Pelo menos três seguranças do Atakarejo estão entre os presos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (11) um homem suspeito de envolvimento na morte de Bruno e Yan Barros da Silva, encontrados mortos no dia 26 de abril, em Salvador, após furto de carnes no supermercado Atakadão Atakarejo. O homem tinha mandado de prisão temporária aberto e se apresentou ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele é a nona pessoa presa no curso da investigação do caso.

De acordo com a titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), delegada Zaira Pimentel, o homem já tem passagem policial por tráfico de drogas. Ele está à disposição da Justiça.

Conforme a Polícia Civil, pelo menos três seguranças do supermercado estão entre os presos. Outros investigados, também detidos, teriam ligação com o tráfico de drogas.