Técnico divulgou lista de convocados nesta sexta-feira (24)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Hoje (24), o técnico Tite convocou a Seleção brasileira para os jogos contra Venezuela, Colômbia e Uruguai, que vão ocorrer em outubro, pelas eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. Confira, abaixo, a lista completa.

Goleiros

Alisson (Liverpool)
Ederson (Manchester City)
Weverton (Palmeiras)

Laterais

Danilo (Juventus)
Emerson Royal (Tottenham)
Alex Sandro (Juventus)
Guilherme Arana (Atlético Mineiro)

Zagueiros

Eder Militão (Real Madrid)
Lucas Veríssimo (Benfica)
Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (Chelsea)

Meias

Casemiro (Real Madrid)
Edenílson (Internacional)
Everton Ribeiro (Flamengo)
Fabinho (Liverpool)
Fred (Manchester United)
Gerson (Oympique de Marselha)
Lucas Paquetá (Lyon)

Atacantes

Antony (Ajax)
Gabriel Barbosa (Flamengo)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Matheus Cunha (Atlético de Madrid)
Neymar (PSG)
Raphinha (Leeds)
Vinícius Júnior (Real Madrid)

JOGOS EM OUTUBRO

O primeiro confronto do mês que vem será contra a Venezuela no dia 7, no estádio Olímpico de La UCV, na capital Caracas. Depois, os brasileiros viajam para Barranquilla, onde vão enfrentar a Colômbia, no dia 10, no Metropolitano de Barranquilla. Os comandados de Tite finalizam os compromissos do mês em casa, na Arena da Amazônia, em Manaus, contra o Uruguai, no dia 14.

Para o secretário e vice-prefeito, Cross Day foi um sucesso || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O vice-prefeito e secretário de Esportes e Lazer, Enderson Guinho, avaliou positivamente o primeiro evento ao ar livre organizado pela pasta para os adeptos e simpatizantes do cross training. O 1º Cross Day Itabuna ocorreu na Praça Rio Cachoeira, no Góes Calmon (Beira-Rio), no último domingo, e envolveu praticas, centros de treinamento e empresas de suplementos, roupas e acessórios esportivos.

– O Cross Day foi um sucesso, reunindo já praticantes do crossfit e não praticantes que, seguindo as orientações dos profissionais de Educação Física, participaram desse treinão. Alcançamos o objetivo de motivar a prática do esporte ao ar livre, bem como incentivar a vida mais saudável. É uma proposta da gestão do prefeito Augusto Castro elevar o nível e a prática desportiva”, afirmou o secretário e vice-prefeito Enderson Guinho.

Primeiro Cross Day reuniu atletas de idades variadas na Beira-Rio

O vice-prefeito e secretário de Esporte e Lazer, Enderson Guinho, agradeceu a participação dos centros de treinamento que contribuíram para que o aulão fosse realizado. O evento envolveu os CTs Espartanos Cross, Crossfit Itabuna, SuperAção, Team Masters Itabuna, Route Centro de Treinamento e Dilson Andrade Centro de Treinamento.

O 1º Cross Day também contou com estandes de empresas esportivas – Performance Suplementos Itabuna, MS Suplementos Delivery, Drika Fitness, Baron Loja, ZB Esporte, Bravo’s Suplementos e Hortifruti CG, que apresentaram seguimentos variados entre suplementos, roupas e acessórios.

O QUE É O CROSS TRAINING

O cross training é uma modalidade da Educação Física em que se trabalham exercícios aeróbicos e anaeróbicos praticados em pequenos circuitos, que envolvem também exercícios de força com estímulo a todas as regiões do corpo. É voltada para qualquer pessoa que deseja praticar alguma atividade física. Além de aprimorar a saúde e o bem-estar, ajuda a diminuir o percentual de gordura e contribui no ganho de massa muscular. É indispensável ter sempre o acompanhamento de um profissional.

Atacante Rodallega marca um lindo gol contra o Bragantino|| Foto Jhony Pinho/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia deixou escapar mais dois pontos na luta para distanciar-se da zona de rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Jogando na noite de sábado (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Tricolor saiu na frente, mas permitiu o empate do Bragantino. O resultado de 1 a 1 deixou o time na 14ª colocação, com 23 pontos.

