Geral

MOVIMENTO DEFENDE REABERTURA DO COLÉGIO CISO

Covid-19

ITACARÉ COMEÇA A VACINAR PESSOAS ACIMA DE 20 ANOS CONTRA A COVID-19

Esporte

TÓQUIO 2020: BAIANA ANA MARCELA FATURA O OURO NA MARATONA AQUÁTICA

Política

APÓS XINGAR EMPRESÁRIA, SECRETÁRIO DE SAÚDE DA BAHIA PEDE EXONERAÇÃO

Política

EMASA DIVULGA ESCLARECIMENTO SOBRE LICITAÇÃO

Cultura

O HUMOR SATÍRICO DA TV QUASE NA COBERTURA DO ESPORTE

Artigos

A COMUNICAÇÃO ME ESCOLHEU E ACOLHEU

Esporte

BOXE OLÍMPICO: BIA FERREIRA PASSA À SEMIFINAL DA CATEGORIA PESO LEVE

Política

ADVOGADA QUESTIONA LEGALIDADE DE LICITAÇÃO DE R$ 3,7 MILHÕES DA EMASA

Colégio Ciso está fechado desde janeiro, após encerramento de contratos públicos
Tempo de leitura: 2 minutos

Ex-professores e Câmara de Vereadores iniciaram movimento pela reabertura de um dos mais tradicionais colégios de Itabuna, o Ciso. Sessão especial para debater o tema está marcada para as 9h da próxima sexta-feira (6). O colégio encerrou as atividades ao final do ano letivo de 2019, quando ainda atendia cerca de 900 alunos da rede estadual e municipal.

Quem propôs a discussão no legislativo itabunense foi o vereador Cosme Rosa, Cosme Resolve (PMN), morador da região atendida pelo Ciso.

A Secretaria Municipal de Educação anunciou em 2019 o rompimento do aluguel de salas onde estudavam 930 alunos. Estudantes foram matriculados em escolas como o Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), no Alto Maron, e o antigo Luís Eduardo Magalhães, no Parque Boa Vista.

As atividades do Ciso chegaram ao fim em janeiro de 2020, quando o estado encerrou o contrato com a direção do colégio. Um dos empecilhos para o retorno do Ciso como espaço de ensino-aprendizagem seria a estrutura física, que demanda readaptações.

Da sessão especial, na próxima sexta-feira, devem participar a secretária de Educação de Itabuna, Janaína Araújo, representante do Ciso e ex-alunos, conforme comunica o legislativo. “O Ciso é um patrimônio de Itabuna. Quantos estudaram lá!? Precisamos abrir esse debate”, frisou.

Ciso já recebe novo projeto de esporte e lazer do município

PROJETO AQUÁTICO

Parte da estrutura do Ciso começou a ser utilizada, na última semana, com o lançamento do Projeto Aquático de Natação e Hidroginástica da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Da reinauguração do espaço, no Fátima, participaram o prefeito Augusto Castro e o vice-prefeito Enderson Guinho, também secretário de Esporte e Lazer de Itabuna. O projeto começa atendendo cerca de 400 pessoas com aulas de natação e hidroginástica.

Itacaré começa a vacinar contra a covid-19 pessoas acima de 20 anos || Foto Pereira Barreto
Tempo de leitura: < 1 minuto

O município de Itacaré, no sul da Bahia, começou a vacinar contra a covid-19 pessoas com 20 anos de idade ou mais. Para quem reside na sede, a vacinação ocorre no Colégio Municipal Maria Benjamina, das 8h às 12h e das 13h30min às 15h30min. Para quem mora em Taboquinhas e região, o horário de imunização é das 8h às 14h, no Colégio Padre Edgard Torres.

Itacaré é um dos municípios que mais vacinam contra a covid-19 em todo o estado, segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Das doses disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) para a prevenção e combate à pandemia, com 114,4% já aplicadas.

