Tempo de leitura: 2 minutos

Lançado no Brasil no início do segundo trimestre de 2022, o Renault Kwid E-Tech (o “SUV” dos subcompactos) chega como o carro elétrico mais barato do país. Mas não podemos falar que uma caixa de fósforo com bateria, que custa mais de R$ 142.000,00, seja acessível ao proletariado.

Importado da China, podemos observar que em seu visual houve um facelift, e sua tomada de recarga fica escondida abaixo da logo Renault (ela suspende feito uma porta basculante).

O para-choque traseiro também mudou, recebeu um novo grafismo em suas lanternas, ganhou molduras nas caixas de roda, uma faixa lateral com o nome (E-Tech) e abandonou a ideia dos engenheiros dos Ford Pampa, Del-Rey e Belina, que utilizavam somente 3 parafusos em cada uma de suas rodas. Como diria uma família de 3 pessoas com a chegada de um novo integrante: agora somos 4.

Em relação à sua autonomia, está equipado com uma bateria de 26,8 kwh que garante autonomia de 298 km na cidade e 265 km no ciclo combinado, segundo os padrões do Inmetro. Ou seja, se você estiver pensando em comprar um e fazer um passeio de Itabuna a Porto Seguro (264km segundo o Google), você terá que deixar o carro na entrada da cidade – e o restante do percurso fazer a pé ou empurrando. Ou esperar recarregar a bateria.

Ele leva cerca de nove horas para recuperar 190 km de autonomia quando plugado em uma tomada comum de 220v. Essa mesma quilometragem é alcançada em apenas 40 minutos se o carro estiver conectado a uma fonte de recarga rápida DC. Já em um wallbox de 7 kw, 80% da bateria é recuperada em cerca de três horas.

Sobre a motorização, o Kwid gera 65 cv e 11,4 kgfm de torque. Com esse propulsor elétrico, a velocidade máxima não passa dos 130 km/h e a sua incrível aceleração de 0 a 100 km/h leva “intermináveis” 14,6 segundos (que é tão chato quanto assistir a 3 propagandas de 5 segundos no Youtube). E isso gera esperança nos proprietários de fusca, pois conseguirão encontrar nas estradas um carro novo (atual) que eles possam ultrapassar com segurança.

Podemos concluir que o Kwid e-tech foi feito para rodagem urbana, e que de barato na Renault só existe a revenda.

Ícaro Mota é consultor automotivo e diretor da I´CAR. A coluna é publicada às sextas-feiras.

Clique e confira o Instagram da I´Car.

Pietro Fittipaldi estreará na Fórmula 1 no próximo domingo || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O piloto brasileiro Pietro Fittipaldi, de 24 anos, neto do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi, terá sua primeira chance como piloto principal da Haas na Fórmula 1, no próximo domingo (6), quando substituirá Romain Grosjean, lesionado ontem (29) após escapar de um grave acidente no Grande Prêmio do Bahrein. O piloto francês se recupera de ferimentos nas costas e em ambas as mãos.

A estreia do brasileiro será no GP de Sakhir, pela 16ª rodada do Campeonato Mundial de F1, no Circuito de Bahrein. Ele será o 32º brasileiro no Circuito Mundial de F1. Desde 2017, quando Felipe Massa se aposentou das pistas, o país não tinha representantes na categoria. Nesta temporada, Pietro participou como piloto reserva e de testes da escuderia norte-americana, na maioria das corridas de F1.Em nota oficial da Haas, o brasileiro revelou que se sente preparado para o desafio.

“Mais importante do que eu estar feliz é Romain [Grosjean] está seguro e saudável”, comentou Pietro Fittipaldi. “Estamos todos muito felizes por seus ferimentos serem relativamente leves após um incidente tão grande. Obviamente, não é um conjunto de circunstâncias ideal para obter minha primeira oportunidade de competir na Fórmula 1, mas sou extremamente grato a Gene Haas e Guenther Steiner por sua fé em me colocar ao volante neste fim de semana”.

Na próxima sexta (4), Pietro assume o volante da do modelo VF 20, como piloto principal da Haas, nos treinos de abertura. Guenther Steiner, chefe da escuderia, está confiante no desempenho de Fittipaldi Neto.

