Moradores de Itabuna faturam R$ 50 mil na Nota Premiada Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ganhador de R$ 100 mil na Campanha Nota Premiada desta vez é do interior da Bahia. Ou melhor! É uma sortuda. Ela é moradora de Milagres, município de pouco mais de 11 mil moradores, localizado no centro sul do estado. A campanha, que integra o Programa de Educação Fiscal do Governo do Estado, também contemplou outros 90 participantes com prêmios de R$ 10 mil cada.

O resultado do sorteio de junho foi divulgado nesta quinta-feira (27), premiando 52 moradores da capital e 39 do interior baiano. Depois de Salvador, os municípios com maior número de ganhadores foram Vitória da Conquista, com seis; Feira de Santana e Itabuna, com cinco cada uma; e Paulo Afonso, com três ganhadores; Barreiras e Lauro de Freitas, com dois cada.

A lista de ganhadores no sorteio de junho inclui moradores de Alagoinhas, Brumado, Camaçari, Campo Formoso, Canavieiras, Caravelas, Dias D´Ávila, Euclides da Cunha, Ibotirama, Itaberaba, Itamaraju, Jequié, Juazeiro, Milagres (prêmio de R$ 100 mil), Santo Antônio de Jesus e Valença. Acesse aqui a lista de ganhadores da Nota Premiada Bahia.

A Nota Premiada conta atualmente com mais de 774 mil participantes inscritos. Desde fevereiro de 2018, os sorteios da campanha já premiaram 4.957 pessoas, das quais 3.002 moram na capital, 1.954 no interior e uma fora do estado.

Moradores de Itabuna, Ilhéus, Ipiaú e Ubatã estão entre os ganhadores da Nota Premiada Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

Com três sortudos cada, Itabuna e Ipiaú estão entre os municípios do interior com maior número de ganhadores da Campanha Nota Premiada Bahia, no sorteio de maio. Itabuna e Ipiaú só tiveram menos contemplados que Feira de Santana, com seis ganhadores, e Simões Filho, com quatro.

A lista de municípios do sul da Bahia com sorteados neste mês inclui ainda Ilhéus e Ubatã, com um sortudo cada. O prêmio individual é de R$ 10 mil. O prêmio no valor de R$ 100 mil saiu para uma moradora de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador.

Dos 90 prêmios de R$ 10 mil, 48 foram para Salvador e 42 para os demais municípios. No interior, além de Feira de Santana, Simões Filho, Itabuna e Ipiaú, as cidades com mais ganhadores são Camaçari e Lauro de Freitas, com três pessoas premiadas cada uma.

Na sequência estão Jequié e Porto Seguro, com dois sorteados em cada cidade. A lista é completada por 17 municípios com um sorteado cada: Campo Formoso, Carinhanha, Dias D´ávila, Entre Rios, Euclides da Cunha, Eunápolis, Ilhéus, Irecê, Itamaraju, Jaguaquara, Juazeiro, Paulo Afonso, São Sebastião do Passé, Teixeira de Freitas, Ubatã, Valença e Vitória da Conquista. Acesse a lista de sortudos aqui.

Para participar da Nota Premiada Bahia, basta se cadastrar uma única vez, preenchendo o formulário disponível no site www.notapremiadabahia.ba.gov.br, e, após essa etapa, pedir para inserir o CPF na nota fiscal a cada compra realizada em estabelecimentos comerciais de toda a Bahia.

FILANTRÓPICAS

O participante, no ato do cadastro, escolhe até duas instituições filantrópicas que integram o programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, uma da área social e outra da área de saúde, para doar as suas notas eletrônicas.

A cada quatro meses, as notas compartilhadas transformam-se em repasses de R$ 5 milhões distribuídos entre as entidades ativas no programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, que hoje somam 533 ativas e regulares.

Lacen identifica variante de Omicron na Bahia || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou a linhagem BQ.1 da variante Ômicron em amostras de Sars-CoV-2 (vírus causador da Covid-19) de moradores da Bahia, em nova rodada de sequenciamento genético. Foram sequenciadas ao todo 128 amostras coletadas em outubro e novembro e a BQ.1 representa 32% deste total.