O percentual além dos 100% decorre da existência de mais doses que as programadas em cada frasco de imunizante, conforme a Sesab. Hoje (4), Itacaré aparece em segundo lugar no mapa de imunização na Bahia. Almadina, também no sul da Bahia, aparece na primeira colocação, com 114,5% das doses aplicadas.

SIM À VACINA

Para chegar a bom resultado na vacinação, a Secretaria de Saúde de Itacaré desenvolve campanha que busca conscientizar a população para que garanta a imunização completa contra a covid-19 não deixando de retornar para a segunda dose, caso a vacina não seja de dose única.  Mais de 47% da população-alvo de Itacaré já havia tomado a primeira dose até a última sexta (30).

Vitória é eliminado da Copa do Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória perdeu novamente para o Grêmio e foi eliminado na Copa do Brasil. Jogando na noite desta terça-feira (3), em Porto Alegre, o Rubro-Negro foi derrotado por 1 a 0. Na partida de ida, em Salvador, o time baiano já havia perdido pelo placar de 3 a 0.

A esperança do Vitória de reverter o placa acabou ainda no final do primeiro tempo, quando teve um jogador expulso. João Pedro tocou a mão na bola e acabou indo mais cedo para o chuveiro. Com jogador a menos, o Rubro-Negro foi facialmente dominado. Com a eliminação, deixou de faturar R$ 3,5 milhões.

O Vitória volta a campo na próxima sexta-feira (6), no Barradão, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro enfrentará o Vasco pela 16ª rodada da Série B, às 19h30min. Com 13 pontos, o time baiano é o 15º colocado na competição.

Governo nomeia mais de 300 aprovados no último concurso público
Tempo de leitura: 2 minutos

Mais 312 novos servidores aprovados no último concurso da Secretaria de Educação da Bahia serão nomeados pelo governo do estado. A relação será publicada no Diário Oficial (DOE) desta quinta-feira (5). Serão 277 professores e 35 coordenadores pedagógicos que foram convocados no dia 16 de junho de 2021.

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa anunciou, durante a edição do Papo Correria desta terça-feira (3). O governador informou a posse acontece em até 30 dias, e até setembro, os professores e coordenadores pedagógicos deverão assumir as suas funções nas escolas. Com este quantitativo, o certame totalizará 2.630 docentes e 652 coordenadores nomeados.

“Agora podemos ter um retorno seguro às aulas. No dia 9 volta o ensino fundamental, e por falar em escola, esta semana serão nomeados professores concursados da educação básica e coordenadores de Reda”, afirmou Rui.

As informações sobre documentação e prazos estão no portal da educação (www.educacao.ba.gov.br). Na semana passada, a Secretaria da Educação do Estado convocou 214 professores da educação profissional e tecnológica do estado, aprovados também na seleção Reda.

Os nomeados vão atuar em Salvador e em outros 26 municípios do Estado. São docentes das disciplinas de Biologia, Física, Geografia, Filosofia, História, Inglês, Português, Matemática, Sociologia, Arte e Educação física.

ITABUNA E JEQUIÉ

Os nomeados poderão tomar posse imediatamente. Os 277 professores e 35 coordenadores precisam comparecer à sede da Secretaria da Educação ou no Núcleo Territorial de Ensino (NTE), de acordo com o local onde vão atuar, no prazo máximo de 30 dias.

Os professores e coordenadores vão atuar nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Caetité, Ribeira do Pombal, Seabra, Itabuna, Valença, Santo Antônio de Jesus, Eunápolis, Jacobina, Serrinha, Amargosa, Juazeiro, Itaberaba, Senhor do Bonfim, Irecê, Itapetinga, Barreiras, Macaúbas, Ipirá, Jequié, Santa Maria da Vitória, Paulo Afonso, Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa.