A partida começou animada na Arena Fonte Nova, mas oscilou muito no decorrer do primeiro tempo. Logo aos oito minutos, o Bragantino acertou o travessão, em chute colocado de Cuello. Aos 38, os visitantes chegaram de novo. Jadsom recebeu bola na área, fez o giro e chutou forte. Claus defendeu para o Bahia.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Vitinho chutou de fora da área e a bola foi para fora. O Bahia respondeu aos 44. Dentro da área, Ruiz finalizou e Cleiton defendeu.

LINDO GOL DE RODALLEGA

No segundo tempo, o jogo ficou mais agitado. Aos quatro minutos, Ruiz cabeceou no contrapé de Cleiton, que defendeu. Aos 16, o Tricolor Baiano abriu o placar na Arena Fonte Nova. O atacante Rodallega, de voleio, fez um bonito gol.

Dez minutos depois, o Massa Bruta buscou o empate. Cuello serviu o atacante Ytalo, que com a perna esquerda estufou as redes do mandante. O Bragantino quase virou aos 33 minutos. Helinho chutou com efeito e Mateus Claus espalmou para escanteio e o empate foi confirmado em Salvador.

O empate deixou o Bahia com dois pontos a mais que o América (MG), que abre a zona de rebaixamento. Mas o time mineiro tem duas partidas a menos. Na próxima rodada do Brasileirão, no domingo (26), às 16h, o Bahia enfrenta o Internacional, em Porto Alegre.

Flamengo recebe o Grêmio e pode até perder por 3 gols de diferença || Foto Lucas Uebel/Grêmio
Tempo de leitura: 2 minutos

Com a presença autorizada de torcedores nas arquibancadas do Estádio Maracanã, Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira (15), às 21h30min (horário de Brasília), para decidir o adversário do Athletico-PR em uma das semifinais da Copa do Brasil.

A vantagem rubro-negra é considerável. No jogo de ida, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, os cariocas golearam por 4 a 0. Os gols saíram todos no segundo tempo, mesmo após a expulsão do lateral-direito Mauricio Isla no fim da primeira etapa.

O atual bicampeão brasileiro se classifica até se perder por três gols de diferença no Rio de Janeiro. Ao Tricolor Gaúcho só uma vitória por cinco ou mais gols de saldo interessa. Caso os gremistas igualem o placar agregado, a decisão será nos pênaltis.

JOGO COM TORCIDA NO ESTÁDIO

A presença de público no jogo desta quarta-feira foi garantida por liminar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) favorável ao Flamengo, que obteve liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro para mandar três partidas com torcedores nas arquibancadas, que servirão como eventos-teste. Para o duelo contra o Grêmio, a capacidade autorizada no Maracanã é de quase 24,8 mil lugares (35% do total).

A liberação vai contra a vontade da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da maioria dos clubes da Série A do Brasileirão, que decidiram, em Conselho Técnico, promover a volta do público somente quando todas as cidades com times envolvidos na competição autorizarem a presença de torcedores. Na última sexta-feira (10), 17 das 20 agremiações da primeira divisão entraram com uma ação para suspender a liminar, mas o Tribunal indeferiu o pedido na terça-feira (14).

O Grêmio ameaçou não entrar em campo se o jogo tivesse venda de ingressos, mas a possibilidade perdeu força. O clube gaúcho entende que isso vai contra o protocolo de retorno da torcida aos estádios, que indica a realização de partidas de ida e volta sem público, em duelos eliminatórios, caso um dos times não tenha a mesma autorização para receber torcedores.

Governador Rui Costa estará em Camacan, no sul da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa retorna ao sul da Bahia, nesta quinta-feira (16), para compromissos públicos em Camacan. A agenda será aberta com a inauguração de quadra poliesportiva na Avenida Pioneiros, obra executada pela Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), às 9h.

Ainda em Camacan, será lançado o edital de licitação para reforma do ginásio de esportes do município. Conforme a assessoria do governador, Rui Costa também assinará ordem de serviço para modernização e ampliação do Colégio Polivalente.

Atacante Rodallega passou em branco contra o Santos|| Foto Fernando Luz/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

Jogando na Vila Belmiro, na noite deste sábado (11), Santos e Bahia ficaram no 0 a 0, em duelo pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor de Aço chegou aos 22 pontos, um a mais que o América (MG), que abre a zona de rebaixamento. Já o Peixe tem 23 pontos e aparece na 13ª colocação.