As identificações da linhagem BQ.1 foram em materiais provenientes dos municípios de Salvador, Candeias, Conceição do Coité, Dias D’Ávila, Euclides da Cunha, Ilhéus, Lauro de Freitas, Mairi, Porto Seguro, Ruy Barbosa, São Sebastião do Passé e Simões Filho. Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, houve aumento no número de casos de Covid-19 nesses municípios.

Os genomas sequenciados correspondem em 100% a variante Ômicron, sendo 3,2% (4/128) da linhagem BA.1; 1,6% (2/128) da linhagem BA.2; 18,0% (23/128) da linhagem BA.4; 42,1% (54/128) da linhagem BA.5; 32,0 % (41/128) da linhagem BQ.1 e 0,8% (01/128) para cada uma das linhagens BE.1, BE.9, BF.33 e XBB.2. Além do sequenciamento feito pelo Lacen-BA, a Fiocruz/BA detectou mais três amostras com a BQ.1.

Parlamentar foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo || Foto Polícia Civil
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu um vereador de Dias D’Ávila, na Região Metropolitana de Salvador, nesta terça-feira (18), acusado de ameaçar um colega de parlamento, com uma arma de fogo, no dia 1º de setembro passado.

Durante as buscas na casa do vereador, que não teve o nome divulgado, os policiais encontraram a pistola usada no crime e 50 munições. “Por se tratar de arma sem registro, o parlamentar recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido juntamente com o material apreendido para a unidade policial”, explicou o titular da 25ª Delegacia Territorial, delegado Bruno Pereira Oliveira da Silva.

O homem será ouvido na unidade que investiga os crimes de ameaça e porte ilegal de arma de fogo. Depois, passará por exames de corpo de delito, no Departamento de Polícia Técnica, onde ficará à disposição da Justiça.

Vírus Ômicron vem causando dezenas de mortes na Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou que 93% dos novos casos de coronavírus na Bahia são da variante Ômicron. A diretora-geral do Lacen-BA, Arabela Leal, explica que a escolha das amostras para o sequenciamento é baseada na representatividade de todas as regiões geográficas do estado.

De acordo com o Lacen, em paralelo ao crescimento do número de casos, há uma tendência de elevação nas hospitalizações e óbitos, sobretudo, em pacientes que não se vacinaram ou que estão com esquema vacinal incompleto. Os resultados do levantamento foram divulgados no boletim desta quinta-feira (17).

A secretária estadual da Saúde (Sesab), Adélia Pinheiro, destaca a importância da terceira maior unidade de vigilância laboratorial do Brasil no monitoramento da Covid-19. “São mais de 1.700 sequenciamentos desde o início da pandemia, e, nesta última rodada, das 61 amostras, 57 eram da variante Ômicron e apenas 4 da variante Delta”.

Os casos foram identificados de moradores de Abaré, Acajutiba, Alagoinhas, Alcobaça, Amargosa, Amélia Rodrigues, Andaraí, Antônio Cardoso, Araçás, Araci, Aramari, Barra do Choça, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Bonito, Boquira, Caculé, Cairú, Canarana, Carinhanha, Coronel João Sá, Cruz das Almas, Dias D’Ávila.

Também em Euclides da Cunha, Ibicaraí, Ibotirama, Irecê, Jequié, Lajedo do Tabocal, Lapão, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Rafael Jambeiro, Salvador, Santa Brígida, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Serrolândia, Simões Filho e Vitória da Conquista.

Leia Mais

A vacina contra a influenza ainda é a melhor proteção
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia registrou, entre 1º de novembro de 2021 até esta segunda-feira (1º), 2.336 casos de influenza H3N2. Desse total, 1.083 (47,3%) são moradores de Salvador e os demais de outros 199 municípios. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, 486 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 113 pacientes evoluindo a óbito.

As mortes foram registradas nos municípios de Cabaceiras do Paraguaçu, Camaçari, Canavieiras, Candeias, Catu, Cruz das Almas, Curaçá, Dias d’Avila, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Itagimirim, Ituberá, Jacobina, Jequié, Jiquiriçá, Laje, Mairi, Maragogipe, Mulungu do Morro, Nazaré, Pojuca, Ribeira do Pombal, Salvador, São Sebastião do Passé, Sapeaçu, Simões Filho, Tanquinho, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Urandi e Valença.

