PREFEITURA DE ITAPÉ ABRE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE ENSINOS MÉDIO E SUPERIOR

CANOÍSTAS DO SUL DA BAHIA CONQUISTAM MEDALHA DE OURO NO MUNDIAL NA BULGÁRIA

CANDIDATOS A PREFEITO DE ITABUNA PODERÃO GASTAR ATÉ R$ 850 MIL, DEFINE TSE

APAGÃO CIBERNÉTICO GLOBAL AFETA BANCOS, VOOS E TELECOMUNICAÇÕES

MEGA-SENA ACUMULA E PRÊMIO PODE CHEGAR A R$ 53 MILHÕES

PORTO SUL: BAMIN E USP FAZEM SIMULAÇÕES DE MANOBRAS DE NAVIOS DE GRANDE PORTE

DE ENGENHARIA A INDÚSTRIA E SERVIÇOS, VEJA 180 VAGAS EM TEIXEIRA DE FREITAS, ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ HOJE

ATLETA DE ITACARÉ SE CLASSIFICA EM TRÊS PROVAS NO MUNDIAL JÚNIOR DE CANOAGEM DA BULGÁRIA

CNJ MANTÉM TRANSFERÊNCIA DE VARA DO TRABALHO DE ILHÉUS PARA CAMAÇARI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Atletas do sul da Bahia mais uma vez estão se destacando no cenário internacional de canoagem de velocidade. Nesta sexta-feira (19), os jovens Mateus Nunes e Lucas Espírito Santo, de Itacaré, conquistaram medalha de ouro, na categoria C 2 500m, no Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade Júnior, na cidade de Plovdiv, na Bulgária.

Na prova do C2M500m, a dupla baiana conquistou o ouro com o tempo de 1m44s505s, superando a dupla ucraniana formada por Yaroslav Verbliud e Vitalii, que terminaram em segundo lugar com um tempo de 1m45s315s. Os canoístas húngaros Mate Kurczina e Iliasz Mitropoulos completaram o pódio com o tempo de 1m45s634s. “Agradeço a todos pela torcida. Viemos aqui para ganhar, e disse que não sairíamos sem esse ouro,” afirmou o Mateus.

Lucas destacou a importância do trabalho em equipe e a confiança dos treinadores que foram fundamentais para alcançar o ouro. “Muito obrigado mesmo pela torcida. Quero agradecer aos nossos treinadores, Lauro e James. O ouro é nosso”, comemorou Lucas.

Mateus Nunes ainda participou da semifinal da prova C1M1000 JR e demonstrou todo o seu potencial ao registrar o melhor tempo de 4m22s322s. Ele garantiu vaga na final, que será disputada neste sábado. Mateus, que tem apenas 18 anos, já é considerado uma das grandes promessas da canoagem brasileira e está de olho nos próximos ciclos olímpicos, incluindo sua estreia em Paris 2024.

O atleta afirmou que está muito satisfeito com sua performance e otimista em relação à final, destacando a importância do apoio que recebeu de sua equipe e da torcida brasileira. Para ele, essa conquista é um marco importante em sua carreira, e ele está determinado a continuar evoluindo e trazendo mais vitórias para o Brasil.

Já candidatura a vereador terá limite de R$ 71 mil em Itabuna || Foto Zé Drone
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nas eleições deste ano, os candidatos a prefeito de Itabuna terão direito a gastar até R$ 850.683,38 no período oficial de campanha, de 16 de agosto a 6 de outubro, dia da votação. O valor foi definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que divulgou os limites de gastos em cada município do País para as campanhas majoritárias e proporcionais.

A campanha proporcional em Itabuna poderá custar até R$ 71.989,39. Já na vizinha Ilhéus, a candidatura a vereador terá limite de R$ 142.961,29, e a de prefeito, R$ 741.770,10.

De acordo com o TSE, o objetivo é garantir uma disputa justa e equilibrada. As quantias devem cobrir despesas com propaganda, eventos, materiais de campanha e outros serviços. O não cumprimento desses limites pode resultar em penalidades, que incluem desde multas até a cassação do registro de candidatura.

