Tempo de leitura: < 1 minuto

A chuva que persiste em boa parte do sul da Bahia desde ontem (27), principalmente no eixo Ilhéus-Itabuna, comprometeu o fornecimento de energia elétrica nas estações de captação de água de Rio do Braço e da intermediária de Mutuns. Segundo a direção da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), a interrupção no povoado ilheense pode provocar desabastecimento de água em alguns pontos de Itabuna.

– Por volta das 11h30min [deste domingo], o fornecimento de energia pela concessionária foi interrompido. Por isso, imediatamente entramos em contato com a Coelba em busca de uma solução – informou o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt.

O sistema de captação de Rio do Braço e a intermediária de Mutuns são responsáveis por 80% do abastecimento de água de Itabuna. A Emasa, em conjunto com a Coelba, está trabalhando para solucionar o problema do fornecimento de energia elétrica com a maior brevidade, segundo o diretor técnico da Emasa, Bruno Mendonça, para evitar que o abastecimento também seja comprometido.

Captação de água em Rio do Braço, em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma manutenção programada pela Coelba nesta quinta (7) suspenderá por, pelo menos, seis horas a captação de água em Rio do Braço, afetando o abastecimento para cerca de 70% da população itabunense.

O comunicado da Emasa, nesta manhã de quarta (6), informa que o serviço de captação em Rio do Braço e Mutuns será retomado assim que a Coelba concluir a manutenção programada na rede do distrito de Banco do Pedro, em Ilhéus.

A maioria da população itabunense é abastecida com a água do Rio Almada, captada em Rio do Braço, Ilhéus.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Corpo de Nerisvaldo e moto foram incendiados por criminosos (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).
Corpo de Nerisvaldo e moto foram incendiados por criminosos (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).

O motociclista Nerisvaldo Souza, de 29 anos, foi morto com requintes de crueldade hoje, por volta das 6 horas, na estrada que liga Mutuns à área urbana de Itabuna.

Criminosos atearam fogo ao corpo do jovem e também na moto da vítima. A suspeita é de que o crime tenha relação com o tráfico de drogas, o que está sendo investigado pela polícia civil.

Moradores de Mutuns ainda tentaram apagar as chamas que consumiam o corpo e o veículo, mas não conseguiram. O corpo de Nerisvaldo foi reconhecido por um irmão dele, segundo o Plantão Itabuna, mas a polícia fará exame de DNA para confirmar a identidade da vítima.

Nerisvaldo foi morto quando se deslocava de sua residência, em Mutuns, para o trabalho. Este foi o terceiro homicídio de 2015 em Itabuna. O município registrou 154 mortes violentas em 2014.