Do total de óbitos, 61 (53,9%) foram do sexo feminino e 52 (46,1%) do sexo masculino. A maioria ocorreu na faixa etária de 80 anos ou mais (61 óbitos; 53,9%). Os demais ocorreram nas faixas de 70 a 79 anos (21 óbitos), 60 a 69 anos (9), 50 a 59 anos (10), 40 a 49 anos (7), 30 a 39 anos (3) e 10 a 14 anos (2).

Do total de pessoas que não resistiram à gripe H3N2 10 foram vacinadas contra Influenza. No que se refere ao tratamento com antiviral, 33 (29,2%) utilizaram o oseltamivir (Tamiflu). Verificou-se a presença de comorbidades e/ou condições de risco para agravamento da doença em 89 (69,9%) óbitos.

INFECTADOS COM GRIPE H3N2 E COVID-19

O Laboratório Central de Saúde da Pública da Bahia (Lacen) confirmou 28 casos de infecção simultânea dos vírus da Influenza e Covid-19, denominada Flurona, notificados nos seguintes municípios: Alagoinhas (2), Camaçari (1), Feira de Santana (2), Juazeiro (1), Lauro de Freitas (1), Muniz Ferreira (1), Mutuípe (1), Salvador (16), Vitória da Conquista (1), Nordestina (1) e Itaetê (1).

Laboratório confirma casos da variante Ômicron no sul da Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou 49 amostras da variante Ômicron no estado. Esse total representa 76,5% dos 64 sequenciamentos genéticos realizados em amostras coletadas neste mês. Além da identificação da Ômicron, foram detectadas 12 amostras da variante Delta e as outras três ainda estão em análise.

Os casos da Ômicron foram identificados nos municípios de Adustina, Belmonte, Cândido Sales, Dias D’Ávila, Eunápolis, Feira de Santana, Firmino Alves, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itiruçu, Lauro de Freitas, Prado, Rui Barbosa, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Santo Antônio de Jesus, Uibaí e Vitória da Conquista. São 21 homens e 28 mulheres, sendo o mais novo com 5 meses e o mais velho com 87 anos.

A secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim, observa que o avanço da Ômicron tem provocado crescimento expressivo do número de casos ativos, atualmente em mais de 13 mil, ante uma média de 2 mil casos entre os meses de setembro e novembro do ano passado.

AUMENTO DE INTERNAÇÕES

Em paralelo ao crescimento do número de casos, há uma tendência de elevação nas hospitalizações, sobretudo, em pacientes que não se vacinaram ou que estão com esquema vacinal incompleto. “Hoje a Bahia tem mais de 1,8 milhão de pessoas que sequer tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19″, afirma Tereza Paim. Além disso, 4,6 milhões de baianos estão com esquema vacinal incompleto por não tomarem a segunda e terceira doses.

A escolha das amostras para o sequenciamento é baseada na representatividade de todas as regiões geográficas do estado da Bahia, casos suspeitos de reinfecção, amostras de indivíduos que evoluíram para óbito, contatos de indivíduos portadores de variantes de atenção (VOC) e indivíduos que viajaram para área de circulação das novas variantes com sintomas clínicos característicos.

A Lacen-BA já fez mais de 1.600 exames de sequenciamento genético do vírus da Covid-19.

Moradores de Itabuna, Ilhéus, Ipiaú e Jequié ganham R$ 180 mil na Nota Premiada Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Ipiaú é o município do sul da Bahia com maior número de ganhadores da campanha Nota Premiada Bahia de novembro. São três sortudos. Na lista dos contribuintes que vão embolsar o prêmio de R$ 10 mil cada um estão dois moradores de Itabuna, dois de Ilhéus e um de Ibirataia.

Outros municípios do interior da Bahia que tiveram ganhadores são Feira de Santana, com sete pessoas sorteadas; Alagoinhas (3), Simões Filho (2) e Lauro de Freitas (2). Com um ganhador estão Jequié, Brumado, Pojuca, Camaçari, Ribeira do Pombal, Dias D´Ávila, Paulo Afonso e Ruy Barbosa.

O município de Jeremoabo, no norte do estado, teve pela primeira vez uma ganhadora do sorteio da Nota Premiada Bahia e que ainda levou o maior prêmio da campanha de cidadania fiscal do Governo do Estado: R$ 100 mil. A acesse aqui a lista de ganhadores.