Baiana Ana Marcela é ouro nos jogos olímpicos em Tóquio || Foto Jonne Roriz/COB
Tempo de leitura: < 1 minuto

A baiana Ana Marcela Cunha conquistou o ouro na maratona aquática feminina, em Tóquio, nesta noite de terça (3) no Brasil, manhã de quarta (4) na cidade japonesa, na prova dos 10 km. A brasileira disparou na reta final e fechou a prova com tempo de 1h59min30s8.

Logo após garantir o ouro e deixar as águas da Odaiba Marina Park, no Japão, Ana Marcela deixou o seu recado, quando lembrou o início das suas participações em jogos olímpicos desde 2008:

–  [Houve] amadurecimento muito grande para chegar até aqui. Acreditem nos seus sonhos. Quero muito agradecer ao meu clube, aos meus pais, à namorada. Acredito e acreditei nisso. Sonhava muito com medalha olímpica. Quero dizer que todos os brasileiros que ganharam medalha até agora foi incentivo muito grande… Deixei escapar [a medalha] algumas vezes e hoje fui campeã olímpica – disse ela em entrevista ao Sportv.

Ex-prefeito de Camacan terá de devolver R$ 14 mil e foi multado em R$ 3 mil
Tempo de leitura: 2 minutos

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) apontou sobrepreço no valor do peixe comprado e distribuído, em 2019, pelo ex-prefeito de Camacan, Oziel Rodrigues da Cruz Bastos, o “Oziel da Ambulância”. O pescado foi adquirido para a distribuição durante a Semana Santa. Por isso, o ex-prefeito foi punido, nesta terça-feira (3), pelos conselheiros do órgão de fiscalização.

O relator do processo, conselheiro substituto Ronaldo Sant’Anna, determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$ 14 mil, com recursos pessoais, referente ao sobrepreço em relação à média de preços praticados na região. O ex-prefeito ainda foi multado em R$3 mil.

Segundo a relatoria, o valor unitário praticado pelo município de Camacan – R$ 14,00 – para aquisição do peixe tipo “Corvina” se mostrou superior ao preço médio praticado pelos demais municípios da região – R$ 12,60 –, o que indica um desembolso R$1,40 a mais por quilo de peixe. Para o conselheiro substituto Ronaldo Sant’Anna isso não se justifica, especialmente se considerado o volume total adquirido, correspondente a 10 toneladas.

IMPROBIDADE

O relator também considerou que a divulgação da “Carta Convite” apenas no mural, na sede da entidade responsável pela licitação, não foi suficiente para garantir a ampla divulgação do certame, vez que restringiu a competitividade.

Ele afirmou, em seu voto, que a Prefeitura de Camacan deveria publicar o instrumento convocatório, no mínimo, em seu sítio oficial da Internet, como lhe obriga o § 2º, do art. 8º, da Lei Federal nº 12.527/11 (Lei de Acesso à Informação), o que não ocorreu.

Concluiu ainda que a matéria institucional publicada pelo site oficial da prefeitura – com fotografias e referências pessoais ao ex-prefeito –, possui características de autopromoção, vez que extrapola os limites do caráter educativo, informativo ou de orientação social.

O Ministério Público de Contas, por meio do procurado Guilherme Costa Macedo, também opina pela procedência da irregularidade atinente à prática de sobrepreço. O ex-prefeito pode recorrer da decisão .

Conjunto Penal de Itabuna tem retomada das visitas
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os cerca de 900 detentos do Conjunto Penal de Itabuna voltaram a receber visitas sociais. A direção da unidade prisional informou que a retomada da visitação cumpre determinação da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap), e observa todos os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

No primeiro dia, nesta terça-feira (3), foram registrados 127 visitantes, que adentraram para um dos pavilhões. Ao longo da semana serão realizadas as visitas dos demais pavilhões e anexos, de modo que, na sexta-feira (6), todos os detentos tenham sido contemplados.

