a mais deles.

  19. Toma vergonha na tua cara prefeito de meia pataca procura resolver esse problema que essa maldita empresa tá assaltando os estudantes, isso é um absurdo.

  20. Desde o mês passado isso está ocorrendo. Sou estudante também, faço estágio num hospital, saio pela manhã e só volto pra casa a noite. Em qualquer horário que uso o cartão a cobrança é indevida e agora que já comeram todo o meu crédito aparece a mensagem “horário não permitido”. Um absurdo!

  21. Pensei que era só o meu que estava cobrando o valor total mesmo sendo estudantil! Um roubo! Infligem as leis de todo jeito! Sem falar nas sucatas que vivem quebrando diariamente!

  22. Absurdo! Minha filha também é estudante e utiliza o passe estudantil todos os dias e os passes acabavam muito rápido, absurdo isso. Todo o estudante tem o direito de pagar metade isso é lei ,vale para qualquer lugar principalmente no transporte isso é ilegal ministério público cadê vocês para investigar esse caso?

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.