Carnaval de Itacaré começa nesta sexta-feira (9)
Tempo de leitura: 2 minutos

A Secretaria de Turismo de Itacaré divulgou, nesta quinta-feira (8), a grade completa do carnaval 2024, que será marcado pela mistura de ritmos musicais. A folia do município do sul da Bahia começa na noite desta sexta-feira (9) e só acaba na madrugada de quarta-feira (14). A festa é promovida pela Prefeitura de Itacaré em parceria com o Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia (Sufotur), substituta da antiga Bahiatursa.

São mais de 20 atrações que prometem “entregar” do reggae, passado pelo axé, samba, pagode, arrocha, samba, bregae os principais ritmos do paredão. Edson Gomes, Silvanno Salles, Heitor Costa, A Dama, Papazoni, Sinho Ferrary, Danny Matos, Lordão e Karamba na Kara estão entre as atrações. A folia também contará com as atrações Banda Amassa, Marcelinho do Samba, JP No Kaprixxo, Zalela e Kasa 8, TH No Beat, RC Vinni, O KS, Axe Beach e Luciano Cruz.

Edson Gomes e Heitor Costa estão entre as atrações do carnaval de Itacaré

A expectativa é que Itacaré seja “invadida” por turistas de estados como São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, além de cidades das regiões sudoeste e oeste da Bahia. Muitos dos visitantes já começaram a desembarcar no Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, nesta quinta-feira. A previsão é que cerca de 14 mil passageiros desembarquem e embarquem no aeroporto no período de carnaval. Isso representa aumento de mais de 60% no movimento, em relação ao mesmo período do ano passado.

Itacaré tem sido um dos principais destinos baianos escolhidos não somente para os que gostam da agitação do carnaval, mas também por quem está em busca da tranquilidade. O município do sul da Bahia oferece quilômetros de praias, cachoeiras, trilhas em meio a Mata Atlântica, dentre tantas outras atrações naturais. O Mirante da Ponta do Xaréu é uma dos atrativos à parte.

Edson Gomes e Heitor Costa confirmados no carnaval de Itacaré
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos primeiros municípios baianos a informar a realização do carnaval deste ano, Itacaré  anunciou, na quinta-feira (11), mais uma atração para a folia, confirmando a tradição de oferecer diferentes gêneros musicais aos amantes da grande festa popular do Brasil. O cantor Edson Gomes, o maior nome do reggae nacional, agitará nativos e turistas que devem lotar a Praça São Miguel e orla da cidade do sul da Bahia, no período de 9 a 13 de fevereiro.

Cantor e compositor baiano, nascido no município de Cachoeira, no Recôncavo do estado, Edson Gomes tem mais de 50 anos de carreira, levando ao público canções com mensagens de amor, crítica à corrupção, mazelas e às desigualdades sociais. Dentre os grandes sucessos do artista estão “Campo de Batalha”, “Reviravolta”, “Ovelha ”, Dance “Reggae”, “Traumas”,  “ Malandrinha” e “Rasta”.

Quem também está confirmado no carnaval de Itacaré é o cantor Heitor Costa, “estourado” principalmente no Norte/Nordeste. Entre os sucessos tocados nos shows do artista estão “Acabei de Terminar” e “Mala dos Portas Mala”, que invadiu os bares paredões. De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, as demais atrações da folia serão divulgadas nos próximos dias.

Expectativa dos empresários é de ocupação de 100% de hotéis e pousadas na semana de carnaval. O município atrai tanto quem busca agitação, quanto os amantes da natureza, que têm entre tantas opções as belas praias, trilhas e cachoeiras.

Edson Gomes e Olodum são atrações musicais do Novembro Negro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O cantor e compositor Edson Gomes e a Banda Olodum vão se apresentar em Ilhéus, em show aberto ao público, na próxima terça-feira (14), a partir das 19h, na Avenida Soares Lopes. Marcado para a véspera do Feriado da República, o evento faz parte da programação do Novembro Negro 2023, da Secretaria Municipal de Cultura.

