Adolescente trans foi assassinada a facadas em Ibicaraí || Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma adolescente trans de 16 anos foi morta a facadas, na madrugada desta quinta-feira (3), em Ibicaraí, no sul da Bahia. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime. O caso aconteceu no bairro Corina Batista. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Kauana Vasconcelos.

De acordo com a polícia, moradores informaram que a adolescente foi levada por um homem em uma motocicleta para uma casa na Rua Nova, onde estavam outros dois suspeitos. Ela teria sido esfaqueada e depois arrastada até um terreno baldio, onde tentaram afogá-la.

A Polícia Civil informou que Kauana foi socorrida por vizinhos e levada para o Hospital Municipal Arlete Magalhães, mas não resistiu. Com informações da TV Santa Cruz.

Dupla atirou contra grupo em distribuidora de Olivença, às margens da BA-001
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil investiga a motivação e a autoria do ataque a tiros que tirou a vida de José dos Santos Silva Filho, 31 anos, e deixou 12 pessoas feridas, neste domingo (30), em Olivença, no litoral sul de Ilhéus. Uma criança de 7 anos e três mulheres estão entre os feridos e foram levadas para o Hospital Regional Costa do Cacau.

De acordo com a Polícia Militar, o grupo estava em uma distribuidora de bebidas às margens da BA-001, quando dois homens passaram em frente ao local e, de dentro de um carro, atiraram várias vezes contra as vítimas. José Filho, que faleceu ali mesmo, teria relações com o crime organizado, segundo a PM.

A investigação terá como ponto de partida o depoimento de testemunhas e a análise de imagens de câmeras de segurança.

Criminosos pegaram táxi no Terminal Rodoviário, no Centro Comercial || Foto Diário Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

As polícias militar e civil iniciaram operação para identificar e prender dois criminosos que mataram um taxista de 69 anos, na noite desta quinta-feira (6), em Itabuna. José Raimundo Honorato atendeu a um pedido de corrida do Terminal Rodoviário, no Centro Comercial, para o bairro São Roque.

De acordo com relatos, outros taxistas teriam recusado fazer a corrida para os dois homens por considerá-los suspeitos. Os colegas de Honorato até sinalizaram, com jogo de luzes dos veículos, para que ele não fizesse a viagem com os criminosos, porém a vítima não teria percebido e atendeu ao pedido da dupla.

LATROCÍNIO

O taxista foi morto nas proximidades do Condomínio Pedro Fontes, no Bairro São Roque, próximo ao Semianel Rodoviário que liga as BRs 101 e 415.

Segundo testemunhas, ele ainda estava no carro com os criminosos e, ao perceber a aproximação de outro veículo, deixou o táxi pedindo socorro. Nesse instante, um dos assaltantes disparou, atingindo a vítima. Na sequência, mais dois tiros, conforme narrou uma das testemunhas ao repórter policial Carlos Barbosa.

Honorato foi socorrido pelo pessoal que se aproximava em outro veículo. Levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), Honorato não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda a caminho do hospital. Os assaltantes deixaram o local levando o carro e todos os pertences da vítima.

O professor (à direita) foi assassinado em Ibicuí|| Foto do suspeito reproduzida da TV Santa Cruz
Tempo de leitura: 2 minutos

Um misto de revolta, dor e emoção tomou conta da população de Ibicuí, que nesta quarta-feira (21) despediu-se do professor Isaac de Jesus Souza, de 44 anos. O educador foi encontrado morto na noite de terça-feira (20), no interior da residência onde morava. O sepultamento foi no final da tarde de hoje, no cemitério municipal de Ibicuí.

O suspeito de assassinar o professor foi preso em Itabuna e confessou o crime, conforme informou o coordenador regional da Polícia Civil, delegado Evy Paternostro. O acusado foi identificado como Fábio Souza Santos Lima Júnior, de 26 anos. Ele é morador do bairro Parque Verde, em Itabuna, e já estava preso desde a tarde de terça-feira. Ele havia sido detido numa operação policial contra o tráfico de drogas, no bairro Fonseca.

A polícia iniciou as investigações  do assassinato do professor da rede municipal de Ibicuí ainda na noite de terça-feira. Na troca de informações com a Polícia Civil de Itabuna descobriu-se que uma pessoa tinha sido detida por tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Fábio Souza estava com um CPF no nome do do educador morto.

Além de matar Isaac de Jesus, o assassino levou o veículo, notebook e o celular da vítima. De acordo com a polícia, Fábio Souza relatou que conheceu a vítima pelas redes sociais e foi convidado para ir até Ibicuí para um encontro. Lá, foram até uma pizzaria no centro da cidade e depois seguiram para a casa do educador. Imagens de câmera de segurança do estabelecimento mostram os dois juntos no local.

MORTO POR ESTRANGULAMENTO

Durante o depoimento, Fábio Souza indicou onde tinha escondido o veículo da vítima. O celular e notebook também foram recuperados pela polícia. O autor confesso do crime passou por audiência de custódia na tarde desta terça-feira e teve a prisão decretada pela Justiça. Ele será levado para o Conjunto Penal de Itabuna.

