Corpo e carro foram queimados na estrada do Acuípe
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um corpo carbonizado foi achado dentro de um carro na estrada do Acuípe, zona rural de Ilhéus, nesta sexta-feira (20). O veículo, um Toyota Etios hatch, também foi queimado, informou o radialista Robertinho Scarpita, do Tropa de Elite, programa da rádio Gabriela FM.

Scarpita fez um vídeo no local. As circunstâncias indicam que se trata da cena de um crime. As imagens mostram o carro sem placa e completamente destruído pelas chamas, num ponto já afastado da BA-001. Ainda não se sabe se o corpo é de homem ou mulher. A Polícia Civil investiga o caso.

O Gaeco investigou as duas facções criminosas que atuam na Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

A justiça decretou a prisão preventiva e a indisponibilidade dos bens de 16 pessoas envolvidas em esquemas de lavagem de dinheiro de duas facções criminosas. Segundo as investigações do Ministério Público da Bahia (MP-BA), uma das facções atua com o tráfico de drogas em vários municípios da Bahia e movimentou mais de R$ 7 milhões.

A outra facção criminosa atua no bairro do Lobato, em Salvador, onde tem extorquido comerciantes, utilizando-se de métodos violentos para amedrontar a comunidade, conforme o MP-BA. A Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa da Comarca de Salvador (Vocrim) bloqueou e determinou a perda de bens no valor de cerca de R$ 7 milhões da facção que atua em âmbito estadual e de quase R$ 400 mil da organização que opera no Lobato.

Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais do Ministério Público estadual (Gaeco) aponta que uma facção com atividade intensa de ocultação e movimentação de valores provenientes do tráfico de drogas atua sob o comando de Fagner Sousa da Silva, conhecido como “Fal”.

PRESO EM JEQUIÉ

Fagner Sousa é acusado de chefiar, de dentro da prisão, o esquema de tráfico de drogas e de lavagem de dinheiro. Ele teve a prisão preventiva e a indisponibilidade de bens decretadas juntamente com os demais integrantes da organização: os gerentes do esquema Ademilton Sousa e Fábio de Jesus (atualmente preso em Jequié); Elilane Bispo, Jessica Santana, Maria Joyce Ramos e Daniele Carneiro – titulares de contas bancárias onde os valores em dinheiro, advindos da venda de entorpecentes, seriam depositados e transferidos.

Outra organização criminosa é liderada por Fábio Andrade de Araújo, conhecido como “Lambão”. De acordo com as investigações, ele capitaneia o esquema de extorsão e as ações de lavagem de dinheiro no Lobato. A Justiça decretou a prisão e indisponibilidade de bens de Fábio e dos comparsas Marluar Brandão dos Santos (esposa de Fábio e responsável pelo recebimento dos valores arrecadados).

A decisão judicial atinge ainda Ana Paula Silva, Irys Bárbara Vieira e Ana Alice de Jesus (responsáveis pelo recolhimento de valores dos comerciantes); Rosana Pereira dos Santos e Eduarda Miranda de Oliveira (titulares de contas para depósitos em favor da organização criminosa); Matheus Carvalho de Jesus e Eduardo Lima da Cruz (responsáveis por executar os comerciantes que se recusam a ceder às extorsões).

O Gaeco apurou que a organização criminosa arrecadou grande quantidade de pequenos valores oriundos de depósitos dos comerciantes extorquidos na localidade.

Abuso pode ter sido cometido mais de uma vez, segundo a Polícia Civil
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta (18), um homem suspeito de estuprar uma criança de 3 anos em Canavieiras. Ele foi localizado na região da Praia da Costa, na mesma cidade do sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi cometido no mês passado. As investigações tentam verificar a suspeita de que a violência contra a criança tenha sido praticada também em março.

Alvo de mandado de prisão preventiva (por tempo indeterminado), o suspeito de 50 anos não teve a identidade revelada. Com informações do G1.