As ações deste mês, segundo a pasta, têm como marco histórico o Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, em referência à data atribuída à morte de Zumbi dos Palmares, que liderou um dos maiores focos de resistência à escravidão, no Brasil colônia do século de 17.

Com base em dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Prefeitura de Ilhéus informa que 78% dos moradores do município são descendentes da Diáspora Africana. De acordo com o músico e comunicador Cijay, da Superintendência de Comunicação, a programação cultural deste ano será a maior já dedicada ao mês da Consciência Negra na Princesinha do Sul.

Pule deixa legado na política partidária e nos movimentos sociais
Tempo de leitura: < 1 minuto

Ativistas sociais e o mundo político grapiúna se despedem, nesta quarta-feira (25), de uma das figuras mais proativas de Itabuna, Edson Gomes Menezes. Militante do PCdoB e servidor público, Pule, como era mais conhecido, faleceu nesta terça-feira (24), após dias internado no Hospital Costa do Cacau. A causa da morte foi pneumonia.

Em vida, Pule, além de servidor público em Ilhéus teve intensa vida social em Itabuna, onde residia, foi dirigente da Federação das Associações de Moradores do Estado da Bahia e membro do Conselho Estadual das Cidades.

Pule também comandou o setor de Habitação da Prefeitura na gestão de Claudevane Leite (Vane do Renascer). Candidatou-se a vereador nas duas últimas eleições.

O corpo de Pule está sendo velado no SAF de Itabuna, na Avenida Juca Leão, em frente ao Grapiúna Tênis Clube. O enterro está marcado para as 13h, no Cemitério Campo Santo, em Itabuna. Ele deixa esposa, Ruth Menezes, dirigente da APLB-Sindicato, além dos filhos Jonathas e Jeniffer e dois netos.

HOMENAGENS

Nas redes sociais, centenas de amigos prestaram homenagens a Pule. O ex-vereador ex-vice prefeito de Itabuna Wenceslau Júnior ressaltou a figura humana. “Muito mais que um militante, ele [Pule] foi um grande amigo, camarada lutador, acolhedor, humano e sincero. Pule deixa um grande legado que é o exemplo de militante comunista”.

Maior ícone do reggae brasileiro, Edson Gomes se apresenta em Itacaré || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Edson Gomes é a principal atração da última noite do Festival de Reggae de Itacaré, nesta segunda-feira (14), na Praia da Coroinha, Centro. O maior ícone do reggae brasileiro sobe ao palco às 22h20min, segundo divulgado pela Prefeitura de Itacaré, promotora do evento.

Última noite do evento, esta segunda-feira terá, ainda, Dom de Jah, às 21h. Após o show de Edson Gomes, quem sobe ao palco é Rogério D´ Lucca, encerrando a edição 2022.

Desde o último sábado (12), milhares de pessoas já passaram pela orla central da cidade para curtir atrações como Tribo de Jah, Rusty Zinn e Adão Negro. Gratuito, o Festival de Reggae tem promoção da Prefeitura e apoio do Governo do Estado.

Tribo de Jah é uma das atrações da noite de abertura do Festival
Tempo de leitura: < 1 minuto

A primeira noite do Festival de Reggae de Itacaré, neste sábado (12), terá os shows das bandas Bruta Raça e Tribo de Jah e do músico norte-americano Rusty Zinn. Aberto ao público, o evento vai ocupar a orla central da cidade do sul da Bahia, a partir das 21h.

Edson Gomes se apresenta na segunda noite do Festival

Amanhã (13), nos mesmos horário e local, a música ficará por conta de Santuáryo, Mussutaíba e Adão Negro. Na noite de encerramento, na segunda-feira (14), as atrações do evento serão Dom de Jah, Rogério D’Lucca e a lenda viva do reggae, Edson Gomes.

A Prefeitura de Itacaré é responsável pela realização do evento, que tem apoio do Governo da Bahia.