O Santos teve mais a bola no primeiro tempo, mas as principais chances de gol foram do Bahia. Com um minuto de jogo, o Lucas Mugni arriscou de fora da área e viu o goleiro santista evitar o gol. Na sequência, Gilberto esbarrou na marcação. Isnaldo tirou tinta da trave. E Rodallega também parou em João Paulo. Minutos antes do intervalo, o Peixe ensaiou uma pressão final, mas sem sucesso

INTERVALO

Depois das conversas nos vestiários, o Santos chegou mais ao ataque e enfim arriscou a primeira finalização, em cobrança de falta de Carlos Sánchez, mas Claus se esticou todo para salvar o Bahia, aos sete.

Sem conseguir furar o bloqueio baiano, o Peixe insistiu nos chutes de média distância, com Camacho e Gabriel Pirani. Do outro lado, o Bahia só voltou a assustar na marca dos 39, novamente com Rodallega. E, no último lance com Rodriguinho, que não conseguiu aproveitar contra-ataque para tirar o zero do placar.

O Bahia volta a campo no próximo sábado (18), quando recebe o Bragantino, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. A partida está marcada para às 21h. No mesmo dia e horário, o Santos joga contra o Ceará, no Estádio Castelão.

Vitória sofre derrota e segue na zona de rebaixamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

Não foi nesta sexta-feira (10) que o Vitória saiu da zona de rebaixamento. Jogando na noite de hoje, no Barradão, em Salvador, o Rubro-Negro baiano saiu na frente e teve chance de ampliar o placa na primeira etapa, mas voltou para o segundo tempo muito mal. Levou o empate, a virada e saiu de campo com a derrota por 2 a 1 para o Remo.

O duelo foi pela 23ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro da série B. A derrota deixa o Vitória na 17ª posição da tabela, com 23 pontos, à frente somente de Londrina (21), Brasil de Pelotas (16) e Confiança (14). O Rubro-Negro volta a campo no dia 17, em Santa Catarina, contra o Brusque.

Marcone Amaral anunciou criação da copa durante fórum regional || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Uma comissão composta por representantes do esporte dos municípios ligados aos consórcios (CDS-LS, Cima, Ciapra, Cimurc e Médio Sudoeste) e que integram a Amurc foi formada nesta quarta-feira (8), em Itajuípe, para discutir a retomada das atividades esportivas realizadas na região. A ideia, segundo o presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, é, por meio desse fórum, fortalecer o esporte e promover eventos nos municípios que formam os consórcios. Uma das competições já em estudo é a Copa do Cacau de Futebol.

Mais de 20 municípios associados a Amurc estiveram presentes no evento para a formação do I Fórum de Esportes. A proposta vai contemplar representantes de cada consórcio público para que sejam debatidas temáticas e os principais anseios da região no âmbito no esporte, informa a entidade municipalista.

Segundo o presidente da Amurc, Marcone Amaral, os prefeitos decidiram pela promoção da Copa do Cacau por consórcio. Os finalistas dos cinco consórcios disputarão o título da Super Copa do Cacau.

A competição, observa, deverá seguir todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19. A Super Copa terá finalíssima prevista para dezembro. “A proposta visa suprir esse momento em que os municípios não vão participar do Campeonato Intermunicipal devido aos custos e, além de fortalecer a região com jogos que vão envolver as cidades vizinhas”, destacou Amaral.

APOIOS

O prefeito de Barro Preto, Juraci da Saúde, parabenizou a iniciativa da Amurc e destacou que o município está apoiando o projeto. “Temos que abraçar essa oportunidade. Se torna mais fácil pensar o esporte, de maneira geral, de forma consorciada. Temos que fortalecer nossa casa, e precisamos voltar às atividades com todos os protocolos de segurança”.

O prefeito de Camacan, Paulo do Gás destacou que a ideia é trabalhar a municipalidade, juntos e de forma planejada. “Para a região, a melhor opção é fazer um evento nesse formato proposto, porque o intermunicipal gasta muito. É essencial para a região, a gente vai ter um público mais regionalizado e vai ser muito mais competitivo e dinâmico”.

ESCOLINHA DE FUTEBOL

A outra pauta apresentada pelo presidente da Amurc foi uma parceria firmada com o Esporte Clube Vitória para que os municípios associados possam investir na formação de crianças nas escolinhas de base de futebol, apoiadas pelo clube baiano. Ao aderir ao projeto, o Vitória supervisionará, gratuitamente, a formação de crianças acompanhadas pelo setor social e de educação da rede municipal.

