Tempo de leitura: < 1 minuto

A Juazeirense venceu o Santos por 2 a 0, mas foi eliminada da Copa do Brasil. Na partida da noite desta quinta-feira (5), no Adauto Moraes, em Juazeiro, o time baiano precisava vencer pelo mesmo placar que foi derrotado na Vila Belmiro, em São Paulo, na semana passada, para levar a disputa para os pênaltis. No jogo de ida, a Juazeirense perdeu por 4 a 0.

O Santos até teve mais a bola no primeiro tempo, mas encontrou dificuldades para criar no ataque. Enquanto, do outro lado, a Juazeirense entrou em campo precisando reverter a vantagem e não se intimidou. Com a eliminação, o time do interior da Bahia deixou de faturar R$ 3,5 milhões, no mínimo.

A Juazeirense foi eficiente e conseguiu balançar as redes antes do intervalo não uma, mas duas vezes. Aos 24 minutos, após cruzamento na área, Ian Augusto testou firme para fazer o primeiro. No embalo do gol, os donos da casa ampliaram a contagem três minutos depois, com Thauan, que aproveitou mais uma jogada pelo alto e cabeceou para o fundo das redes.

No segundo tempo, a Juazeirense voltou a insistir nas jogadas aéreas e quase marcou mais um com Wendell, mas dessa vez João Paulo salvou o Peixe. Aos poucos, a equipe baiana perdeu o ímpeto ofensivo e os visitantes passaram a cadenciar o ritmo da partida. Lucas Braga, aos 22, e Vinícius Balieiro, aos 30, arriscaram para o Santos, mas o placar se manteve inalterado até o apito final em Juazeiro.

Juazeirense sofre goleada do Santos|| Foto Fernanda Luz/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Juazeirense suportou o primeiro tempo de pressão do Santos, mas acabou sendo goleado no segundo tempo e ficou mais distante da classificação para próxima fase da Copa do Brasil. Jogando na noite desta quarta-feira (28), na Vila Belmiro, o time baiano foi derrotado por 4 a 0. Os gols do Peixe foram marcados por Madson, Braga, Marcos Leonardo e Carlos Sánchez.

Juazeirense suportou o primeiro tempo, mas acabou atropelado na segunda etapa

Com o placar elástico, a equipe santista pode até perder por três gols de diferença no confronto de volta. Já o time baiano precisa igualar o saldo de gols para levar o duelo para as penalidades ou vencer por cinco gols de diferença para ficar com a vaga no tempo normal. Santos e Juazeirense voltam a se enfrentar no dia 5 de agosto, em Juazeiro.

O Bahia se classificou ao vencer o Vila Nova || Foto Felipe Oliveira
Tempo de leitura: 2 minutos

A CBF sorteou, na tarde desta terça-feira (22), os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil. O Bahia jogará a primeira partida contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, no final de julho. O segundo jogo está previsto para o início de agosto. A Juazeirense enfrentará o Santos na Vila Belmiro. Na volta, o confronto será no interior da Bahia.

A Juazeirense passou pelo Cruzeiro e conseguiu classificação inédita na Copa do Brasil.

Terceiro representante da Bahia na Copa do Brasil, o Vitória decidirá a vaga na próxima fase longe de casa. O Rubro-Negro recebeeá o Grêmio no estádio Barradão, em Salvador. A partida de volta será em Porto Alegre, onde o Vitória se classificou para atual fase da competição ao vencer o Internacional por 3 a 1. O time baiano havia perdido o primeiro confronto em casa por 1 a 0.

PREMIAÇÃO E DECISÃO DE VAGAS

A cota de premiação para as oitavas de final da Copa do Brasil será de R$ 3,450 milhões para os times que se classificarem para a próxima fase. O sorteio das oitavas de final da competição definiu somente os confrontos desta fase. Não foi definido nenhum tipo de chaveamento para a sequência da competição. Nas quartas de final, haverá novo sorteio para definição dos jogos.

Rubro-Negro enfrentará o Grêmio|| Foto Pietro Carpi/ECV

Criciúma, Flamengo, Atlético-MG, Vitória, São Paulo, Fortaleza, Athletico e Santos começam a decisão da vaga em casa. Decidem seus confrontos em casa: Fluminense, ABC, Bahia, Grêmio, Vasco , CRB, Atlético-GO e Juazeirense. A disputa dos jogos de ida e volta das oitavas de final está prevista para as semanas dos dias 28 de julho e 4 de agosto.

