Mugni marcou o único gol da partida|| Foto João Vitor Rezende Borba/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia segue bem na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (11), no Estádio Germano Krüger, no Paraná, o Tricolor de Aço venceu o Operário por 1 a 0 e segue na vice-liderança da competição nacional, com 25 pontos em 12 jogos disputados. Foi apenas o segundo trinunfo fora de casa do Bahia.

A partida começou devagar no sul do País. Somente aos 26 minutos, o Operário teve a primeira chance em chute de fora da área de Ricardinho, que viu o goleiro Danilo Fernandes fazer a defesa. Do outro lado, o Bahia assustou com Djalma, aos 33, e em finalização de Rildo, aos 36, mas as duas tentativas pararam no goleiro Vanderlei.

Depois do intervalo, o jogo voltou com mais intensidade. Enquanto o Bahia levou perigo com Rildo e Rodallega, o Operário chegou nas finalizações de Silvinho. Até que, aos 35 minutos, Mugni recebeu cruzamento na área, dominou e mandou para o fundo das redes colocando a equipe baiana em vantagem.

No embalo do gol, o Tricolor de Aço seguiu em cima e quase fez o segundo com Lucas Falcão. Mas foi o 1 a 0 que permaneceu até o apito final. O resultado deixa o Bahia atrás apenas do Cruzeiro, que enfrenta o Vasco neste domingo, no Maracanã, no Rio de Janeiro. A partida começa às 16h.

Na próxima terça-feira (14), o Bahia volta a campo. O time enfrenta a Chapecoense, às 19h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Polícia Civil indicia golpista do Tinder
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil indiciou, nesta quinta-feira (9), um homem acusado de criar perfis falsos em redes sociais utilizando imagens de outras pessoas e oferecendo fotos íntimas em troca de dinheiro. O indiciamento ocorreu após a conclusão do Inquérito Policial conduzido pela 20ª Delegacia Territorial de Brumado, no sudoeste da Bahia.

De acordo com a polícia, o golpista pegava fotos sem autorização e criava perfis no WhatsApp e Tinder. “Nestes aplicativos, ele oferecia fotos íntimas em troca de valores a serem transferidos via Pix. Como não recebiam as fotos após o pagamento, estas pessoas iam procurar as vítimas na sua conta verdadeira do Instagram, oportunidade em que elas descobriram o que estava ocorrendo”, explicou o titular de Brumado, delegado Paulo Henrique de Oliveira.

Após o trabalho investigativo, os policiais chegaram até o autor, que prestou esclarecimentos na delegacia. Ele foi indiciado por falsa identidade e difamação majorada, respondendo pelo caso em liberdade. “Aqueles que acham que praticar crimes em redes sociais ficarão impunes, vale ressaltar que estamos atentos e vamos identificar e localizar para que paguem pelos crimes cometidos”, finalizou o delegado.

Mulher recolhe caixas de cerveja atingidas em acidente
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um motociclista sofreu acidente ao ser perseguido por policiais militares, nesta quinta (9), na Avenida Nossa Senhora Aparecida, na Barreira, em Ilhéus.

Segundo as primeiras informações, ele estava em uma Honda Twister e passou em alta velocidade sobre um quebra-molas, antes de perder o controle do veículo e cair sobre caixas de cerveja expostas na calçada de um estabelecimento.

Não há informações sobre o motivo da perseguição e o estado de saúde do homem, que foi detido por equipe da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Mulher ajudou homem a se livrar de ação policial, segundo PM
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Militar prendeu uma mulher suspeita de facilitar a fuga de um homem acusado de aplicar golpes com dinheiro falso em Ilhéus. A suspeita foi detida no bairro Nelson Costa, na madrugada desta quarta-feira (8).

De acordo com a 69ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), duas vítimas afirmam que o homem usou cédulas falsas, que somam R$ 400,00, para comprar um aparelho de som e encomendar lanches em estabelecimentos da Avenida Lotus.

A PM não deu detalhes sobre como a mulher ajudou o homem a escapar da ação policial. Ela foi levada para a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), no Centro.

Ex-genro é acusado de matar dona Dona Hilda queimada
Tempo de leitura: 2 minutos

A justiça determinou a soltura de José Orlando Dias de Moura, que é acusado de jogar gasolina e atear fogo na idosa Hilda Quirino Santos, que tinha 79 anos, quando foi morta, em 2015, na pequena cidade de Gongogi, no sul da Bahia. Um neto da idosa também foi atacado, teve corpo incendiado, mas conseguiu sobreviver depois de ficar vários dias internado no Hospital de Base, em Itabuna.