Cambão reinou absoluto na Lavagem do Beco do Fuxico
Tempo de leitura: 4 minutos

A notícia da lavagem do Beco do Fuxico e da escolha real correu como rastilho de pólvora em toda a cidade, noticiada em rádios e jornais, com direito a uma notinha nas emissoras televisivas de Salvador.

 

 

 

 

 

 

 

Walmir Rosário 

Quem foi rei nunca perde a majestade! E esse ditado popular é por demais verídico, tanto na imaginação quanto na vida real. Exemplos nos saltam aos olhos a todos os momentos que vislumbramos uma figura portadora de “sangue azul”, mesmo na imaginação. Mesmo os que já perderam o reino e a coroa continuam ostentando a condição anterior, haja vista Dom Pedro II, exilado em Paris, que até na sua morte recebeu todas as homenagens.

Mas aqui não bisbilhotarei – garanto – a vida dos nossos monarcas vivos e mortos, e sim contar como foi instituído título nobiliárquico de tamanha magnitude no Beco do Fuxico, local em que transita a alta flor da mais fina boemia de Itabuna. E digo mais, não tivemos um só rei, mas dois. E isso porque um deles, o inicialmente escolhido não aceitou o encargo de ostentar a coroa real e abdicou do trono. Quer dizer, não foi bem abdicar.

Numa daquelas tardes conhecidas por sexta-feira, em que todos caminham em direção aos bares para aliviarem as tensões do dia ou dias da semana, eis que os frequentadores do Beco do Fuxico recebem uma notícia bombástica. E foi um momento de grande emoção, pois um grupo de frequentadores se reúne para criar a Lavagem do Beco do Fuxico. E pra já, a uma semana antes do Carnaval.

E eles eram liderados pelo engenheiro Roberto Carlos Godygrover Bezerra (Malaca), de Salvador, que conseguiu convencer seu amigo Bel Moreira, que dava expediente no Beco do Fuxico. Malaca não se conformava de que um Beco como o Maria da Paz, era alvo de uma promoção de alto nível, sendo lavado para o Carnaval, como era que o de Itabuna, sede de tanto botecos deixava uma data momesca passar em brancas nuvens? Inconcebível!

E enquanto os detalhes eram pensados e planejados entre uma cerveja altamente gelada e uma cachaça com folha de figo no bar de Batutinha, a lavagem do Beco do Fuxico ia sendo colocada no papel. Ao final, faltava apenas um comandante para a lavagem, que não seria o Rei Momo, monarca de outras ocupações, ligada ao poder público. Tinha que ser um rei daqueles reais, saído do próprio ambiente, gente do Beco do Fuxico.

E não deu outra, o personagem escolhido foi o Caboclo Alencar, diretor do ABC da Noite há décadas, educando os novos alunos e toda a turma repetente, por anos a fio. E foi aprovado por unanimidade. Assim que comunicado da honraria, Caboclo Alencar não topou o encargo. Se mesmo sem querer já era chamado de rei das batidas, como faria para dar conta de um novo reino. Era muita coroa para um só rei.

E com toda a inteligência que Deus lhe deu, o Caboclo indicou o seu substituto, ali presente e que participou de todo o planejamento da promoção para a Lavagem, por ser um dos frequentadores mais antigos e assíduos frequentadores. Pessoa de bem, amigos de todos, boêmio com assento em diversos botequins de Itabuna e redondezas. Não teria nenhuma oposição à coroação de José Emmanoel de Aquino, melhor dizendo, Cambão, apelido que o nomeava desde a adolescência.

Nunca um grave problema como esse, que envolvia um cobiçado reinado foi resolvido em minutos, sem ameaças de invasões e guerras, indicações ou eleições. Cambão sempre foi uma pessoa que gozou e goza de prestígio em toda a sociedade itabunense, da pessoa mais simples ao alto escalão da política, economia, e que circulava com desenvoltura por todos os recantos da boemia.

