Bamor está proibida de frequentar estádios em todo o Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Justiça determinou o afastamento da Bamor, torcida organizada do Esporte Clube Bahia, de eventos esportivos em todo o país, em decisão liminar desta quinta-feira (15), a pedido do Ministério Público do Estado.

A proibição vale até o julgamento do mérito da ação civil pública ajuizada pelo MP, por meio da promotora de Justiça Thelma Leal.
Os torcedores ficam proibidos de comparecer aos estádios portando elementos que os identifiquem como membros da Bamor, a exemplo de qualquer vestimenta, bonés, faixas, bandeiras ou similares e devem manter uma distância de três mil metros dos arredores dos locais dos jogos.

Foi determinado ainda o fechamento da sede da Bamor, com impedimento de realização de eventos e concentração de torcedores, ainda que sem utilizar elementos indicativos da torcida organizada, nos dois dias antecedentes aos jogos do Bahia.

Conforme a determinação, a Bamor tem prazo de 5 dias para apresentar à Justiça a lista atualizada dos seus integrantes. Eventual descumprimento de quaisquer determinações gera multa diária de R$ 5 mil.

A decisão é uma resposta à briga generalizada de torcedores do Bahia e do Vitória, no último dia 4, em Salvador (veja aqui). A Justiça ainda não apreciou o pedido de afastamento da torcida Os Imbatíveis dos estádios, também formulado pelo MP.

Ônibus do Bahia foi atacado com explosivos; goleiro Danilo Fernandes sofreu cortes no rosto
Tempo de leitura: < 1 minuto

O delegado Victor Spínola assegurou trabalho redobrado para identificar e prender os criminosos que arremessaram rojões e artefatos explosivos no ônibus do Esporte Clube Bahia, na noite desta quinta-feira (24), em Salvador.

O ataque ocorreu na Avenida Bonocô, nas proximidades da Arena Fonte Nova, onde o Bahia derrotou o Sampaio Corrêa por 2 a 0 pela Copa do Nordeste.

Estilhaçados de vidros e dos explosivos feriram o goleiro Danilo Fernandes e o lateral-esquerdo Matheus Bahia, que não disputaram a partida. Danilo teve vários ferimentos no rosto e foi levado a um hospital de Salvador. Já Matheus queixou-se de irritação nos olhos.

POLÍCIA COLETA IMAGENS PARA IDENTIFICAR BANDIDOS

Segundo o delegado Victor Spínola, imagens das câmeras de segurança dos estabelecimentos da região vão ser utilizadas na tentativa de identificar os bandidos responsáveis pelo ataque. Também serão colhidos depoimentos dos jogadores e de testemunhas que passavam pelo local no momento do crime.

Dupla tricolor envia ajuda humanitária a vítimas da enchente
Tempo de leitura: < 1 minuto

O São Paulo Futebol Clube e o Esporte Clube Bahia arrecadaram 40 toneladas de donativos para as vítimas das chuvas que atingiram o sul da Bahia em dezembro de 2021. A carreta carregada de alimentos, materiais de limpeza, produtos de higiene, bebidas, calçados, roupas e cobertores chegou a Ilhéus nesta segunda-feira (17), por meio da Campanha SOS Chuvas na Bahia. Famílias de outras cidades do sul do estado também serão beneficiadas.

O vice-prefeito de Ilhéus, Adalberto Galvão, Bebeto (PSB), foi responsável pelo contato com as diretorias dos dois clubes e agradeceu a iniciativa solidária.  “Assim como o futebol gera paixões e emoções, os times do São Paulo e do Bahia também se emocionaram com as condições da população atingida e seus corações foram tomados pelo sentimento de solidariedade. Juntas, as equipes mobilizaram milhares de pessoas para arrecadar os donativos, destinados a Ilhéus e toda a região”, declarou.

Guto assume futebol profissional do Bahia pela terceira vez
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Esporte Clube Bahia anunciou nesta quarta-feira (6) a contratação do técnico Guto Ferreira, que substitui Diego Dabove, demitido ontem.

Esta será a terceira passagem de Guto Ferreira no Bahia. A primeira foi de 2016 a 2017, quando ele subiu com a equipe da Série B para a elite do futebol nacional e conquistou a Copa do Nordeste. No segundo trabalho à frente do clube, em 2018, o técnico foi campeão baiano.

Agora, a missão de Guto é tirar o Bahia da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro 2021. Com 23 pontos conquistados em 23 jogos, o time amarga a 18ª posição na tabela. A reestreia do técnico será na noite deste sábado (9), às 19h, em Curitiba, contra o Athletico-PR.

