Mãe e filho morrem de Covid-19 em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O coronavírus destruiu mais uma família em Ilhéus. Menos de 24 horas a família Lima perdeu dois de seus integrantes que estavam internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital no município do sul da Bahia, que desde o início da pandemia até quinta-feira (22)registrou 414 óbitos.

Entre as últimas vítimas da doença em Ilhéus estão o estudante Guilherme Farias Lima, de 24 anos, e a mãe dele, Hercília Farias, que faleceu no dia que completou 44 anos, na quinta-feira. Guilherme era aluno do curso de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e morreu na madrugada de quarta-feira (21).

O pai de Guilherme, Flávio Lima, o irmão do estudante, Gusttavo Lima, também foram infectados pelo novo coronavírus, mas conseguiram se recuperar. Ilhéus tem 71 pacientes internados em estado grave em leitos de UTI, segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde. Desse total, 25 são de Ilhéus e os demais são de outros municípios baianos.

Além dos 414 mortos, Ilhéus registrou, do início da pandemia até quinta-feira, 16.198 casos de Covid-19, sendo que 15.460 pessoas estão recuperadas. Há 324 casos ativos (pessoas se recuperando da doença).

Guilherme Farias faleceu ontem
Tempo de leitura: < 1 minuto

O aluno do curso de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Guilherme Farias Lima, de 24 anos, é mais um jovem no sul da Bahia diagnosticado com o novo coronavírus (Covid-19) que não resistiu. O estudante  morreu, na quarta-feira (21), depois de um período internado, em estado grave, em um leito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Ilhéus.

Guilherme Farias era considerado uma pessoa tranquila e muito querida pelos amigos e colegas, que lamentaram o seu falecimento.   “É com imenso pesar que a Turma LVII de Direito se despede, com o mais profundo sentimento, do colega e amigo Guilherme Farias”, publicaram os colegas. Ao contrário do que informamos inicialmente, o jovem não é filho do vereador ilheense Luca Lima (PSDB).

O Departamento de Ciências Jurídicas e o Colegiado de Direito também lamentaram, por meio de nota, a morte do jovem, que foi o segundo estudante do curso que faleceu, neste ano, por complicações provocadas pelo novo coronavírus. A outra vítima foi a estudante Margarete de Oliveira Cruz Macedo, de 51 anos. Atualizado às 19h27min.