Novo calendário começou a valer nesta terça (18)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Itabuna tem novo calendário de vacinação para esta semana, com início hoje (18) e término na sexta-feira (21). Nesse período, crianças, adolescentes, adultos e idosos poderão ser vacinados contra a Covid-19 em todas as Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 11h e das 13h às 15h.

Também de terça a sexta, são aplicadas as vacinas de rotina para todos os públicos. A documentação necessária é o RG, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina com registro das doses anteriores.

MENINGITE

Nesta quinta-feira (20), a Secretaria de Saúde vai disponibilizar 400 doses da vacina contra a meningite, com atendimento das 10h às 14h, na UniFTC. O público-alvo é composto por crianças de 3 meses a 10 anos que nunca foram vacinadas contra a meningite C; crianças de 11 a 12 anos; adolescentes; adultos com comorbidades; e profissionais de saúde.

Para o público em geral, a documentação necessária é a mesma descrita acima. Já aos profissionais de saúde, será exigida apresentação de crachá, holerite ou carteira do Conselho Municipal de Saúde.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna notificou 10 casos de meningite e uma morte|| Foto Pedro Augusto

A meningite já casou 27 mortes em 16 municípios baianos neste ano. Em Itabuna, foi confirmado um óbito e 10 pessoas foram diagnosticadas com a doença. Outra morte causada pela meningite, no sul da Bahia, ocorreu em Jussari, na semana passada.
A vítima foi o aposentado Manoel Ferreira de Oliveira, de 75 anos, que morreu na quinta-feira (31), dois dias depois de ser internado em estado grave no Hospital de Base de Itabuna. O diagnóstico para o morador de Areia Branca, distro de Jussari, foi da meningite bacteriana.
Além de Itabuna e Jussari, neste ano a meningite já causou mortes em Alagoinhas (1), Catu (1), Correntina (1), Euclides da Cunha (1), Eunápolis (1), Feira de Santana (2), Irecê (1), Itaberaba (1), Jequié (1) e Juazeiro (2). Foram registrados óbitos também em Porto Seguro (1), Salvador (9), Santo Antônio de Jesus (1) e Vitória da Conquista (2).
Na Bahia, foram notificados 319 casos da doença, dos quais 124 em Salvador. No interior, os municípios com maior quantidade de ocorrências são Vitória da Conquista (69), Feira de Santana (35), Juazeiro (12) e Bom Jesus da Lapa (11). Itabuna e Jussari não foram os únicos municípios do sul da Bahia com registro da doença neste ano. Houve notificações em Ilhéus (3) e Firmino Alves (1). Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

Tempo de leitura: < 1 minuto

tabela_anvisa_1A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou hoje (16) a suspensão, em todo o país, da distribuição, comercialização e do uso de 12 lotes da vacina Meningitec® (vacina meningocócica C conjugada), apresentação de 10 microgramas (mcg), suspensão injetável, cartucho com seringa de vidro preenchida com substância incolor, de 0,5 mililitro (ml).
De acordo com a agência, a vacina é indicada na imunização ativa de crianças com mais de 3 meses, adolescentes e adultos para a prevenção de doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do grupo C.
Segundo a Anvisa, a Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda, empresa fabricante dos produtos, comunicou o recolhimento voluntário dos lotes após a constatação de unidades com partículas visíveis laranja-marrom avermelhadas móveis e imóveis de óxido de ferro no interior das seringas.
“De acordo com as investigações, o desvio é resultado de desgaste no equipamento de envase, que liberou óxido no ferro no interior das unidades. A empresa também realizou uma avaliação de risco à saúde que indicou que o potencial risco para os pacientes é considerado baixo”, informou a fabricante.
A Anvisa acrescentou que, por se tratar de um grande número de lotes, haverá desabastecimento do produto no país, mas que há alternativas disponíveis no mercado brasileiro.
Confira na tabela – ao lado – os lotes e as datas de fabricação e validade.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma menina de cinco anos, que está internada com meningite no Hospital Geral Luiz Viana Filho, no município de IlhÉUs, região sul da Bahia, aguarda transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas ainda não conseguiu vaga em cidades da região ou na capital. “Ela fica tendo muita convulsão, de hora em hora fica tendo convulsão. Eu não sei mais o que fazer”, diz às lágrimas Antônio Carlos Costa dos Santos, pai da garota.