Conforme decisão obtida pelo PIMENTA, José Orlando Dias de Moura foi solto por causa de excesso de prazo da custodia cautelar. Ele já estava detido há mais de quatro anos sem que o processo tenha sido concluído, segundo a juíza substituta da Vara do Júri e Execuções Penais de Ubaitaba, Andreia Aquiles Sipriano da Silva Ortega. A decisão foi publicada no Diário Eletrônico do Poder Judiciário da Bahia.

A notícia sobre a decisão judicial deixou a família de dona Hilda Quirino assustada, com medo que o homem retorne para cidade e volta atacar. Entre as pessoas que temem um novo ataque está o neto da idosa. O rapaz, que tinha 21 anos quando ficou gravemente ferido por causa das queimaduras, até hoje ainda assustado.

Na decisão, a juíza estabeleceu que José Orlando Dias deve comparecer as audiências, manter o endereço atualizado e deve se recolher no período das 23 às 5h. Fica proibido de manter contato com a vítima sobrevivente, famílias e testemunhas do caso. Deve-se manter no, mínimo, numa distância de 500 metros para essas pessoas.

De acordo com denúncia apresentado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), a idosa foi morta ao tentar evitar que a filha fosse espancada por José Orlando, no Bairro Novo. O crime ocorreu oito dias após o acusado ter reatado o relacionamento com a filha de dona Hilda Quirino. O homem fugiu de carro e teve a prisão decretada pela justiça em 2015, mas só foi detido em 15 de maio de 2018, na cidade Mairinque, em São Paulo, onde teria cometido outro crime.

Juiz aposentado, Rosalino Almeida foi preso nesta terça (7)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A terceira fase da Operação Inventário, deflagrada hoje (7), prendeu oito pessoas em Salvador, Paulo Afonso e Aracaju (SE). O juiz aposentado Rosalino dos Santos Almeida e o filho dele, Alexandre de Souza Almeida, estão entre os presos. Comandada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, a operação investiga supostas fraudes milionárias em processos judiciais que tramitam na Comarca de Paulo Afonso, onde Rosalino atuou por três décadas.

As prisões são preventivas (por tempo indeterminado) e foram determinadas pela 1ª Vara Criminal de Paulo Afonso, que recebeu denúncias contra os oito acusados de formação de quadrilha e outros crimes.

De acordo com o Grupo de Apoio Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do MP-BA, um dos presos é acusado de forjar alvarás de inventários e de movimentar mais de R$ 50 milhões em recursos não declarados.

Parte do montante, segundo as investigações, foi repassada por meio de laranjas e, inclusive, destinada para compra de imóveis de luxo na Flórida, nos Estados Unidos, avaliados em mais de R$ 5 milhões. Também foram identificados diversos saques em espécie em valor acima de R$ 100 mil.

Chamada de Turandot, a terceira fase da Operação Inventário também envolveu a Polícia Civil, a Polícia Militar, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e as Corregedorias da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e da Polícia Militar

Jack Bombom estava foragido|| Foto arquivo/Foto Rede Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

Considerado, pela polícia, um dos criminosos mais procurado na Bahia, acusado de homicídios, tráfico de drogas, assaltos e apontado como uma das lideranças do crime organizado no sul e sudoeste do estado, Jackson Vicente Pereira, mais conhecido como “Jack Bombom” ou “Jack Matador”, foi preso na noite desta segunda-feira (6), no Espírito Santo, segundo informa o Verdinho Itabuna.

De acordo com a polícia, o foragido vivia como se fosse uma pessoa normal, que não tivesse contas a acertar com a justiça, promovendo eventos, curtia praia e ainda registrava os momentos em fotografia.  Com essas informações, a polícia teria montado uma operação para capturar o homem que chegou a ficar detido, em 2018, em presídio de segurança máxima, no município baiano de Serrinha.

Jack em dois momentos diferentes || a imagem à esquerda é do Verdinho

“Jack Bombom” é acusado de envolvimento no assassinato de rivais de facções criminosas em Itabuna, Itapetinga e Itororó, na disputa por pontos de tráfico de drogas. Ele também é acusado de liderar uma quadrilha de traficantes e roubos no sul e sudoeste da Bahia. Em 2012, chegou a ser denunciado por comandar uma facção criminosa mesmo estando detido em um conjunto penal.