“Pietro vai pilotar o VF-20 e ele está familiarizado com o fato de ter estado com a equipe nas últimas duas temporadas como piloto de teste e reserva. É a coisa certa a fazer e é obviamente uma boa oportunidade para ele. Ele foi paciente e sempre estava preparado para esta oportunidade – e agora ela chegou. É por isso que o queremos no carro e tenho certeza que ele fará um bom trabalho. É muito exigente ser chamado no último minuto, mas como eu disse, acho que é a coisa certa a fazer pela Haas F1 Team”. Da Agência Brasil.

Hamilton se torna maior vencedor de corridas da Fórmula 1 || Fotohamilton foto Jose Sena Goulao/Reuters/A.Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

Na manhã deste domingo (25), o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, escreveu mais um capítulo da história da Fórmula 1. Ele venceu o GP de Portugal, em Portimão, e chegou à 92ª vitória na carreira, se tornando o piloto com maior número de conquistas na categoria. A marca anterior era do alemão Michael Schumacher, com 91 provas vencidas.

A conquista histórica foi tranquila. Na verdade, apesar de largar na pole position, Hamilton só teve dificuldades nas primeiras voltas, até aquecer os pneus médios. Ele foi ultrapassado por Bottas e por Carlos Sainz Jr. O piloto espanhol da McLaren liderou a prova por algumas voltas. Mas, logo na sequência, a dupla da Mercedes fez prevalecer o melhor carro e passou à frente. Na volta 20, das 54 previstas, Hamilton já era o líder. A partir daí, seguiu sem problemas para confirmar a vitória emblemática.

Essa foi a oitava conquista do piloto britânico em 12 provas no ano. Agora, na temporada, Hamilton tem 256 pontos. São 77 de vantagem para o vice-líder, Valtteri Bottas, que tem 179. Sendo assim, o inglês pode se tornar heptacampeão mundial daqui a duas provas, na Turquia. Max Verstappen, da RBR, fechou o pódio, em terceiro.Leia Mais

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui acompanha apresentação de projeto feita por Barrichello || Foto Paula Fróes/GovBA

Na manhã desta terça-feira (10), o governador Rui Costa recebeu um grupo de empresários, liderado pelo ex-piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello para discutir a implantação de um complexo de automobilismo no entorno da Arena Fonte Nova.

Durante o encontro, que ocorreu na Governadoria, em Salvador, foi assinada uma carta de intenções para a construção do empreendimento, que prevê um kartódromo com potencial para sediar competições internacionais, um museu da história do automobilismo, com objetos utilizados por Rubinho – veículos, capacetes, troféus e macacões –, além de centro comercial.

Também presente na reunião, o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, explicou que, em até 120 dias, serão iniciados os estudos de viabilidade econômica para a implantação do complexo, no mesmo modelo da concessão da Arena Fonte Nova.

“Estamos abertos a receber, com muita alegria, a sugestão proposta pelos próprios empresários. Essa é a oportunidade da Bahia criar mais um empreendimento que atrai turistas e gera emprego e renda para a população. O local é privilegiado pela mobilidade urbana, e o acesso é fácil por meio do metrô”, ressaltou.

“Nós temos aqui uma carta de intenção para trazer algo novo para Salvador. Em nossos estudos, nós analisamos que a Arena Fonte Nova, após o legado da Copa do Mundo, é um case de muito sucesso. E esse sucesso já será o ponto de partida para a implantação da pista de kart, com uma área de shopping center, local de alimentação e todo o resto. Temos um grupo muito bom por trás disso, além de um projeto enorme para ser analisado. Estou muito feliz de ter vindo para cá e, quem sabe implantar isso aqui”, afirmou o ex-piloto Barrichello.Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto
Somente Fusca participa da competição (Foto Divulgação).
Somente Fusca participa da competição (Foto Divulgação).

A I Copa Fusca de Itabuna foi adiada para o dia 13. A competição automobilística estava programada para este domingo (5), nas avenidas Aziz Maron e Mário Padre (Beira-Rio).

De acordo com o organizador da Copa Fusca, Ivan Gusmão, o adiamento ocorreu em atendimento a solicitação da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Settran).

A competição terá três provas no domingo 13. Somente carros do modelo Volkswagen Fusca participam dos grandes prêmios. Além de corrida, o evento também terá concurso Garota Copa Fusca.

Tempo de leitura: 2 minutos
Carros começam a ser preparados para a Copa Fusca (Foto Divulgação).
Carros começam a ser preparados para a Copa Fusca (Foto Divulgação).
Ivan Gusmão é o idealizador da Copa Fusca.
Ivan Gusmão é o idealizador da Copa Fusca.

