Bahia vai para zona de rebaixamento|| Foto Felipe Oliveira
Tempo de leitura: < 1 minuto

O que dirigentes, jogadores e comissão técnica e torcida do Bahia temiam aconteceu na noite desta terça-feira (30), no Estádio Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul. O Juventude venceu o Bragantino por 1 a 0 e empurrou o Tricolor de Aço para zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time de Caxias do Sul chegou aos 43 pontos.

Com 40 pontos, o Bahia entra em campo na quinta-feira (2), quando fará um jogo atrasado da 32ª rodada do Brasileirão. A partida está marcada para às 18h, na Arena Fonte Nova, contra Atlético Mineiro, líder isolado (78 pontos), que pode torna-se campeão nacional em Salvador.

Além de vencer seus próximos jogos, o Bahia precisa ultrapassar uma das seguintes equipes: Atlhetico Paranaense, que tem 42 pontos; Cuiabá (43), Juventude (43) e Atlético (GO), que chegou aos 44 pontos. Neste momento, o Cuiabá enfrenta o Palmeiras e vai perdendo por 2 a 1.

Jogadores do Bahia comemoram gol de Rodallega|| Foto Heber Gomes
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia lutou até o fim, mas acabou derrotado por 2 a 1 pelo Atlético (GO), na noite desta segunda-feira (29), no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marlon Freitas e Janderson marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega descontou para o Tricolor.

O Bahia saiu atrás no placar, chegou a empatar, mas levou um gol aos 48 minutos do segundo tempo. Com a derrota, o Tricolor de Aço estacionou na 16ª colocação, com 40 pontos, a mesma pontuação do Juventude, que nesta terça-feira (30) enfrenta o Bragantino, às 19h, no Estádio Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul.

Caso vença a partida, o Juventude abrirá três pontos para o Bahia e empurrará o Tricolor para a zona de rebaixamento. O time baiano volta a campo no próximo domingo (5), quando receberá o Fluminense na Arena da Fonte Nova, em Salvador. A partida está marcada para às 16h.

Delegação da Canoagem de Itacaré embarcou no domingo (28)
Tempo de leitura: 2 minutos

Com uma delegação composta por 44 atletas, a Associação de Canoagem de Itacaré (ACI) seguiu, na tarde de domingo (28), para Cascavel (PA), onde disputará o Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem. A competição acontecerá de 2 a 5 de dezembro, no Lago Municipal. A equipe conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré e leva na bagagem a força e a experiência de grandes atletas, que neste ano conquistaram várias medalhas em campeonatos na Bahia e outros estados.

Atletas viajaram para o Paraná para o Brasileiro de Canoagem

Na semana passada a equipe de Itacaré conquistou a 3ª etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade, disputada na Orla I de Juazeiro, banhada pelas águas do Rio São Francisco. A competição reuniu cerca de 130 atletas dos municípios de Ubaitaba, Ubatã, São Félix, Itacaré, Maraú e Salvador.

Destaque nacional, a equipe itacareense venceu todas as três etapas do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade disputadas nesse ano. A primeira etapa foi no município de Itapetinga, a segunda na cidade de Itaetê e a terceira em Juazeiro, ambas escolhidas para sediar, pela primeira vez, uma etapa baiana de canoagem velocidade. Em outubro a equipe de Itacaré foi confirmada mais uma vez campeã por equipe da etapa do Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, disputada entre os dias 23 a 25, nas águas do Lago Paranoá, em Brasília.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, desejou sorte à equipe e parabenizou a Associação de Canoagem pelo trabalho que vem desenvolvendo, formando mais atletas e colocando o município no lugar mais alto do pódio. O prefeito destacou que o trabalho desenvolvido pela Associação de Canoagem de Itacaré tem transformado esses atletas em grandes desportistas. Para Anízio, os canoístas são exemplos de superação para crianças e jovens da cidade e motivo de orgulho para todos.