Nessa etapa da retomada, é permitida a entrada de um visitante por interno. A visitação é acompanhada pelas equipes de Serviço Social e de Saúde, com apoio do setor de Segurança e supervisão da Direção da Unidade. Os serviços são operacionalizados pela empresa Socializa, que administra o presídio em regime de cogestão com o Governo do Estado.

DETENTOS VACINADOS

Em Itabuna, toda população carcerária já foi imunizada com as duas doses da vacina contra a Covid-19, bem como todo o corpo de funcionários e servidores já tomou pelo menos uma dose. As visitas que adentram a unidade passam por uma triagem, onde profissionais da saúde aferem a temperatura corporal e observam sinais e sintomas de doenças respiratórias.

A unidade cumpriu ainda os protocolos de distanciamento social, que preveem apenas um visitante por interno, desde que devidamente indicado por este e identificado pela equipe do Serviço Social.

As janelas de visitas se darão a cada 15 dias de iniciada cada etapa, desde que a situação epidemiológica esteja controlada em todo o estado, obedecendo a determinação do Governo do Estado.

Fábio Vilas-Boas xingou a chefe de cozinha Angeluci Figueiredo de "vagabunda" por causa do cancelamento de uma reserva no restaurante dela
Tempo de leitura: < 1 minuto

O cardiologista Fábio Vilas-Boas entregou, na tarde desta terça-feira (3), sua carta de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde, que ocupava desde janeiro de 2015.

Fábio desculpou-se por xingar a empresária Angeluci Figueiredo de “vagabunda”. A ofensa foi feita numa troca de mensagens telefônicas, depois que a chefe de cozinha cancelou uma reserva de Vilas-Boas no restaurante dela, localizado na Ilha dos Frades, em Salvador.

Angeluci argumentou que o cancelamento foi necessário por causa das condições climáticas do último domingo (1º), quando choveu e ventou forte na ilha, o que costuma provocar instabilidade dos serviços de telefonia e internet.

O substituto de Fábio Vilas-Boas será anunciado nos próximos dias. Interinamente, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) será conduzida pela subsecretária Tereza Paim.

Apresentação será no próximo sábado (7), na Fundação Fé e Alegria, em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

Protegido com duas doses de vacina contra a Covid-19, o ex-vice-prefeito José Henrique Abobreira voltou a circular em Ilhéus. No último dia 31 de julho, ele se reuniu com o ator e dramaturgo Ed Paixão para discutir o financiamento coletivo da conclusão do Centro Cultural Ocupaê, no bairro Nossa Senhora da Vitória. A dupla decidiu apresentar o projeto a lideranças políticas e comunitárias do município. A apresentação está marcada para as 8 horas do próximo sábado (7), na Fundação Fé e Alegria, localizada no mesmo bairro.

Ao PIMENTA, Ed explicou que o imóvel onde o centro é construído pertence à sua família. A irmã dele, a atriz e comunicóloga Larissa Paixão, também faz parte da Trupe Teatro Sem Fim, grupo por trás do projeto.

Metade da obra já saiu do papel. A trupe se valeu de recursos obtidos por meio de editais públicos de cultura, como o da Lei Aldir Blanc, para investir na construção do OcupaÊ. Agora, o desafio é arrecadar doações para concluir o trabalho.

O centro será um espaço de ocupação coletiva. A ideia é que outros grupos também possam movimentar a cena cultural do bairro, com intervenções artísticas, peças teatrais, oficinais de iniciação artística e outros eventos.

O encontro do próximo sábado também vai marcar a volta das reuniões do Café com Política, grupo de discussão criado por Abobreira e outras lideranças de Ilhéus.

Empresa emite comunicado sobre requerimento de advogada
Tempo de leitura: 2 minutos

Na tarde desta terça-feira (3), a Emasa enviou ao PIMENTA nota de esclarecimento sobre questões suscitadas pela advogada Daniela Jennifer de Oliveira a respeito de um processo licitatório da empresa municipal (veja aqui).

