Azul vai operar mais três rotas ligando interior da Bahia a Recife e Belo Horizonte
Tempo de leitura: < 1 minuto

O interior da Bahia ganhou mais três rotas da companhia Azul Linhas Aéreas. Feira de Santana e Paulo Afonso receberão voos de Recife (PE), enquanto Lençóis, de Belo Horizonte (MG). A venda de passagens ligando estes destinos começou, nesta terça-feira (13), pelo site da empresa. As frequências de voos foram definidas em reunião entre a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) e a companhia.

Com aumento de pousos e decolagens, Feira de Santana, na zona turística Caminhos do Sertão, passa a receber cinco voos semanais de Recife (segunda, quarta, sexta, sábado e domingo). Paulo Afonso, na zona Lagos e Cânions do São Francisco, ganhou voos partindo de Recife, três vezes por semana (terça, quinta e domingo).

Lençóis, na Chapada Diamantina, ganhou uma nova opção para os mineiros que pretendem visitar a região, com três linhas semanais partindo do aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.

“Mesmo com o estímulo do Estado da Bahia, com a isenção do ICMS sobre o querosene de aviação e a construção e requalificação de aeroportos, o avião não pode viajar vazio. Essas regiões têm uma demanda muito alta para os destinos onde serão instalados esses voos”, observou o secretário do Turismo, Maurício Bacellar.

De acordo com o Governo do Estado, nos últimos anos, foram investidos mais de R$ 152 milhões com recuperação das pistas de pouso e decolagem, taxiway, cercas, sinalização e instalação de equipamentos de navegação. O Aeroporto Jorge Amado, administrado em regime de concessão pela Socicam, está entre os equipamentos com obras em andamento.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O secretário de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar, avalia que a requalificação da Estrada do Chocolate, reativa nesta quinta-feira (21), é um trunfo para o turismo na Costa do Cacau. Além dos serviços na recuperação da pista, o trecho de 45 quilômetros da rodovia Ilhéus-Uruçuca (BA-262) ganhou nova sinalização turística, integrada ao roteiro de visitação a fazendas de cacau e fábricas de chocolate.

“As intervenções estruturantes do Governo do Estado, na Costa do Cacau e outras regiões, têm contribuído para o crescimento do turismo da Bahia, que já alcança índices superiores ao período pré-pandemia, o único estado do Nordeste a conseguir essa marca. Nossos indicadores apontam que continuamos na rota do crescimento”, declarou Maurício.

Marco da Estrada do Chocolate, em Ilhéus || Foto Daniel Meira/Setur

O secretário e representantes do trade visitaram a centenária fazenda Capela Velha, onde os turistas podem conhecer a história do cacau e todo o processo da lavoura do fruto, desde o plantio à secagem das amêndoas, usadas na produção do chocolate, que sai da fábrica instalada na própria fazenda.

VIVA TURISMO BAHIA

Nesta sexta-feira (22), em Itacaré, a Secretaria Estadual de Turismo (Setur-BA) promove ações do plano Viva Turismo Bahia, que atua nas áreas de segurança sanitária, infraestrutura, capacitação, qualificação e divulgação dos destinos. Para contemplar os municípios turísticos da Costa do Cacau, a pasta firmou parcerias com o Sebrae, Banco do Nordeste, Desenbahia e UFBA.

Tempo de leitura: 3 minutos

O cantor Targino Gondim promoveu um verdadeiro São João fora de época em São Paulo, nesta quinta-feira (7), no encerramento da participação de Itacaré e da Bahia na maior feira de turismo da América Latina, a WTM.  Agentes de viagem e de turismo, representantes de empresas expositoras e visitantes puderam conferir o genuíno som nordestino e “ralar bucho” na Expo Center Norte.

O pocket show do sanfoneiro baiano não deixou ninguém parado. Targino pôde, ainda, divulgar o Festival de Forró de Itacaré, promovido com a sua participação e de cantores do sul da Bahia e do Nordeste. Neste ano, o evento será de 14 a 16 de abril.