Delegação de Ubaitaba é composta por 38 atletas

Outra equipe do sul da Bahia que embarcou confiante para o Paraná, no final de semana, foi a da Associação Cacaueira de Canoagem. A delegação, que é composta por 38 atletas e três dirigentes, viajou com apoio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda Esportes da Bahia, Superintendência do Desporto da Bahia (Sudesb) e Prefeitura de Ubaitaba.

Vitória cai para série C do Campeonato Brasileiro|| Foto Bahia Notícias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais uma página triste na história do futebol baiano. O Vitória perdeu em casa para o Vila Nova e foi rebaixado para Série C do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro chegou à última rodada da série B precisando de uma combinação de resultados para não cair. Isso incluía vencer no Barradão, o que não ocorreu, e torcer pelas derrotas de Londrina e Remo.

O Vitória perdeu de 1 a 0 para o Vila Nova e encerra a sua participação na série B do Campeonato Brasileiro na 18ª colocação, com 40 pontos, quatro a menos que o Londrina, que nesta última rodada bateu o Vasco por 3 a 0.

O Vitória teve um início de série B do Campeonato Brasileiro ruim e, nas últimas rodadas até parecia que iria escapar, mas oscilou muito entre altos e baixos. Mas o clima ruim não foi só dentro das quatro linhas. Jogadores chegaram a reclamar de salários atrasados e o presidente Paulo Carneiro foi afastado por suspeita de irregularidades. Hoje, 5.613 torcedores acompanharam de perto a queda do Rubro-Negro baiano.

Clique aqui para seguir o Pimenta no Instagram

 

Bahia vai para zona de rebaixamento|| Foto Felipe Oliveira
Tempo de leitura: 2 minutos

Lutando pela permanência no Campeonato Brasileiro e com mais de 30 mil torcedores apoiando, o Bahia conquistou, na noite desta sexta-feira (26), em Salvador, uma vitória fundamental. Em confronto direto contra o Grêmio, pela 36ª rodada da competição, o Tricolor de Aço venceu o time gaúcho por 3 a 1, na Arena Fonte Nova.

Com o resultado, o Bahia chegou aos 40 pontos e deixou a zona de rebaixamento, com a mesma pontuação que o Juventude. Enquanto a equipe gaúcha segue na 18ª posição, com 36 pontos. O Tricolor de Aço volta a campo no próximo dia 29, quando enfrenta o Atlético (GO), às 19h, em Goiânia.

INÍCIO EM RITMO ACELERADO

O Bahia começou o jogo em ritmo acelerado, pressionando no ataque desde os primeiros minutos. Não demorou muito e a estratégia surtiu efeito. Aos 12 minutos, Rodriguinho fez o lançamento, que chegou nos pés de Matheus Bahia, o camisa 79 não perdoou e bateu cruzado para o fundo das redes. Ainda rondando o campo ofensivo, o time baiano ampliou a contagem com Raí, depois de um vacilo da defesa adversária, aos 17.

Com a vantagem construída, o Bahia recuou e o Grêmio passou a ter mais a bola. No entanto, a equipe gaúcha encontrou dificuldades para furar a boa marcação do Tricolor de Aço. Na melhor oportunidade gremista, Alisson viu Danilo Fernandes fazer grande defesa, aos 44.

Depois do intervalo, o duelo ganhou em equilíbrio. Borja, aos seis, assustou para o Grêmio. Enquanto Rossi e Gilberto responderam para o time da casa. Já aos 16, o Grêmio voltou ao ataque com Rafinha, que aproveitou uma sobra, após cobrança de escanteio, e soltou o pé, no meio do caminho Thiago Santos fez o desvio providencial para balançar as redes: 2 a 1.

No minuto seguinte, os donos da casa tiveram a chance do terceiro com Gilberto, mas Gabriel Grando fez a defesa. Aos poucos, o ritmo do duelo diminuiu. Mas, já na marca dos 39 minutos, Daniel apareceu na esquerda e bateu colocado para decretar o triunfo do Bahia.