Segundo o comunicado, o requerimento de providências e informações de Daniela Oliveira sustenta uma narrativa de acusações infundadas, sem provas, com intuito de induzir o leitor a acreditar que o processo para a contratação de nova fornecedora de softwares seria ilegal.

Ainda conforme o texto, a elaboração do termo de referência do Edital de Licitação 015/2021 levou em conta relatórios de diversos setores da empresa, feitos de 2018 a 2020, apontando as deficiências do sistema atual e a necessidade da substituição dele por tecnologia mais eficiente. Leia a íntegra.

COMUNICADO

A EMPRESA MUNICIPAL DE ÁGUAS E SANEAMENTO S/A – EMASA, vem a público esclarecer notícias difundidas por meio eletrônico, com a divulgação de petição subscrita pela advogada Daniela Jennifer de Oliveira, inscrita na OAB/SP n. 427.430, sob o formato de requerimento de providências e informações, em que a referida profissional aponta dúvidas quanto à lisura e transparência no lançamento do Edital de Licitação n. 015/2021 – Processo Administrativo n. 202/2021, para contratação de empresa especializada na prestação de serviços de licença e uso de software.

O requerimento trazido a público, sustenta uma narrativa de acusações infundadas e ausente de provas, de modo a induzir o leitor, de que a EMASA S.A, lançou procedimento licitatório eivado de vícios e, com valores acima do preço de mercado, intencionalmente voltado a atender determinada empresa fornecedora de sistema de tecnologia da informação.

Cumpre informar à população, que a EMASA S.A, dispõe de relatórios elaborados por diversos setores da empresa – datados de 2018 a 2020 – que apontavam as deficiências do sistema atual, e a necessidade de contratar empresa de suporte tecnológico especializado na gestão eficiente dos serviços de saneamento básico, de modo a contemplar satisfatoriamente, os setores de administração de recursos humanos, contábil, financeiro, atendimento, comercial e operacional.

A concepção do termo de referência para contratação de sistema de tecnologia, não visa direcionar ou mesmo favorecer determinada empresa, assim como, não tem a intenção de impedir a participação de qualquer concorrente no procedimento licitatório. O objetivo perseguido com a contratação de novo sistema integrado de tecnologia, é de preservar os interesses da EMASA S.A, em atendimento às necessidades dos consumidores.

É compromisso da diretoria da EMASA S.A, zelar pela qualidade na prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário aos munícipes, priorizando, sempre, a nitidez e boa-fé de suas ações.

Diretoria Executiva.

Enfermeiro do Hospital Costa do Cacau participa de curso de formação para captar córneas para transplante
Tempo de leitura: < 1 minuto

O enfermeiro Wagner Campos, do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), reforçará o time de profissionais da unidade ilheense habilitados para a captação de córneas para transplante. O profissional integrou a turma do XX Curso de Formação para Captadores de Tecido Ocular Humano para Transplante, do Banco de Olhos da Bahia.

A capacitação ocorreu nos dias 29 e 30, no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), localizado no Campus de Santo Antônio de Jesus.

Durante o curso, com carga de 20 horas, foram repassadas orientações teóricas e práticas sobre a captação das córneas pelas unidades hospitalares e sua distribuição para doação na rede estadual de saúde.

Os participantes também aprenderam técnicas de abordagem das famílias enlutadas, o que é crucial para a conscientização sobre importância da doação de órgãos para melhorar e até salvar a vida de outras pessoas. Atualizado às 14h45min.

Cerginho da Pereira Nunes e Craque Daniel comandam a mesa redonda do Falha de Cobertura, a resenha mais divertida do mundo dos esportes
Tempo de leitura: 2 minutos

A TV Quase produz o Falha de Cobertura desde 2014. O professor Cerginho da Pereira Nunes e o Craque Daniel, personagens de Caito Mainier e Daniel Furlan, comandam o programa de resenha esportiva. A temporada atual do humorístico tem duas lives semanais, nas noites de quarta e domingo. A programação seguirá até o final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As transmissões são feitas no canal da produtora no Youtube.