Rei abdicado, rei posto, com direito a desfile em todo o Beco do Fuxico e circunvizinhanças, em traje de gala e coroa na cabeça, ainda mais com a indicação do professor Alencar Pereira da Silveira. Daqui pra frente bastava Cambão ir ao alfaiate tirar as medidas e colocar o traje real, circulando com toda a majestade entre os súditos na primeira notória lavagem de Itabuna.

A notícia da lavagem do Beco do Fuxico e da escolha real correu como rastilho de pólvora em toda a cidade, noticiada em rádios e jornais, com direito a uma notinha nas emissoras televisivas de Salvador. A festa, entretanto, esbarrou junto ao poder público municipal, que argumentou falta de tempo e orçamento para incluir a nova lavagem na programação do governo municipal.

Mais aí é que o engenheiro Malaca salva a lavagem ao disponibilizar um trailer de sua empresa, equipamento de aspergir betume no asfaltamento da construção das casas da Urbis (hoje Jardim Primavera). A lavagem estava garantida até as mangueiras estourarem, o que não prejudicou a festa que continuou até o último frequentador teve forças para sambar e beber.

Com a “prefeiturização” da festa, Cambão (José Emmanoel de Aquino) abdicou do cargo de Rei do Beco do Fuxico, mas a lavagem continuou sendo aberta pelos blocos Maria Rosa, Casados I…Responsáveis, Mendigos de Gravata, dentre outros. Hoje, a lavagem do Beco do Fuxico está totalmente descaracterizada da proposta inicial e é praticamente a festa do Carnaval de Itabuna.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado, além de autor de livros como Os grandes craques que vi jogar: Nos estádios e campos de Itabuna e Canavieiras, disponível na Amazon.

Pane afeta sistemas de computadores nos cinco continentes || Foto PIMENTA
Tempo de leitura: < 1 minuto

Sistemas de computadores entraram em pane, nesta sexta-feira (19), durante atualização de um programa de segurança cibernética da empresa Crowdstrike. A instabilidade afetou redes que utilizam o sistema operacional Windows, da Microsoft, e foi relatada nos cinco continentes.

A direção da Crowdstrike informou que não se trata de ataque cibernético, mas de uma correção e atualização de conteúdo para hosts (arquivos de hospedagem) do Windows e que o problema já foi solucionado.

No Brasil, a pane deixou aplicativos de bancos fora do ar e atrasou voos. Serviços de saúde também foram afetados. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), distribuidoras de energia relatam problemas em sistemas.

O Supremo Tribunal Federal informou que também foi prejudicado pelo apagão, mas já retomou principais serviços. Redação com Agência Brasil

Bento Lima fala sobre ex-prefeito Jabes Ribeiro || Foto PIMENTA
Tempo de leitura: 2 minutos

Fogos de artifício pipocaram no céu da Avenida logo após a chegada do prefeito Mário Alexandre e sua comitiva no Centro de Convenções de Ilhéus, por volta das 19h10min desta quinta (18). Estava aberta a 38ª edição do Chocolat Festival, que, por causa da eleição de 6 de outubro, transformou-se em arena política. O grupo do PSD, liderado por Marão e pelo pré-candidato a prefeito Bento Lima, reuniu apoiadores vestidos de amarelo e percorreu os estandes. 

Após a saída do ex-prefeito Jabes Ribeiro da corrida eleitoral, surgiram especulações sobre a possibilidade de uma composição PP-PSD. Nelas, costuma-se lembrar que, em dezembro, a base de Mário Alexandre votou em peso a favor da aprovação de contas do ex-prefeito.

Entrevistado pelo PIMENTA durante a visita ao Festival, Bento Lima disse considerar que esse tipo de conjectura faz parte do processo político e declarou ter um sentimento de solidariedade ao ex-prefeito, segundo ele, pela forma como a retirada da pré-candidatura foi construída. 

Ex-secretário municipal de Gestão e Inovação, Bento também falou da relação com o Governo do Estado num contexto em que o partido do governador Jerônimo Rodrigues, o PT, trilha caminho diferente do PSD em Ilhéus. Leia.