Só um milagre salva o Vitória do rebaixamento || Foto Célio Junior
Tempo de leitura: < 1 minuto

Jogando no Estádio Rei Pelé, em Alagoas, na noite desta segunda-feira (22), o Vitória perdeu por 3 a 1 para o CRB, pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro segue na zona de rebaixamento, com 40 pontos, e depende de uma combinação de resultados para não ser rebaixado para Série C.

O Vitória só não cairá para a terceira divisão do Campeonato Brasileiro se vencer o Vila Nova, no domingo (28), e Londrina e Remo tropeçarem. A partida do Rubro-Negro contra a equipe de Goiás está prevista para às 16h, no Estádio Barradão, em Salvador. O Londrina recebe o Vasco e; o Remo, em casa, joga contra o Confiança, que já está rebaixado.

Já o CRB está na disputa por uma vaga para série A do Campeonato Brasileiro de 2022. A equipe de Alagoas está na quinta colocação na tabela, com 60 pontos, atrás de Avaí (61), Goiás (64), Curitiba (64) e Botafogo (68). Os três primeiros colocados já estão com vagas garantidas na elite do futebol brasileiro. Já o Avaí depende si mesmo para voltar à Série A.

Bahia joga mal e fica no empate com o Cuiabá|| Foto Jhony Pinho
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia segue na zona de rebaixamento. Jogando na noite deste domingo (21), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time não conseguiu sair do 0 a 0 contra o Cuiabá. Com o resultado, o Tricolor de Aço permanece na 17ª posição, com 37 pontos, e o Cuiabá, com 43, ocupa o 11º lugar.

No primeiro tempo da partida, o Bahia teve mais posse de bola, mas não transformou a vantagem em chances claras de gol. O Cuiabá, por sua vez, foi buscando espaços e criou as principais oportunidades de abrir o placar.

Aos 17 minutos, Max aproveitou sobra após escanteio e finalizou de primeira para tirar tinta da trave de Danilo Fernandes, do Bahia. Depois, o meia deu passe para Rafael Gava, que mandou para o fundo das redes, mas o impedimento foi marcado no início da jogada. O time de Mato Grosso seguiu pressionando mais e quase saiu na frente em duas chegadas de Jenison – em uma delas, o atacante cabeceou sozinho, mas para fora.

PAROU NO TRAVESSÃO

Na volta do intervalo, o Bahia se organizou melhor ofensivamente e passou a levar perigo à meta defendida por Walter. Em uma das chegadas, aos 25 minutos, Rossi finalizou rasteiro de fora da área e exigiu boa intervenção do goleiro visitante. Depois, Rodriguinho ganhou de Uillian Correia e chutou de longe, por cima do gol.

Com uma postura diferente da etapa inicial, a equipe do Mato Grosso não deu trabalho para Danilo Fernandes. A última boa chance do jogo, já nos acréscimos, foi do time baiano. Rossi cruzou na medida para Rodallega, que subiu bem e cabeceou no travessão.

Nikão marcou o gol do título
Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de três anos, o Athletico-PR voltou a vencer a Copa Sul-Americana. Em final brasileira, numa partida truncada, o Furacão superou o adversário por 1 a 0. A decisão foi neste sábado (20), no estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai, mesmo local onde também será decidido o título entre Flamengo e Palmeiras, no próximo sábado (27).

Em jogo marcado por poucas chances claras de gol, Athletico-PR manteve sua estratégia de contra-ataque e foi superior nas poucas oportunidades que teve em campo. O único gol da partida foi marcado por um remanescente do título de 2018, Nikão.

Bahia perde para o Sport e afunda na zona de rebaixamento|| Foto Rafael Vieira
Tempo de leitura: < 1 minuto

No confronto dos desesperados, o Bahia perdeu de 1 a 0 para o Sport, na Arena Pernambuco, em Recife, na noite desta quinta-feira (18), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor de Aço estacionou na 17ª colocação, com 36 pontos e ficou mais perto da Série B  do próximo ano. O Sport está na 18ª, com 33 pontos. O gol da partida foi marcado por  Paulinho Moccelin.