O professor foi encontrado com os braços amarrados e apresentava sinais de enforcamento. O corpo foi localizado por familiares que perceberam que Isaac de Jesus não havia comparecido para trabalhar nas escolas onde lecionava nem dava notícias desde última segunda-feira (19). Ele trabalhava na Escola Municipal São Pedro e em outra unidade particular.

O sentimento é dor e revolta na pequena cidade de Ibicuí, onde o professor era muito querido pela população, que cobra punição severa para o assassino. O sepultamento foi acompanhado por uma multidão, que lamentou a perda trágica do jovem professor. O município divulgou nota de pesar lamentando o ocorrido.

Testemunhas cobriram corpo de vítima com canga, antes da chegada do DPT
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um jovem foi morto a tiros na Praia dos Milionários, na zona sul de Ilhéus, no final da manhã deste sábado (17). Segundo as primeiras primeiras informações, o nome da vítima é Felipe Ariel.

Ele estava na praia e foi surpreendido pelos dois assassinos, que chegaram ao local em uma motocicleta. A dupla acertou ao menos dois disparos no tronco da vítima, que tentou fugir, mas caiu e morreu no local.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) recolheu o corpo da vítima, que ficou caído na areia da praia e foi coberto por uma canga. A motivação e a autoria do crime são investigadas pela Polícia Civil.

Márcio (de chapéu) teria contrariado interesses de Dorival, segundo investigação || Fotomontagem
Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Dorival Freitas Macedo (PSOL), de Itaeté, foi alvo de mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Stone, nesta terça-feira (6). Sargento aposentado da Polícia Militar, ele é um dos suspeitos do assassinato de Márcio Oliveira Matos, em janeiro de 2018.

Na época, Márcio era dirigente estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e secretário de Administração de Itaeté, município da região da Chapada Diamantina. Ele foi morto na frente do filho de 6 anos, na propriedade rural onde morava em Iramaia, a 30km de Itaeté.

A suspeita é de que a vítima teria contrariado interesses de Dorival, após identificar fraudes contratuais e reduzir despesas da Secretaria, segundo as investigações, que são coordenadas pela Corregedoria-Geral da SSP-BA. O trabalho operacional cabe à força-tarefa de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsão Mediante Sequestro.

ROL DE SUSPEITOS

A Operação Stone foi autorizada pela Vara Criminal de Barra da Estiva. Os alvos foram as casas de Dorival e de um ex-secretário de Finanças do município, além do gabinete do parlamentar. O ex-secretário e um terceiro homem também são investigados pela morte de Márcio.

Documentos foram apreendidos no gabinete e na residência do parlamentar. Uma espingarda calibre 12, um rifle calibre 22 e uma pistola calibre 6,35 estava em posse de um homem apontado como comparsa do sargento Dorival, como o vereador é conhecido. O homem foi preso por porte ilegal de arma.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O professor Reginaldo da Silva, de 39 anos, foi executado a tiros no distrito de Banco Central, em Ilhéus, nesta quinta-feira (21). Não há detalhes sobre as circunstâncias do crime.

A Prefeitura de Ilhéus informou, em nota, que Reginaldo era funcionário contratado e atuava na Escola Municipal de Banco Central desde 2017, dedicando-se ativamente ao trabalho. A Secretaria Municipal de Educação suspendeu o expediente administrativo e as aulas da escola por 24h, como medida de segurança.

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), prestou condolências aos familiares e amigos de Reginaldo. Também cobrou que as autoridades competentes investiguem esse e outros crimes violentos cometidos no município. Segundo o mandatário, a impunidade tem se perpetuado em Ilhéus.

Tempo de leitura: < 1 minuto

As investigações sobre o assassinato de Adriano de Jesus Alcântara, de 48 anos, indicam que ele foi vítima de bandidos especializados em assaltos contra motoristas de aplicativo, segundo o delegado Marlos Macedo, da Polícia Civil da Bahia. Adriano estava desaparecido desde sábado (25), quando aceitou corrida por meio de aplicativo de transporte. Seu corpo foi encontrado na zona rural de Itajuípe, neste domingo (26).

“É uma quadrilha especializada em roubo de carro, especificadamente de proprietários de veículos de aplicativo, pessoas honradas, trabalhadoras, que estão exercendo seu papel para a manutenção das suas famílias”, explica o delegado. Para ele, não há dúvidas de que Adriano, que não tinha envolvimento com o mundo do crime, foi vítima de latrocínio.

Ainda de acordo com o delegado, em trabalho conjunto, policiais civis e militares conseguiram identificar todos os membros da quadrilha, mas os nomes deles ainda não podem ser divulgados. “A gente conseguiu alavancar algumas provas. Fizemos buscas na residência de um dos envolvidos”, acrescentou.

As informações obtidas pelos investigadores apontam que os três criminosos que participaram do latrocínio estão escondidos num matagal. A Polícia Civil trabalha para levantar indícios de autoria para pedir à Justiça a prisão preventiva deles.