Principal nome do reggae brasileiro, Edson Gomes está confirmado no Festival
Tempo de leitura: < 1 minuto

O 1º Festival de Reggae de Itacaré confirmou a sua primeira atração, o cantor e compositor baiano Edson Gomes, uma das lendas do estilo no Brasil. O Festival começará em 12 de novembro e vai até o dia 14, com promoção da Secretaria de Turismo e Cultura de Itacaré.

O inédito Festival de Reggae promete movimentar Itacaré e toda região, atraindo turistas e amantes da música, sobretudo, os apaixonados por reggae. Nas redes sociais o evento já mobiliza grupos de nativos e turistas, rendendo comentários positivos e expectativas do público.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O São João em Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia, será no período de 11 de junho a 2 de julho, com várias atrações regionais, estaduais e nacionais. Os festejos juninos serão na sede, povoados e distritos. Na sede, os shows ocorrerão no Centro Histórico e na Passarela do Descobrimento.

De acordo com a Prefeitura de Porto Seguro,  haverá arrasta-pé em Trancoso, Vale Verde, Caraíva e Arraial d’Ajuda.  O São João do município da Costa do Descobrimento terá um pouco de tudo. Do forró pé de serra, universitário, sertanejo e sofrência.

Estão confirmados nomes  como Elba Ramalho, Bruno & Marrone, Marcos e Belutti, Raí da banda Saia Rodada, Tierry, Tayrone, João Gomes, Amado Batista, Thiago Aquino, Edson Gomes, Netinho do Forró, Sinho Ferrary, Lordão, Kaio Oliveira, Cavaleiros do forró e Colher de Pau. O forró raiz também terá sua participação com Adelmário Coelho e Trio Virgulino, dentre outras atrações.

Tempo de leitura: 2 minutos

Nós, todos, vivemos um ciclo desequilibrado que nos expõe como animais, uns contra os outros, numa espécie de jaula invisível muito poderosa, e que nos destrói.

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Somos as nossas conexões e experiências, já escrevi isso outras vezes. São elas que proporcionam a nossa visão de mundo e assim as nossas perspectivas. “Manu, o que você vê à sua frente? ”, me questionou um profissional de saúde recentemente. “Você”, respondi. “E eu vejo você, com uma bolsa colorida nas mãos, um sorrisão bonito e olhos curiosos. Você sabe que seus olhos passam essa curiosidade, né? ”, sorriu. “Você não está errada na sua resposta, nem eu na minha. Nós só estamos em um mesmo ambiente, mas vendo coisas completamente diferentes”. Passei alguns dias pensando sobre isso e como transformar essa pauta neste texto que você lê agora.

Dia desses, voltando de Salvador, um amigo teve a ideia de entrarmos em Cachoeira para conhecermos de perto Edson Gomes, cantor e compositor baiano de destaque nos anos 80 e 90 através do reggae. Numa escala de preferências, mesmo sendo uma apaixonada por música e manifestações culturais, confesso que o reggae não configura o topo da minha lista, mas ainda assim topei a empreitada, que foi um desastre. Conseguimos achar a casa dele, que apareceu na sacada e disse que não iria descer para tirar uma foto porque estava ocupado. Passei o restante da viagem rindo da decepção do fã, e essa história me trouxe algumas lições na sequência.

Provavelmente incomodado com o meu descaso com a situação, em todas as oportunidades seguintes ele me mostrava letras do artista que retratavam a desigualdade social, violência e mazelas. E o trecho “quando a polícia cai em cima de mim, até parece que sou fera”, da música Camelô, me trouxe o incômodo necessário para que eu refletisse para além das próprias experiências. E é a primeira frase que me vem à mente quando vejo matérias sobre ações da polícia nas favelas do Rio de Janeiro, por exemplo. Como também me incomoda ter conhecimento das precárias condições de trabalho das delegacias, da falta de estrutura a qual os agentes públicos são expostos diariamente e por aí vai.