O Bahia está a três pontos de Atlético-GO e Juventude, que, na quarta-feira (17), venceu o Fluminense por 1 a 0, chegou aos 39 pontos e saiu da zona de rebaixamento.  Na próxima rodada, no domingo (21), o Tricolor Baiano enfrenta o Cuiabá, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A partida está marcada para as 19h.

O Bahia precisa vencer para continuar sonhando com a permanência na Série A do Brasileiro.  Depois de enfrentar o Cuiabá, o Tricolor pegará o Atlético-GO fora de casa, no próximo dia 29, uma segunda-feira.  Na sequência jogará contra Grêmio, Fluminense e Atlético Mineiro, em Salvador. A partida contra o Galo Mineiro, válida pela 32ª rodada, foi adiada para 2 de dezembro.

O Bahia encerra a participação no Campeonato Brasileiro deste ano no dia 9 de dezembro, contra o Fortaleza, no Estádio Castelão, na capital do Ceará. A partida está prevista para começar às 21h30min.

Brasil enfrenta a Argentina pelas Eliminatórias da Copa 2022 || Foto Lucas Figueiredo/CBF/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

A classificação à Copa do Mundo do Catar já estar assegurada em nada diminui o peso de um clássico entre Brasil e Argentina. Nesta terça-feira (16), às 20h30 (horário de Brasília), os rivais sul-americanos duelam pela 14ª rodada das Eliminatórias, no estádio Bicentenário, na cidade argentina de San Juan.

O duelo opõe os dois primeiros colocados das Eliminatórias. Invicto, o Brasil lidera com 34 pontos (11 vitórias e um empate) e tem o melhor ataque (27) e a defesa menos vazada (quatro). A Argentina também não sabe o que é derrota na disputa e aparece em segundo lugar com 28 pontos (oito vitórias e quatro empates).

Apesar de o Brasil estar com a vida resolvida rumo à Copa, Tite fechou o último treino antes da viagem à Argentina, na segunda-feira (15), liberando apenas o registro de imagens do aquecimento na transmissão do canal da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no YouTube.

No domingo (14), o técnico esboçou a provável formação que mandará à campo nesta terça-feira com três novidades em relação à equipe que venceu a Colômbia por 1 a 0 na última sexta-feira (12), na Neo Química Arena, em São Paulo: o zagueiro Thiago Silva, o volante Casemiro (suspenso) e o atacante Gabriel Jesus deram lugar a Éder Militão, Fabinho e Matheus Cunha, respectivamente.

A única diferença neste time será Neymar, já que o atacante sentiu dores no adutor da coxa esquerda no treino de segunda (15) e sequer viajou à San Juan. O provável substituto será Vinícius Júnior, que também atua pelo lado esquerdo. Assim, a seleção deve enfrentar a Argentina com Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Matheus Cunha e Vinícius Júnior. Com Agência Brasil.

Gaciba deixa Comissão de Arbitragem da CBF após sucessão de erros || Foto Lucas Figueiredo/CBF
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) demitiu Leonardo Gaciba, presidente da comissão de arbitragem, e anunciou uma reformulação na estrutura do órgão. Segundo nota da entidade, a decisão tomada na manhã desta sexta-feira (12) ocorreu após reunião entre Ednaldo Gomes, presidente da entidade, e o próprio Gaciba.

Houve entendimento mútuo da necessidade de uma mudança com a implementação de novos procedimentos visando maximizar os acertos e minimizar os erros de todos os envolvidos”, disse a CBF em nota oficial.

O atual vice-presidente da comissão, Alício Pena Júnior, assumira assumirá interinamente a vaga deixado por Gaciba, que estava no cargo desde 2019. Pena Júnior ficará responsável por acompanhar a arbitragem brasileira nas competições até o final deste ano.

