Jef Rodriguez, da banda OQuadro, na capa do seu primeiro álbum solo || Foto Alice Magalhães
Tempo de leitura: < 1 minuto

O rapper Jef Redriguez, da banda OQuadro, acaba de lançar Spiritual EP, seu primeiro disco solo. O álbum chegou hoje (30) às plataformas de streaming e ao canal do artista no Youtube. O músico Rafa Dias (RDD) assina a produção musical da obra, que leva o selo da Isé Música Criativa. Ouça.

Spiritual EP tem apoio financeiro do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Jef Rodrigues
Tempo de leitura: 2 minutos

O Mc Jef Rodriguez, da banda OQuadro, trabalha no seu primeiro álbum solo, um EP com seis músicas. A produção musical coube ao mago Rafa Dias.

O PIMENTA perguntou a Jef se o novo trabalho segue a linha do rap que consagrou a banda ilheense. “Rap na minha linha”, respondeu, escondendo o jogo antes de dar uma pista do que vem por aí. “É a primeira vez que as pessoas vão poder me conhecer como artista fora do OQuadro”.

Nascido em Banco Central, distrito localizado a 60 quilômetros do Centro de Ilhéus, Jef conta que está levando sua escrita e interpretação para um caminho que torna mais perceptível o seu traço artístico. “Ainda não sei falar muito sobre. Tem muita coisa a ser produzida ainda, mas tá sendo um desafio gostoso”, avalia.

Talvez pelo percurso acadêmico da filosofia às artes, áreas de conhecimento atravessadas por reflexões sobre a linguagem, Jef fala do trabalho de compor como um artesão do verso. “Há sempre um cuidado com a palavra, com o que é dito. A gente evita desperdiçar linhas falando besteira. Isso é uma característica nossa. É uma marca. Quando as pessoas esperam algo d’OQuadro, independentemente de ser um trabalho solo, é uma escola, OQuadro se tornou referência dessa canetada, dessa preocupação com as linhas. É um processo seletivo mesmo, artesanal”.

Para ele, mesmo em voo solo, as referências da banda apontam o caminho. “As temáticas podem ser diferentes, podem ir a um lugar muito mais particular e intimista da vivência pessoal, mas não perdem esse controle de qualidade. Não sei se é um controle de qualidade, mas é um processo respeitoso, digamos assim, com as poéticas possíveis. Então, o que você pode esperar é um trabalho cuidadoso. O quanto as pessoas podem gostar ou não a gente nunca sabe. Eu não gosto de criar expectativas nem posso dizer se é bom ou ruim. Só posso dizer que é algo feito com carinho e cuidado”.

Confira o teaser do álbum, que vai ser lançado em 2021 com selo da produtora Isé.

Não conhece OQuadro ou está com saudades da banda? Ouça Nêgo Roque, segundo álbum do grupo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O DJ Jef Rodriguez passa dicas para aluno do projeto em apresentação em frente à Casa dos Artistas (Foto Karoline Vital).
Jef e aluno de discotecagem em apresentação na Casa dos Artistas (Foto Karoline Vital).

Daniela Galdino participa de encontro de escritores na CA.
Daniela Galdino participa de encontro de escritores na CA.

Quarta-feira de música e poesia no projeto Transeuntes, do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). Hoje, 27, o DJ Jef Rodriguez  dá seu show particular com uma pick up montada em frente à Casa dos Artistas, na Jorge Amado, centro. Jef, que também é vocalista da banda OQuadro, vai tocar suas experiências musicais como DJ, a partir das 17h, e mostrar o que os alunos da Fundação Fé e Alegria aprenderam nas aulas de discotecagem.
Logo após, às 19h, os professores-escritores Daniela Galdino e Piligra participam do encontro de escritores na Casa dos Artistas, numa iniciativa da Mondrongo Livros, do TPI, com a mediação do escritor e poeta Gustavo Felicíssimo.
Daniela Galdino escreveu o poético Inúmera e Piligra lançou Fractais e de A odisseia de Jorge Amado. Na Casa dos Artistas, ambos vão falar do processo criativo e das influências em suas obras, interagindo com o público no espaço cultural.