O censo do IBGE é muito importante para a definição das políticas públicas
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 10% dos moradores de Itabuna foram entrevistados, até o momento, no Censo Demográfico 2022, que deve ser concluído até o dia 31 de outubro. O IBGE reforça a importância da população participar do levantamento de dados socioeconômicos do município.

De acordo com o IBGE, além dos 10% das entrevistas concluídas, 55,1% estão em andamento, enquanto 34,8% ainda serão recenseados. “O município é recortada em 379 setores censitários. Logo, cada bairro possui alguns recortes”, disse o coordenador Censitário Subárea do IBGE, Marcos Breno Almeida.

Segundo Marcos Breno, já foram encerrados alguns setores no centro da cidade e nos bairros Mangabinha, Sinval Palmeira, Lomanto, Califórnia, Nossa Senhora de Fátima, Pedro Jerônimo, Daniel Gomes e São Caetano.

O coordenador reclama que os maiores problemas enfrentados pela equipe são a recusa de alguns moradores, ameaças em determinados bairros, assaltos e moradores ausentes do domicílio por viagem ou que têm pouca frequência em casa e não respondem às notificações do IBGE via carta.

Os recenseadores estão trabalhando com a devida identificação do IBGE com uniforme, crachá, boné e colete azuis contendo a logomarca do IBGE, além do dispositivo móvel de coleta, semelhante a um smartphone, na cor azul. O censo começou em agosto e muito importante para definição das políticas públicas dos municípios e do país. Em Itabuna, o trabalho conta com apoio da prefeitura.

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Em meio a tantas perdas humanas e materiais, Itabuna e sua gente tiveram força para se reerguer dos escombros. A grande lição grapiúna é a fé no renascimento em vida. Parabéns, Itabuna!

 

Valderico Junior

Itabuna viveu os dias mais difíceis das últimas décadas no Natal de 2021. Polo regional de comércio e serviços, a cidade viu o período de fim de ano, época de aquecimento dos negócios, ser tomado por uma tragédia humanitária.

Os planos festivos deram lugar à luta pela vida em sua dimensão imediata. Mas, quando faltou chão e as águas do Rio Cachoeira cobriram telhados, a resposta à catástrofe ganhou forma numa corrente de solidariedade.

Foi essa corrente que salvou vidas, confortou quem perdeu entes queridos, abrigou desabrigados e saciou a fome de multidões.

Como esquecer o destemor dos heróis que se arriscaram para salvar familiares, vizinhos e desconhecidos?

A Itabuna que saúdo hoje, nos seus 112 anos de emancipação política, é a dos irmãos Jean e Marcos Neves, os heróis da Mangabinha, que, na sua embarcação improvisada, resgataram mais de 100 pessoas.

Celebro a Itabuna das comunidades religiosas que se mobilizaram para fazer valer o mandamento do amor ao próximo.

Festejo a Itabuna das instituições do comércio, que, durante a tragédia, se converteram em elos fortes daquela corrente solidária.

Neste momento, também não poderia deixar de me solidarizar, mais uma vez, com os familiares, amigos e admiradores do ex-prefeito Fernando Gomes, que nos deixou no último domingo.

Em meio a tantas perdas humanas e materiais, Itabuna e sua gente tiveram força para se reerguer dos escombros. A grande lição grapiúna é a fé no renascimento em vida. Parabéns, Itabuna!

Valderico Junior é diretor da Gabriela FM, presidente do União Brasil em Ilhéus e pré-candidato a deputado federal.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma equipe da Gerência de Saneamento da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) substituiu a tubulação de esgoto da Rua Getúlio Vargas, na Mangabinha, em Itabuna. Segundo a empresa, 12 metros de galerias de cerâmica danificados foram substituídos por tubos de PVC, mais modernos.

De acordo com o supervisor de campo da Emasa, Ailson Sousa, além da troca da rede de esgotamento sanitário, também ocorreu a limpeza de uma galeria de drenagem. “Há tempos, essa rede apresentava problemas, com muito acúmulo de gordura e, além disso, houve o assoreamento em razão das fortes chuvas de dezembro passado. Com o serviço agora realizado serão eliminados definitivamente os transtornos na Rua Getúlio Vargas”, assegurou Ailson.

O supervisor de Campo orienta que as pessoas usem a rede de esgoto com critérios, evitando o despejo de gordura e não jogar lixo na via pública, porque a sujeira, explica, acaba caindo na tubulação e provoca o extravasamento da rede de esgotamento sanitário.

