Tempo de leitura: < 1 minuto

Amanda foi vítima de negligência médica (Foto FB).
Amanda foi vítima de negligência médica.

A servidora pública federal Amanda Oliveira faleceu nesta manhã de quinta-feira (26), após vários dias internada no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna.
O corpo da jovem está sendo velado ao lado do Fórum Epaminondas Berbert de Castro, na Cidade Nova, em Ilhéus. O sepultamento está previsto para as 15h30min, no Cemitério São João Batista, na zona sul de Ilhéus.
Amanda deixa esposo, Marcos Assis, e uma filha.
A jovem foi vítima de uma combinação de negligência com imperícia médica, conforme amigos. Amanda estava grávida. Depois de sentir fortes dores, chegou a procurar dois médicos particulares em Itabuna. A negligência de ambos levou a uma infecção generalizada. Ela foi internada no Calixto Midlej Filho, onde faleceu.