Legado de Paulo Freire é tema da 1ª mesa de discussão do evento
Tempo de leitura: < 1 minuto

A 2ª edição do Festival Literário Sul-Bahia (Flisba) vai começar nesta sexta-feira (24), às 18h30min, com transmissão ao vivo no canal do evento no Youtube. O tema deste ano é Primavera Literária: arte na superação da pandemia.

Após a abertura, a primeira mesa de discussão do festival será às 20h, com debate sobre literatura, educação e cultura popular na obra de Paulo Freire, patrono da educação brasileira, que completaria 100 anos no último dia 19. Os professores Ramayana Vargens e Givânia Nascimento são os expositores-convidados para discutir o legado de Freire, com mediação da professora Silmara Oliveira.

As atividades continuarão no sábado (26) e seguirão até domingo (27), dia de encerramento do festival. Confira a programação completa no site do Flisba.

A ialorixá Mãe Laura || Foto Flávio Rebouças
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, Marão (PSD), sancionou nesta segunda-feira (20) a Lei nº 4.123/2021, que dá o nome de Mãe Laura Sandoyá à praça da Nova Brasília, comunidade do bairro Pontal.

A ialorixá Mãe Laura, fundadora do Terreiro Ilê Guainia de Oiá , foi uma das mães de santo mais importantes para o candomblé do sul da Bahia. Durante quatro décadas, liderou a organização da Festa de Iemanjá da zona sul de Ilhéus, na mesma praça que hoje leva seu nome. Faleceu no dia 27 de março de 2021, aos 72 anos, vítima da covid-19.

O projeto que deu origem à lei foi proposto pelos vereadores Enilda Mendonça (PT) e Kaíque Souza (Podemos), atual secretário de Juventude, Esporte e Lazer de Ilhéus.

O ÚLTIMO PEDIDO DE MÃE LAURA E A JUSTIÇA

O prefeito Mário Alexandre e Mãe Laura na Festa de Iemanjá de 2019 || Foto Prefeitura de Ilhéus

Dois meses antes de falecer, Mãe Laura engajou-se no movimento contra a construção de uma estação elevatória de esgoto da Embasa no local da Festa de Iemanjá. Ela disse ao PIMENTA que, se necessário, iria ao prefeito e ao governador Rui Costa (PT) para impedir a obra.

No dia 14 de julho de 2021, a Justiça ordenou a paralisação do obra, atendendo pedido liminar de ação civil pública movida por organizações sociais (relembre).

No fim do processo, caso todas as demandas da ação sejam atendidas pelo Judiciário, a Embasa será obrigada a demolir o que já construiu no terreno cedido pela Prefeitura.

LIXO ACUMULADO PERTO DA PRAÇA

Lixo acumulado perto da Praça Mãe Laura Sandoyá

A Praça Mãe Laura Sandoyá fica num dos locais mais bonitos de Ilhéus, diante da Baía do Pontal e à sombra da nova ponte. Numa esquina perto da praça, o lixo se acumula há dias devido à crise do serviço de coleta.

Neste ano, concurso também vai receber inscrições de idosos contadores de história
Tempo de leitura: < 1 minuto

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da cidadania e destacar a importância da leitura, a TV Santa Cruz realiza a 11ª edição do projeto Lápis na Mão, que acontecerá de setembro a novembro de 2021.

Com o tema “Leitura é Abrigo: lugar de acolhimento”, o concurso deste ano traz como novidade a categoria contadores de histórias, que vai permitir a participação de pessoas com mais de 65 anos na disputa, a partir do envio de vídeos em modo horizontal, com até dois minutos, contando o fragmento de alguma história.

De acordo com a gerente executiva da TV Santa Cruz, Carolina Fajardo, o projeto reflete a preocupação da emissora em colaborar com o desenvolvimento local a partir da educação. “Além de informar, entendemos que temos um papel social muito forte na região do sul e extremo sul do nosso estado”.

Nesta primeira etapa, que vai até o dia 16 de outubro, os candidatos podem enviar suas redações, desenhos e vídeos, juntamente com o formulário de inscrição pelos Correios, entregar na emissora, pelo WhatsApp: (73) 9.9997-1606 e também para o e-mail programacao.tvsantacruz@redebahia.com.br.

