Tempo de leitura: 2 minutos

Os feirantes do São Caetano serão realocados para a área onde funcionou a antiga fábrica de calçados Kildare, no prolongamento da Avenida Manoel Chaves, no mesmo bairro. A Prefeitura de Itabuna anunciou, nesta segunda-feira (22), que a medida é para viabilizar o início das obras da feira livre, que há anos está numa situação crítica, com risco de uma grande tragédia.

O início das obras foi agilizado após o desabamento de parte da cobertura da feira livre, no último final de semana. Parte do telhado foi levado durante uma ventania e, segundo os feirantes, por pouco não ocorre uma tragédia. Não houve feridos. A estrutura da feira está toda comprometida.

A reforma da feira era uma antiga reivindicação de comerciantes e consumidores. O município já conta com projeto técnico da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (Siurb) e a obra será realizada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). Serão investidos cerca de R$ 12 milhões pelo Governo do Estado.

Secretário Humberto Matos reúne-se com feirantes para anunciar obra no São Caetano

O secretário municipal de Segurança e Ordem Pública, Humberto Mattos, informou que debateu com os feirantes o processo de transferência de local. “Mantivemos e estamos mantendo contato permanente com os comerciantes e chegamos a um denominador comum de que a área da antiga fábrica de calçado é um espaço adequando para acolher temporariamente tanto os feirantes, quanto os consumidores durante as obras”, salienta.

A Prefeitura de Itabuna informou que a obra de requalificação da feira livre do São Caetano está prevista para começar nas próximas semanas. Além da feira do São Caetano, o prefeito Augusto Castro (PSD) também apresentou ao governador Rui Costa projeto para a recuperação da feira livre da Califórnia, que está sendo avaliada por técnicos da Conder.

Augusto Castro, Maurício Mathias, Almir Jr e Sônia Fontes em reunião de trabalho na Conder
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Augusto Castro se reuniu, nesta quarta (12), com o presidente da Conder, José Trindade, o diretor de Habitação, Maurício Mathias Morais, e o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, para discutir o convênio de construção de 1.100 moradias para as vítimas da enchente em Itabuna. A reunião teve a participação de representantes da Associação Bahiana do Mercado Imobiliário e do Sindicato da Construção Civil da Bahia.

Castro disse ao PIMENTA que também tratou, na Conder, da liberação de R$ 10 milhões para a pavimentação da cidade, principalmente de ruas e avenidas mais castigadas pelas chuvas do Natal passado. Da reunião, também participaram os secretários municipais Sônia Fontes (Planejamento) e Almir Júnior (Infraestrutura e Urbanismo). Recursos para a construção das moradias e pavimentação foram assegurados ao município pelo governador Rui Costa, ontem (11).

O prefeito também disse que o município está à procura e definindo a melhor localização para a construção das mais de mil moradias. A construção das moradias integra ações do governo para vítimas das enchentes.

REGULAMENTAÇÃO DO AUXÍLIO RECOMEÇO

Outra medida é o Auxílio Recomeço, que concederá R$ 3 mil a cada família afetada pela enchente. O benefício foi aprovado pela Câmara. O governo deverá soltar novo decreto regulamentando quem pode ter acesso ao auxílio para compra de móveis e eletrodomésticos e material de construção.

Avenida tem faixa de pedestre, mas não possui rampas|| Foto PIMENTA
Tempo de leitura: 2 minutos

Executada pela Companhia Estadual de Desenvolvimento Urbano (Conder), do Governo da Bahia, a obra de requalificação da Manoel Chaves, que é uma das principais avenidas de Itabuna, está mudando o visual em um trecho do bairro São Caetano, mas vem recebendo críticas de quem tem limitações para locomoção.

Os engenheiros da obra se esqueceram de incluir rampas de acesso, em pelo menos, quatro trechos da via, inviabilizando a travessia de cadeirantes.  Orçado em R$ 3,6 milhões, o projeto de requalificação da avenida foi elaborado pela Prefeitura de Itabuna no ano passado e aprovado pelo Estado, que está fazendo os investimentos. Muita gente tem questionado também a qualidade do asfalto.

