Márcio (de chapéu) teria contrariado interesses de Dorival, segundo investigação || Fotomontagem
Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Dorival Freitas Macedo (PSOL), de Itaeté, foi alvo de mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Stone, nesta terça-feira (6). Sargento aposentado da Polícia Militar, ele é um dos suspeitos do assassinato de Márcio Oliveira Matos, em janeiro de 2018.

Na época, Márcio era dirigente estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e secretário de Administração de Itaeté, município da região da Chapada Diamantina. Ele foi morto na frente do filho de 6 anos, na propriedade rural onde morava em Iramaia, a 30km de Itaeté.

A suspeita é de que a vítima teria contrariado interesses de Dorival, após identificar fraudes contratuais e reduzir despesas da Secretaria, segundo as investigações, que são coordenadas pela Corregedoria-Geral da SSP-BA. O trabalho operacional cabe à força-tarefa de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsão Mediante Sequestro.

ROL DE SUSPEITOS

A Operação Stone foi autorizada pela Vara Criminal de Barra da Estiva. Os alvos foram as casas de Dorival e de um ex-secretário de Finanças do município, além do gabinete do parlamentar. O ex-secretário e um terceiro homem também são investigados pela morte de Márcio.

Documentos foram apreendidos no gabinete e na residência do parlamentar. Uma espingarda calibre 12, um rifle calibre 22 e uma pistola calibre 6,35 estava em posse de um homem apontado como comparsa do sargento Dorival, como o vereador é conhecido. O homem foi preso por porte ilegal de arma.

Transporte intermunicipal é suspenso em mais de 350 cidades no estado
Tempo de leitura: 3 minutos

Arataca e Contendas do Sincorá terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (15). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 31 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Abaíra, Baianópolis, Baixa Grande, Barra da Estiva, Barra do Mendes, Boninal, Coribe, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibipitanga, Jacaraci, Nova Redenção, Rodelas e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira a lista no “leia mais”, abaixo.Leia Mais