Sátira das mesas redondas da tevê, o programa destaca o desempenho e as manifestações dos atletas olímpicos. O Campeonato Brasileiro de Futebol também é objeto da argúcia dos comentaristas.

Ao longo de 7 anos, a história dos personagens incorporou elementos que funcionam como uma espécie de elo narrativo do programa com os espectadores mais antigos. Esse reforço contínuo do vínculo entre criadores e audiência é uma das características mais divertidas do Falha.

Outra diferença marcante do programa é a parcialidade dos comentários passionais. Cerginho e Craque Daniel mandam às favas a lógica criteriosa das análises esportivas que nos acostumamos a ver na televisão. Ao invés de dados estatísticos, apostam na construção de argumentos e linhas de raciocínio que flertam com o absurdo.

É do professor Cerginho da Pereira Nunes uma sacada desconcertante sobre a preparação do jogador nos minutos que antecedem uma partida de futebol, apresentada no episódio Perigos do Aquecimento: 

– Por que que eu sou contra o atleta que faz o aquecimento antes da partida? Eu acho que o aquecimento deveria ser feito durante a partida. […] O atleta, às vezes, chega no final do jogo, ele tá cansado. O que é que foi aquilo? Com certeza, foi aquela corrida, os 15, 20 minutos que ele correu antes do jogo. Se ele guardasse para correr 15, 20 minutos no final do jogo, com certeza, ele teria um melhor desempenho.

LIVRO

O universo dos personagens se expandiu para a literatura em 2020, quando o Craque Daniel lançou seu próprio manual de autoajuda sob o título “Você não merece ser feliz – como conseguir assim mesmo” (Intrínseca). Furlan assina a obra junto com o roteirista Pedro Leite, membro da TV Quase.

O livro traz frases lapidares. Numa delas, Craque Daniel aconselha o leitor com uma reflexão realista e um tanto desencorajadora. “Se você quiser, se você se esforçar, se você treinar, se você entrar de cabeça, se você se concentrar… Nada garante que você vai conseguir”.

FILME

Além de ex-jogador profissional, âncora esportivo e escritor, Craque Daniel gerencia a carreira de jogadores de futebol. A história da sua persona empresarial vai ser explorada no primeiro filme da TV Quase, com previsão de lançamento em 2022. Cerginho, funcionário não remunerado do craque, também vai pintar na telona.

Professor, reitor e aluno da própria Faculdade de Jornalismo, Cerginho – com “C” mesmo – é primo de Rogerinho do Ingá, personagem do Choque de Cultura, o programa mais conhecido do universo ficcional da TV Quase.

Com a expectativa da estreia desses caras na sétima arte, uma coisa é certa: o cinema vai ser catapultado a um novo patamar de profissionalismo.

Tempo de leitura: 2 minutos

A comunicação que me escolheu e me acolheu segue abraçando vidas, dando voz a causas e pessoas por empatia e compaixão, e experimentando o correr da vida.

Manuela Berbert

A comunicação me escolheu lá atrás, quando eu liderava a equipe de um jornalzinho no colégio que, mesmo sem a força da internet, já conseguia circular por todas as principais instituições da minha cidade. E hoje eu olho para trás, penso nas articulações dessa distribuição em massa de umas folhas de papel que ditavam regras e modismos,  e entendo perfeitamente que não nasci para fazer outra coisa. Mesmo!

Mas é bem louco perceber que ela nem sempre me acolheu também. Que o mais do mesmo, o comum, ditou as regras engessadas do mundo por um tempo, e que as opiniões alheias me encolheram em vários momentos da vida. Resisti, não desisti, mas sofri. E muito. Dia desses, em conversa com uma cliente de consultoria para conexões e redes sociais, lembrei de uma passagem que me marcou bastante: no retorno da minha primeira viagem a São Paulo, escrevi na coluna que assinava no Jornal Diário Bahia o quanto teria sido acometida pela decepção. Teria achado a cidade suja, fedida e a quantidade de pessoas dormindo nas ruas teria cegado completamente o meu olhar. Recebi um retorno tãããão pesado de alguém próximo, que passei alguns dias tonta e absorvendo aquilo tudo!