“Foi uma participação sensacional de Targino em um evento em que nosso município, Itacaré, pôde expor oportunidades de negócios e seus atrativos ao trade turístico mundial. Aqui, tivemos expositores não só da América Latina, mas de todo o mundo, a exemplo do Irã”, disse o secretário de Administração de Itacaré, Marcos “Japu” Souza, em entrevista ao PIMENTA, ao lado do titular da Pasta do Turismo do município, José Alves, ressaltando.

A participação de Targino fechou com chave de ouro a exposição da Bahia no evento mundial. A apresentação do cantor, assegurada pela Prefeitura de Itacaré, teve o apoio logístico da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA). A organização computou, pelo menos, 33 países representados na feira e cerca de 500 empresas expositoras.  Empresários de Itacaré também participaram do evento, a exemplo de Cida Aguilar, que possui empreendimentos hoteleiros no município, e hoje preside o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Secretário Marcos Japu, equipe, representante da Azul e empresária Cida Aguilar na WTM

No evento, Marcelo Bacelar, da Setur, pôde apresentar os atrativos e potenciais turísticos de Itacaré, um dos principais destinos da Bahia. A WTM, reforçou Bacelar, é uma vitrine mundial do turismo. Nela, observou, a Costa do Cacau chamou a atenção dos milhares de agentes, empresas expositoras e visitantes, “com grande interesse por Itacaré”.

O secretário de Turismo de Itacaré, José Alves, afirmou que Itacaré vive um bom momento, com taxa de ocupação da rede hoteleira que flutua entre 70% e 80%. “No feriado de Semana Santa, teremos ocupação máxima”, afirmou, sem deixar de divulgar o festival de jazz que começará amanhã (8) e vai até sábado (9), em praça pública, na região central do município.

Márcio Sousa, da Vip Travel Brasil, assessoras da Setur-BA, Cida Aguilar e secretários José Alves e Marcos Japu

CONGRESSO DA ABAV

O grande sucesso de Itacaré na WTM, em São Paulo, segundo Marcos Japu, levou o município a fazer uma grande aposta, com estande próprio na Abav Expo, que ocorrerá em Recife (PE), no período de 21 a 23 de setembro. “O prefeito Antônio de Anízio já confirmou a nossa participação no evento em Pernambuco”, disse o secretário ao PIMENTA. A Abav Expo reúne milhares de marcas expositoras, além de visitantes e jornalistas e influenciadores de todo o país.

Abaixo, o show de Targino na WTM, nesta quinta (7).

Wyndham está presente em várias cidades brasileiras, a exemplo de Gramado || Imagem Trivago
Tempo de leitura: < 1 minuto

A rede hoteleira Wyndham iniciou prospecção para operar e franquear marcas do grupo na Bahia. Ontem (9), duas executivas do grupo se reuniram com o secretário estadual de Turismo, Maurício Bacelar, em Salvador, acompanhadas do presidente regional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA), Luciano Lopes.

“Pretendemos operar e franquear marcas hoteleiras no estado. A parceria do poder público com a iniciativa privada é fundamental para o fortalecimento do turismo”, declarou a vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios para a América Latina e Caribe da Wyndham, Maria Carolina Pinheiro.

Executivas do Wyndham em audiência com o titular da Setur-BA || Foto Divulgação
O secretário Maurício Bacelar diz que a Bahia está pronta para receber novos investimentos estrangeiros, o que é confirmado pelo interesse revelado pelas executivas do Wyndham. A rede foi fundada nos Estados Unidos em 1981 e atualmente possui mais de nove mil hotéis espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil.
Turismo baiano cresceu mais que o dobro do brasileiro no segundo semestre || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O volume das atividades turísticas na Bahia cresceu 176,5% no segundo trimestre de 2021, aumento que representa quase o dobro do registrado para o país, 89,8%. A receita nominal de serviço seguiu o mesmo comportamento, com crescimento de 164,2%, na Bahia e 87,7%, no Brasil. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (24) pelos órgãos oficiais em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo (Setur), são sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

O turismo baiano foi impulsionado, principalmente, pelo aumento na receita de empresas que atuam nos ramos de transporte aéreo; restaurantes; hotéis; rodoviário coletivo de passageiros; locação de automóveis; e serviços de bufê. O fluxo de passageiros nos aeroportos da Bahia avançou 729,1% no 2º trimestre de 2021 contra o 2º trimestre de 2020, impulsionado pela significativa expansão registrada nos quatro aeroportos do estado com maior movimentação de passageiros.