Segundo investigações, entre as vítimas da quadrilha de “Jack Bombom” está uma menina de apenas sete anos. Maikele de Jesus Santos foi atingida a tiros no interior da casa onde morava com a mãe, na rua da Bananeira, no bairro Lomanto. Nesta mesma ação dos bandidos, foram mortos Taique Silva Rodrigues, 21 anos, e Romerio Ferreira dos Santos, 40 anos. Os assassinatos ocorreram na noite do dia 2 de maio de 2021.

Homem foi detido com pistola na Avenida Itabuna || Foto 70ª CIPM
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipe da 70ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) prendeu um homem por porte ilegal de arma de fogo, neste domingo (5), na Avenida Itabuna, em Ilhéus, sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, a arma tem documentação regular, mas o homem preso não tem autorização para transitar armado. Por isso, ele foi conduzido para a Delegacia de Ilhéus, e a pistola foi apreendida.

PM foi expulso depois de ser acusado de assalto
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um soldado da Polícia Militar da Bahia foi expulso da corporação depois de assaltar uma farmácia em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. A decisão foi tomada após um processo administrativo disciplinar da PM, que condenou o suspeito. O crime aconteceu em 17 de fevereiro e foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

As imagens mostram o momento em que Juvenal Alves Fernandes Neto, que era lotado na 34ª  Companhia da Polícia Militar, em Brumado, no sudoeste da Bahia,  entra na farmácia, com boné e máscara. Ele chega ao local em uma motocicleta que as investigações apuraram que estava com placa adulterada.

Em seguida, ele mostra uma arma para uma funcionária e pede que a mulher coloque o dinheiro do caixa em uma sacola. Depois disso, sai tranquilamente no veículo. Em depoimentos durante o processo, o suspeito admitiu que adulterou a placa da motocicleta da esposa.

No dia seguinte ao roubo, o veículo foi encontrado por agentes da 78ª Companhia Independente, no bairro Cidade Modelo, pilotado por uma mulher. Durante a abordagem, a condutora disse que a moto pertencia ao esposo dela, o policial Juvenal Alves.

Leia Mais

O vaqueiro Juarez Santos Pereira conta que foi amarrado pelos bandidos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um fazendeiro sofreu ataque cardíaco e morreu após a filha ser baleada por bandidos durante um assalto, nesta quinta-feira (2), na zona rural de Eunápolis, no extremo-sul da Bahia. O crime ocorreu numa fazenda às margens da BR-101, a sete quilômetros do centro da cidade. De acordo com depoimentos, dois assaltantes chegaram ao local por volta das 6h30min. Eles renderam o vaqueiro Juarez Santos Pereira, de 49 anos, e a mulher dele.

Amarrado com uma braçadeira, o funcionário foi levado pela dupla até a sede da da fazenda. Ao perceber que os bandidos se aproximavam da casa, a filha do fazendeiro, Edna Ribeiro de Almeida, de 65 anos, fechou a porta rapidamente. Mas, segundo o vaqueiro, os bandidos atiraram. A bala atravessou a porta e atingiu o abdômen de Edna.

O pai de Edna Ribeiro, Eronildes Ribeiro de Almeida, de 93 anos, assustou-se com o barulho do tiros e correu para o quarto, no primeiro andar. Ele passou mal e sofreu um ataque cardíaco, morrendo na hora. Os bandidos levaram uma quantia de dinheiro não informada pelas vítimas.

Após a fuga dos criminosos, Edna – mesmo ferida – conseguiu desamarrar o vaqueiro e acionar a polícia. Ela foi encaminhada para o Hospital Regional e passou por cirurgia.

O local, onde são criados suínos e bovinos, já foi assaltado pelo menos cinco vezes nos últimos anos. Em um dos roubos, o fazendeiro Eronildes Ribeiro ficou ferido por disparo de arma de fogo. As informações são do Radar 64.

Na ação, policiais apreenderam uma pistola 380
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem foi preso nesta quarta-feira (1º), em Ubaitaba, no sul da Bahia, após tentar fugir de uma abordagem policial. Ele conduzia uma moto, com um passageiro na garupa, e não obedeceu ao comando de parada da Polícia Militar.

Os policias localizaram a dupla no bairro Armandão, onde foram averiguar denúncia de que homens agiam de modo suspeito no local. Na tentativa de fuga, o motociclista perdeu o controle do veículo e caiu. Ele foi preso, mas o passageiro conseguiu fugir a pé, deixando para trás uma pistola 380 municiada.