Os confrontos da Copa do Brasil são:

Criciúma x Fluminense

Flamengo x ABC

Atlético-MG x Bahia

Vitória x Grêmio

São Paulo x Vasco

Fortaleza x CRB

Athletico x Atlético-GO

Santos x Juazeirense

Jogadores comemoram classificação na Copa do Brasil diante do Internacional || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A melhor das edições de Copa do Brasil da história para times baianos teve mais um resultado histórico, após as classificações de Juazeirense e Bahia. O Vitória precisava vencer o Internacional para avançar na competição, nesta quinta (10), em pleno Beira-Rio, em Porto Alegre.

A missão era difícil, mas o Vitória aproveitou o segundo tempo e se garantiu ao aplicar 3 a 1 nos gaúchos, classificando-se para as oitavas de final. O Leão havia perdido o jogo de ida, há uma semana, por 1 a 0 e precisava ganhar por, pelo menos, dois gols de diferença.

O primeiro tempo foi dominado pelo Inter, que soube usar a velocidade para atacar o Vitória. Faltou pontaria, porém, nas tentativas dos meias Taison, aos 12, e Patrick, aos 13 minutos, em contra-ataques puxados pelos laterais Moisés e Renzo Saravia.

Quando o Colorado encaixou a mira, o goleiro Lucas Arcanjo brilhou, salvando duas finalizações do atacante Yuri Alberto e uma de Taison, entre os 36 e 37 minutos. O Rubro-Negro só assustou aos 35, em chute sem ângulo do atacante Ygor Catatau, que parou na trave. Poste que, aos 45 minutos, salvou os baianos em cobrança de falta de Moisés. Os gols perdidos fariam falta aos gaúchos.

SEGUNDO TEMPO DE 4 GOLS

O Inter manteve a postura agressiva na volta do intervalo e logo aos três minutos obrigou Lucas Arcanjo a trabalhar novamente, em cabeçada do atacante Thiago Galhardo. Dois minutos depois, no entanto, o zagueiro Pedro Henrique levou o segundo amarelo e deixou os anfitriões com um homem a menos. Para complicar, aos 24 minutos, o Vitória abriu o placar com Samuel, aproveitando o rebote de um chute no travessão do também atacante Dinei.

O duelo ganhou emoção. Aos 32, o zagueiro Victor Cuesta ajeitou a bola, na sequência de uma falta batida por Edenilson, para o também volante Johnny empatar. No lance seguinte, o meia Eduardo arriscou da intermediária e marcou um golaço, recolocando o Vitória à frente. Aos 39, o lateral Raul Prata cruzou na direita e o atacante Guilherme Santos, de cabeça, fez o terceiro dos baianos, que passaram a ter a vantagem no placar agregado. Abatido, o Inter pouco fez para diminuir o prejuízo e ainda teve o atacante Boschilia expulso nos acréscimos. Redação com Agência Brasil.

O Bahia se classificou ao vencer o Vila Nova || Foto Felipe Oliveira
Tempo de leitura: 2 minutos

Dois representantes da Bahia estão na próxima fase da Copa do Brasil. Jogando na noite desta quarta-feira (9), o Bahia bateu o Vila Nova (GO) por 1 a 0, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Com o resultado, garantiu sua permanência na competição nacional. No embate de ida, em Goiânia, o Bahia já tinha derrotado o adversário também pelo placar de 1 a 0.

O gol do tricolor baiano saiu aos 35 minutos em um vacilo do sistema defensivo do Vila Nova. A zaga recuou a bola para Georgemy e o goleiro chutou. O atacante Gilberto interceptou o chute e a bola parou no fundo das redes do time de Goiás. O gol confirmou o triunfo e a classificação do Bahia para a próxima fase da competição.

JUAZEIRENSE

A Juazeirense consegue classificação inédita na Copa do Brasil.

O outro time baiano classificado para a próxima fase é a Juazeirense, que venceu o Cruzeiro, no tempo normal, por 1 a 0. Na cobrança da marca da cal, o goleiro Rodrigo Calaça defendeu duas cobranças e garantiu o Cancão nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Após perder por 1 a 0 em Belo Horizonte, em Minas Gerais, a Juazeirense venceu, o Cruzeiro por 1 a 0 e levou a decisão da vaga aos pênaltis no Adauto de Moraes. Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Rodrigo Calaça, que defendeu duas cobranças e ajudou a garantir o 3 a 2 no placar.