A direção do hospital informou que as oito vagas da UTI estão ocupadas e que as equipes tentam uma transferência para hospitais de Itabuna, Feira de Santana ou Salvador. “Nós não temos a vaga, então por conta disso estamos tentando uma transferência através da Central de Regulação do Estado para que essa criança seja removida para uma UTI em outra cidade”, afirma Gustavo Cunha, diretor médico do hospital. Leia mais no G1

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Bahia Notícias
Os quatro funcionários do complexo hoteleiro de Costa do Sauípe, no litoral norte da Bahia, diagnosticados com meningite meningocócica do tipo C, continuam internados no Hospital Couto Maia, em Salvador, sem previsão de alta médica. De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na manhã desta terça-feira (13), o estado de saúde de um dos pacientes, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), é considerado grave, mas estável.
Os outros três funcionários passam bem, segundo a assessoria de comunicação do órgão, e seguem o tratamento com medicação. No total, sete pessoas foram confirmadas com a doença, três das quais morreram. Apesar de alegar que a interdição parcial ou total do conjunto de hotéis não é necessária, a Sesab tem orientado as pessoas que estiveram no local a procurar imediatamente atendimento médico em caso de febre, dor de cabeça, rigidez de nuca, dor abdominal e vômitos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do G1:
Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), os sete casos de meningite C que resultaram em três mortes durante uma semana em Costa do Sauípe, no Litoral Norte da Bahia, já são considerados um surto da doença. No entanto, a Vigilância Epidemiológica do Estado descartou a possibilidade de ter havido disseminação entre os foliões que participaram do Sauípe Folia, micareta indoor realizada de quarta (7) a sábado (10) nas instalações dos hotéis de luxo do complexo turístico. Grandes nomes da axé music se apresentaram para baianos e turistas.
Como medida preventiva, a Secretaria informou que cerca de 1.800 pessoas que estiveram em Costa do Sauípe neste período receberam medicação para bloquear o surgimento de novos casos. A Sesab afirma que os casos da doença não têm relação com a festa e nenhum hóspede foi contaminado.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realizará neste domingo e na segunda-feira, dias 30 e 31, em Salvador, a vacinação de pessoas na faixa etária de 10 a 14 anos contra a menigite meningocócica C. O início ocorreria no sábado, o que não foi possível devido ao atraso na entrega dos lotes da vacina.

O horário de atendimento e os locais de vacinação estão mantidos (confira).

Tempo de leitura: < 1 minuto

O sul da Bahia está entre as regiões no estado que mais registraram mortes causadas pelas diversas formas de Meningite em 2009. Segundo dados da Diretoria Regional de Saúde em Itabuna, foram 15 mortes em 12 meses.

Na regional de Ilhéus foram registradas 8 mortes durante o ano passado. Salvador foi o município em que a doença mais matou, com 63 óbitos. Com 15, Itabuna foi a segunda e Vitória da Conquista a terceira, com 12 mortes.

Teixeira de Freitas ficou empatada com Ilhéus, na quarta colocação, com 8 mortes. Em todo o estado foram 150 mortes provocadas pelas variações da doença. No dia 28 chega a Salvador o primeiro lote de vacinas contra Meningocócica C.

Leia mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da Agência Estado

O prefeito de Porto Seguro, Gilberto Abade, afirmou em nota hoje que o surto de meningite C na cidade, no litoral sul baiano, está controlado. Seis pessoas morreram após contraírem a doença.

Segundo a prefeitura do município, não houve registro de novos casos da doença desde o dia 29 de outubro. “A situação segue acompanhada rigorosamente por todos os órgãos de saúde municipal, estadual e federal”.