Responsável pela prisão, a 61ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) apresentou o homem, a arma e a motocicleta na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus, para adoção das medidas legais.

Corpo carbonizado pode ser de Bruno Estefani, morador de Ubaitaba || Imagens Ubatã Notícias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Familiares do advogado Bruno Estefani Sena Rocha reconheceram o carro e outros pertences dele junto a um corpo encontrado carbonizado, na noite de ontem (31), na estrada de Taboquinhas, distrito de Itacaré, no sul da Bahia, segundo informação da Polícia Militar ao PIMENTA.

Alertada por populares que avistaram o veículo em chamas, uma equipe da 61ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) constatou a presença do corpo no local e acionou o Departamento de Polícia Técnica, que o recolheu. A localidade é perto de Ubaitaba, município de atuação da 61ª CIPM.

As circunstâncias indicam que o corpo é mesmo de Bruno, que não é visto desde ontem e chegou a ser dado como desaparecido, mas a confirmação depende do exame pericial.

PRISÃO POR HOMICÍDIO

Bruno foi preso em flagrante, em dezembro de 2017, junto com Deivide Coutinho da Silva e Josenildo dos Santos Conceição, acusados de matar uma pessoa em Taboquinhas. Não há informações que liguem o caso daquele ano ao atual, que é investigado pela Polícia Civil.

Wemerson foi atingido por disparo no rosto
Tempo de leitura: < 1 minuto

Wemerson Cardoso da Silva, de 17 anos, faleceu após ser atingido por disparo de arma de fogo, nesta terça (31), em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano. Ferido no rosto, ele foi levado para um hospital público, mas não resistiu.

O caso aconteceu por volta das 18h30min, numa casa no bairro de São Benedito. Um amigo do adolescente, que estava com Wemerson no momento do disparo, contou à Polícia Civil que os dois jogavam roleta-russa quando a arma disparou. Após o depoimento, ele foi detido e apresentado ao Ministério Público do Estado.

MÃE APRESENTOU FILHO À POLÍCIA MILITAR

Foi a mãe do adolescente detido quem o apresentou à Polícia Militar. Os policiais a ajudaram a retirar o adolescente da casa onde estava para levá-lo à delegacia, pois ele sofria ameaças da vizinhança.

Ainda não há informação sobre a propriedade da arma nem como os adolescentes a obtiveram. Com informações da TV Bahia.

Filho foi preso por espancar a própria mãe
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes da Polícia Civil prenderam, nesta segunda-feira (30), em Itagibá, no sul da Bahia, um homem de 32 anos e uma mulher de 33. Eles são suspeitos de envolvimento em crimes de lesão corporal e crimes contra a dignidade sexual. O casal teve mandado de prisão preventiva cumprido no bairro Santa Maria do Gorete, naquela cidade.

A vítima é uma idosa de 66 anos, mãe do suspeito preso. As investigações começaram no início do mês, quando as primeiras denúncias chegaram à delegacia. “Iniciadas as apurações e colhidos os depoimentos de testemunhas e as declarações da vítima, foi possível confirmar a existência de diversos crimes”, declarou o titular da Delegacia Territorial de Itagibá, Jefferson Almeida Ribeiro.

De acordo com as investigações, os delitos eram cometidos na própria casa da vítima, pelo filho e pela companheira dele. A solicitação de prisão preventiva para o casal foi deferida pela justiça e cumprida, sem resistência, nesta segunda. Os dois estão à disposição do Poder Judiciário.

Pistola, drogas e dinheiro apreendidos com traficantes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta segunda (30), a Polícia Civil prendeu cinco membros de uma quadrilha que traficava drogas em esquema de delivery em Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia. A operação foi o resultado de oito meses de investigações da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes e da 1ª Delegacia Territorial de Porto Seguro.

Das cinco prisões, quatro cumpriram mandados judiciais e uma foi feita em flagrante. Com os envolvidos, foram apreendidos 685 comprimidos de ecstasy, barras de maconha pesando 16,5 quilos, porções de haxixe e cocaína, uma pistola e 46 munições calibres 380, além de R$ 5.126,00.

O coordenador da 23ª Coorpin/Eunápolis, delegado Moisés Damasceno, disse que a prisão de um dos membros da quadrilha, em setembro de 2021, deu origem às investigações. [O preso] utilizava a atividade de motorista de aplicativo para camuflar e facilitar o tráfico de drogas”, explicou.

Também atuaram na operação policiais da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), da 2ª DT/Porto Seguro, Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur/Porto Seguro) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Eunápolis.