A demissão de Leonardo Gaciba ocorre no dia seguinte à marcação contestada de um pênalti pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo, que originou o primeiro gol do Flamengo na noite de ontem (11), na vitória contra o Bahia por 3 a 0. Araújo anotou o pênalti ao ver toque do braço do zagueiro Conti na bola. Após chamado pelo Árbitro de Vídeo (VAR), Araújo revisou o lance e manteve o pênalti.

Bahia perde para o Flamengo e segue ameaçado de rebaixamento|| Thiago Ribeiro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia perdeu de 3 a 0 para o Flamengo, na noite desta quinta-feira (11), no Maracanã, no Rio de Janeiro, em duelo que encerrou as disputas da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor Baiano segue em 16º lugar, com 36 pontos. Já o Rubro-Negro chegou aos 57 pontos e segue na terceira posição.

O Flamengo teve mais volume de jogo durante o primeiro tempo, enquanto o Bahia se fechou na defesa e apostou nos contra-ataques. Mesmo com mais presença ofensiva, o Rubro-Negro criou pouco, mas, aos 31 minutos, Gabi, de pênalti, abriu a contagem no Maracanã.

Na sequência, o Tricolor Baiano passou a jogar com um a menos, após expulsão de Matheus Bahia. Mesmo em desvantagem numérica, os visitantes ainda tiveram chance de empatar a partida com Nino Paraíba, que parou em grande defesa de Hugo.

MAIS EXPULSÕES

Na volta do intervalo, o Flamengo se lançou ao ataque. Thiago Maia, aos dois, viu Danilo Fernandes evitar o segundo. Gabi, aos dez, quase marcou mais um. Até que, aos 12, Vitinho fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Michael ampliar o marcador.

Nos minutos seguintes, Rossi, pelo lado tricolor, e Diego Ribas, pelo Flamengo, também receberam o cartão vermelho. Com espaços no campo, o Rubro-Negro manteve a pressão. E, aos 43, Andreas Pereira avançou pelo meio e livre de marcação arriscou o chute rasteiro para fechar a conta no Rio de Janeiro: 3 a 0.

Evento reunirá atletas de regionais a partir de 18 de novembro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O beach tennis conquista cada vez mais adeptos em Itabuna. Pelo menos três locais são usados para a prática do esporte que está virando uma febre no país – AABB, Praça Hélio Lourenço (Beira Rio) e Cidadelle House (com 6 quadras). A novidade é que, de 18 a 21 de novembro, haverá uma competição aberta para reunir os praticantes.

O 1° Open Beach Tennis será realizado no condomínio Cidadelle House. Os interessados podem se inscrever até o dia 16, pelo aplicativo TennisUp. O evento é promovido pelo Grupo LP Cardoso, com corpo técnico  formado por “Andrezinho” e Vitória. “A nossa empresa costuma investir e patrocinar esportes. Nós, proprietários, somos atletas e, por isso, resolvemos incentivar esse esporte que está crescendo tão fortemente no Brasil e no mundo inteiro”, explicou Lícia Cardoso, CEO do grupo.

PROGRAMAÇÃO

Pela programação, no dia 18 haverá treinamento, ministrado por profissionais renomados, para quem nunca jogou ou quer melhorar no beach tennis, com turmas Infantil, Iniciante, Intermediária e Avançada. Os jogos serão disputados na noite do dia 19 e nos dias 20 e 21.

A dentista e professora universitária Vanessa Barreiros pratica Beach Tennis há seis meses e está entusiasmada para participar do evento. “Acredito que vai ser importante para estimular o Beach Tennis na cidade de Itabuna. Além disso,  vamos poder trocar experiências com outros praticantes. Estou com uma ótima expectativa pra esse evento pioneiro e convido as pessoas a participarem, quem já pratica e também quem quer aprender”.

