Suspensão também vale para demais regiões, mas com prazos diferentes || Foto ABr.
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) suspendeu as queimadas controladas no sul e extremo-sul da Bahia por 30 dias. A medida também vale para as demais regiões do estado, mas com prazos diferentes. Conforme a autoridade ambiental, a suspensão foi necessária devido ao clima seco. O impedimento segue até 12 de novembro, caso não haja prorrogação.

Desde o início de outubro, a região Nordeste registra picos de calor e diminuição das chuvas. Isso pode resultar em incêndios mais frequentes e intensos, prejudicando a biodiversidade, a qualidade do ar e ameaçando comunidades próximas aos locais das queimadas, segundo o Governo do Estado.

A portaria do Inema, publicada no dia 13 de outubro, fixa prazos diferentes para as regiões do estado. No oeste, por exemplo, a suspensão vale por 45 dias. Polo da expansão agrícola na Bahia, a região tem enfrentado incêndios prolongados. Mais de 200 bombeiros combatem as chamas nos municípios de Barreiras, Angical, Formosa do Rio Preto, Campo Formoso, Senhor do Bonfim e outros.

Já na região centro-sul, que abrange cidades como Jequié, Itapetinga, Vitória da Conquista e Brumado, a suspensão vale por 30 dias.

EXCEÇÕES

A suspensão não se aplica às emissões de Declaração de Queima Controlada (DQC) concedidas antes da publicação da portaria. Também não abrange casos em que esse tipo de intervenção for indispensável a práticas agrossilvipastoris, conforme o documento. Eventual desrespeito às regras estabelecidas estará sujeito a punições.

Banho de mar na Praia dos Milionários deve ser evitado, segundo órgão ambiental
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão ambiental da Bahia, divulgou, nesta sexta-feira (30), novo boletim sobre a qualidade da água nas praias do litoral baiano. Na Costa do Cacau, segundo o instituto, estão impróprias para banho as praias da Concha, em Itacaré, da Avenida, do Cristo e dos Milionários (na altura da Cabana da Gabriela), em Ilhéus.

Na Costa do Cacau, a análise da qualidade da água é feita com amostras colhidas em dezesseis pontos da faixa litorânea que se estende de Itacaré a Canavieiras, passando por Uruçuca e Ilhéus. Ou seja, as outras 14 praias analisadas estão próprias para banho, segundo o boletim. Confira a relação completa aqui.

Recentemente, o PIMENTA publicou reportagem sobre o lançamento de esgoto no litoral sul de Ilhéus, após reclamação de moradores do residencial Costa Azul. Prefeitura e Embasa se manifestaram sobre o problema, que se arrasta há décadas e se intensificou nos últimos anos (relembre).