Tempo de leitura: 2 minutos
Matos entrega a Nadinho exemplar autografado de “Heróis de 59” || Foto Divulgação

“Ao extraordinário goleiro Nadinho, um dos heróis de 59, com um forte abraço de Antônio Matos”. Esta foi a dedicatória do autor do livro Heróis de 59, lançado no último dia 10, na Arena Fonte Nova, no exemplar que entregou, na manhã desta quarta-feira (17), ao ex-jogador do Bahia, campeão da I Taça Brasil.

Morando há 30 anos em Itapuã, nas proximidades da Avenida Dorival Caymmi, ao lado de Tereza, sua mulher, e do cachorro ‘Hulk’, Leonardo Conceição Cardoso agradeceu o presente e prometeu ler imediatamente a obra, que narra a história do primeiro título nacional, conquistado pelo Bahia, numa decisão contra o Santos, no Maracanã, em 29 de março de 1960. “Vou reviver aqueles gloriosos momentos”, disse.

Durante a visita do autor, o ex-goleiro revelou ter poucos registros da carreira de jogador profissional, limitando-se a algumas fotos, em mãos dos filhos Lúcio e Léo, e a recortes de jornais guardados por Tereza – sua companheira há 63 anos – como uma reportagem assinada pelo jornalista Jaime Cordeiro, em 1970, no hoje extinto Diário de Notícias.

‘Macho’, como era conhecido no meio da boleirada, participou de 13 dos 14 jogos da campanha vitoriosa de 1959. “Contundido, só não atuei na segunda partida contra o CSA, na Fonte Nova, quando fui substituído por Jair”, afirmou.

Ainda forte, apesar de uma sequela na mão esquerda, provocada por um AVC, Nadinho revelou que nunca bebeu, apesar de conviver num ambiente em que todos gostavam de uma balada. Acrescentou que sempre se relacionou bem com os companheiros e nunca teve problemas com os dirigentes.

“Nadinho sempre foi avesso a entrevistas, a ponto de em 1960, quando a delegação chegou ao Aeroporto de Salvador depois de conquistar a primeira taça de Campeão Brasileiro de Futebol, ele sair por uma porta lateral e não participar do desfile em carro aberto que parou a cidade”, contou o autor, que apresenta no livro um perfil de todos os atletas e dos dois técnicos que atuaram pelo Bahia na campanha do primeiro título nacional do futebol brasileiro.

Tempo de leitura: 2 minutos
Pablo, Ricardo, Gilson, Jailson e Gabriel são acusados de fraudar programa sócio-torcedor do Esquadrão (Fotomontagem).
Pablo, Ricardo, Gilson, Jailson e Gabriel integram quadrilha (Fotomontagem).

Uma quadrilha que fraudava o programa de sócios do Esporte Clube Bahia foi desarticulada, nesta quinta-feira (9), em Salvador, por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil. Foram presos Gabriel Pereira Silva, de 21 anos, Ricardo Henrique Almeida da Silva, 25, Pablo Rodrigo Barral dos Santos, 22, Gilson Silva de Almeida Junior, 22, e Jailson Conceição dos Santos Junior, 22.

Todos eles, segundo a polícia civil, integravam a torcida organizada Bamor e possuíam mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, por organização criminosa e estelionato. Segundo o delegado Alexandre Narita, do Draco, o grupo aparecia nos arredores do estádio e até na casa dos torcedores com uma identificação falsa. “Eles ofereciam uma espécie de promoção para integrar o Esquadrão Torcedor, que é o clube de sócios do Bahia, e, com isso, possuir as vantagens de ser associado por um valor muito abaixo do real”, explicou o delegado.

O grupo utilizava cartões de crédito de pessoas desconhecidas para se cadastrar no clube, de modo online, e embolsava o valor pago pelo torcedor. Quando o dono do cartão percebia, solicitava o estorno da cobrança, mas o novo membro acabava permanecendo como sócio por um bom tempo. Ainda de acordo com Narita, cerca de 400 pessoas foram enganadas pela quadrilha.

A investigação, que durou cerca de seis meses, identificou também a participação de mais duas pessoas – Rodrigo Carvalho Teixeira, 25, e de Geovane Lima Silva, 23, este último integrante da torcida organizada Jovem do Galo, do Esporte Clube Treze, da Paraíba. Ambos possuem mandado de prisão em aberto. Todos os presos possuem passagem pela polícia por briga em estádios, sendo que Gilson também já foi preso por furto. Eles estão à disposição da Justiça.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A criatividade no design das primeiras páginas já rendeu prêmios internacionais ao jornal Correio da Bahia. Hoje, a publicação mandou uma daquelas páginas que explicam um pouco da crise do Esquadrão de Aço.
Na gestão do ex-deputado Marcelo Guimarães Filho, o MGF, o Bahia pagava viagens, hospedagens e “aquele abraço” a jornalistas e radialistas. Eis a obra de arte de hoje, uma fusão da palavra jabá (jabaculê) e Bahia. Sem abrir mão das cores do clube de maior torcida do estado.

correio da bahia capa 12.03