Podem participar estudantes das redes de ensino pública e privada das regiões sul e extremo sul da Bahia, além de pessoas com 65 anos ou mais. Os formulários de Inscrição e regulamento estão disponíveis no site www.projetolapisnamao.com.br. O resultado final será divulgado em novembro.

O Lápis na Mão 2021 tem patrocínio da Rota Transportes, SICOOB e Prefeitura de Ilhéus, além do apoio da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que avaliará os trabalhos inscritos.

Dirceu Ferreira, Joelson Ferreira e Sueli Maxakali recebem título equivalente ao de doutor || Imagem Reprodução/UFMG
Tempo de leitura: < 1 minuto

Joelson Ferreira de Oliveira, liderança do Assentamento Terra Vista, de Arataca, no sul da Bahia, recebeu o título de notório saber da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na última quinta-feira (9).

O título de Joelson equivale ao de doutor em Arquitetura e Urbanismo. Na mesma cerimônia, Sueli Maxakali, cineasta, escritora e educadora da Aldeia Verde, de Minas Gerais, ganhou o título de doutora em Letras – Estudos Literários. Já Dirceu Ferreira Sérgio, capitão regente da Guarda de Moçambique da Irmandade do Quilombo Nossa Senhora do Rosário de Justinópolis (MG), foi intitulado doutor em Estudos do Lazer.

Segundo o comunicado da Universidade, a titulação dos mestres de saberes tradicionais é um gesto descolonizador e de inclusão dos modos de ser e de criação não-eurocêntricos.

Espetáculos serão apresentados neste sábado
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Cia Esbórnia de Teatro apresenta, neste sábado (4), a partir 18 h, pelo canal do YouTube, os espetáculos De onde vem a água e A Lenda do dia e da noite, que fazem parte do projeto Caminhos Indígenas em Cordel. Os espetáculos são adaptações de dois contos indígenas para a literatura de cordel.

A transmissão gratuita dura cerca de 30 minutos e acontecerá no canal www.youtube.com/ciaesborniadeteatro. O link está disponível na bio do Instagram @cia.esbornia. Após a encenação, haverá bate-papo com o elenco.

Os contos apresentados são inspirados em lendas indígenas dos povos Panará, Kuikuro e Karajá, adaptados para a literatura de cordel por Márcia Mascarenhas. A autora também integra o elenco junto com Karoline Vital e Maurício Lima, diretor artístico. A trilha sonora original foi composta pelo diretor musical Danilo Nascimento e executada em parceria com Nanda Conegundes.

O projeto Caminhos Indígenas em Cordel tem apoio financeiro do Estado da Bahia por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.

Jef Rodriguez, da banda OQuadro, na capa do seu primeiro álbum solo || Foto Alice Magalhães
Tempo de leitura: < 1 minuto

O rapper Jef Redriguez, da banda OQuadro, acaba de lançar Spiritual EP, seu primeiro disco solo. O álbum chegou hoje (30) às plataformas de streaming e ao canal do artista no Youtube. O músico Rafa Dias (RDD) assina a produção musical da obra, que leva o selo da Isé Música Criativa. Ouça.

Spiritual EP tem apoio financeiro do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Cena da peça "O inspetor geral", inspirada na obra homônima do autor russo Nikolai Gogol
Tempo de leitura: < 1 minuto

O dramaturgo e diretor do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), Romualdo Lisboa, teve um dia longo de trabalho, nesta sexta-feira (27), para resgatar o acervo da companhia após a queda da Tenda – lona circense que abrigava os equipamentos da trupe e desmoronou (veja aqui).

Já era noite quando ele noticiou, em publicação numa rede social, que a maior parte do acervo foi salva. “Apesar do pesadelo… o sonho não acabou!”. Parte dos equipamentos foi abrigada na Concha Acústica e outra, na Secretaria Especial de Cultura de Ilhéus.

