Tempo de leitura: < 1 minuto
Decisão da Ceplac afeta IF Baiano em Uruçuca (Foto Google).
Decisão da Ceplac afeta IF Baiano em Uruçuca (Foto Google).

Alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IF Baiano) em Uruçuca fazem protesto nesta manhã de quarta-feira (13) contra a decisão de transferência de todos os funcionários da antiga Emarc para a Ceplac, a maior parte professores.

A transferência, segundo alegam, deverá afetar o calendário deste semestre do campus. Alunos de Agrimensura, por exemplo, estão sem aulas há dois meses em duas disciplinas após a saída do professor Efren Ferreira para a Ceplac. A transferência ocorreu em setembro.

A decisão da direção-geral da Ceplac em Brasília também afeta a equipe de apoio do IF Baiano. O diretor da unidade federal de ensino, Euro Oliveira Araújo, disse que a Ceplac baseou-se em decreto que transferiu as Emarcs para o Ministério da Educação.

As Emarcs eram escolas técnicas supervisionadas anteriormente pela Ceplac e transformadas em campi do IF Baiano.Euro lamentou as transferências abruptas, prejudicando sensivelmente os serviços do instituto. Heraldo Santana, para o Pimenta.