Tempo de leitura: < 1 minuto
Iluminação pública em Ilhéus custa caro

A Prefeitura de Ilhéus contratou a empresa Engelux para a manutenção do sistema de iluminação pública, ao custo anual de R$ 1,7 milhão. O valor, segundo apurado pelo Blog do Gusmão, é superior em R$ 500 mil à despesa da Prefeitura de Vitória da Conquista com o mesmo serviço.

Mais diferenças: Conquista tem 28 mil postes de luz, enquanto Ilhéus tem apenas 13 mil, segundo informação da própria Prefeitura.  A população da primeira é de 336 mil habitantes; a da segunda é estimada em pouco mais de 184 mil.

Outro ponto é que na cidade do sudoeste baiano o serviço de iluminação pública é gerenciado diretamente pelo governo. Já em Ilhéus, é terceirizado e, ao que parece, um péssimo negócio para os cofres públicos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O chefe do Setor de Iluminação Pública da Prefeitura de Itabuna, Mariano Rabelo, afirmou que se encontra em andamento a solicitação para a compra de lâmpadas que serão instaladas na Alameda da Juventude. Na noite desta segunda-feira, 2, a reportagem do PIMENTA esteve no local e constatou que o mesmo se encontrava em completa escuridão.

Segundo Rabelo, o problema já foi identificado e o Setor de Iluminação está providenciando o material para atender à demanda. As 22 lâmpadas necessárias para repor as que não mais funcionam na Alameda da Juventude serão compradas a partir da autorização da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), já solicitada. O orçamento do material é de R$ 1.200,00.

A Prefeitura ainda não fez licitação para adquirir um lote maior de material elétrico, por isso as compras estão sendo feitas em pequenas partes. O chefe da Iluminação diz que já mapeou toda a cidade e tomou medidas como a troca de 637 fotocélulas, dispositivo que acende as lâmpadas à noite e apaga durante o dia. “Com essa providência, nós conseguimos economizar energia e dinheiro público”, salienta Rabelo.

O responsável pela área de Iluminação destacou outras ações, que atenderam locais como o Centro Comercial e o acesso ao Hospital de Base.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Beira-Rio às escuras foto leitor

Quem tentou circular pela Alameda da Juventude (Beira-Rio) hoje à noite se deparou com este cenário. Só lanterna ou faróis de veículos para iluminar caminhos. Dureza, também, para quem precisava pegar ônibus nos pontos ao longo da alameda. E não rolou nenhum blecaute por lá. Faltam lâmpadas mesmo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Já é quase carnaval e a Prefeitura de Ilhéus ainda não retirou as lâmpadas da decoração natalina, colocadas em árvores e postes no centro da cidade. Em compensação, muitos bairros estão com suas ruas às escuras, como é o caso da Sapetinga. Nesta comunidade, a Rua 10, por exemplo, está sem iluminação desde meados de dezembro e, apesar das muitas reclamações, nenhuma providência foi tomada pelo governo.
Talvez no próximo Natal os moradores sejam atendidos… por Papai Noel!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Projeto teve recursos da Seinfra (foto Vinícius Borges)

Apesar de estar em uma rodovia, o novo sistema de iluminação do acesso a Itabuna pela BR-415, no trecho que liga esta cidade a Ilhéus, foi instalado pelo Departamento de Iluminação da Prefeitura local. Os recursos saíram do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), acolhendo indicação do deputado estadual Luiz Argôlo (PP).
No local, foram instalados 18 postes e 41 luminárias de 400 watts. Segundo o governo municipal, a iluminação do trecho situado entre o Condomínio Jardim das Acácias e a entrada da cidade tem como principal objetivo proporcionar mais segurança para quem trafega por ali.