Homem foi assassinado em Itabuna|| Foto Verdinho
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem foi assassinado, na noite desta segunda-feira (6), na rua Firmino Alves, no bairro Mangabinha, em Itabuna. A vítima foi identificada como Jucimar Alves Costa, o Mamá, de 37 anos, que foi morto com pelo menos nove disparos de pistola. O homem estava no interior de um veículo quando foi atingido.

De acordo com relatos de moradores, Mamá tinha passagens pela polícia. Em junho do ano passado, por exemplo, o homem morto na noite de hoje foi detido em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na época, ele foi acusado de dirigir um carro com restrição de roubo.

Além de Mamá, uma mulher foi baleada. Ela é conhecida como Ana Clara, que foi socorrida para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Não há informações sobre o estado de saúde dela, que foi atingida na cabeça. A polícia tenta identificar e prender os atiradores. A polícia investiga várias hipóteses para o assassinato e a tentativa de homicídio.

Lama invadiu casa durante festa de aniversário de criança de 4 anos || Foto Reprodução/Prefeitura de Itabuna
Tempo de leitura: 3 minutos

As fortes chuvas desta terça-feira (12) deixaram rastro de destruição em várias casas da Mangabinha e Nova Mangabinha, em Itabuna, no sul da Bahia. A situação mais crítica foi em uma localidade popularmente conhecida como “Casinhas da Bananeira”. Lá, uma enxurrada de lama e água desceu de um condomínio em construção e atingiu várias residências.

De acordo com a  Defesa Civil de Itabuna, nove casas da Quadra M foram as mais afetadas, além de oito quitinetes na Rua Ubaldino Brandão, no Mangabinha. Na Rua São José, outro imóvel teve a garagem invadida pela lama, danificando carros e motos.

MAIS PREJUÍZOS

Membro da Defesa Civil conversa com moradora de casa afetada por chuvas

Por volta das 20h, a vendedora Roseneide Figueiredo, moradora da Quadra M, viu a casa ser totalmente invadida pela lama em cerca de 10 minutos. Ela perdeu quase todos os móveis. “Foi tudo muito rápido. A enxurrada quase levou minha geladeira e ainda derrubou o muro do meu quintal”, lembrou.

Simone Santos, moradora da mesma Quadra, viveu momentos de desespero. “Cerca de 30 crianças estavam na minha casa, por conta do aniversário de minha filha de 4 anos. Foi um desespero total quando a enxurrada começou a invadir. Para piorar, meu marido fraturou a clavícula na tentativa de abrir um bueiro, quando se acidentou”, contou.

O casal Sirleide Santana e Dorgival Santos levou um susto não só por conta da enxurrada. “O barulho do muro da vizinha caindo no meu quintal, a lama entrando na minha casa e eu sem conseguir abrir a porta de casa para a lama sair. [Isso] me deixou desesperado. Só Deus sabe o que passei”, disse Dorgival Santos.

A situação não foi diferente na Rua Ubaldino Brandão. A artesã Adriana Silva Oliveira, mãe de uma criança de 10 anos, perdeu todo o material de trabalho que guardava em casa. “Deixei de pagar o aluguel para comprar o material, mas agora perdi tudo. Quando eu estava me reerguendo acontece isso. Além disso, foi muito desesperador ver meu filho chorando e ao mesmo tempo orando com medo de morrer”.

FALTA DE DRENAGEM E OBRA SEM CONTENÇÃO EM CONDOMÍNIO

Enxurrada invadiu casas construídas abaixo do nível da rua

Membros da Defesa Civil e bombeiros militares (4º GBM) estiveram no local. O engenheiro Yuri Bandeira informou que o incidente ocorreu por falta de um sistema de drenagem e de um muro de contenção da obra de construção do condomínio Vog Grapiúna. “A empresa responsável está dando a assistência necessária às famílias prejudicadas e se comprometeu em agilizar a construção do sistema de canalização da água e do muro de contenção para que novos alagamentos e deslizamentos sejam evitados. Continuaremos acompanhando”, afirmou.

A diretora da Defesa Civil, Elciane Reis, informou que, nas últimas 24 horas, três chamados foram atendidos pela unidade da Secretaria de Segurança e Ordem Pública de Itabuna, que registrou 31 milímetros de chuva na última noite. Segundo ela, a previsão é de mais chuvas para os próximos dias em toda a região sul do Estado.

Comerciante de Itabuna é morto com vários tiros
Tempo de leitura: < 1 minuto

O dono de uma distribuidora de bebidas foi assassinado, no início da noite de sexta-feira (6), na rua João Mangabinha Filho, no  bairro Mangabinha, em Itabuna, no sul da Bahia. Os bandidos fizeram, pelo menos, 20 disparos contra o homem identificado como Anderson Simões dos Santos, mais conhecido como “Gui”, que ainda tentou se proteger, mas acabou atingido em várias regiões do corpo.