O SONHO DA SEDE PRÓPRIA

O Teatro Popular de Ilhéus tem 26 anos de história. Segundo Romualdo, trata-se de uma longa jornada de fazer artístico que tem a classe trabalhadora como protagonista e plateia. Agora, a companhia vai dar continuidade ao sonho de construir a própria sede. “Tornar esse sonho realidade será uma vitória para toda a classe trabalhadora e para toda a cultura ilheense, baiana e brasileira”, assegura o dramaturgo.

Interessados em colaborar com o financiamento coletivo do TPI podem fazer doações neste link.

Tenda do TPI desabou durante ventania na noite desta quinta || Reprodução
Tempo de leitura: 2 minutos

Na noite desta quinta-feira (26), uma ventania causou o desabamento da Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, centro. Ninguém ficou ferido. De acordo com relatos, pessoas que jogavam beach tennis buscaram abrigo na tenda no momento da ventania, mas todos saíram a tempo, sem ferimentos. Antônio Conceição, conhecido como Palhaço Radiola, que é caseiro do terreno e mora em um trailer próximo à Tenda, também não foi atingido. Radiola também possui uma cadelinha de estimação, que também está a salvo.

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) agora busca apoio, urgente, para abrigar todo acervo e equipamentos do grupo que eram mantidos na tenda e ficaram debaixo da lona. O grupo começou a fazer o resgate ainda na noite deste quinta. O TPI, que neste mês completou 26 anos de existência, teve a Tenda como sede de suas atividades desde o ano de 2013.

O grupo já vinha enfrentando dificuldades financeiras desde 2019 com os atrasos de pagamentos do recurso do Programa de Ações Continuadas de Instituições Culturais, que custeia parcialmente a manutenção de diversos espaços culturais na Bahia.

Com a falta de recurso, o grupo não tinha condições de continuar a manutenção do espaço, cuja lona já se encontrava em estado avançado de deterioração devido à ação da maresia, do sol, das chuvas e do vento. Em 2020, com o fechamento imposto pela pandemia, a situação do TPI se agravou, culminando na entrega dos contêineres alugados, onde funcionavam a administração e os banheiros, e da lona, que também era alugada.

Tenda do TPI, na Soares Lopes, abrigou dezenas de eventos || Foto Zélia Uchôa

ESPAÇO DEVOLVIDO

O espaço é uma estrutura particular que pertence a Nelian Reis, artista da palhaçaria circense. O Teatro Popular de Ilhéus devolveu o espaço oficialmente em outubro de 2020, e se encontra sem sede desde então, com atividades apenas em formato virtual.

Conforme comunicado do TPI, “apesar da devolução do espaço ter ocorrido há quase um ano, o Teatro Popular de Ilhéus manteve todo o seu acervo abrigado sob a lona por não encontrar outra alternativa para seu armazenamento”.

Isso, incluía todos os seus figurinos, cenários, equipamentos de luz e som, documentos e ainda o Palco Rodante, uma estrutura criada pelo arquiteto alemão Carl von Hauenschild, especialista em espaços culturais. O grupo agora tenta salvar seu material, que tem grande valor histórico e cultural, e necessita urgentemente de um novo local seguro para armazená-los.

26 ANOS DE HISTÓRIA

Fundado em 1995 por Équio Reis, o TPI se constitui num grupo de pesquisa de linguagem continuada que, a partir de suas criações, interfere positivamente na cultura brasileira, promovendo debates, encontros e estudos que contribuem para a formação cultural de seu público. A longevidade do Teatro Popular de Ilhéus é um indicador de um projeto de empreendedorismo cultural exitoso que tem um planejamento a longo prazo bastante sólido e em constante avaliação.

Gravações do filme "As margens de Canavieiras" começam no próximo dia 13
Tempo de leitura: < 1 minuto

O cineasta José Frazão resolveu dedicar seu quinto longa-metragem à cultura ribeirinha e às paisagens naturais da terra natal, Canavieiras, município do sul da Bahia. O roteiro do filme “As margens de Canavieiras” narra a aventura de uma pesquisadora em busca de um fóssil misterioso. Na missão, ela conta com a ajuda de um pescador nativo, que conhece as sendas da mata e dos rios.