Andrinho resistiu a uma abordagem e atirou contra os policiais, informa PM
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quinta-feira (18), um homem morreu e outro foi preso durante operação da Polícia Militar no Condomínio Jubiabá, no bairro Novas Ferradas, em Itabuna. Segundo a PM, o suspeito, identificado apenas como Andrinho, reagiu a uma abordagem e atirou contra os policiais, que revidaram aos disparos e o atingiram. Ele foi socorrido e levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu aos ferimentos.

Nas redes sociais, circula imagem em que Andrinho aparece posando com uma pistola na cintura. Ele havia sido preso em outra ocasião, conforme a PM.

Carro e motos apreendidos na operação

Equipes da Ceto, Rotam, Rondesp e Cipe Cacaueira participaram da operação. No local onde o confronto ocorreu, os policiais apreenderam armas, drogas e três veículos: duas motocicletas Honda (placas OZD-2709 e QTW-0H73) e um carro Hyundai HB20 (FYY-3364).

Levado para o Complexo Policial de Itabuna, o homem preso é suspeito de gerenciar as transações financeiras de uma facção criminosa da cidade do sul da Bahia. Com informações do Verdinho Itabuna.

Suposto assassino de jovem ilheense é detido por policiais civis || Imagem Record TV Cabrália
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem suspeito de participação no assassinato do motorista de aplicativo Sátiro Menezes Filho foi preso no Gogó da Ema, no Sarinha Alcântara, em Itabuna, nesta quarta-feira (18).

A Polícia Civil chegou ao local para checar denúncia de que dois homens e uma mulher estavam escondidos em uma casa do bairro itabunense desde sexta-feira (13), dia em que Sátiro desapareceu após aceitar uma corrida do Parque Infantil, em Ilhéus, para Serra Grande, distrito de Uruçuca.

Detido por volta das 11h, o suspeito foi transferido para a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus, que é responsável pela investigação do crime. O casal que estaria com ele no imóvel em Itabuna não foi localizado.

Sátiro, que era conhecido como John da Lagoa Encantada, foi encontrado morto em Serra Grande, no fim da tarde de segunda-feira (16). O corpo tinha marcas de tiros e sinais de espancamento.

Segundo as informações divulgadas pela Polícia Civil até o momento, uma mulher teria feito o pedido de corrida que levou John para o matagal onde ele foi assassinado. Ela teria agido em parceria com dois homens.

No domingo (15), o Fiat Argo que John dirigia foi encontrado na Conquista, em Ilhéus. A perícia técnica do carro pode ajudar no esclarecimento do crime. Com informações da Record TV Cabrália.

Corpo de John Menezes foi encontrado nesta segunda-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Desde ontem (16), quando o corpo do motorista de aplicativo Sátiro Menezes Filho foi encontrado em Serra Grande, distrito de Uruçuca, colegas de profissão do jovem de 23 anos cobram o esclarecimento do homicídio.

Reunidos em carreata, os trabalhadores circulam pelas ruas de Ilhéus, onde Sátiro morava, buzinando seus veículos em sinal de protesto. A manifestação se repetiu na manhã de hoje (17), como mostra o vídeo abaixo.

Sátiro, que era mais conhecido como John, estava desaparecido desde sexta-feira (13). Ele foi chamado para uma corrida para Serra Grande e não fez mais contato com familiares e amigos. O corpo do trabalhador foi encontrado no final da tarde desta segunda-feira (16), em estado avançado de decomposição e com sinais de espancamento.

Morador da Lagoa Encantada, na zona rural de Ilhéus, John era considerado um jovem tranquilo e trabalhador. A violência de que foi vítima abalou a comunidade. A 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) é responsável pela investigação do crime.

Corpo de John Menezes foi encontrado nesta segunda-feira
Tempo de leitura: 2 minutos

No último final de semana, o município de Ilhéus, no sul da Bahia, foi palco de três homicídios, uma morte resultada de confronto com policiais e um desaparecimento.