“É muito bom ver a recuperação do turismo, segmento tão importante para a Bahia, que gera emprego e receita para o estado. Um crescimento expressivo, que reflete a retomada das atividades que estavam paralisadas por conta da pandemia da covid-19, mas que também é resultado dos esforços do governo para dinamizar o setor”, avalia o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento.

O secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, creditou o crescimento ao plano executado pela pasta. “Esses resultados são o reflexo do planejamento feito pela Setur-BA para a execução do plano de retomada Viva Turismo Bahia, com quatro eixos de atuação: biossegurança, promoção dos destinos baianos, infraestrutura e capacitação e qualificação de gestores públicos, empresários e profissionais do setor.

TAXA MÉDIA DE OCUPAÇÃO

A taxa média de ocupação dos meios de hospedagem em Salvador foi de 31,6% no 2º trimestre de 2021, resultado superior ao observado no mesmo período do ano passado (13,9%). De acordo com a SEI, o dado é fruto da melhora do desempenho da atividade hoteleira na capital baiana devido às medidas de flexibilização das atividades econômicas, o aumento da imunização total das pessoas acima de 60 anos e dos protocolos adotados pelos estabelecimentos hoteleiros.

A Bahia é o quinto estado no ranking nacional na adesão do Selo Turismo Responsável. Até o 1º semestre já foram mais de 29 mil Selos Turismo Responsável, Limpo e Seguro emitidos em todo o país. A chancela é conferida a locais que se comprometem a cumprir protocolos de prevenção à covid-19 e, desta forma, oferecem mais segurança a turistas e trabalhadores do setor. A iniciativa foi lançada em 2020, colocando o Brasil entre os 10 primeiros países do mundo a implementar protocolos sanitários para o turismo.

Prefeito se reuniu ontem (16) com o secretário de Turismo da Bahia, Luís Bacellar
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), se reuniu ontem (16), em Salvador, com o secretário de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar. A primeira-dama Soane Galvão também participou da audiência. O prefeito solicitou apoio do Estado para ajudar Ilhéus a atrair mais voos. A ideia é aumentar a presença do Aeroporto Jorge Amado no circuito de viagens turísticas.

“Nesse trabalho de parceria com o governador Rui Costa [PT] e toda a equipe do Governo da Bahia, estamos expandindo os serviços no nosso município, tanto na infraestrutura quanto na saúde, educação e no turismo, importante fonte de geração de emprego e renda para o nosso povo. Essas melhorias são fundamentais para fortalecer a nossa economia e superar os impactos causados pela pandemia”, destaca Marão.

ESTRADA DO CHOCOLATE

Marão também quer a parceria do governo estadual para tirar o projeto da Estrada do Chocolate do papel, no trecho da BA-649 entre Ilhéus e Uruçuca.

O prefeito avalia que a estrada temática e sua proposta de formatação do turismo ligado à cultura cacaueira devem atrair mais investidores para a região, também estimulados pelas obras do Porto Sul.

Vacinação de rebanho contra a febre aftosa vai até 30 de junho
Tempo de leitura: 2 minutos

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) prorrogou, até 30 de junho, a campanha de vacinação contra a febre aftosa. Quem confirmou a prorrogação foi o diretor-geral da Adab, Maurício Bacelar. A decisão da Adab foi anunciada após consulta ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb).

– Embora os registros de venda da vacina tenham superado os 7,5 milhões de doses nas lojas de produtos agrícolas, o que é um indicativo bem positivo da conscientização dos produtores baianos para com a imunização de seus rebanhos, decidimos pela extensão do prazo que acabaria no próximo domingo (31) – disse Bacelar.

O prazo será um mês mais longo nessa primeira etapa da Campanha de Vacinação de 2020 também em todos os outros estados do Grupo 4 que integram o Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA): Tocantins, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo.