PIMENTAHá rumores de aproximação entre a sua pré-candidatura e o grupo do ex-prefeito Jabes Ribeiro. Procedem?

BENTO LIMA – Na verdade, o prefeito Jabes tem uma história política muito longa e grande nessa cidade e construiu seu score político. Naturalmente, quando ele sai do jogo, algumas pessoas tendem a tentar criar uma aproximação de um grupo que sempre teve disputa com o grupo da deputada Ângela [Sousa] com o nosso grupo. Nós temos posições políticas muito bem definidas, muito bem sedimentadas ao longo de 20 anos de grupo político na cidade de Ilhéus. Entretanto, a saída dele [da corrida eleitoral], da forma como foi feita, do modo como isso foi construído, o que nós temos dado a ele é solidariedade e nos aproximado no sentido humanístico. Porque você sair de um pleito, desistir de uma corrida eleitoral, naturalmente, traz sentimentos. E a gente tem se solidarizado com ele nesse sentido.

Alguém causou dano aos planos do ex-prefeito?

Não, eu não consigo medir isso, porque eu estou em outro campo. Eles estão lidando lá com as suas diferenças, no exercício de tentar unir, de tentar se aproximar. E nós estamos cá, dentro do nosso grupo, fazendo o mesmo. Então, é muito mais você cuidar do jardim para atrair a borboleta do que correr atrás de borboleta. A gente está cuidando do nosso jardim.

Então, seria uma composição bem-vinda.

Não, acho que, dentro do contexto, você não consegue chegar a essa conclusão, não.

Houve um tensionamento entre o grupo do prefeito Mário Alexandre e o grupo de Adélia Pinheiro (PT) e do Governo do Estado. Há um estremecimento na relação com o governador Jerônimo Rodrigues?

Eu não senti nem o tensionamento, muito menos, o estremecimento. Na verdade, nós temos dentro de Ilhéus, como eu disse, uma posição política muito bem firmada, uma estrada muito bem pavimentada. Nós temos resultados políticos e administrativos colocados. Quando digo resultados políticos, a gente observa a votação do governador Jerônimo dentro da cidade. A gente observa tudo que o prefeito Mário construiu e está deixando de legado. Isso tudo está sendo colocado na mesa dentro desse processo eleitoral. O PT de Ilhéus tem uma posição divergente dessa. Uma visão diferente dessa que nós vemos. Mas, tudo dentro do campo da política e da democracia. Ninguém é dono da verdade. A verdade está sempre sendo construída.

Existe a possibilidade de aliança com o PT de Ilhéus?

Cenas do próximo capítulo.

Mega-Sena acumulada mais uma vez || Foto Rafa Neddermeyer/Agência Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.750 da Mega-Sena, sorteadas nesta quinta-feira (18) no Espaço da Sorte, em São Paulo. Com isso, o prêmio da faixa principal para o próximo sorteio, na quinta-feira (18), está estimado em R$ 53 milhões.

Os números sorteados foram: 07 – 11 – 12 – 19 – 36 – 52

A quina teve 201 apostas ganhadoras, e cada uma vai receber R$ 14.652,96. Já a quadra registrou 5.899 vencedores, e cada um receberá um prêmio de R$ 713,25

As apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país, ou pela internet. No caso das lotéricas, os estabelecimentos podem fechar antes das 19h. O jogo simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 5.

Simulações de tanque de provas numérico (TPN) do Porto Sul são feitas na USP || Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A Bahia Mineração (Bamin) promoveu simulações de manobras de navios de Tanque de Provas Numérico (TPN) da Universidade de São Paulo (USP). Com a ação, universidade e empresa buscaram submeter o plano de dragagem e o projeto offshore do Porto Sul a condições ambientais extremas de marés, correntes marítimas e ventos locais. As simulações ocorreram por três dias agora em julho.

De acordo com a empresa, a simulação busca condições mais seguras e eficientes de atracação e desatracação de navios de grande porte do tipo Wozmax – com 330 metros de comprimento e capacidade de carga para 250 mil toneladas – para as operações portuárias.