Vejo alguns chamando as ações de chacina. Leio outros chamando de faxina. Todas as versões me entristecem. A mãe de um bandido não é menos mãe porque o filho é bandido. A mãe do policial não é mais mãe porque o filho é policial. Nós, todos, vivemos um ciclo desequilibrado que nos expõe como animais, uns contra os outros, numa espécie de jaula invisível muito poderosa, e que nos destrói. De um lado, o tráfico crescendo como opção de renda nas periferias. Do outro, o número de policiais adoecendo do corpo e da mente numa curva gigante e assustadora, por diversos motivos. Políticas públicas eleitoreiras e sem alcance real de transformação de ambos os lados, e a grande questão é: por qual visão de mundo estamos olhando?

Manuela Berbert é publicitária e apresentadora do programa Debate Por ElaSS!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itacaré divulga as atrações do Carnaval 2018

Itacaré é o primeiro município do sul da Bahia a divulgar a grade de atrações para o carnaval de 2018, que será realizado no período oficial, de 10 a 13 de fevereiro, na Praia da Coroinha. Dentre as atrações, Banda Revelação, do Rio de Janeiro, Edson Gomes, Guig Ghetto, Lordão e Bandana, além de atrações regionais e locais.
O carnaval de Itacaré também não dispensa os tradicionais blocos com trios, grupos de mascarados, bailes infantis e da melhor idade, grupos e manifestações folclóricas e os blocos irreverentes e criativos que vão comandar a alegria dos itacareenses e turistas.
ITABUNA E ILHÉUS
Itabuna e Ilhéus realizarão carnavais antecipados. Em Itabuna, a festa foi anunciada para o período de 18 a 21 de janeiro. As atrações ainda não foram anunciadas. Já Ilhéus, fará carnaval antecipado na semana seguinte. As atrações dependerão, segundo o município, do patrocínio do Governo do Estado.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Edson Gomes é atração de hoje no Festival Firmino Rocha.
Edson Gomes é atração de hoje no Festival Firmino Rocha.

As diversas formas de expressão artísticas estão presentes na sétima edição do Festival Multiarte Firmino Rocha, em Itabuna. O evento começou no último domingo e terá várias atrações nesta quinta (1º). A principal delas é o cantor Edson Gomes, um ícone do reggae nacional. O festival é promovido pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc).

De acordo com Fernando Caldas, da Ficc, a novidade deste ano é que a edição do festival não é competitiva. Artistas locais têm espaço garantido para mostrar o seu talento no palco montado em frente ao Espaço Cultural Josué Brandão, na Beira-Rio (Avenida Mário Padre). A programação será encerrada amanhã, com Rosa de Saron. Confira as atrações dos dois últimos dias:

Quinta-Feira – 1º de agosto

À capela – Órion

Folk, blues e rock – Rômulo Macêdo

Rock manifesto – LemmySaves

Tão cego – Bad Maria

Quem tem groove tem tudo – Drink de Mandrak

Sem nome – Suzie, o Cigarro e a Bengala

Edson Gomes e Banda

Sexta-Feira – 2 de agosto

À capela – Órion

Tão cego – Bad Maria

O Grão do Amor – Emerson Mozart

Banda Rainha da Paz

Rosa de Saron

Tempo de leitura: < 1 minuto

Edson Gomes leva o reggae à folia em Itacaré

O carnaval de Itacaré será aberto hoje (18), com uma mistura de ritmos que tem axé, arrocha e reggae. Na Praia da Tiririca, a festa começa cedo, por volta das 14 horas, com as bandas Abaga e O Quadro. Também hoje à tarde, haverá desfile de blocos com concentração na Praça Santos Dumont.
Em um palco montado em frente à Igreja de São Miguel, o agito está marcado para começar às 21 horas, tendo como atrações as bandas Saiddy Bamba, Tah Garoto e Beat Bala. Amanhã tem Pagodence, Axé Pra Você e No Comando.
A folia em Itacaré prossegue até terça-feira, 20, quando o clima de reggae vai tomar conta da terra do surfe. As principais atrações do último dia do carnaval serão Edson Gomes e as bandas Ruarez e Bruta Raça.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, Itacaré está entre os 40 municípios baianos que recebem reforço do policiamento durante o período momesco.