Vitória precisa reverter desvantagem na Copa do Brasil|| Foto Walmir Cirne/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória começou mal a corrida por uma vaga nas oitavas da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (3), jogando no Manoel Barradas, o Rubro-Negro baiano foi derrotado por 1 a 0, pelo jogo de ida da terceira fase da competição nacional.  Com o resultado, a equipe Gaúcha conquistou a vantagem do empate para o segundo confronto.

O Vitória precisa igualar o saldo de gols no jogo de volta para levar a decisão para as penalidades ou vencer por dois gols de diferença para carimbar a classificação no tempo normal. Gaúchos e baianos voltam a se enfrentar no próximo dia 10, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

JUAZEIRENSE

Outro time baiano que está em desvantagem é a Juazeirense, que perdeu por 1 a 0 para o Cruzeiro nesta quinta-feira (3), no Mineirão, em Belo Horizonte. Com o resultado, o time mineiro conquistou a vantagem do empate para o segundo confronto.

A Juazeirense precisa igualar o saldo de gols para levar a decisão para as penalidades ou vencer por dois gols de diferença para avançar às oitavas no tempo normal. As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (9), em Juazeiro.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A melhor campanha da 1ª fase do Campeonato Baiano de 2021 é da Juazeirense. O Cancão de Fogo assegurou a primeira colocação ao empatar com o Vitória em 1 a 1, nesta quarta-feira (21), pela 8ª rodada, no Adauto Moraes.

O Rubro-Negro saiu na frente do placar com Soares. Mas, os donos da casa empataram com Kesley. Com o resultado, o time de Juazeiro foi aos 17 pontos e não pode mais ser alcançado na liderança. Já o Vitória ficou com sete pontos, na vice-lanterna e a sete pontos do G-4.

O Vitória ainda três jogos a serem feitos no Campeonato Baiano. Além da última rodada, enfrentará Vitória da Conquista e Jacuipense, pelas 2ª e 4ª rodadas, respectivamente.

Time baiano garantiu vaga e R$ 1,7 milhão
Tempo de leitura: 2 minutos

Depois de 90 minutos de tirar o fôlego e uma disputa de pênaltis, a Juazeirense garantiu vaga na terceira fase da Copa do Brasil. No Adauto Moraes, o time baiano recebeu o Volta Redonda, na tarde desta quarta-feira (7) e, depois de ver o time carioca abrir 3 a 0 no placar, buscou o empate em 3 a 3 nos acréscimos da etapa final. A equipe de Juazeiro carimbou a classificação ao vencer por 4 a 2 nas penalidades.

O Volta Redonda começou o jogo em ritmo avassalador e em menos de dez minutos colocou dois gols de vantagem no marcador. O primeiro do time carioca saiu aos quatro minutos, depois de jogada ensaiada em cobrança de escanteio, que Luiz Paulo completou para o fundo das redes.

Minutos depois, Gabriel Pereira foi quem aproveitou cruzamento na área para fazer o segundo. E não parou por aí. Aos 17, Alef Manga recebeu na entrada da área, limpou a marcação e soltou uma bomba sem chances de defesa: 3 a 0.

Desorientada e tentando uma reação, a Juazeirense pressionou mais no ataque, principalmente a partir dos 30 minutos. Elcarlos, Wendell e Kanu criaram boas oportunidades, mas não conseguiram furar o bloqueio adversário.

A reação começou no segundo tempo, descontado aos nove minutos, em finalização de Daniel Nazaré. Aos 21, Wendell aproveitou cobrança de escanteio para fazer o segundo da Juazeirense: 3 a 2. Com o placar, o jogo ganhou em emoção. Aos 51 minutos do segundo tempo, Kanu, estreante do dia, deixou tudo igual para a Juazeirense e levou a decisão para as penalidades.

Na cobrança de penalidade, Ian Augusto, Wendell, Martín Rivas e Kesley marcaram para a Juazeirense, que também contou com duas defesas do goleiro Rodrigo Calaça para carimbar a classificação. A passagem para a próxima fase garante R$ 1,7 milhão para o time baiano.

A Juazeirense estreia no dia 4 de junho contra o Itabaiana
Tempo de leitura: 2 minutos

O Campeonato Brasileiro da Série D 2021 terá Bahia contra Sergipe na primeira rodada. De acordo com a tabela, divulgada neste sábado (27), pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Bahia de Feira recebe o Sergipe, no dia 5 de junho. No dia seguinte, um domingo, a Juazeirense jogará contra o Itabaiana, no estado vizinho.

