Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Federal na Bahia desencadeou na manhã de hoje, 10, a Operação CONE (Conexão Nordeste), que tem como palco de operações três estados brasileiros e, ainda, duas ações no exterior. Estão sendo cumpridos 26 mandados de buscas no Estado da Bahia, dois mandados de buscas em São Paulo e um no Espírito Santo.
Além desses, dois mandados de prisão foram expedidos pela Justiça Federal. A operação conta com a participação de auditores da receita Federal que compõem as equipes.
As investigações, realizadas em conjunto, indicam a existência de organização criminosa voltada para o crime de descaminho, tipificada no artigo 334 do CPB, por fazer introduzir produtos de origem estrangeira de forma fraudulenta em território nacional, uma vez que os criminosos vinham fazendo a importação visando iludir o fisco no todo ou em parte.
A organização criminosa, aqui tratada de “Conexão Nordeste”, está ocultada através de uma empresa sediada em Miami, Flórida/EUA, que tem por finalidade dar a aparência de legalidade aos negócios que são fomentados a partir do território Norte Americano.
A “Organização” possui ampla rede de empresas e de pessoas que recebem as mercadorias ilegais trazidas por via aérea e as distribuem no território Nacional, em sua maioria no Estado da Bahia, por meio do embuste de Notas Fiscais frias. As informações são da assessoria da Polícia Federal.