Devidos aos 10 casos registrados e as mortes, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) reconheceu estado de surto em outubro.

A assessoria da prefeitura classificou o surto como um fato isolado, já que pessoas contaminadas pela doença participaram de um show em Trancoso, no último dia 18 de setembro.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do g1.com

Um homem de 39 anos, que estava com meningite C, morreu na noite de terça-feira (3), em Porto Seguro. Ele era motorista de ambulância e chegou a ter contato com outra vítima da doença.

Segundo Juarez Dias, coordenador da Vigilância em Emergências em Saúde Pública, do governo estadual, ele já estava internado, em estado grave.

Com isso, o total de mortos pela meningite no sul da Bahia chega a seis. Nove casos foram confirmados.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O tipo mais grave de meningite, a meningocócica, fez uma nova vítima em Porto Seguro, a quinta desde a realização de um show musical em Trancoso, no litoral do município. Cléria Souza Figueiredo morreu ontem à noite,1º, no Hospital Luís Eduardo Magalhães, onde estava internada desde o dia 25 de outubro. Ela estava entre os oito casos confirmados da doença no município.

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro emitiu nota técnica relatando o estágio atual da doença. Dos casos confirmados da doença, cinco morreram e três pessoas estão internadas – “02 (dois) estáveis e 1 (um) na UTI, em estado grave”.

Diz ainda a nota técnica que “as evidências levam a equipe da Vigilância Epidemiológica a acreditar que todos os casos, envolvendo pessoas na faixa etária entre 15 e 39 anos, têm vínculo com uma festa realizada no distrito de Trancoso, no dia 18 de outubro. Entretanto, nenhum novo caso da doença foi registrado nas últimas 72 horas em Porto Seguro”.

A nota assinada pela coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Márcia Quaresma, e o secretário municipal de Saúde, Manoel Messias Novais, reforça que não há razão para pânico, “pois, todas as medidas preventivas e cautelares estão sendo adotadas e a situação está sob controle”.

Os dois profissionais dizem não haver “motivações para a interrupção de atividades escolares e dos setores comerciais e turísticos”. A nota também informa que os casos de meningite foram localizados (em Trancoso,  no show da banda Mulheres Perdidas), o que é característico “de um mesmo evento”. Esse dado descartaria o surto da doença.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do A Tarde

Em Trancoso, as autoridades públicas estão sendo cobradas para liberação de vacina contra a meningite do tipo C. Turistas já estão cancelando estadas que estavam previstas para o feriado do próximo dia 2 de novembro, segunda-feira, Dia de Finados, pelo menos em três pousadas.

“O fato de não mandarmos nossos filhos para a escola é uma forma de protesto e apelo pela vacinação”, disse a professora de artes, Mônica Borges, que ensina na Escola Municipal Honorina Passos. Nesta escola, somente 60 dos 1.370 alunos compareceram ontem, mas foram liberados para voltar para casa.

Vendida em Porto Seguro, Arraial D’Ajuda e Trancoso a vacina tem preços que variam entre R$ 150 a R$ 190. São vendidas em clínicas particulares. “Nós já vacinamos mais de 120 pessoas e encomendamos mais 400 doses da vacina”, contava, ontem, Michele Pircela, proprietária de uma clínica em Trancoso.

Leia mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico sanitarista do setor de epidemiologia da Secretaria de Saúde da Bahia, Juarez Dias, disse que a confirmação dos oito casos de meningite meningocócica, doença que provocou a morte de quatro pessoas em Porto em menos de uma semana, se configura como um surto da doença na cidade.

Depois da morte das quatro pessoas infectadas, na sexta, outras quatro foram internadas por complicações causadas pela doença em unidades médicas de Porto Seguro e Eunápolis. Os pacientes têm entre 17 e 25 anos e, assim como as pessoas que faleceram por conta da meningite, foram a um show da banda Mulheres Perdidas, realizado no domingo passado na região.

Leia mais em A Tarde