Trecho nas imediações do Estádio Itabunão|| Foto PIMENTA

O presidente da Associação Grapiúna do Paraplégico (AGP), Bruno Santana, disse ao PIMENTA que cobrou ao prefeito Augusto Castro, que prometeu resolver o problema durante a execução da segunda etapa da obra de requalificação. “Estive com Augusto Castro para reclamar dessa falha grave. Ele disse que, quando tomou posse, o projeto já estava pronto. Foi elaborado pelo governo anterior e que não tinha mais como modificá-lo. O prefeito se comprometeu corrigir as falhas”, conta.

Bruno informou ainda que a associação foi convidada a acompanhar o andamento da segunda etapa da obra de requalificação da Manoel Chaves. “Vamos fazer esse acompanhamento de perto para tentar evitar que essas falhas se repitam. O cadeirante depende de vias com acessibilidade para que possa se locomover”, frisou. Fundada em dezembro de 2000, a AGP possui 280 associados.

De acordo com o governo do estado, a obra de requalificação incluem a instalação de piso intertravado, compartilhado em parte concreto asfáltico, ciclovia, passeio, iluminação, substituição de meio-fio e colocação de iluminação de LED. Conforme projeto, as melhorias da via pública vai da Avenida Roberto Santos, no bairro Pedro Jerônimo, até o trevo da BR-101.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Fahning, a prefeita Suka e Airton Maia, da Conder, durante audiência em Salvador

A prefeita de Ubaitaba, Suka Carneiro, foi a Salvador agilizar os trâmites para início da segunda etapa de pavimentação asfáltica de avenidas do centro da cidade. Nesta quarta-feira (27), na capital baiana, a prefeita finalizou a prestação de contas dos recursos da primeira etapa.

Suka esteve reunida com o diretor da Conder, Airton Maia, de quem buscou apoio para a liberação dos recursos necessários para a continuidade das obras de revitalização do Centro. A prefeita foi acompanhada do chefe de Gabinete, Raimundo Fahning.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui empossa novos secretários hoje, sem Abal (Foto Mateus Pereira).
Rui empossa novos secretários hoje, sem Abal (Foto Mateus Pereira).
Os novos secretários estaduais, nomeados pelo governador Rui Costa, tomam posse em solenidade, hoje (23), no auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), no Centro Administrativo da Bahia. A cerimônia está marcada para as 16 horas.

Dos nomes, quem chega ao secretariado são Jaques Wagner (Desenvolvimento Econômico), Fernando Torres (Desenvolvimento Urbano), Julieta Palmeira (Políticas para as Mulheres) e Vivaldo Mendonça (Ciência e Tecnologia).

Os demais foram remanejados de pastas. Carlos Martins deixa a Sedur e assume a Pasta da Justiça e Direitos Humanos, antes comandada por Geraldo Reis, que assume Meio Ambiente. Substituída por Julieta, Olívia Santana comandará agora a Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda (Setre).

ANTIPETISTA NA EQUIPE

Após anunciar as mudanças no secretariado, Rui Costa precisou rever a nomeação de Abal Magalhães para a poderosa Conder, ligada à Sedur. Na madrugada de sábado (22), descobriu-se que Abal detonava o PT, partido do governador, Jaques Wagner, Lula e companhia. Um antipetista. Rui, então se viu obrigado a cancelar a nomeação. Convocou José Lúcio Machado para voltar ao cargo.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui define comandantes de empresas públicas (Foto Mateus Pereira).
Rui define comandantes de empresas públicas (Foto Mateus Pereira).

O governador Rui Costa definiu hoje os comandos de três empresas públicas.A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder) terá na presidência o engenheiro civil e administrador de empresas José Lúcio Lima Machado, ex-presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias.

Otto Alencar Filho será o presidente da agência de fomento Desenbahia. Na Odebrecht Ambiental desde 2011, ele trabalhou como gerente de desenvolvimento de mercado, gerente de compras e suprimentos e, ultimamente, desempenhava a função de gerente financeiro, integrando o grupo de trabalho que conquistou o Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento. Otto é filho do senador diplomado Otto Alencar (PSD).