O resultado do sorteio de novembro da Nota Premiada saiu nesta segunda-feira (22), contemplando mais 90 pessoas com prêmios de R$ 10 mil cada uma. Desse total, 60 são moradores de Salvador e 31 do interior. A lista completa dos ganhadores pode ser consultada no site da campanha.

Proibida a venda de bebidas na semana de São João
Tempo de leitura: 3 minutos

A Bahia suspendeu a comercialização de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 18 deste mês até as 5h do dia 21 e também das 18h de 23 de junho até as 5h do dia 28. A medida tem o objetivo de evitar a propagação da Covid-19 e será publicada em decreto no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (15).

Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a proibição da venda de bebida alcoólica será das 20h de 18 de junho até as 5h de 21 de junho, bem como das 20h de 23 de junho até as 5h de 28 deste mês. A determinação envolve os municípios de Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz.

A venda de bebida alcoólica no fim de semana será liberada somente em municípios integrantes de regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

OUTRAS REGIÕES

O decreto desta terça-feira (14) também prorroga a restrição da locomoção de pessoas das 21h às 5h, em todo território baiano, até 29 de junho. Nos municípios localizados nas regiões da Chapada Diamantina, Oeste, Irecê, Jacobina, Sudoeste e Extremo-Sul, o toque de recolher vale das 20h às 5h.

Na RMS, a restrição de locomoção noturna será das 20h às 5h, no período de 18 a 20 de junho e também entre os dias 23 e 28 de junho. Nos demais dias, o toque de recolher permanece das 22h às 5h.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção noturna será válida das 22h às 5h.

TRANSPORTE

A circulação dos meios de transporte metropolitanos será suspensa das 20h30min às 5h, de 18 a 20 de junho e de 23 a 27 de junho. Nos demais dias, os meios de transporte metropolitanos não circulam das 22h às 5h, até 29 de junho.

Os ferry boats não vão circular nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho. Já nos dias 18, 23, 24, 25, a circulação ficará suspensa das 20h30 às 5h. Nos dias 15, 16, 17, 28 e 29, os ferry boats não funcionam das 22h30 às 5h.

As lanchinhas não circulam das 20h30 às 5h, nos dias 18, 19, 20, 23, 24, 25, 26 e 27. Já nos dias 15, 16, 17, 28 e 29, as lanchinhas não funcionam das 22h30min às 5h. A ocupação deve ser limitada ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho. Veja em leia mais como ficam outras atividades na Bahia.

Leia Mais

Bahia decide pela suspensão do toque de recolher até dia 17
Tempo de leitura: 3 minutos

Foi  prorrogado o toque de recolher, das 21h às 5h, em toda a Bahia, até 15 de junho. Nos municípios das regiões da Chapada Diamantina, oeste, Irecê, Jacobina, sudoeste e extremo-sul, a restrição será válida das 20h às 5h.

A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (8). Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição será válida das 22h às 5h.

Também fica proibida, em todo o território baiano, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), no período das 18h de 11 de junho até as 5h de 14 de junho.

A comercialização de bebida alcoólica no fim de semana será liberada somente em municípios integrantes de regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a restrição de locomoção noturna será das 20h às 5h, entre a próxima sexta (11) e segunda-feira (14). De terça (8) a quinta-feira (10), o toque de recolher permanece das 22h às 5h. A medida vale para os municípios de Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz.

Ainda na RMS, a venda de bebida alcoólica fica proibida em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 20h de sexta (11) até as 5h de segunda-feira (14). A circulação dos meios de transporte metropolitanos será suspensa das 22h30 às 5h, de terça-feira (8) a quinta-feira (10). Já de sexta (11) a domingo (13), os meios de transporte metropolitanos não circulam das 20h30 às 5h.

De terça (8) a quinta-feira (10), a circulação de ferry boats será suspensa das 22h30 às 5h. Na sexta-feira (11), os ferrys não circulam das 20h30 às 5h, ficando vedado o funcionamento no sábado (12) e no domingo (13).

