Deyvid Oliveira Dantas (à esquerda) foi condenado pela morte do dentista Cleidson Cardoso
Deyvid Oliveira (à esquerda) foi condenado pela morte do dentista Cleidson Dias Cardoso (à direita)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal do Júri da Comarca de Ibicaraí condenou, nesta quarta-feira (27), o motorista Deyvid Oliveira Dantas dos Santos pelo assassinato do dentista Cleidson Dias Cardoso, que tinha 31 anos na época que foi atingido com vários disparos de arma de fogo. Os jurados concordaram com as provas apresentadas pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e condenaram o réu a cumprir 12 anos de prisão em regime fechado.

De acordo com as provas apresentadas, Deyvid Oliveira atirou em Cleidson Cardoso em julho de 2013. O crime ocorreu na porta da casa do dentista, quando ele retornava de uma festa, na madrugada do dia 8 de julho. Os jurados condenaram o  motorista por por homicídio duplamente qualificado e deve terminar de cumprir a pena no Conjunto Penal de Itabuna.

A Polícia Civil apurou que Cleidson Cardoso  foi surpreendido pelo assassino, no momento em que tentava entrar,pela garagem, na casa onde morava. A vítima tinha acabado de estacionar o carro quando foi atacada. O jovem chegou a ser levado, por vizinhos, para o Hospital Arlete Magalhaes, em Ibicaraí.

Deyvid Oliveira já cumpriu parte da pena. Ele foi detido em 2016, no Rio de Janeiro, depois de ficar três anos foragido; e recambiado para prisão em Itabuna, onde aguardou o julgamento.  A expectativa é que o Ministério Público da Bahia recorra para aumentar a pena que o réu deve cumprir.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.