Rodallega dá show em vitória elástica diante do Fortaleza || Foto Felipe Oliveira/ECBahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Há vários jogos sem saber o que é vencer, o Bahia acionou a artilharia contra o surpreendente Fortaleza, nesta sábado (4), no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Integrante do pelotão de frente do Brasileirão 2021, o adversário entrou em campo estampando a condição de favorito.

Quando a bola rolou, o Bahia se deu ao luxo de perder um pênalti, com Rodriguinho. Já no final do primeiro tempo, o colombiano Rodallega, recém-chegado ao Esquadrão de Aço e na primeira vez como titular, começou o show de gols. Ele anotou os quatro do gols da equipe em jogou de 4 a 2. Confira os gols no vídeo abaixo.

Bahia perde novamente pelo Campeonato Brasileiro || Jorge Rodrigues/AGIF
Tempo de leitura: < 1 minuto

A situação do Bahia na Série A do Campeonato Brasileiro está cada vez mais complicada. Jogando na noite desta segunda-feira (30), no Maracanã, no Rio de Janeiro, contra o Fluminense, o Tricolor Baiano perdeu, por 2 a 0, em partida válida pela 18ª rodada da competição. Os gols da partida foram marcados por Lucca e Bobadilla.

Com a derrota para o Fluminense, o Bahia estacionou nos 18 pontos, mesma pontuação que o América Mineiro, que abre a zona de rebaixamento. O Tricolor da Boa Terra volta a campo no próximo sábado (4), quando recebe o Fortaleza, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, às 21h, pela 19ª rodada.

Enquanto o Bahia fica cada vez mais perto da zona de rebaixamento, o Fluminense chega aos 21 pontos e subiu para a 13ª colocação. O time do Rio de Janeiro volta a jogar na próxima quinta-feira (2), para enfrentar o Juventude, novamente no Maracanã, em jogo adiado e válido pela 14ª do Campeonato Brasileiro.

Inscrições podem ser feitas até 8 de setembro
Tempo de leitura: < 1 minuto

Prorrogado o prazo para apresentação de propostas para o Bolsa Esporte. Os interessados no incentivo financeiro e técnico têm até 8 de setembro para se inscrever. O programa do Governo da Bahia prevê investimento de R$ 1,2 milhão.

O edital oferece benefícios mensais que variam de R$ 380 a R$ 2 mil para atletas baianos, desde a iniciação até o alto rendimento. O apoio é concedido pelo prazo de um ano e pode ser renovável por igual período. Serão atendidas 37 modalidades olímpicas e 21 paralímpicas, além de mais 25 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas.

Criado em 2011, o Bolsa Esporte já investiu nos seis editais cerca de R$ 4,8 milhões. Entre os atletas já contemplados, encontram-se o medalhista de ouro olímpico de 2021, Hebert Conceição, os também campeões olímpicos de boxe Adriana Araújo e Robson Conceição e os tetracampeões paralímpicos do Futebol de 5, Jéferson Gonçalves (Jefinho) e Cássio Lopes. Acesse aqui todas as informações.

Bahia tem namoro perigoso com a zona de rebaixamento || Foto Maxi Franzoi
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia está cada vez mais perto da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Jogando na noite de sábado (21), em Porto Alegre (RS), o tricolor perdeu por 2 a 0 para o Grêmio e caiu para 14ª colocação, com 18 pontos, a mesma pontuação que o São Paulo, que está no 15º lugar e, logo mais, às 20h30min enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. Os gols do Grêmio foram marcados por Borja e Diego Souza.

O Bahia deve perder também uma posição para o Fluminense, que às 20h recebe o Atlético Mineiro, o líder isolado do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos. O Tricolor Carioca tem 17 pontos e demitiu o treinador Roger Machado.

Bahia e Fluminense se enfrentam na próxima rodada, no dia 30, uma segunda-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro. A partida está prevista para as 19h.

Ciclismo cresceu na pandemia e exige mais segurança no trânsito || Foto Fábio Rodrigues-Pozzebom
Tempo de leitura: 7 minutos

Transformar a dor em uma ação positiva, ainda que em meio a processos muito difíceis, foi a experiência vivida pelo economista Persio Davison, de 73 anos. Da trágica morte de seu filho, Pedro Davison, atropelado por um motorista alcoolizado na chamada faixa presidencial do Eixão Sul, em Brasília, ele viu surgir, em todo o país, um movimento de conscientização e de mudanças de atitudes que, desde então, ajudam a melhorar as estatísticas de ciclistas mortos no trânsito.