O propósito inicial do cineasta era fazer um documentário sobre a realidade socioeconômica das comunidades ribeirinhas do município, mas ele optou por abordar essa realidade a partir de uma narrativa ficcional. Ainda assim, para José Frazão, mais do que cenário, Canavieiras é a grande protagonista da história.

O elenco vai reunir atores de projeção nacional, a exemplo da atriz Isabel Filards e do ator Vertin Moura.

MERCADO INTERNACIONAL

A produção do filme coube à produtora audiovisual Larty Mark, empresa com 20 anos de experiência no setor, com apoio da prefeitura local. Já a distribuição será feita por uma plataforma de streaming, cujo nome ainda não foi divulgado, que terá papel decisivo para a estratégia de inserção da obra no mercado internacional.

As gravações de “As margens de Canavieiras” vão começar no dia 13 de setembro e devem durar três semanas. Segundo José Frazão, a ideia é dar oportunidade à mão de obra local em todas as etapas da produção. Da Redação com informações do site BA_001.

Evento será na área aberta do Centro de Convenções
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Bruno Reis (DEM) anunciou hoje (23) que a Prefeitura de Salvador vai realizar um evento-teste para 500 convidados, na próxima sexta-feira (27), às 18 horas, no Centro de Convenções da capital baiana, localizado no Bairro da Boca do Rio.

As atrações do evento serão o cantor Gerônimo, a cantora Márcia Castro e os grupos Afoxé Darajú de Odé e Telefunksoul.

O objetivo da iniciativa, segundo o prefeito, é verificar a eficácia dos protocolos de segurança contra a Covid-19.

A Prefeitura havia planejado fazer esse teste antes, conforme anúncio do fim de junho, mas decidiu esperar o avanço da cobertura vacinal e o arrefecimento da pandemia.

PROTOCOLOS

Para ir ao evento, o convidado deve ter acima de 18 anos e ter tomado, pelo menos, a primeira dose ou dose única de alguma vacina contra a Covid-19 até o dia 27 de julho.

Além disso, todos os convidados vão passar por testes antes e depois do evento. O uso de máscara será obrigatório.

O palco será montado em área aberta, com 5 pontos de acesso. Para acessar o evento, as pessoas terão a temperatura aferida. Além disso, a fila para os banheiros será organizada com distanciamento.

Programa foi gravado em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Ao som de muito rock and roll, os educadores dos Complexos Integrados de Educação (CIEs) participaram, neste sábado (21), de mais uma edição do Projeto Conexões – Estação do Saber, gravada no Teatro Candinha Doria, em Itabuna. Os CIEs são unidades da Secretaria da Educação da Bahia.

O episódio, que tem como tema A gosto do rock: a história do rock, pode ser conferido na internet (veja links no final da matéria) e, também, na TV Educa Bahia, no próximo dia 26, às 17h30min. A atividade contou com a participação das bandas Trirueiros e Pastilhas, além de ex-alunos do CIE de Itabuna.

O coordenador de Articulação entre Educação Superior e Educação Básica para os CIEs, Robson Costa, falou sobre a importância do tema. “Falar de rock é fazer uma retomada da história do Brasil e da Bahia no sentido das manifestações e dos protestos musicais e, também, reviver as grandes letras de artistas e bandas como Beatles, The Rolling Stones, Paralamas do Sucesso e Cazuza, como uma grande aula para os estudantes”, destacou.

VISIBILIDADE DOS ARTISTAS REGIONAIS

Para a cantora e compositora Ize Duque, da banda Pastilhas, que fez uma apresentação musical durante o programa, discutir sobre o tema foi oportuno diante do cenário atual. “Gostei muito de dialogar com estudantes da Educação Básica da rede estadual sobre rock e a importância da arte como produtora de conhecimento e ferramenta de uma formação crítica e cidadã”, comentou.

O ator Daniel Stivson, que fez uma participação especial, destacou a proposta do programa em dar visibilidade aos artistas locais. “Foi muito gratificante participar do encontro, pois trata-se de um programa que traz os artistas regionais para falar sobre as suas carreiras, tocar as suas músicas e as de outros artistas”.