O primeiro caso foi registrado na tarde de sexta-feira (13), quando um homem identificado como Bimba foi morto com sete tiros no Terminal Urbano. Cometido por uma dupla que chegou ao local em uma motocicleta, o crime teve as características de uma execução. Outro homem, que estava próximo à vítima, foi ferido na perna.

No sábado (14), o adolescente Jean Carlos Santos Alves, de 16 anos, foi morto com dois disparos de arma de fogo no Alto do Coqueiro. Socorrido e levado ao Hospital Regional Costa do Cacau, ele não resistiu aos ferimentos.

No mesmo dia, a Polícia Militar prendeu um homem e um adolescente suspeitos de envolvimento no crime, que teria sido ordenado por uma facção criminosa da Tapera, como forma de revidar um ataque feito à comunidade no Dia das Mães. Jean não tinha nenhuma ligação com o ataque à Tapera. Foi assassinado por ser morador do Alto do Coqueiro.

Também no sábado (14), Gabriel Moura foi morto a tiros no Mambape, morro próximo ao bairro Hernani Sá, na zona sul de Ilhéus. Não há informações sobre a autoria e a motivação do homicídio.

JOVEM MORRE APÓS CONFRONTO COM POLICIAIS

Carlos Henrique morreu após entrar em confronto com a PM

O sábado (14) ainda reservava mais um episódio violento. À noite, quando policiais militares faziam rondas em busca de um carro que havia sido roubado, eles tentaram abordar um veículo com quatro homens no Iguape, zona norte de Ilhéus. De dentro do carro, os bandidos dispararam contra os policiais, que revidaram, segundo a Polícia Militar. Um dos ocupantes do veículo, Carlos Henrique, de 26 anos, foi baleado e, após ser levado para o Hospital Costa do Cacau, faleceu.

Os outros três homens abandonaram o carro e conseguiram fugir para um matagal. No veículo, os policiais encontraram um revólver calibre 38 e uma pistola .40.

MOTORISTA DE APLICATIVO ESTÁ DESAPARECIDO DESDE SEXTA-FEIRA

O jovem John Menezes, de 23 anos, está desaparecido desde a manhã de sexta-feira (13). Motorista de aplicativo, ele deixou a Lagoa Encantada, onde mora, para fazer uma corrida para Serra Grande, distrito litorâneo de Uruçuca. Desde então, não fez contato com a família, e o seu celular está desligado.

Parentes de John registraram seu desaparecimento na Delegacia da Polícia Civil e, ontem (15), o carro que ele dirigia, um Fiat Argo, foi encontrado na Rua Santarém, na Conquista. O veículo estava com uma placa falsa, mas os policiais o identificaram pelo número do chassi.

Ainda não há notícia do paradeiro do jovem. Informações que ajudem nas buscas podem ser encaminhadas por meio do telefone 73 9 9144-4251. Com informações do FRN.

Sargento da PM é acusado de liderar quadrilha em família
Tempo de leitura: 2 minutos

Aprovado em concurso público para oferecer segurança para a população, um sargento da Polícia Militar da Bahia, foi preso em flagrante sob suspeita de liderar uma quadrilha de assaltantes no oeste do estado. Entre outros crimes, a organização que seria comandada pelo PM, que não teve o nome divulgado, é acusada de roubar R$ 820 mil em joias e celulares.

O sargento é lotado na Polícia Rodoviária Estadual e, segundo as investigações, liderava quadrilha formada por familiares. O PM e mais dois irmãos possuíam mandados de prisão e foram detidos. Já o filho do militar, a esposa e uma namorada foram presos em flagrante com armas e munições.