Daniel e sua magrelinha em ação na trilha do Itariri, zona rural de Ilhéus
Tempo de leitura: 2 minutos

Daniel Santos, 40 anos, fez da bicicleta a companhia preferida para conciliar a prática de atividade física com os momentos de lazer. Entrou de vez no mundo do pedal em 2018, depois que conheceu grupos de ciclistas de Ilhéus. Empolgado com o esporte, criou o perfil Ciclo Sul Bahia no Instagram para compartilhar suas experiências com outros atletas amadores. Há pouco mais de um mês, estreou canal com o mesmo nome no Youtube, onde apresenta o programa Papo de Pedalamento, sempre às quintas-feiras, às 20h.

“Eu já tinha um canal no Youtube, mas não movimentava, até que resolvi convidar amigos e conhecidos para participarem contando suas histórias”, explica ao PIMENTA o engenheiro de sistemas de 40 anos, que também passou a cobrir eventos de ciclismo no sul do estado.

Além de Ilhéus, Daniel e os amigos costumam fazer percursos em cidades vizinhas, a exemplo de Itabuna, Buerarema e Arataca. Também já fizeram trilhas fora da região sul do estado, em Itambé, no sudoeste baiano.

Daniel no momento de descanso após a trilha para o Rio do Engenho

A zona rural da Princesinha do Sul oferece condições ideais para a prática do mountain bike, explica Daniel, citando as trilhas de Sambaituba, Rio do Engenho, Coutos e Itariri.

Perguntado sobre a evolução da zona urbana de Ilhéus para a prática do esporte, o ciclista disse que a cidade melhorou muito nos últimos anos e hoje, em uma escala de 0 a 10, merece nota 7. O que ainda falta melhorar? “Maior participação da sociedade nas decisões do poder público sobre a organização do trânsito”, respondeu.

O atacante Rossi marcou o único gol da partida
Tempo de leitura: 2 minutos

O Bahia venceu o São Paulo pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Jogando na noite deste domingo (7), na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Tricolor de Aço bateu o adversário por 1 a 0. Rossi marcou o gol da partida.

Com a vitória, o Bahia chega aos 36 pontos e à 14ª posição. Já o São Paulo, com 37, é o 15º colocado. O time baiano tem vantagem de seis pontos sobre o Sport, que abre a zona de rebaixamento, com 30 pontos. O Bahia volta a campo na quinta-feira (11), contra o Flamengo, às 19h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O JOGO

O Bahia teve as melhores oportunidades da primeira etapa em seu estádio. O Tricolor de Aço quase marcou aos 14 minutos, em finalização de Juninho Capixaba, colocada, que Volpi espalmou para escanteio. Já aos 16, Gilberto recebeu na meia-lua, finalizou e a bola saiu com perigo.

A melhor chance do São Paulo foi aos 20, quando Rigoni fez bela jogada, limpou o goleiro e levantou para Luciano, mas o atacante não conseguiu desviar para as redes. Aos 28, Gilberto recebeu o cruzamento de Nino e acertou uma pancada que levou perigo.

A pressão continuou, e Volpi evitou o gol após Gilberto cabecear na pequena área, operando uma grande defesa. Com isso, o placar foi zerado para o intervalo. O segundo tempo iniciou de maneira mais equilibrada, mas, a partir dos nove minutos, o Bahia voltou a ter o domínio do jogo e voltou a pressionar.

A altura, Gilberto recebeu na área, driblou Miranda e chutou cruzado, a bola desviou na defesa e quase entrou. O Esquadrão de Aço seguiu tendo o domínio das jogadas ofensivas e ameaçou principalmente em bolas alçadas na área.

O GOL DO BAHIA

O gol da partida ocorreu aos 31 minutos. O goleiro Volpi, do São Paulo, afastou a bola após cobrança de falta. Rossi pegou o rebote pelo lado esquerdo, dentro da área, ajeitou e bateu colocado, para vencer o arqueiro e marcar um belo gol em Salvador.

Em desvantagem, o São Paulo ficou mais com a posse e tentou pressionar, mas não conseguiu ser efetivo. A melhor oportunidade foi com Benítez, aos 44, em chute de fora da área que Danilo Fernandes espalmou. Com isso o placar terminou 1 a 0 para o Bahia.