Itacaré mantém comércio fechado e barreiras sanitárias || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A tão aguardada pavimentação do trecho Taboquinhas-Vila Maria da BA-654 deve sair do papel. O aviso de licitação da obra foi publicado nesta quarta-feira (15), no Diário Oficial do Estado (DOE). São 5,3 quilômetros de estrada.

A obra vai melhorar a vida e a mobilidade dos moradores. A abertura das propostas está prevista para o dia 27 de julho, às 15h30min, em Salvador.

Trecho já pavimentado que liga a sede de Itacaré a Taboquinhas || Foto Divulgação

De acordo com o município, a pavimentação foi reivindicada pelo prefeito Antônio de Anízio (PT) e pelo deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), com esforços do secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e do diretor da Superintendência de Infraestrutura de Transportes (SIT), Saulo Pontes.

Tempo de leitura: 2 minutos

Costa discursa em praça em Taboquinhas, distrito de Itacaré.
Costa discursa em praça em Taboquinhas, distrito de Itacaré.

Condicionando o cumprimento da promessa a novos convênios com bancos internacionais, o governador Rui Costa disse que asfaltará os 26 quilômetros que separam Taboquinhas, em Itacaré, e a BR-101, trecho de Ubaitaba. Nesta sexta (10), o gestor baiano entregou os 19 quilômetros da BA-654 entre o distrito conhecido pelo turismo de aventura e a sede de Itacaré.

Ainda na praça, o governador ouviu agradecimentos pela pavimentação dos 19 quilômetros e pedidos de asfaltamento do segundo trecho da rodovia estadual, entre Taboquinhas e Ubaitaba e Aurelino Leal. Segundo Rui, o asfaltamento será incluído entre as prioridades assim que o estado obtiver novo financiamento do Banco Mundial ou do Banco Europeu de Investimento para reforma ou construção de estradas. No trecho entregue hoje (10), foram investidos R$ 18,76 milhões.

A cerimônia em Taboquinhas atraiu centenas de moradores e grupos vestidos de azul e amarelo. O grupo trajado de azul cobrava a conclusão do segundo trecho da BA-654. No trecho de Itacaré a Taboquinhas, a viagem agora é bem mais rápida – e livre do barro e da lama que comprometia a viagem em dias chuvosos. Essa facilidade também é buscada por quem trafega no outro extremo da estrada.

Trecho Itacaré-Taboquinhas foi asfaltado (Foto Manu Dias/GovBA).
Trecho Itacaré-Taboquinhas foi asfaltado (Foto Manu Dias/GovBA).

TURISMO PROFISSIONALIZADO
Ao público, Rui disse estar ainda mais encantado com o trecho da Costa do Cacau. Mas fez um apelo aos moradores da localidade para que cuide bem do turista para que ele volte. Taboquinhas atrai turistas que curtem aventura e tem, no Rio de Contas, uma das melhores águas para a prática do rafting no mundo. Da Redação.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na visita a Itabuna, o governador Jaques Wagner foi alvo de protestos de moradores do distrito de Taboquinhas, em Itacaré, e de deficientes visuais. Os moradores de Taboquinhas pedem a conclusão das obras da BA-654. As obras começaram e foram suspensas no ano passado. A estrada liga o distrito à sede de Itacaré e também à BR-101. Estudantes deixam de estudar por causa da condição da rodovia inacabada. A situação piora em dias chuvosos.
Um grupo de deficientes visuais exibe faixas e pede maior atenção do governador quanto à gratuidade nas linhas curtas e de tarifa única do transporte intermunicipal no sul da Bahia. Além de Wagner, o alvo dos deficientes é a Rota Transportes, que, segundo eles, não tem compromisso social. As faixas foram estendidas na FTC-Itabuna, onde o governador e prefeitos assinam o pacto “Todos Pela Educação”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Obras na BA-654 estão paralisadas há quase um ano.

Um protesto bloqueia há mais de três horas a BR-101, trecho de Ubaitaba, sul da Bahia. Os manifestantes exigem do governo baiano a retomada das obras de asfaltamento da BA-654.
A rodovia possui 40 quilômetros de extensão e liga a BR-101 à BA-001, conhecida como estrada Taboquinhas-Itacaré. O Derba iniciou a terraplenagem da rodovia em 2009, mas paralisou as obras no ano passado.
A BA-654 une a região onde residem cerca de 20 mil pessoas nos municípios de Itacaré, Uruçuca, Aurelino Leal e Maraú. Além de escoar a produção agrícola, a rodovia também é acesso para alguns dos pontos turísticos mais belos da Costa do Cacau.
Entre as paisagens, estão a Cachoeira de Tijuípe, entre Uruçuca e Itacaré, e o distrito de Taboquinhas, em Itacaré, localidade onde o Rio de Contas oferece a terceira melhor corredeira do mundo para a prática de rafting.