Com os suspeitos foram apreendidos uma pistola, uma espingarda, carregador, munições de diversos calibres, joias, uma motocicleta modelo CB600, R$ 5,7 mil em espécie, 300 formulários de CRLV em branco, entre outros itens. Os seis acusados foram capturados nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória, na sexta-feira (13), durante a operação “Ostentação”.

De acordo as investigações, o policial militar, com 25 anos de carreira, até então acima de qualquer suspeita, se aproximava dos estabelecimentos comerciais e iniciava uma relação de amizade com funcionários e proprietários. O objetivo era levantar os horários de funcionamento e de chegada dos materiais.

Depois desse levantamento, o grupo entrava em contato como um cliente normal e agendava para realizar a compra. O policial ficava do lado de fora, enquanto seus irmãos consumavam o assalto.

ROUBO DE DIAMANTES

No ano passado, no mês de março, o grupo roubou ouro, diamante e outras pedras preciosas, avaliadas em 60 mil reais, na cidade de Santa Maria da Vitória. Ainda em 2021, no mês de dezembro, o grupo roubou R$ 760 mil, em celulares, no município de São Félix do Coribe.

O titular da 26ª Coorpin, delegado Alexandre Haas Pinheiro Cunha, não descarta o envolvimento do grupo com outros crimes. “O trabalho continua e aproveito para agradecer o empenho de todas as unidades da Polícia Civil da região Oeste e da Corregedoria da PM”, concluiu. A operação para prisão dos suspeitos foi realizada por equipes da 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Santa Maria da Vitória, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar.

Crime teria sido motivado por agressão a parente de um dos suspeitos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois homens que estavam com mandado de prisão em aberto pelo homicídio de um vizinho foram presos, nesta sexta-feira (13), na zona rural de Fátima, no interior da Bahia, pela Polícia Civil. Na operação, os policiais receberam o auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM).

Cleriston Santos Brito, de 29 anos, foi morto com golpes de machado e foice no povoado São Paulo Velho, em janeiro passado. Ele teria agredido o parente de um dos suspeitos, o que motivou o crime.

Com o cumprimento da ordem judicial, os autores, de 24 e 34 anos, foram encaminhados à Delegacia Territorial de Cícero Dantas, onde permanecem à disposição da Justiça. Eles vão passar por exames de lesões corporais e devem ser encaminhados ao sistema prisional.

Homem ferido na perna é amparado por transeuntes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem não identificado foi morto com um tiro na cabeça no Terminal Urbano de Ilhéus, no sul da Bahia, na tarde de hoje (13). No mesmo local, outro homem foi atingido por um disparo na perna.

Segundo as primeiras informações, eles estavam em uma motocicleta e, quando chegaram no Terminal, foram atacados a tiros por outros dois homens, que também usavam uma moto.

Não há informações sobre a motivação do crime. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o homem caído no chão, já sem vida, com a marca do tiro na cabeça. A outra vítima, que conduzia a moto, recebeu os primeiros socorros de pessoas que presenciaram o ataque.

O local é dos mais movimentados da cidade. A ação criminosa gerou pânico e correria.

Polícia Civil localizou homem em matagal
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (12), um homem acusado de agredir sua companheira e de arrancar um dos olhos da vítima com as próprias mãos, em Itororó, no médio sudoeste da Bahia. Ele confessou o crime e alegou que foi traído, segundo o delegado Antônio Roberto Gomes Júnior, responsável pelas investigações.

No depoimento, o homem afirmou que, na quarta-feira (11), descobriu a traição da mulher e a agrediu, enfiando os dedos em um dos olhos dela e arrancando-o. Depois, trancou-a em casa e fugiu. Ele foi localizado em um matagal próximo à zona urbana de Itororó. Gravemente ferida, a vítima foi hospitalizada.

O suspeito responderá pelos crimes de lesão corporal gravíssima e cárcere privado, explica o delegado Antônio Júnior.