Todos os esforços de conscientização culminaram na criação do Dia Nacional do Ciclista, em 19 de agosto.

“O Dia Nacional do Ciclista, para nós, é o dia da morte de nosso filho. Por outro lado, é, para a sociedade, um dia de conscientização e de busca por novos caminhos para a mobilidade. Um dia para lembrar que todos temos de ser protetores de todos, e que a realidade só será menos trágica se nos respeitarmos. Um dia para lembrar que temos o mesmo direito de respeito pela escolha sobre como queremos nos locomover”, disse Persio à Agência Brasil.

Foi no dia 19 de agosto de 2006 que, após participar de um churrasco em comemoração ao aniversário da filha Lulu, de 8 anos, que Pedro, aos 25 anos e com um curso de biologia recém-concluído, optou por fazer algo que estava muito acostumado: “dar um pedal”.

FORMA DE DIÁLOGO

O ciclismo, para ele, era mais que um modal de transporte. Era uma forma de manifestar todo o amor que sentia pela natureza e pela vida. Prova disso foi a viagem que fez a Trancoso, na Bahia. Foram 11 dias pedalando e fazendo novas amizades.

“Pedalar, para ele, era uma forma de diálogo com as populações locais. Ele pernoitava em quintais e na casa das pessoas que ia conhecendo. Meu filho fazia disso um modo de vida”, lembra Persio.

Em outra viagem, acompanhado de dois colegas, passou 45 dias pedalando pelo Tocantins e, no retorno a Brasília, margeou o Planalto Central na direção do Pantanal. “A vocação dele, como biólogo e ambientalista, estava presente também no ciclismo”, afirma Persio.

Após o impacto com um veículo a mais de 110 quilômetros por hora (km/h), o jovem Pedro foi arremessado a uma distância de 84 metros e morreu. O motorista Leonardo Luiz da Costa foi encontrado cerca de meia hora depois, tentando escapar de uma blitz no Setor de Indústria e Abastecimento. Ele estava alcoolizado. Sua placa já havia sido informada por um motociclista que testemunhou o crime. A história do biólogo é contada em um curta-metragem chamado Lulu Vai de Bike. Entre as atividades programadas pela organização não governamental (ONG) Rodas da Vida para o Dia Nacional do Ciclista em Brasília está a exibição do curta, às 19h, Espaço Infinu, na 506 Sul. Para acessar a programação, clique aqui.

Casal Persio e Beth Davison lidera ações por trânsito seguro para ciclistas || Foto Marcello Júnior/AB

“NÃO É ACIDENTE. É CRIME”

“O Dia do Ciclista é ato político. Teve sua origem, mas não é a ela que se volta e sim à defesa do direito de o ciclista ter sua mobilidade segura e respeitada. O foco está na construção e não nas tragédias de tantas perdas. A mensagem é de mobilização e futuro”, resume o pai da vítima, ao se referir à tragédia que, hoje, simboliza uma quebra de paradigmas.

O que antes era visto como “acidente”, desde então passou a ser percebido, tanto pela sociedade quanto pela Justiça, como “crime”.

“Não há acidentes, há crimes no trânsito. Não são circunstâncias acidentais: são decisões conscientes tomadas por um adulto que decide dirigir acima da velocidade permitida, sob efeito do álcool ou transgredindo qualquer outra norma das boas práticas ao volante”, argumenta a coordenadora administrativa da ONG Rodas da Paz, Joyce Ibiapina.

Toda a mobilização decorrente desse crime praticado contra Pedro Davison favoreceu um ambiente que, dois anos depois, em 2008, resultou em uma legislação que salvou muitas vidas no trânsito: a Lei Seca.

Persio lembra que, com a ajuda de organizações como a Rodas da Paz, um movimento tomou conta do país que, por meio do Congresso Nacional, criou leis visando uma “mobilidade respeitosa à vida, com um olhar para os ciclistas e pedestres”. Entre as causas defendidas pelo movimento está “o dever de reconhecimento, pelas leis e pela Justiça, da tipificação de crime no trânsito e a condenação e punição desses crimes pelo Judiciário”.