As simulações foram coordenadas pelo professor Eduardo Tannuri e outros representantes do corpo técnico da USP e supervisionadas por oficiais da Capitania dos Portos da Bahia e pelo gerente de Construção Offshore da Bamin, Ricardo Medeiros. A atividade também teve a participação dos especialistas Leonardo Conceição e Felipe Pereira, pela Umi San (hidrografia e engenharia) e por integrantes do Sindiportos Brasil e da Praticagem da Bahia.

Simulações reuniu representantes de Bamin, Capitania dos Portos, SindiPortos, Praticagem e UMI SAN

As simulações são uma etapa crucial para garantir a segurança e eficiência das operações marítimas no novo terminal, explica Ricardo Medeiros, da Bamin, e permitiram testar alternativas de acesso ao terminal, manobras na bacia de evolução – relacionadas ao giro e aproximação dos navios, bem como as manobras de atracação e de desatracação dos navios. “Este foi mais um passo importante para a validação do projeto desenvolvido e nas buscas por otimizações do projeto”, detalha.

PORTO EM ILHÉUS

O terminal da Bamin, no litoral norte de Ilhéus, permitirá o manuseio e escoamento da produção de minério de ferro da Mina Pedra de Ferro, localizada em Caetité, percorrendo os 537 km do trecho 1 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

Panorâmica da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo-sul || Foto Wagner Morau/PMTF
Tempo de leitura: 5 minutos

 

Com intermediação do SineBahia, a semana termina com oferta total de 180 vagas de emprego e de estágio em Ilhéus, Itabuna, Jequié e Teixeira de Freitas. Oportunidades em supermercados, empresas de ônibus, engenharia civil e de qualidade, escritórios de contabilidade e administrativo-financeiro, indústrias e hotel nesta sexta-feira (19).

Há 78 vagas em Jequié, 50 em Itabuna, 29 em Ilhéus e 23 em Teixeira de Freitas. Os profissionais interessados devem se dirigir ao SineBahia nestas localidades, ainda hoje e pela manhã, de preferência. O atendimento vai até as 16h em Itabuna, Ilhéus e Teixeira de Freitas e até as 17h em Jequié.

Para o cadastramento e disputa de vaga, a pessoa deve apresentar carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Caso possua, também pode levar certificado de qualificação na área desejada.

ONDE FICA

A unidade do SineBahia em Teixeira de Freitas funciona no Shopping Pátio Mix, na Avenida São Paulo, 2575, Vila Verde. Em Itabuna, o atendimento é no Shopping Jequitibá, na Avenida Aziz Maron (Beira-Rio), no Góes Calmon. A unidade de Jequié atende na Octávio Mangabeira, no Mandacaru. Já a de Ilhéus está situada na Rua Eustáquio Bastos, no Centro. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas.

Leia Mais

Mateus Nunes é destaque no mundial da Bulgária || Foto CBCa
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itacareense Mateus Nunes, de 18 anos, segue surpreendendo antes de viajar para a disputa dos Jogos Olímpicos de Paris, que começam no próximo dia 26, na França. Nesta quinta-feira (18), o atleta do município sul-baiano venceu, com folga, a sua bateria eliminatória no C1 500m no Mundial Júnior de Canoagem de Velocidade, em Plodviv, na Bulgária.

Mateus não fez um início forte, mas cresceu a partir da metade final da prova. O atleta de Itacaré venceu a bateria com o tempo de 1min58s425, quase dois segundos à frente do tcheco Ondrej Visner, que cravou 2min00s322 e chegou logo em seguida. O terceiro colocado foi o chileno Joaquin Lagos, com 2min00s758.

O tempo de hoje garantiu Mateus Nunes na semifinal da prova, no sábado (20), às 11h21min. Mas antes disso, nesta sexta-feira (19), o atleta do sul da Bahia disputará a semifinal do C1 1000m. Nova sensação da canoagem brasileira, ele também disputará, em dupla com Lucas Espírito Santo, a final do C2 500m, nesta sexta.