O comerciante chegou a ser socorrido por vizinhos para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas teria morrido ainda no caminho. O corpo da vítima, que era muito querida no bairro Mangabinha, foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica de Itabuna e deve ser sepultado ainda neste sábado (7). Não há informações sobre o horário do enterro.

De acordo com relatos de testemunhas, os bandidos que atiraram contra “Gui” estavam em um Fiat Argo, prata, com placa de Salvador. A Polícia Civil vai recorrer a câmeras de segurança da região para tentar identificar e prender os criminosos. A polícia trabalha com várias hipóteses para o homicídio. Atualizado às 19h39min.

Eleitora da Mangabinha com o candidato a prefeito do PT, Geraldo Simões
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-deputado e candidato a prefeito de Itabuna pelo PT, Geraldo Simões, comemorou a receptividade na retomada às visitas aos bairros. No final de semana, Geraldo visitou algumas comunidades e se disse entusiasmado com a recepção na Mangabinha. Ele e o vice, Jairo Araújo (PCdoB), ressaltaram a emoção e as demonstrações de carinho do eleitor.

Prefeito de Itabuna por dois mandatos, Geraldo tenta o governo local pela quarta vez. Ele ressalta a acolhida por onde passa e a lembrança do eleitor do que foram as duas gestões – 1993-1996 e 2001-2004.

Geraldo e Jairo em visita a moradoras da Mangabinha

“Por onde tenho passado as pessoas dizem que querem votar em nossa chapa, querem o 13 na urna e na gestão em 2021. A virada é nas ruas”, afirma Geraldo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Torcida compareceu ao Itabunão para os jogos das semifinais do Interbairros
Com 100% de aproveitamento na competição, a Mangabinha goleou a Seleção do São Pedro, por 5 a 0, e garantiu vaga na finalíssima do Campeonato Interbairros de Futebol 2019. Mangabinha enfrentará Parque Santa Clara, que derrotou Bananeira em cobrança de penalidades, por 4 a 3, após empate em 1 a 1 no tempo normal.

A finalíssima será disputada no próximo domingo (22), às 9h, no Estádio Luiz Viana Filho, o Itabunão. A Seleção da Mangabinha vai tentar o bicampeonato da competição. Parque Santa Clara chega pela primeira vez a uma final da competição.

O Interbairros deste ano está sendo promovido pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) e pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes da Bahia (Setre-BA). Em 2019, a competição reuniu 50 equipes e cerca de 1,3 mil atletas, conforme a FICC.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Incêndio levantou grande coluna de fumaça e foi controlado por bombeiros

Um prédio residencial pegou fogo na manhã desta quinta-feira (14), na Rua Monte Castelo, na Mangabinha, em Itabuna. As chamas foram controladas por duas equipes do Corpo de Bombeiros. Na residência, havia uma mulher e três crianças. Ninguém sofreu queimaduras. Um carro de passeio ficou totalmente destruído e pode ter sido a origem do incêndio.

A dona de casa foi identificada como Luciana Santos Adorno, encaminhada pelo Samu 192 com pequenas escoriações e em estado de choque para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem). As crianças estão sendo atendidas no Hospital Manoel Novaes, pois inalaram fumaça.

O prédio está localizado na região da Mangabinha conhecida como Alto da Lua. Um socorrista do Samu 192 disse que nenhuma das pessoas que estavam no prédio sofreu queimaduras. Quando a unidade chegou ao local, todas já tinham sido resgatadas por vizinhos do imóvel e receberam atendimento médico da equipe de socorristas. Redação com informações dos repórteres Rai Nascimento e Wadson Santos, da Rádio Difusora.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mototaxista William foi executado a tiros na Mangabinha || Reprodução

O mototaxista William Xavier, de 19 anos, foi assassinado a tiros, nesta noite de terça-feira (17), na Mangabinha, em Itabuna. O crime ocorreu próximo às Casinhas e atraiu uma multidão ao local. A vítima sofreu, ao menos, seis tiros de pistola 380.
William trabalhava como mototaxista com o pai dele e participava de movimento da juventude católica. O corpo da vítima foi levado, há pouco, para o Departamento de Polícia Técnica.
Até agora, não há informações sobre os atiradores, mas as características do crime são de execução. Nada foi levado da vítima. A moto foi localizada a poucos metros do corpo.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Violência faz parte do cotidiano dos moradores

O bairro da Mangabinha já aparece nas estatísticas como um dos mais violentos de Itabuna em 2016. Por lá, foram registrados dois homicídios em um único dia neste mês de fevereiro, sendo que uma das vítimas foi apontada como suspeita de vários assaltos naquela comunidade (confira aqui). Em janeiro, houve pelo menos uma tentativa de assassinato confirmada pela polícia.