A Bahia terá três representantes na Série D deste ano. O terceiro time é o Atlético, que viaja até Alagoas para enfrentar o ASA, no dia 6 de junho. Atlético e ASA, mais as equipes já citadas, estão no grupo A-4, ao lado de Retrô (PE) e Murici (AL). A segunda rodada está prevista para os dias 12 e 13 de junho. Acesse o link para a tabela completa no final do texto.

Mas a série D do Campeonato Brasileiro começa antes, no dia 26 de maio, com uma fase preliminar envolvendo equipes que se juntarão as já classificadas. Durante seis meses, de maio a novembro, os 68 clubes disputarão as quatro vagas que dão acesso à Série C em 2022.

FASE PRELIMINAR

Na etapa inicial do torneio, oito equipes estão divididas em quatro grupos e se enfrentarão em jogos de ida e volta para definir os últimos classificados a Primeira Fase da Série D. Os confrontos da Fase Preliminar são: Santana/AP x GAS/RR, Tocantinópolis/TO x Picos/PI, Real Ariquemes/RO x Brasiliense/DF e Aquidauanense/MS x Rio Branco VIT/ES.

Na Primeira Fase, os 64 clubes são divididos em oito grupo com oito times cada. Dentro de cada chave, todos se enfrentam em turno e returno, totalizando 14 jogos. Os quatro melhores classificados em cada grupo avançam para o mata-mata, que começa com 32 equipes na Segunda Fase.

Em confrontos eliminatórios com partidas de ida e volta, o chaveamento segue até a grande final, que está marcada para os dias 7 e 14 de novembro. Os quatro clubes que alcançarem as semifinais garantem as vagas para o Campeonato Brasileiro Série C 2022.  Acesse aqui a tabela completa da série D deste ano.

Juazeirense está classificado para próxima fase da Copa do Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

A Juazeirense está classificada para a segunda fase da Copa do Brasil. Em duelo com duas viradas na noite desta quarta-feira (10), no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, a equipe baiana bateu o Sport por 3 a 2 e carimbou passaporte para a próxima fase da competição nacional.

Etapa inicial movimentada e com vira-vira em Juazeiro. A equipe da casa abriu o placar logo no primeiro lance do jogo: Clébson cobrou falta de longe, Luan Polli espalmou e deu rebote para Kesley, que não hesitou e mandou para o fundo das redes.

Mas a resposta do Leão não demorou. Aos nove minutos de jogo, Patric foi derrubado dentro da área. O árbitro assinalou pênalti para o time pernambucano. Ronaldo Henrique deslocou o goleiro Rodrigo Calaça, colocou a bola no cantinho e deixou tudo igual.

A virada rubro-negra veio aos 20 mintuso. Sander recuperou a bola na entrada da área, chutou e acertou a trave de Rodrigo Calaça. No rebote, Mikael só empurrou para o gol.

A VIRADA E CLASSIFICAÇÃO

Assim como no primeiro tempo, Juazeirense voltou com tudo no segundo. Outra vez, bem depressa, após cruzamento pela direita, Clébson foi lá no alto e acertou cabeceio com precisão para deixar tudo igual no Adauto Moraes.

O Leão perdeu uma chance incrível de fazer o terceiro aos 11 minutos: Ewerthon arrancou pela esquerda, saiu de frente com o goleiro, mas se atrapalhou e finalizou para fora.

E o gol faria falta. Isso porque, aos 21 minutos, Dedé apareceu na área, subiu no terceiro andar após cruzamento e mandou para o fundo das redes, virando o jogo para o time baiano.

Precisando fazer pelo menos um gol para não ser eliminado, o Sport esbarrou na grande atuação do goleiro Calaço, que defendeu chute forte de Sander, aos 35, e depois, aos 37, falta traiçoeira cobrada por Patric. No fim, a Juazeirense comemorou em casa a vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Bahia é um dos finalistas do Estadual 2020 || Foto Felipe Oliveira/ECBahia
Tempo de leitura: < 1 minuto
Bahia e Atlético de Alagoinhas farão as finais do Campeonato Baiano de Futebol 2020. Os finalistas foram definidos neste domingo.  Após vencer o Jacuipense por 2 a 0 fora de casa, o Bahia empatou no Estádio de Pituaçu em 2 a 2 e garantiu uma das vagas.
Outro finalista, o Atlético perdeu por 2 a 0 para a Juazeirense, mas obteve a classificação por ter vencido o jogo de ida por 4 a 1. Os jogos das finais do Baianão 2020 ainda não têm data definida pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). A definição deverá ocorrer nesta semana.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Flu precisa de uma vitória simples em casa para avançar para as oitava|| Foto Divulgação

Juazeirense e Central-PE largaram na frente na briga por uma vaga nas oitavas de final da Série D. Em Juazeiro, o time baiano abriu o confronto diante do Atlético Patrocinense-MG com uma vitória por 1 a 0. Em Caruaru (PE), a equipe pernambucana venceu o Jacuipense por 2 a 0.