Mateus passou a integrar a Seleção de Base da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) em 2022, e hoje já treina no grupo de profissionais. No início do mês foi convocado pela CBCa para a disputa dos Jogos Olímpicos de Paris 2024, na França. Além dele, o sul da Bahia será representado por Isaquias Queiroz, de Ubaitaba; Jacky Godmann e Valdenice Conceição, de Itacaré.

Fórum do Trabalho de Ilhéus perderá uma vara para Camaçari || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) indeferiu liminarmente o pedido da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA) – para suspender a Resolução Administrativa Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que transfere a 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus para Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, com a implantação da 5ª Vara do Trabalho. A OAB de Ilhéus aponta prejuízos para moradores de municípios do sul da Bahia.

A OAB-BA alega “haver um descompasso na distribuição entre as três varas de Ilhéus”, trazendo números da quantidade de casos novos apenas na fase de conhecimento. Na liminar, o conselheiro do CNJ Guilherme Feliciano diz que o fato não está respaldado por um elemento de prova e que o TRT-5 possui atribuição administrativa para alterar a jurisdição das varas.

Segundo entendimento do CNJ, são considerados como casos novos não somente os processos de conhecimento, mas também os de execução. O TRT-BA esclarece que a distribuição de processos acontece de forma rigorosamente equitativa entre varas de mesma jurisdição e é feita de forma automática pelo Processo Judicial Eletrônico (PJe), sem interferência humana. O Tribunal faz a distribuição usando algoritmos fechados fornecidos pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

A Presidência do TRT-BA reforça o diálogo transparente que manteve com a advocacia, em que foram apresentados detalhadamente os estudos e a forma como a distribuição de processos é feita, especialmente durante o Colégio de Presidentes de Subseções da OAB-BA, no dia 6 de junho, e na visita da direção da OAB de Ilhéus à sede do Regional, no dia 19 de junho de 2024.

APROVAÇÃO POR UNANIMIDADE

O Órgão Especial aprovou por unanimidade a transferência da 3ª Vara do Trabalho (VT) de Ilhéus para a jurisdição de Camaçari, acolhendo dados da proposta de reestruturação elaborada pela Comissão de Estudo da Jurisdição do Tribunal, em conformidade com a Resolução 296/2021 do CSJT.

A resolução revisa o redimensionamento da jurisdição, identificando as Varas com distribuição processual inferior a 50% da média de casos novos por vara no último triênio, com o objetivo de adotar as providências necessárias para a adequação da jurisdição ou transferência de unidades.

No caso da 3ª Vara de Ilhéus, análises mostraram que, desde 2019, a unidade recebeu um número de casos bem abaixo da média regional, segundo do TRT-5. Entre 2021 e 2023, foi registrada uma média de 549 processos na 3ª Vara de Ilhéus, enquanto a média das demais varas foi de 1.258 casos.  A 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus ficará a mais de 400 quilômetros do sul da Bahia.

DON Residencial já tem mais de 80% das unidades reservadas || Fotos Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A VCA Construtora lançou a 1ª fase de vendas do empreendimento DON Residencial em Eunápolis. Em apenas 48 horas, 80% das unidades foram reservadas e, agora, a construtora está oferecendo as últimas unidades com até R$ 30 mil de desconto para aquisições até o próximo sábado (20 de julho).

Com opções de 2 quartos, com e sem suíte, closet e quintal, dentro de um condomínio fechado, o DON foi projetado para proporcionar o máximo de conforto e bem-estar para toda a família. Além disso, está estrategicamente situado a apenas 5 minutos do Atacadão e a 8 minutos do centro da cidade, oferecendo conveniência e praticidade para seus futuros moradores.

O DON Residencial se destaca pela impressionante área de lazer, que inclui mais de 8 mil metros quadrados de área verde e diversas opções exclusivas da VCA, como a Co-kitchen, o Micro-market e a Lavanderia OMO, em parceria com a renomada marca nacional Omo.

