Tempo de leitura: < 1 minuto

Bispo Edir Macedo tem fortuna calculada em R$ 1,9 bilhão, segundo a Forbes.
Bispo Edir Macedo tem fortuna calculada em R$ 1,9 bilhão, segundo a Forbes.

A revista Forbes divulgou a lista dos pastores evangélicos brasileiros que possuem generosas fortunas. O campeão é o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo, dono de fortuna de R$ 1,9 bilhão.
O segundo na lista dos ricaços é o fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. Valdemiro Santiago possui fortuna de R$ 450 milhões, segundo a Forbes.
A lista é completada por Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, com R$ 305 milhões, seguido de Romildo Ribeiro Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus. Ele é dono de fortuna estimada em R$ 255 milhões.
Estevam Hernandes Filho e Bispa Sônia, fundadores da Igreja Renascer em Cristo, possuem renda de aproximadamente R$ 155 milhões. A fortuna dos líderes evangélicos foi calculada pela Forbes com base em inquéritos e investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

Por dedução, diria que o candidato do bispo Marinho é César Brandão, do PPS da simpática Mariana Alcântara, legenda que acompanhou Vane sem titubear.

Na entrevista que concedeu ao Diário Bahia, na edição do último fim de semana, o deputado Márcio Marinho adotou uma postura pacificadora em relação aos questionamentos envolvendo o PCdoB.

O evangélico parlamentar, candidato à reeleição, conhecido como bispo Marinho da Igreja Universal (IURD), reconhece a importância da legenda comunista na vitória de Claudevane Leite.

A maior liderança do PRB na Bahia sabe que o apoio do futuro prefeito de Itabuna será compartilhado com Davidson Magalhães, pretenso candidato a uma vaga na Câmara Federal.

“O PCdoB ajudou na construção da vitória de Vane e é mais do que legítimo que queira fortalecer o grupo”, disse Marinho ao responder sobre a natural pré-candidatura do presidente da Bahiagás.

O PCdoB caminha no mesmo sentido. Em tom conciliador vai dizer que o apoio do bispo, garantido a legenda do PRB, depois que Vane foi preterido pelo PT, foi fundamental para o sucesso eleitoral do então candidato.

Que essa paz permaneça na indicação dos nomes que irão compor o governo. Que o relacionamento entre o PRB e o PCdoB seja marcado pela transparência, civilidade e bom comportamento político.

MARINHO E O LEGISLATIVO

Nas entrelinhas, o bispo Márcio Marinho deixou claro que é contra a candidatura do pastor Francisco à presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna.

Depois de deixar um resquício de esperança no ar, dizendo que “nada impede”, o bispo disse: “… mas ele está no primeiro mandato e a responsabilidade é grande”.

A declaração do deputado Marinho animou os vereadores que não são marinheiros de primeira viagem, como Ruy Machado, Júnior Brandão, Carlito do Sarinha e César Brandão.

Do quarteto, é evidente que Júnior Brandão, por ser do PT, é carta fora do baralho. Carlito apoiou a reeleição do capitão Azevedo. Ruy Machado é um enigma.

Por dedução, diria que o candidato do bispo Marinho é César Brandão, do PPS da simpática Mariana Alcântara, legenda que acompanhou Vane sem titubear.

ESCLARECIMENTO

Pela segunda vez – e última – esclareço que não sou jornalista, repórter ou qualquer coisa do ramo. Sou apenas um modesto colaborador do Diário Bahia e do conceituado e cada vez mais lido Pimenta na Muqueca.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sardinha vacilou e foi parar atrás das grades (Foto Divulgação).

Carlos Pereira Sardinha Júnior, 22, foi preso ontem após assaltar a Igreja Universal do Reino de Deus em Pau da Lima, Salvador. O assaltante acreditou que contaria com o perdão dos seguidores do bispo Edir Macêdo e embolsou cinco pares de abotoaduras avaliados em R$ 500,00.
O malandro conseguiu ser preso, mas o comparsa, um adolescente, conseguiu fugir das garras da polícia. Sardinha e o comparsa disseram que estavam apertados e queriam “aliviar” num dos banheiros do templo. Na saída, foram surpreendidos após arrombar uma das salas do templo. Sardinha deu pistas de que afanava algo: um dos pares de abotoadura caiu do bolso. Pastores conseguiram deter o meliante.