A primeira Copa Fusca Itabuna 2015 será realizada neste domingo (6), a partir das 8h, no circuito urbano nas avenidas Aziz Maron e Mário Padre (Beira-Rio). Idealizador da copa, o empresário Ivan Gusmão diz que serão três grandes prêmios (GPs) no domingo.

Os GPs levarão nomes dos mais tradicionais circuitos da Fórmula 1 – Interlagos, Mônaco e Suzuka. No circuito compreendido entre o contorno da Aziz Maron para o Shopping Jequitibá e a Câmara de Vereadores, foram programados GPs com 25, 21 e 19 voltas, segundo Ivan afirmou ao Pimenta.

O público terá acesso gratuito ao circuito montado na Beira-Rio e contará com estrutura de bares, banheiros, estandes de patrocinadores, palco e sonorização. “Nossa região já merece sediar eventos de grande porte há muito tempo, principalmente do mundo automobilístico”, diz Ivan Gusmão.

A festa terá, além dos grandes prêmios, o Concurso Garota Copa Fusca. A programação começa às 8h e deverá ser encerrada por volta de 14h do domingo, de acordo com a organização.

Grandes prêmios serão realizados na Beira-Rio.
Grandes prêmios serão realizados na Beira-Rio, conforme traçado acima.

HOMENAGEM A SENNA

A Copa Fusca Itabuna 2015 prestará homenagem a um dos monstros do automobilismo mundial, o brasileiro Ayrton Senna, e aos carros de Fórmula 1. “[A copa] é temática e não se vê nada igual no mundo”, exulta Gusmão, que planeja a competição com 17 provas em 2016.

– É um evento imperdível e que marcará época em nossa cidade. Apoiar, prestigiar e torcer para seu piloto ou carro de preferência é, no mínimo, o que podemos fazer para que em 2016 essa corrida aconteça como está sendo prometida – diz o empresário.

Para Ivan Gusmão, a Copa Fusca é “novo giro de oportunidades” em Itabuna. “com o aquecimento na mão de obra mecânica automotiva, de venda de pneus, combustíveis e peças”. Outro ganho, acrescenta, é o consumo nos dias de competição, “principalmente com a visualização das marcas dos patrocinadores”. Até agora, a copa é patrocinada pela Senna Center Car e a Confiança Proteção Veicular.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner entrega premiação a Ricardo Maurício (Foto Carol Garcia/GovBA).
Wagner entrega premiação a Ricardo Maurício (Foto Carol Garcia/GovBA).

O piloto Ricardo Maurício, da RC Competições, venceu a prova da Stock Car disputada neste domingo, 19, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O piloto chegou quase um segundo à frente de Rubinho Barrichelo, da Full Time. O terceiro lugar ficou com Thiago Camilo, da RCM.
Ao final da prova, o governador Jaques Wagner anunciou protocolo de intenções para assegurar a competição automobilística por mais cinco anos na capital baiana. “O sucesso dessa prova é o que motiva a prorrogação do contrato”, disse Wagner em clima de festa.
A etapa em Salvador, segundo a organização, é a que atrai o maior público. De acordo com os organizadores, a prova atrai cerca de cinco mil turistas à capital baiana, única disputada em circuito de rua.

Tempo de leitura: < 1 minuto

LUIZ RAZIAO piloto baiano Luiz Razia acertou com a equipe Marussia 9 (ex-Virgin) e vai correr a temporada 2013 da Fórmula-1. A informação foi divulgada no programa “Redação Sportv” e posteriormente confirmada pelo próprio plioto.

“Foi um processo um pouco longo e muito angustiante até esse último momento a gente estava sem nada, praticamente. E a gente conseguiu fechar no “último minuto”.
Leia mais n´A Tarde
 

Tempo de leitura: < 1 minuto
Senna em uma das comemorações de dezenas de vitórias.

A BBC escolheu o brasileiro Ayrton Senna, falecido em 1994, como o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos, batendo nomes como Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Michael Schumacher e Alain Proust. A lista da BBC tem 20 nomes.

Os brasileiros Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi aparecem em 16º e 17º. Sebastian Vettel e Fernando Alonso, que disputam o título de 2012, figuram em 8º e 10º, respectivamente. Lewis Hamilton também aparece na lista de escolhidos da televisão britânica. É o 15º. No vídeo abaixo, uma das vitórias que explicam a escolha da BBC. Senna ganha o GP do Brasil em 1991 pilotando apenas na sexta marcha nas últimas sete voltas.