As lanchinhas também não devem circular das 22h30 às 5h, de terça (8) a quinta-feira (10). Já entre sexta-feira (11) e domingo (13), as lanchinhas não circulam das 20h30 às 5h, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação no sábado (12) e domingo (13).

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75%, por cinco dias consecutivos, nas regiões de saúde. Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

EVENTOS

Os eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas continuam proibidos até 15 de junho, em todo o território baiano, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados. Segue suspensa ainda, até 15 de junho, a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes, além de atividades esportivas amadoras em todos os municípios baianos.

Os eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas. Já os atos religiosos litúrgicos ficam permitidos mediante a ocupação máxima de 25% da capacidade do local. O funcionamento das academias também permanece autorizado mediante a ocupação máxima de 50%.

Continua vedada, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 15 de junho, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

Órgão da Sesab não recomenda viajar para Porto Seguro e outros 31 municípios baianos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Documento da Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde, órgão da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), não recomenda viajar para 32 municípios baianos – dentre eles Itabuna, Ilhéus e Porto Seguro – por causa da confirmação de casos de infecção por covid-19 por variantes originárias de Manaus e do Reino Unido, consideradas mais agressivas. A revelação do documento foi feita pelo Política Livre, de Salvador.

A variante P.1, descoberta em Manaus (AM), foi detectada em Amargosa, Anguera, Brumado, Camaçari, Cipó, Conceição do Jacuípe, Cruz das Almas, Dias D’Ávila, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itabuna, João Dourado, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luis Eduardo Magalhães, Mutuípe, Porto Seguro, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Salvador, Santa Luz, Santo Antonio de Jesus, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Serra Preta, Serrinha e Tanhaçu.

A variante B.1.1.7, descoberta inicialmente no Reino Unido, foi identificada em pacientes em Ilhéus, Itapetinga, Lauro de Freitas, Prado e Salvador. “As variantes identificadas demandam especial atenção do Poder Público e da população em razão de mutações capazes de acarretar maior transmissibilidade e maior gravidade do caso clínico”, diz o comunicado assinado por Talita Moreira Urpia, coordenadora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-BA).

Transporte intermunicipal é suspenso em mais de 350 cidades no estado
Tempo de leitura: 3 minutos

Arataca e Contendas do Sincorá terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (15). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 31 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Abaíra, Baianópolis, Baixa Grande, Barra da Estiva, Barra do Mendes, Boninal, Coribe, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibipitanga, Jacaraci, Nova Redenção, Rodelas e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira a lista no “leia mais”, abaixo.Leia Mais

Foto Reprodução
Tempo de leitura: 3 minutos

Barra do Rocha, Caturama, Ituaçu e Novo Horizonte terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sábado (11). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (10).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lajedão e Malhada, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira, no “leia mais”, os 378 municípios com restrição.Leia Mais

Toque de recolher começa hoje em 343 municípios baianos || Foto Danilo Magalhães/PMLF
Tempo de leitura: 2 minutos

Decretos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4) estabelecem toque de recolher em mais 11 municípios baianos. Adotada pelo Governo do Estado, a medida busca conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus no interior da Bahia. Os 11 municípios somam-se a Itabuna, Itaberaba e Itapetinga, que estão sob restrição de locomoção desde as 18h de ontem (3).

Nos municípios de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho fica estabelecida a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h. O decreto passa a vigorar a partir do domingo (5) e tem validade até o dia 12 de julho.

Ainda nessas 9 cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em Conde fica autorizado, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais e, em especial, as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

CORRENTINA

Já no município de Correntina, outro decreto estadual estabelece o toque de recolher a partir deste sábado (4) e tem validade até o dia 10 de julho. Na cidade do oeste baiano, a restrição também será entre 18h e 5h.

Tanto em Correntina quanto nas cidades da RMS ficam fora da vedação o deslocamento noturno para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência.

A restrição não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde. A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos municípios.

Foto Reprodução
Tempo de leitura: 3 minutos

O transporte intermunicipal será suspenso em Cotegipe, Igaporã, Itaguaçu da Bahia, Paramirim, Remanso, São José do Jacuípe e Wagner, a partir de quinta-feira (2). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta (1º), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Ibiquera, Santana, São Domingos e São Gabriel, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Clique em “leia mais” e confira todos os 348 municípios afetados pelo decreto.Leia Mais