O novo diretor-presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), o administrador de empresas Samuel Pereira Araújo, é diretor de Relacionamento e Atendimento da Prodeb desde 2008 e, agora, assume o comando da empresa pública fundada em 1973. Mestre em Finanças Corporativas, Samuel foi diretor administrativo e financeiro do Centro Internacional de Negócios da Bahia.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pavimentação da Amélia Amado será retomada (Foto Wilson Oliveira/Arquivo.2013).
Pavimentação da Amélia Amado será retomada (Foto Wilson Oliveira/Arquivo.2013).

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder) assina na próxima terça (30) a ordem de serviço do recapeamento asfáltico da Avenida Amélia Amado, um dos principais corredores de ônibus de Itabuna. A obra começa imediatamente e foi pedida pelo prefeito Claudevane Leite ao governador Jaques Wagner no último dia 8.
As obras de reurbanização da Amélia Amado estão paralisadas desde novembro de 2012. O recapeamento, anunciado pelo estado, reduzirá o “peso” às finanças do município, que terá de desembolsar em torno de R$ 2,1 milhões para conclusão da cobertura do Canal Lava-Pés e de reurbanização da avenida.
De acordo com o prefeito, a conclusão das obras gira em torno de R$ 4 milhões. Parte da verba (R$ 2 milhões) está retida pelo Ministério da Integração Nacional devido a irregularidades cometidas pelo ex-prefeito Capitão Azevedo na execução da cobertura do canal de macrodrenagem.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Obras foram retomadas nesta manhã de quinta (Foto Pedro Augusto).
Obras foram retomadas nesta manhã de quinta (Foto Pedro Augusto).

As obras de recapeamento de corredores urbanos foram retomadas em Itabuna e em Ilhéus nesta quinta (21), após paralisação devido ao mau tempo e, também, ao pagamento de imposto (ISS) às prefeituras. O recapeamento havia sido interrompido há duas semanas, como relatou o PIMENTA.
Em Itabuna, o recapeamento das avenidas Aziz Maron e Mário Padre (Beira-Rio) recomeçaram nesta manhã e a previsão é de que seja concluído até o final de semana. O governo baiano está investindo R$ 6,3 milhões nestas obras em Ilhéus e Itabuna, onde o recapeamento está mais avançado.
As duas avenidas estão entre as mais movimentadas de Itabuna por ser ligação do centro e de vários bairros com a região do São Caetano e caminho para o Shopping Jequitibá.
Nesta quinta, o presidente da Conder, Ubiratan Cardoso, vistoria as obras nos dois municípios. Nesta manhã, será recebido pelo prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer), segundo informou há pouco a assessoria do prefeito ao PIMENTA.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Ubiratan Cardoso, estará em Ilhéus e Itabuna nesta quinta (21) para vistoriar as obras de reurbanização de corredores urbanos nos dois municípios. As obras foram paralisadas há quase duas semanas, como este blog informou (relembre aqui).
Segundo a assessoria da Conder, as obras foram suspensas por causa das chuvas, descartando que a questão tenha sido pendenga financeira.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O "aterro" do Itariri hoje é assim

A imagem do homem catando lixo – ou melhor, disputando os detritos com os urubus – é emblemática. Assim é o lixão do Itariri, que deveria ser um aterro, mas se tornou um amontoado de resíduos totalmente desorganizado, após anos de péssima gestão.
Nesta terça-feira, 17, o prefeito Newton Lima assinou convênio com a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), que prevê a recuperação do aterro. As obras serão realizadas pela empresa Itatiaia Engenharia e a promessa é de que terão início na próxima semana, com sua conclusão prevista para o prazo de um ano.
De imediato, a Prefeitura de Ilhéus se comprometeu a controlar o acesso de veículos e a quantidade de resíduo lançada no aterro. Uma balança existente no local, que não funciona, deverá ser recuperada para garantir a pesagem do lixo. Já a cooperativa de catadores (Coolimpa), comprometeu-se a realocar pessoas que hoje moram na área onde será tocada a obra.
Em novembro, o prefeito Newton Lima assinou termo de concessão que permite à Coolimpa utilizar a área do  aterro, pelo período de 20 anos, para a construção de galpões de triagem, separação, prensa e comércio de resíduos sólidos.