Foram considerados alguns motivos para a extensão do prazo da vacinação. A começar pela difícil logística de distribuição das vacinas através das indústrias, em virtude da pandemia do novo coronavírus, a suspensão das atividades comerciais em diversas cidades baianas, o que dificultou o acesso dos produtores à vacina, a interrupção do transporte intermunicipal e a antecipação dos feriados estaduais e municipais.Leia Mais

Tempo de leitura: 4 minutos

Maurício Bacelar foto divulgaçãoMaurício Bacelar assumiu o comando do Detran baiano na semana passada, após o PTN deixar a base do prefeito ACM Neto, de Salvador, e firmar aliança com o governo petista de Rui Costa. Numa entrevista ao PIMENTA, Bacelar justificou a saída do grupo carlista como reação às traições, em sequência, do prefeito soteropolitano.

Sinais de que a aliança com Neto não caminhava bem foram emitidos, segundo Bacelar, pelo próprio prefeito em 2014, quando o DEM lançou candidaturas em Itabuna e Camaçari, minando o PTN.  A estratégia, diz, acabou por tirar o mandato de Coronel Santana, que tentava a reeleição. Maurício, também conhecido como Maurício de Tude, disputava vaga na Assembleia Legislativa e se sentiu prejudicado pelo próprio grupo.

Na entrevista a seguir, Bacelar também fala dos desafios à frente do Detran e como se sente em um governo petista, após 17 anos de carlismo. Confira abaixo.

BLOG PIMENTA – O que levou o PTN a dar essa guinada, deixando a base carlista?

MAURÍCIO BACELAR – Por 17 anos, fomos aliados do PFL e do DEM. De uns tempos para cá, após em 2012 [ACM] Neto dizer, publicamente, que devia a eleição ao PTN, houve uma mudança, parece ter esquecido tudo isso em 2014.

PIMENTA – Como assim?

BACELAR – A gota d´água foi a eleição da Câmara de Vereadores em Salvador. Mas, primeiro, o DEM lançou candidatura na base do Coronel Santana, em Itabuna, com o nome de Capitão Azevedo, mesmo sabendo que o registro de candidatura do ex-prefeito seria negado pela justiça. Perdeu Itabuna, perdeu o sul da Bahia, que enfrenta uma crise há quase três décadas. Neto fez o mesmo em Camaçari, onde o PTN também tinha candidato. Essas coisas foram se juntando. Já em 2013, deveríamos ter a presidência da Câmara de Salvador, mas Neto pediu que abríssemos mão. Abrimos, e em 2015 ele nos traiu.

______________

[ACM Neto] nos traiu. Não poderíamos ficar em um grupo de um homem sem palavra.

______________

 

PIMENTA – Isso levou ao rompimento?

BACELAR – Não poderíamos ficar em um grupo de um homem sem palavra. Já em 2 de janeiro, informamos que não dava mais [para ficar na base do prefeito]. Após isso, Rui Costa nos convidou para o governo do Estado e nos sentimos estimulados a participar.

PIMENTA – Carlista histórico, o senhor se sente à vontade no cargo em um governo do PT, o PTN está à vontade na nova casa?

BACELAR – Estou muito estimulado pela forma como fui recebido e estou sendo tratado pelos secretários e pelo governador Rui Costa. O ambiente é muito bom.

______________

Correia era o nosso candidato [à presidência da Câmara] e foi traído por ACM Neto, mas respeitamos seu momento de reflexão.

______________

 

PIMENTA – O partido enfrenta resistências internas à essa nova orientação política, principalmente em Salvador, com o Tiago Correa, e em Feira de Santana, com o deputado Carlos Geilson. Há como contorná-las?

BACELAR – Recorreremos à arte da política, que é a conversa. [Carlos] Geilson é uma questão localizada. Ele tem como adversário o também deputado Zé Neto. Ele foi comunicado de todos os passos [do partido]. Tiago Correia é uma questão especial, mas ele votou a favor da aproximação [com o governo do estado]. A situação dele é especial, pois é contraparente de Neto. Correia era o nosso candidato [à presidência da Câmara] e foi traído por ACM Neto, mas respeitamos seu momento de reflexão.

______________

A situação de Neto não é essa “coca-cola toda”. Paulo Souto teve o apoio dele e foi derrotado em Salvador. Aécio Neves também foi apoiado por Neto e perdeu na capital.

______________

 

PIMENTA – Como o senhor avalia o cenário em Salvador em 2016? ACM Neto é bem avaliado. Seria imbatível?

