Tempo de leitura: < 1 minuto

Alagamentos e deslizamentos de terra já tiraram a vida de 91 pessoas da Região Metropolitana de Recife e outras 26 estão desaparecidas, segundo balanço da Secretaria de Defesa Social do Estado, divulgado nesta segunda (30). Hoje, devido às consequências do temporal, a Prefeitura de Recife anunciou o cancelamento das festas juninas deste ano.

O estado tem cerca de 5.000 pessoas desabrigadas. As buscas pelos desaparecidos foram reiniciadas hoje e são feitas nos municípios de Joboatão dos Guararapes, Camaragibe e Paulista, além da capital pernambucana. O trabalho envolve cerca de 300 profissionais, inclusive do Exército.

SECRETÁRIO PEDE AJUDA DE OUTROS ESTADOS

O Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire, afirmou que as equipes de resgate precisam do reforço de profissionais de outros estados.

– Estamos trabalhando com força total, mobilizando os recursos disponíveis, buscando profissionais de vários estados do Brasil com especialidade em resgate em áreas de deslizamentos, além de suporte às áreas atingidas por terra, água e ar. Para isso, estamos buscando todas as formas de amenizar os graves impactos das fortes chuvas. É preciso, nesse momento, enaltecer o empenho incansável de todos os profissionais envolvidos nessa operação e também a corrente de solidariedade que uniu pernambucanos e brasileiros de todos os lugares.