No seu feedback, ela me disse que era até um tanto tabaréu da minha parte escrever aquilo em um veículo de comunicação. A potência São Paulo seria inegável, e o meu olhar era, digamos, amatutado. “Alguém que não consegue enxergar a dimensão da cidade porque tem a mente pequena”, ela definiu, em outras palavras. Uma paulada no meu juízo, que doeu forte. Não me retratei, como ela sugeriu, mas segui escrevendo cheia de dedos, justificando que talvez eu não tivesse conhecido a parte boa da cidade e que a culpa era minha por isso.

Hoje, a Manu que vos escreve jamais agiria assim. A comunicação que eu acredito me escolheu e também me acolheu. Me permitiu ser dona das minhas opiniões, ainda que eu as mude alguns dias depois, por experiência própria. A comunicação que me escolheu e me acolheu segue abraçando vidas, dando voz a causas e pessoas por empatia e compaixão, e experimentando o correr da vida. É como cantarolava o amigo Toni Garrido na canção A Estradaa vida ensina e o tempo traz o tom…”.

Manuela Berbert é publicitária.

Justiça manda Barry Callebaut readmitir Luiz Fernandes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Luiz Fernandes Ferreira foi reintegrado à Barry Callebaut depois de ser demitido após cerca de 40 anos na empresa. Ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentos de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca (Sindicacau), Fernandes possuía estabilidade sindical quando a multinacional o demitiu.

A reintegração foi determinada pelo juízo da 3ª Vara da Justiça do Trabalho em Itabuna. O magistrado observou, ainda, que a demissão ocorreu quando o funcionário retornava de uma cirurgia robótica de câncer de próstata e possuía estabilidade sindical.

Presidente da Amurc, Marcone ressalta a autonomia dos municípios para decidir retorno às aulas
Tempo de leitura: < 1 minuto

Secretários e dirigentes escolares dos municípios associados à Amurc estiveram reunidos, de forma online, nesta segunda-feira (2), para tratar do retorno às aulas na rede municipal de ensino. A proposta é que as aulas retornem no formato híbrido, com ações planejadas pelas secretarias de Educação, atendendo a legislação, e previstas para setembro e outubro, escalonada.

O debate vem sendo protagonizado pelo Fórum Regional de Secretários de Educação (Forsec) e pela Câmara Técnica de Educação do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável-Litoral Sul, por meio do Comitê Gestor, junto à Amurc e à Uesc. Foram analisadas as contribuições trazidas pela União dos Conselhos Municipais de Educação na Bahia (Uncme-BA) acerca do tema de acordo com a legislação.

A representante da Uncme, Gilvânia Nascimento, destacou que as secretarias de Educação precisam ter um planejamento estratégico da volta gradativa, escalonada, como a legislação determina. “Independente do caminho que os gestores sigam, eles precisam avaliar a legislação. Precisamos discutir quais são as condições para que essa volta possa acontecer”, ressaltou Gilvânia.

O comitê decidiu por uma nova reunião virtual, na quinta (5), com os secretários de Educação, quando serão apresentados orientações e protocolos necessários para o retorno às aulas em segurança. O momento será importante para a definição oficial das datas, visando a transição entre ensino na modalidade remota para híbrida.

“A Amurc vem trabalhando com o Fórum de Educação (Forsec), Câmara Técnica de Educação e instituições parceiras, uma possibilidade de retorno às aulas da Rede Pública para apresentação aos gestores municipais. Mas, cada município tem a sua autonomia para decidir, tendo em vista que o plano de retomada das aulas é específico em cada localidade”, declarou o presidente da Amurc, Marcone Amaral.