"Alemão" estava lanchando quando foi executado || Foto ubatã Notícias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem identificado como Andersom Silva Pereira, o Alemão, de 33 anos, que fazia linha de transporte alternativo entre os municípios de Ubatã e Ibirapitanga, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (11), no Churrascão, em Ubatã. Alemão estava lanchando com amigos quando foi surpreendido por dois homens armados numa motocicleta, informa o Ubatã Notícias.

Um dos homens atirou várias vezes contra o motorista. O Samu 192 foi acionado, esteve no local e confirmou o óbito. A Polícia Militar realizou diligências, mas até o momento ninguém foi preso. Conforme informações da Polícia Civil, Alemão tinha passagem por furto e tentativa de homicídio.

Nome da 69ª CIPM é usado em perfil falso na internet
Tempo de leitura: < 1 minuto

A 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pelo policiamento da zona sul de Ilhéus, emitiu nota sobre o uso indevido do nome da companhia em uma tentativa de golpe. Um perfil falso, atribuído à corporação, tem sido usado para pedir doações em dinheiro.

“Prezado cidadão, recebemos informações de que pessoas utilizam o nome da 69ª CIPM, com um perfil falso da Polícia Militar da Bahia, para aplicar golpes. O comando da 69ª informa que não fazemos contato dessa natureza, muito menos solicitamos valores”, diz o comunicado feito na tarde de hoje (11).

Corpo de PM é sepultado em Ubaitaba
Tempo de leitura: < 1 minuto

Com a participação de familiares, amigos e policiais em um cortejo, foi sepultado nesta terça-feira (10) em Ubaitaba, o corpo do soldado da Polícia Militar Vitor Vieira Ferreira Cruz. Ele foi assassinado por bandidos, no último domingo, em Salvador, quando voltava do sepultamento de outro PM, morto no dia anterior. Muito querido na cidade onde nasceu, Vitor era filho único da ex-secretária municipal de Cultura de Ubaitaba, Fabiana Correa.

Foi feita uma homenagem ao soldado antes do sepultamento. Parentes, amigos de infância e policiais militares participaram de um cortejo pelas ruas de Ubaitaba. Em seguida, policiais militares carregaram o caixão com o corpo para o cemitério. Uma segunda homenagem foi feita, com salvas de tiros, seguido de aplausos.

Vitor foi morto ao lado do soldado Shanderson Lopes Ferreira, na Rua Vereador Zezeu Ribeiro, na Fazenda Grande I, no último domingo. Os policiais retornavam do velório do soldado Alexandre Menezes, lotado na mesma companhia que os dois. Alexandre foi morto em serviço na noite do sábado (7), em Águas Claras, em Salvador.

Mulher é presa com armamento pesado
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes da 70ª Companhia Independente da Polícia Militar apreenderam, na localidade conhecida como Vila Nazaré, em Ilhéus, no sul da Bahia, uma submetralhadora, um revólver calibre 32 e uma pistola. Os policiais também prenderam, em flagrante, uma mulher de 20 anos, suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

Os policiais militares chegaram ao local depois de receber informações de que um grupo armado estava reunido numa área de matagal. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os PMs foram recebidos a tiros por sete suspeitos. “Os suspeitos estavam separando drogas. Foram encontrados itens de uso pessoal e de utilização no tráfico”, detalhou o comandante da unidade, major Álvaro Vieira.

Mesmo com o cerco, cinco dos suspeitos conseguiram escapar, mas deixaram para atrás a jovem. A mulher foi encontrada ferida e foi socorrida pelos PMs para o Hospital Regional Costa do Cacau. Com ela, além do armamento, foram encontrados um caderno de contabilidade do tráfico e certa quantidade de drogas, segundo informou a polícia. A suspeita recebeu cuidados médicos e em seguida foi conduzida para a Delegacia Territorial (DT) de Ilhéus.

“A mulher foi autuada pelos crimes de trafico de drogas e porte ilegal de arma de fogo”, informou o delegado titular da DT, Felipe de Matos.