Tempo de leitura: < 1 minuto

A sede do Grupo Câncer, Fé e Amor, em Itabuna, foi invadida por criminosos, que furtaram máquinas de costura, botijões de gás cheios, eletrodomésticos e outros objetos da instituição solidária. O estoque de alimentos também foi saqueado. Agora, a entidade precisa de ajuda para reequipar o imóvel localizado na Rua União Operária, no Pontalzinho.

Com a ação dos criminosos, os pacientes deixaram de ter acesso ao café distribuído gratuitamente. “Fizeram uma verdadeira limpa na despensa. Causaram um prejuízo enorme, porque não temos com repor, de imediato, tudo que foi levado”, lamenta a fundadora do Grupo Câncer, Fé e Amor, Faiusa Jussara Moura dos Santos.

Suspeita-se que o o crime foi cometido por três bandidos. Enquanto dois deles invadiram o imóvel, o terceiro ladrão os esperou do lado de fora, em um carro branco de placa não identificada. Após o trauma, o grupo tem expectativa de recuperar, pelo menos, parte dos pertences.

COMO AJUDAR

Neste momento, as ações de apoio aos pacientes estão suspensas. A retomada das atividades do grupo depende da recuperação do material surripiado. Interessados(as) em contribuir podem manter contato por meio do telefone (73) 98896-0478, mesmo número para doações via PIX.

Fundado em 2013, o Grupo Câncer, Fé e Amor distribui máscaras, toucas e próteses para as mulheres que fizeram mastectomia (cirurgia de remoção da mama por causa do câncer). No café solidário, as refeições gratuitas são essenciais, principalmente, para as pessoas que moram em outras cidades e saem de casa cedo para as sessões de quimioterapia, tratamento que, por si só, é extremamente debilitante. Atualizado às 10h15min do dia 6.