Além disso, o condomínio oferece áreas de lazer tradicionais, como Espaço Kids, Academia Equipada, Salão de Jogos, Piscina Semiolímpica, Quiosques Gourmet, Quadra Poliesportiva, Parque Infantil, entre outros, totalizando mais de 10 espaços dedicados ao lazer.

Projetado para proporcionar um estilo de vida moderno e confortável, o DON Residencial é o lugar ideal para quem busca qualidade de vida e comodidade. De acordo com a construtora, cada detalhe foi cuidadosamente planejado para atender às necessidades dos moradores, garantindo um ambiente seguro, agradável e repleto de facilidades.

Os interessados em fazer a reserva terão até o próximo sábado (20) para garantir as últimas unidades da primeira etapa com o desconto de R$ 30 mil. Não perca esta oportunidade única de fazer parte deste novo conceito de moradia em Eunápolis. Para mais informações, entre em contato pelo site, no link https://bit.ly/3WpIpFc.

Jerônimo irá a sepultamento de ex-prefeito || Foto Feijão Almeida/GovBA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Jerônimo Rodrigues não vai participar da abertura do Chocolat Festival, nesta quinta-feira (18), em Ilhéus. A presença dele estava prevista para as 19h. Ao PIMENTA, a assessoria do Governo do Estado informou que o cancelamento da visita se deve à morte do ex-prefeito de Crisópolis Edinal Costa, ocorrida hoje. Jerônimo irá ao sepultamento de Edinal, em Crisópolis.

O ex-prefeito estava entre as lideranças da cidade que se reuniram ontem com o governador, acrescenta a assessoria. Ainda não há confirmação de nova data para visita de Jerônimo ao Festival, que termina no domingo (21).

Parte da Soares Lopes será fechada para veículos nas manhãs de domingo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Parte da Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, voltará a ser interditada aos domingos, das 7h às 10h, a partir deste final de semana. Conforme a Autarquia de Transporte e Trânsito do município, a interdição será apenas na via sentido Centro, das imediações da Concha Acústica até o Cine Santa Clara.

A interdição parcial não vai afetar o tráfego para quem chega ao Centro pela Ponte Jorge Amado nem para os condutores que a acessam na região da Catedral de São Sebastião ou pela Avenida Dois de Julho.

De acordo com a Prefeitura, o objetivo é estimular a prática de esportes ao ar livre, num ambiente seguro. Medida semelhante foi adotada na última gestão do ex-prefeito Jabes Ribeiro (2013-2016). Na época, ainda não existia a Ponte Jorge Amado, entregue pelo Governo do Estado em julho de 2020, quando o fluxo de veículos aumentou na Soares Lopes.

Festival de Cacau e Chocolate começa hoje em Ilhéus
Tempo de leitura: 4 minutos

O Chocolat Festival retorna ao município onde tudo começou, em Ilhéus, com a promessa de ser a maior edição de todos os tempos. Cerca de 200 expositores, dos quais mais de 100 marcas de cacau e chocolate de origem e de alta qualidade, participam do evento no município sul-baiano, na 15ª edição local e 38ª quando contabilizados os festivais produzidos pela MVU no Brasil e na Europa.

A abertura do Festival do Cacau e Chocolate de Ilhéus, nome original do evento em 2009, será às 19h desta quinta-feira (18), no Centro de Convenções de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, com a presença do governador Jerônimo Rodrigues. A edição deste ano, que vai até o próximo domingo (21), terá atrações degustação de chocolates, Cozinha Kids, Cozinha Show, palestras, shows musicais, rodada de negócios,  workshops e o Chocoday.

NEGÓCIOS COM A ENERGIA BAIANA

– Vamos fazer um festival incrível com muita discussão sobre negócios do cacau e do chocolate, pratos deliciosos na Cozinha Show, tudo  com a energia que só o povo baiano tem – afirma Marco Lessa, idealizador do Chocolat Festival e presidente da MVU, promotora da Chocolat Festival no país e em Portugal, onde hoje reside.

O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, conta com as parcerias do Governo do Estado da Bahia, via Secretaria de Turismo (Setur), Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e Bahiater, dentre outros.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO EVENTO

Leia Mais