 

Ator Tarcísio Meira morreu na manhã desta quinta (12), em São Paulo
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Brasil perdeu, há pouco, um dos maiores nomes da sua teledramaturgia, o ator Tarcísio Meira, aos 85 anos. Além dele, a esposa, Glória Menezes, de 86 anos, também foi internada no mesmo hospital, o Albert Einstein, em São Paulo, vítima da covid-19. Ela apresenta sintomas leves da doença, segundo a assessoria.

Tarcísio chegou a ser intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Einstein a ser submetido a hemodiálise contínua, porém não resistiu à luta contra o novo coronavírus. Tanto ele como a esposa foram totalmente imunizados contra a doença em março deste ano. Glória recebe oxigênio por via nasal e se recupera bem, conforme boletim médico.

Live de lançamento de "Ba-Vi tem muita história" será às 20 horas desta terça-feira (10), na canal da editora Mondrongo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os organizadores do livro Ba-Vi tem muita história, Gustavo Felicíssimo e Rodrigo Melo, reuniram um time de primeira linha para retratar, em contos e crônicas, a história do clássico Bahia x Vitória, iniciada em 1932. A live de lançamento da coletânea será às 20 horas desta terça-feira (10), no canal da editora Mondrogo no Youtube.

Além dos próprios organizadores, outros 16 escritores assinam as narrativas; são eles: Aleilton Fonseca, André Uzêda, Ângela Vilma, Aquilino Paiva, Elieser Cesar, Fernando Caldas, Gil Vicente Tavares, Herculano Neto, João Filho, Luís Pimentel, Marcus Vinícius Rodrigues, Paulo Bono, Ricardo Cury, Ruy Vídero Caldas, Santiago Fontoura e Saulo Dourado.

Poeta, jornalista e torcedor do Vitória, Florisvaldo Matos destaca a harmonia da seleção das histórias que integram o livro. “Essa quase nonagenária rivalidade, que já se acerca dos 500 confrontos, entre triunfos de um e de outro, com vantagem para o tricolor, e empates, está fielmente retratada pelos dezoito harmoniosos escritos, prenhes de técnicas redacionais diversas, que ora nos faculta a vitoriosa [editora] Mondrongo”.

Músico e ex-ministro da Cultura confirma intenção de ocupar cadeira da ABL
Tempo de leitura: < 1 minuto

O músico e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil vai se candidatar a uma vaga na Academia Brasileira de Letras (ABL). Ontem (5), a instituição iniciou a Sessão da Saudade, que terá quatro eventos para marcar a despedida dos membros que faleceram em 2020 e 2021.

Além da vaga do diplomata Affonso Arinos de Mello Franco, morto em 15 de março do ano passado, declarada aberta nesta quinta (5), serão declaradas abertas as candidaturas para as vagas do jornalista Murilo Melo Filho, morto em 27 de maio de 2020, do professor Alfredo Bosi, morto em 7 de abril de 2021, e a do advogado e ex-vice-presidente do Brasil Marco Maciel, que faleceu no último dia 12 de junho.

Gil ainda não anunciou para qual das quatro vagas se candidatará.

Com repertório de clássicos da música brasileira e internacional, apresentação vai embalar o almoço do Dia dos Pais
Tempo de leitura: < 1 minuto

O violonista Felipe Bezerra vai ser a atração musical do Dia dos Pais no Shopping Jequitibá. Neste domingo (8), ele se apresentará na Praça de Alimentação, a partir das 12h. No repertório, clássicos da música brasileira e internacional.

A apresentação também vai encerrar a campanha Pai Essência de Amor, fruto de uma parceria do shopping com as Lojas O Boticário. A cada R$ 300,00 em compras acumulativas no equipamento, o cliente recebe um vale-presente para ser trocado por  um sabonete líquido Styletto, além de cupom de 50% do desodorante Body Splash.

O regulamento da campanha pode ser conferido no site www.shoppingjequitiba.com.br e no balcão de troca ao lado da escada rolante do shopping.