A situação se complica neste período de Carnaval, em virtude do envio de parte do efetivo da segurança pública para as cidades que realizam festejos, principalmente Salvador.

Na noite de ontem (5), moradores da Mangabinha utilizavam as redes sociais para pedir socorro. Por volta das 21 horas, circulava a informação de que bandidos haviam imposto toque de recolher na parte do bairro conhecida como Alto da Lua.

Um morador desabafou no Facebook: “Sexta- feira de carnaval, 21:36, e eu e minha família estamos trancados dentro de casa e longe das portas. Isso é vida? Bandido solto e cidadão preso!”.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Jogos das quartas de final do Interbairros mobilizou torcidas (Foto Vladstone Menezes/SER).
Jogos das quartas de final do Interbairros mobilizou torcidas (Foto Vladstone Menezes/SER).

Califórnia, Mangabinha, Daniel Gomes e Novo São Caetano são os semifinalistas do Campeonato Interbairros de Futebol 2015. Os confrontos já estão definidos. Califórnia enfrenta Daniel Gomes, no próximo domingo (6), às 8h30min. O outro finalista sai da disputa entre Mangabinha e Novo São Caetano, às 10h30min. Os dois jogos serão no Estádio Luiz Viana Filho (Itabunão).

Os semifinalistas foram definidos após confrontos de ontem e hoje (28 e 29). No sábado, o Fátima vencia Califórnia por 2 a 1 e, no finalzinho, permitiu o empate. Acabou eliminado nos pênaltis, por 5 a 4. O outro semifinalista, Mangabinha, também conseguiu vaga nos pênaltis (4 a 2), após empate em 1 a 1 contra o Sarinha.

Hoje, também no Itabunão, o Daniel Gomes bateu o São Roque, por 2 a 1, e ficou com a terceira vaga. A outra é do Novo São Caetano, que derrotou o Sinval Palmeira, por 2 a 1. De acordo com a Secretaria de Esporte de Itabuna, a finalíssima será disputada em 13 de dezembro.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A guerra do tráfico de drogas fez mais uma vítima, ontem à noite, em Itabuna. Por volta das 22 horas, um homem perseguiu Elenilda Conceição dos Santos, de 21 anos. O atirador efetuou vários disparos e, pelo menos, quatro atingiram a vítima. O crime ocorreu na Rua Getúlio Vargas, Mangabinha.

O comandante do 15º Batalhão da PM, major Daniel Riccio, informou que Elenilda era ligada ao tráfico de drogas. Conforme moradores do bairro, a vítima é mulher de um homem conhecido apenas como “Geladeira”, também ligado ao tráfico naquela região.

 

Tempo de leitura: < 1 minuto

Lixão próximo à escola gera problema para educadores e alunos (Foto Divulgação).
Lixão próximo à escola gera problema para educadores e alunos (Foto Divulgação).

A falta de coleta e recolhimento de entulhos acabou gerando um “lixão” ao lado da Escola Estadual Antônio Carlos Magalhães, na Mangabinha. Segundo o diretor da unidade, Robson Sousa, a comunidade escolar já não suporta mais “a quantidade de moscas e o mau cheiro” no entorno.
O lixão tem atraído urubus e ratos para o terreno vizinho à escola. A situação não é nova. O absurdo já vem se arrastando desde o governo passado. O entulho não é recolhido há quase 30 dias.
A comunidade também não colabora. Robson afirma que os educadores vêm realizadno campanhas para conscientizar a comunidade a depositar o lixo em local adequado. O espaço utilizado como “lixão” pelos moradores é a região para onde está prevista a construção de quadra poliesportiva.
Quanto ao recolhimento dos entulhos e coleta de lixo, Robson Sousa disse ter entrado em contato com o responsável pela limpeza pública, mas recebeu informação de que o tratar usado no serviço está com “pneu furado”.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lixo e água parada na vizinhança do vereador Raimundo Pólvora

Já que o gestor itabunense resolveu “mobilizar” a Prefeitura, os moradores do bairro da Mangabinha esperam ansiosamente que o governo ambulante chegue por lá. Com toda certeza, Azevedo e seus co-pilotos terão trabalho de sobra e problemas a mil para resolver.

Citamos alguns: ruas esburacadas, esgoto transbordando, iluminação precária, lixo e entulho acumulados, e por aí vai.

A rua onde mora o vereador Raimundo Pólvora é uma das mais esquecidas do bairro, o que demonstra a falta de prestígio do político. Ou significa que o governo não privilegia ninguém, tratando a todos com o mesmo descaso.