Ataque em Ilhéus deixou quatro pessoas baleadas
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma das quatro pessoas feridas durante ataque a tiros ocorrido na tarde de sexta-feira (11), em Ilhéus, no sul da Bahia, foi o marido da secretária de Educação da cidade, Eliane Oliveira. O caso ocorreu na Avenida Lindolfo Collor, no Malhado.

Segundo ela, José Emílio Martins da Silva, de 62 anos, foi atingido no braço e nas costas e levado para o Hospital Regional Costa do Cacau. A secretária contou que o marido passou por cirurgia e está internado na UTI da unidade. Ela ainda disse que José Emílio, que é comerciante, mora perto do local e estava voltando do supermercado para casa, quando foi atingido.

A Polícia Militar informou que na noite de sexta, após o ataque, policiais foram recebidos a tiros no Alto dos Coqueiros. No confronto, um homem identificado como Douglas foi atingido e não resistiu. A PM acredita ele esteja envolvido no ataque a tiros.

O casos ocorreu foi no final da tarde de sexta. As primeiras informações são de que um homem chegou atirando e três homens e uma mulher foram atingidos.Leia Mais

Tempo de leitura: 2 minutos
Mulher foi baleada na ponte do São Caetano

Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas durante um ataque de integrantes de uma facção criminosa. A emboscada ocorreu por volta das 17h, na ponte Governador Cesar Borges, que dá acesso a bairros como São Caetano, Banco Raso e Jardim Vitória. Os três passageiros embarcaram no táxi nas imediações do Cemitério Campo Santo, no bairro Pontalzinho, e tinham como destinos os bairros São Caetano e Vila Anália. Eles foram atacados quase no final da ponte, sentido São Caetano.

Além do taxista, os disparos atingiram Normandia Simplícia dos Santos, de 40 anos, que conseguiu pular do veículo e se jogar na pista de ciclista, e Cleiton Manuel Novaes da Silva, que morreu no local. O taxista foi atingido de raspão no pescoço. O motorista e Normandia Simplícia foram  levados para o Hospital de Base, e passam bem.

Veículo foi atingido várias vezes

Um terceiro passageiro do veículo, amigo de Normandia Simplícia, conseguiu sair ileso. A polícia ainda não tem o nome dele. Normandia Simplícia e, pelo menos, outras sete pessoas solicitaram dois táxis. O que ela estava foi atacado.

De acordo com a Polícia Militar, os passageiros do táxi retornavam do sepultamento de dois suspeitos que morreram em confronto com PMs na noite de quarta-feira (5), no bairro São Caetano. Os homens mortos ontem estavam em um veículo, que saiu em alta velocidade da localidade conhecida como Gogó da Ema. Os policiais iniciaram uma perseguição e houve troca de tiros já na Avenida Manoel Chaves (Kennedy). Os suspeitos foram baleados e morreram.