No Adauto Moraes, a Juazeirense marcou o gol da vitória ainda no primeiro tempo. Aos 36 minutos, Clebson balançou as redes e garantiu a vantagem do empate para o confronto da volta. O duelo decisivo está marcado para o próximo domingo (23) em Patrocínio (MG).

Assim como nos últimos dois confrontos entre as equipes na Série D, Salgueiro e Fluminense de Feira ficaram empatados. No Cornélio de Barros, o Tricolor baiano abriu o placar com Edson aos 10 minutos do primeiro tempo. O Carcará respondeu na segunda etapa e deixou tudo igual com Muller Fernandes, de pênalti.  As equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (23), em Feira.

No Lacerdão, a Jacupiense saiu em desvantagem contra o Central. Joelson abriu o placar para os donos da casa aos 27 minutos da etapa inicial. Já no segundo tempo, aos 24 minutos, Diego Palhinha fechou o marcador em 2 a 0. A volta está marcada para a próxima quinta-feira (20) em Riachão do Jacuípe.

Tempo de leitura: < 1 minuto

futebolJuazeirense pôs um pé na final, ontem (19), ao bater o Globo-RN, por 3 a 1, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, no primeiro jogo da fase semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol. Robert, Júnior Tardelli e Alessandro fizeram os gols do time baiano. Cássio fez o tento do time potiguar.

A Juazeirense poderá até perder por um gol de diferença, na partida de volta, e garantirá vaga nas finais da competição. Se o potiguar vencer por 2 gols de diferença, a decisão será por meio de cobrança de pênaltis. O time baiano, assim como o Globo, já garantiu vaga na Série C do Brasileiro de 2018.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Colo-Colo pressionou e bateu Juazeirense por 1 a 0 (Foto José Nazal).
Colo-Colo pressionou e bateu Juazeirense por 1 a 0 (Foto José Nazal).

O Colo-Colo está a um empate de garantir vaga na Copa do Nordeste de 2016, após vencer a Juazeirense por 1 a 0, ontem (25), no Estádio Mário Pessoa. O gol foi marcado por Andrei, na etapa final.

Juazeirense e Colo-Colo se enfrentam no próximo final de semana, em Juazeiro, na partida de volta da disputa pelo terceiro lugar do Baianão 2015. Quem perder na disputa, deverá disputar a Série D do Brasileiro 2015.

O detalhe do jogo foi a torcida. Apenas 519 torcedores compareceram ao estádio. A partida de ontem teve 396 pagantes, mesmo a equipe fazendo uma das melhores campanhas da sua história.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Colo-Colo sufocou, mas jogo terminou empatado em 1 a 1 (Foto José Nazal).
Colo-Colo sufocou, mas jogo terminou empatado em 1 a 1 (Foto José Nazal).

O C0lo-Colo empatou em 1 a 1 com o Vitória da Conquista neste domingo (19), no Estádio Mário Pessoa, e disputará o terceiro lugar do Baianão 2015. Para chegar à final, o Tigre Ilheense precisava derrotar o Bode por três gols de diferença, após perder por 3 a 0 para o Conquista no jogo de ida, há duas semanas.

A partida começou com o Colo-Colo na pressão e um gol de Jussimar aos 10 minutos, porém o Vitória da Conquista chegou ao empate ainda na primeira etapa. E assim terminou o jogo.

O Tigre, frisemos, retornou à elite do Baianão neste ano e sonhava apenas figurar entre os oito melhores. Foi além ao derrotar o Vitória, no Barradão, por 2 a 0, e chegar à semifinal. Um apagão no sistema defensivo no primeiro jogo da semifinal deixou o sonho de uma segunda final de Baianão – e o título, distantes.

O time fez bonito e terá agora a chance de um terceiro lugar e a oportunidade de disputar a Série D do Brasileiro de Futebol ou a Copa do Nordeste 2016. Os jogos serão contra a Juazeirense, que, após perder por 3 a 1 em casa, novamente foi derrotado pelo Bahia, hoje em Salvador, por 3 a 2. Bahia e Vitória da Conquista farão os jogos finais do certame.