Empresário morto em acidente em Buerarema
Tempo de leitura: < 1 minuto

O motorista suspeito de atravessar a pista, invadir o acostamento e atropelar o empresário Éder Argolo Martins, de 32 anos, em Buerarema, apresentou-se na delegacia do município do sul da Bahia nesta terça-feira (16). O acidente ocorreu no final da tarde do último dia 9, no KM 526 da BR-101. O motorista, que não teve o nome divulgado, foi ouvido e liberado.

Éder foi atingido pelo veículo, uma Volkswagen Parati, de placa KDK-36, quando fazia sua corrida diária. Ele morreu no local. De acordo com a polícia, o homem acusado de causar o acidente alegou ter perdido o controle do veículo ao tentar ultrapassar uma carreta. Ele disse que, no momento que fazia a manobra, bateu na lateral da carreta e perdeu o controle da Parati.

O suspeito de causar o acidente que matou o empresário Éder Argolo contou que chegou a descer do carro para verificar o estado da vítima, mas acabou deixando o local porque teria sido ameaçado por algumas pessoas. O veículo foi deixado para trás. O motorista deverá responder homicídio doloso, quando existe a intenção de matar.

Éder Argolo Martins era proprietário de um armazém de compra e venda de cacau em Buerarema. Ele era muito querido no município.