BACELAR – Considero que há uma margem pequena. Ele aparece em primeiro lugar entre os prefeitos do país, com 68% de aprovação, mas Imbassahy tinha 92% [quando saiu da prefeitura, em 2004] e, mesmo assim, perdeu a eleição para João Henrique [em 2008]. As eleições passadas mostraram que a situação de Neto não é essa “coca-cola toda”. Paulo Souto teve o apoio de Neto e foi derrotado em Salvador. Aécio Neves também foi apoiado por Neto e perdeu. Há ainda outra situação. O PTN teve 170 mil votos nominais para vereador em 2012. Em 2014, João Bacelar foi o 4º mais votado para deputado federal em Salvador, com mais de 40 mil votos. Ainda tivemos as excelentes votações de Alan Castro e Anderson Muniz na capital. Isso mostra a força do PTN. O prefeito também enfrentará situação de desequilíbrio na Câmara, com quatro vereadores a menos. Então, Neto é o favorito hoje, mas a eleição é daqui a dois anos.

PIMENTA – A sua gestão no Detran baiano será de continuidade ou haverá mudanças?

BACELAR – Vamos desenvolver ação educativa no trânsito. Os estudos mostram que, de cada família brasileira, uma será vítima de acidente de trânsito. Orientado pelo governador, fazendo ações educativas, queremos reverter isso, ver se podemos conseguir. Esse é o novo desafio.

PIMENTA – A equipe já está montada?

BACELAR – Nós conseguimos com o secretário da Fazenda, Manoel Vitorino, a liberação de Joaquim Bahia, que já está atuando conosco antes mesmo de ser nomeado. Queremos aumentar as receitas sem onerar o cidadão. Como é um órgão que desenvolve ações policiais, de segurança no trânsito e fiscalização, teremos também conosco o ex-comandante-geral da PM, Alfredo Castro. Vamos ter aqui, também, nossos jovens técnicos para, juntos, desenvolvermos políticas públicas de segurança no trânsito. Eu estou me afastando da presidência do PTN para desenvolver nosso trabalho no Detran.

______________

Não seria de bom tom fazer mudanças de forma apressada. Se for o caso, trocaremos peças ou iremos prestigiá-las [mantendo-as em seus cargos].

______________

PIMENTA – Haverá mudanças nos comandos das Ciretrans?

BACELAR – Tenho três dias à frente do Detran. Ainda estou fazendo levantamento. Não seria de bom tom fazer mudanças de forma apressada. Se for o caso, trocaremos peças ou iremos prestigiá-las [mantendo-as em seus cargos].

PIMENTA – O nome do ex-deputado Coronel Santana foi rejeitado em sua equipe?

BACELAR – Bom, em primeiro lugar, Rui [Costa] não veta pessoas. O Coronel Santana nos honra e teve mandato brilhante. Ele foi convidado para a equipe, mas disse que gostaria de alguns dias para avaliar se entraria na administração ou trabalhará em ações políticas em Itabuna. Ele é um policial correto e saiu da corporação no auge da carreira.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bacelar comemora aniversário ao lado de amigos, como o vereador Elio Almeida, de Buerarema.
Bacelar comemora aniversário ao lado de amigos, como o vereador Elio Almeida, de Buerarema.

Novo diretor do Detran-BA, Maurício Bacelar antecipou ao PIMENTA que deixará o comando do PTN baiano. A presidência estadual do partido será assumida pelo deputado João Carlos Bacelar. A mudança será oficializada durante reunião da Executiva do PTN, na próxima semana.

Bacelar confirmou ao blog que terá como seus auxiliares diretos o ex-secretário da Fazenda de Salvador Joaquim Bahia e o ex-comandante-geral da PM Alfredo Castro.

Hoje, Bacelar recebeu em seu gabinete uma romaria de políticos e chefes de Ciretrans no estado. O clima era de festa. O político e recém-chegado à base do governo Rui Costa faz aniversário hoje.

Bacelar concedeu entrevista exclusiva ao blog. Falou de eleições, ida do PTN para o governo estadual e como ficaram as relações com o carlismo, especificamente com o prefeito de Salvador, ACM Neto, e eleições 2016. A entrevista será publicada no domingo (1º).