Tempo de leitura: < 1 minuto

Com a criação de comitê gestor, o município de Itacaré acaba de aderir ao programa Cidade Empreendedora, do Sebrae. A iniciativa busca a melhoria no ambiente de negócios, empreendedorismo, implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento econômico local, através da institucionalização da lei geral da micro e pequena empresa. O comitê é formado por representantes do governo municipal e da sociedade civil organizada.

O Programa é um Plano de Ação para o fomento aos Pequenos Negócios e tem o objetivo de capacitar a gestão municipal para trabalhar os eixos considerados prioritários na construção de cidade empreendedora, dentre eles gestão municipal, lideranças, desburocratização, sala do empreendedor, compras governamentais, empreendedorismo nas escolas, inclusão produtiva, agricultura familiar e setores econômicos, cooperativismo e crédito.

O Cidade Empreendedora é mais uma iniciativa do Sebrae com adesão da gestão municipal. Recentemente, o prefeito Tonho de Anízio conquistou prêmio estadual do Sebrae. Ele foi o vencedor do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na categoria Inovação e Sustentabilidade, com o Projeto Itacaré Verde – #LIXÃONUNCAMAIS”, desenvolvido em parceria com o projeto ProteGEEr, cooperação Brasil-Alemanha, e implementado pelo GIZ Brasil, em conjunto com o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR).

Evento online reuniu vice-governador João Leão e superintendente Jorge Khoury || Foto Dario Neto
Tempo de leitura: 2 minutos

A 11ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor foi lançado, na manhã desta quarta (13), pelo Sebrae Bahia. Prefeituras de todo o estado podem se inscrever pelo site www.prefeitoempreendedor.sebrae.com.br. A nova edição teve lançamento online. Reuniu o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, o vice-governador do Estado, João Leão, o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá, e o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Bahia, Carlos Andrade, além de gestores municipais.

O superintendente Jorge Khoury reforçou a importância do Prêmio para incentivar os gestores municipais a desenvolverem ações efetivas no desenvolvimento econômico das cidades, com o incentivo às micro e pequenas empresas e, consequentemente, à geração de empregos.

“Não tenho dúvidas da importância desse projeto e, cada dia mais, ele fica mais significativo para auxiliar, orientar e colaborar com os prefeitos dos nossos municípios. Para que se tenha um ambiente de negócio favorável, é preciso que a liderança tenha o entendimento de que a administração local possa, efetivamente, criar oportunidades para que as micro e pequenas empresas desempenhem bem o seu papel. Dessa forma, o maior vencedor é a comunidade do município, com a melhoria da economia e geração de empregos”, apontou.

SAC EMPREENDEDOR

Para incentivar os gestores municipais na criação de projetos e inscrição no Prêmio, o vice-governador João Leão, que também é secretário estadual de Planejamento (Seplan), falou de iniciativas, no âmbito estadual, para que os prefeitos possam utilizar em suas cidades e incentivar ainda mais a criação de micro e pequenas empresas para auxiliar no desenvolvimento local.

“Estamos desenvolvendo, em parceria com o Sebrae, o SAC do Empreendedor, e você pode ter esses serviços na sua cidade. Nós tínhamos municípios que levavam, em média, 73 dias para abrir uma empresa. Hoje, já implantamos 18 unidades no sistema de empreendedorismo. O que a cidade precisar do Estado, terá nessa unidade. Com isso, estamos abrindo empresas em até uma hora”, afirmou.

Além das autoridades presentes, o evento virtual contou ainda com a presença do ex-prefeito de Brotas de Macaúbas (BA), Litercílio Júnior, vencedor estadual do Prêmio da edição anterior e finalista na etapa nacional. Ele falou sobre o projeto vencedor com a gerente da Unidade de Ambiente de Negócios do Sebrae Bahia, Cecília Miranda. O evento online pode ser conferido na íntegra pelo canal do Sebrae Bahia no YouTube.

CATEGORIAS

Nesta edição do Prêmio Prefeito Empreendedor, as prefeituras municipais podem se inscrever entre as nove categorias. São elas Desburocratização, Sala do Empreendedor, Compras Governamentais, Empreendedorismo na Escola, Marketing Território e Setores Econômicos, Inovação e Sustentabilidade, Governança Regional e Cooperação Intermunicipal e Cidade Empreendedora.

Leia Mais