Edrilza teria cortado o rosto de Stefani com faca || Fotos Redes Sociais
Tempo de leitura: < 1 minuto

Policiais civis de São Paulo prenderam, neste domingo (12), a mulher suspeita de cortar o rosto de uma jovem durante viagem ônibus, na Bahia, em novembro do ano passado. Edrilza de Lima Nascimento foi localizada na zona norte da capital paulista, após uma denúncia à Polícia daquele estado.

A vítima foi a estudante itabunense Stefani Firmo, de 23 anos, atacada enquanto dormia na cadeira em frente à da suspeita, na madrugada de 29 de novembro de 2022. Ela viajava de Salvador para Recife e conta que, na cidade de Conde, acordou sentindo o rosto ardendo. Na sequência, viu que estava toda suja de sangue. Após a ocorrência, os policias apreenderam uma faca com Edrilza, mas não a prenderam.

O caso chegou a ser registrado como agressão leve, porém, com base em perícia médica, a Polícia autuou a suspeita por lesão grave e pediu a sua prisão preventiva.

Stefani Firmo: “estou muito feliz”

Após tomar conhecimento da prisão da suspeita, Stefani Firmo publicou vídeo nas redes sociais. “Finalmente, Edrilza está presa”, disse a itabunense, emocionada, agradecendo às pessoas que compartilharam suas publicações sobre o caso. “Estou muito feliz. Obrigado a todo mundo que denunciou”. Assista.