O delegado Marlos Macedo assegurou que a Polícia Civil dará resposta à família de Adriano e à sociedade. “Em breve espaço de tempo, a gente vai poder mostrar quem são esses meliantes”, concluiu. Com informações da TV Santa Cruz.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Desde ontem (16), quando o corpo do motorista de aplicativo Sátiro Menezes Filho foi encontrado em Serra Grande, distrito de Uruçuca, colegas de profissão do jovem de 23 anos cobram o esclarecimento do homicídio.

Reunidos em carreata, os trabalhadores circulam pelas ruas de Ilhéus, onde Sátiro morava, buzinando seus veículos em sinal de protesto. A manifestação se repetiu na manhã de hoje (17), como mostra o vídeo abaixo.

Sátiro, que era mais conhecido como John, estava desaparecido desde sexta-feira (13). Ele foi chamado para uma corrida para Serra Grande e não fez mais contato com familiares e amigos. O corpo do trabalhador foi encontrado no final da tarde desta segunda-feira (16), em estado avançado de decomposição e com sinais de espancamento.

Morador da Lagoa Encantada, na zona rural de Ilhéus, John era considerado um jovem tranquilo e trabalhador. A violência de que foi vítima abalou a comunidade. A 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) é responsável pela investigação do crime.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem não identificado foi morto com um tiro na cabeça no Terminal Urbano de Ilhéus, no sul da Bahia, na tarde de hoje (13). No mesmo local, outro homem foi atingido por um disparo na perna.

Segundo as primeiras informações, eles estavam em uma motocicleta e, quando chegaram no Terminal, foram atacados a tiros por outros dois homens, que também usavam uma moto.

Não há informações sobre a motivação do crime. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o homem caído no chão, já sem vida, com a marca do tiro na cabeça. A outra vítima, que conduzia a moto, recebeu os primeiros socorros de pessoas que presenciaram o ataque.

O local é dos mais movimentados da cidade. A ação criminosa gerou pânico e correria.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem identificado como Andersom Silva Pereira, o Alemão, de 33 anos, que fazia linha de transporte alternativo entre os municípios de Ubatã e Ibirapitanga, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (11), no Churrascão, em Ubatã. Alemão estava lanchando com amigos quando foi surpreendido por dois homens armados numa motocicleta, informa o Ubatã Notícias.

Um dos homens atirou várias vezes contra o motorista. O Samu 192 foi acionado, esteve no local e confirmou o óbito. A Polícia Militar realizou diligências, mas até o momento ninguém foi preso. Conforme informações da Polícia Civil, Alemão tinha passagem por furto e tentativa de homicídio.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O personal trainer e professor de dança Ronaldo Mendes dos Santos, de 40 anos, foi assassinado a tiro, na noite de ontem (6), em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (PR). O crime ocorreu no momento em que Ronaldo, conhecido como Cigano, deixava uma academia onde trabalhava, no bairro Campo Pequeno.

Ronaldo havia sido procurado por um homem, horas antes do crime, mas ele não estava na academia, informa a RicTV, do Paraná. À noite, o criminoso retornou. E no exato momento em que Ronaldo deixava a academia. A suspeita da polícia é de que se trate de crime passional.

Nascido em Itabuna, Ronaldo estava no Paraná há, pelo menos, oito anos e fazia sucesso como personal e professor de dança, sendo requisitado por várias academias em Colombo e em Curitiba.

O empresário Luciano Trambosi, dono de academia, lamentou a morte. Ele se manifestou numa rede social. “A primeira academia que ele veio dar aula foi a nossa. Tenho certeza que Colombo vai sentir muito essa perda. Ele dava aula de diversas modalidades de dança e era querido por alunos e também pelos profissionais da área”, escreveu.

Crime foi cometido na madrugada desta terça-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem foi assassinado a tiros na ladeira que dá acesso ao Viaduto Catalão, em Ilhéus, sul da Bahia, nesta terça-feira (8). O nome da vítima é Rafael Santos Pereira.

Ainda não informações sobre a autoria e a motivação do crime, que ocorreu na madrugada de hoje. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) recolheu o corpo ainda nesta manhã. A Polícia Civil investiga o caso. Atualizado às 10h42min.

Homicídio foi cometido por volta das 12h30min desta terça-feira (15)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem foi morto a tiros na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus, por volta das 12h30min desta terça-feira (15). A vítima ainda não foi identificada. O corpo já foi recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O crime foi cometido numa área muito movimentada da Feira do Malhado, diante de um dos boxes do mercado popular, por um bandido. O motivo do assassinado ainda não é conhecido.

Com medo, alguns comerciantes chegaram a fechar seus estabelecimentos após o homicídio.

Crime foi cometido na Vila Poxim, zona rural de Canavieiras
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-companheiro de Marcia Nascimento de Oliveira, morta a facadas em Canavieiras, apresentou-se ontem (1º) na delegacia do município e confessou o crime, segundo informação obtida pelo PIMENTA junto à Polícia Civil.

A mulher de 34 anos foi assassinada na Vila Poxim, localizada na zona rural do município, no último domingo (30). Segundo a Polícia, acompanhado por advogado, o homem afirmou que agiu sozinho, movido por impulso passional.

Ele foi liberado após prestar depoimento, mas há a expectativa de que a sua prisão seja solicitada à Justiça, conforme apuração do site.