Na época, lembra Persio, havia o entendimento de que o tombamento impedia a construção de ciclovias em Brasília. “Hoje, o DF lidera a oferta de infraestrutura cicloviária, e a fiscalização mais efetiva tem coibido motoristas transgressores, a direção e o consumo de bebida”.

Em meio à luta pelos direitos dos ciclistas – e ao fato de seu filho ter se tornado um símbolo da causa – Persio e sua esposa, Beth Davison, tornaram-se conselheiros e, no caso dele, vice-presidente da ONG.

“Brasília tem seu simbolismo e cumpre esse papel de incentivo, motivando um movimento nacional para a transformação de nossas cidades e de nossa conduta, de forma a propiciar maior respeito aos ciclistas e aos pedestres, em relação a seus direitos e a uma mobilidade segura”, diz.

ECONOMIA, CLIMA E SAÚDE

A ONG desenvolve diversas ações nas quais apresenta a bicicleta como o “mais promissor dos veículos” para enfrentar a crise econômica, climática e de saúde que o país atravessa, agravada pela pandemia.

“O transporte por bicicleta é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela ONU Habitat como alternativa ao transporte coletivo e ao transporte individual motorizado, para que as pessoas façam seus deslocamentos com risco reduzido de contágio pela covid-19 e possam praticar exercícios físicos regularmente, o que aumentou o número de bicicletas no mundo todo”, relata Joyce Ibiapina, do Rodas da Paz.

UNIÃO DE CICLISTAS DO BRASIL

Outra entidade que atua na defesa dos direitos dos ciclistas é a União de Ciclistas do Brasil (UCB), que tem Felipe Alves como um de seus diretores. A entidade também aproveita a data de hoje para chamar a atenção ao “permanente descaso com ciclistas no trânsito”.

Ciclistas pedalam nas Paineiras, próximo ao Cristo Redentor, no Rio || Foto Fernando Frazão/AB

“Descaso por parte de motoristas, motociclistas e, principalmente, do Poder Público, tanto federal quanto estaduais ou municipais, que pouco se esforçam para tornar o trânsito mais seguro no Brasil, seja não atendendo às necessidades dos usuários mais vulneráveis (como pedestres e ciclistas), seja afrouxando as leis de trânsito e as punições previstas para condutores que não cumprem a lei”, declarou à Agência Brasil.

Leia Mais

Interior tem maior número de beneficiados com o FazAtleta
Tempo de leitura: < 1 minuto

A nova lista com atletas contemplados pelo Programa de Incentivo ao Esporte Amador, Olímpico, Paralímpico da Bahia (FazAtleta) foi divulgada, nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial do Estado. Foram 13 novas propostas selecionadas, ampliando o número de beneficiados para 70 projetos aprovados. Deste total, 51 atletas são do interior do estado.

Dos 4,5 milhões disponíveis para o programa em 2021, cerca de R$ 1,9 milhões estão comprometidos, contemplando nomes como o de Diego Ferreira dos Santos, do judô, Luan Veloso, da paracanoagem, e Natan Rodrigues, do tênis.

Hoje, cerca de 50 empresas investem, por meio do FazAtleta, em talentos do esporte distribuídos em 21 municípios do estado. Judô e ciclismo são as modalidades que mais tiveram propostas aprovadas. As duas modalidades juntas, somam 50 propostas. As outras modalidades são: natação, tênis, hipismo, rali, karatê, paracanoagem, triathlon e jet ski.

Canoístas do sul da Bahia vão disputar prova internacional
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Confederação Brasileira de Canoagem convocou três atletas do sul da Bahia para a prova Olympic Hopes 2021, competição internacional que será realizada de 9 a 12 de setembro, na cidade de Racice, República Tcheca. Foram chamados os canoístas Jonata Coutinho dos Santos, Evely Santos Gomes e Radija Ferreira da Conceição.

Além dos três canoístas, integram a delegação brasileira os técnicos Ronilson Matias de Oliveira, Figueiroa Conceição Souza e Álvaro Acco Koslowski. Jonata, Evely e Radija participaram das edições do projeto social de iniciação na canoagem Remando no Rio de Contas e que, no ano passado, foi rebatizado como Remando no Litoral Sul.

O projeto é mantido, desde 2017, pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb).
Os canoístas Jonata e Evely foram alunos do projeto social na edição 2019/2020. Radja participou no período 2020/2021. Os atletas baianos embarcam para o país europeu em 4 de setembro e retornam ao Brasil no dia 13 do mesmo mês.