Rosemberg diz que pesquisa foi para "agradar Neto"
Tempo de leitura: < 1 minuto

Deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa baiana, Rosemberg Pinto (PT) usou o Twitter para fazer uma crítica à pesquisa da Séculus que apontou vitória de ACM Neto no primeiro turno e não testou cenários com os apoios de presidenciáveis e cabos eleitorais como o governador Rui Costa.

A crítica foi dirigida ao dono do instituto, Ari Carlos.

– Lamentável meu amigo Aricarlos aceitar manipulação de pesquisa para agradar a Neto. Uma pesquisa tenta o máximo simular o ambiente real. Cadê Lula, Cadê Rui!! Meu professor de Política, Elenaldo, te daria zero! Não pesquisou ou não publicou? – escreveu Rosemberg.

Por enquanto, a publicação, feita no início desta semana, permanece sem resposta.

OS NÚMEROS

A pesquisa do Instituto Séculus comentada por Rosemberg apontava ACM Neto (DEM/União Brasil) com 55,7% das intenções de voto e Jaques Wagner (PT) com 25,56% em um cenário em que aparecem João Roma (5,57%) e Bernadete Souza (1,05%). Não aferiu as intenções de voto de cada um deles com os respectivos apoios presidenciais, o que conta muito na Bahia.

O levantamento em questão ouviu 1.526 eleitores em 72 municípios, no período de 24 a 27 de janeiro, apresentando margem de erro de 2,5 pontos percentuais. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA-06447/2022.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A reta final de campanha trouxe duas pesquisas. Ontem, a Seculus trazia Capitão Azevedo (DEM) na liderança e sem ninguém em seu encalço (confira os números aqui). Hoje, a Rádio Difusora Sul da Bahia divulgou pesquisa que destoa tanto da Seculus como da Gasparetto Pesquisas.

A pesquisa contratada à Compet aponta Azevedo na liderança, mas em situação de empate técnico com Juçara Feitosa (PT): 35,82% e ela com 33,44%, atribuindo 23,08% para Vane do Renascer (PRB).

Na sequência, vêm José Roberto (PSTU) com 1,98% e Zem Costa (PSOL) com 1,91%. Pedro Eliodório (PCB) atinge 0,85%. A pesquisa foi registrada com o número 00507/2012. Nesta pesquisa, 1,23% afirmam que vão votar em branco  ou nulo e 1,21% se disseram indecisos, enquanto o universo dos que não opinaram atingiu 0,48%.

Já a pesquisa do respeitado Gasparetto, divulgada no dia 30, trazia Vane na liderança com 38,5% e Azevedo com 35,9%, tendo Juçara com 11,1% (relembre aqui). Agora, é aguardar a pesquisa que tem margem de erro zero: a das urnas.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Juçara durante caminhada no bairro Mangabinha hoje (Foto Thaline Gonçalves).

Empolgada com as caminhadas do final de semana nos bairros Califórnia e Mangabinha, hoje a candidata a prefeita de Itabuna pelo PT, Juçara Feitosa, bateu nas duas pesquisas eleitorais divulgadas até agora e que trazem a petista com percentuais de intenções de voto inferiores a 15%. Os levantamentos são dos institutos Seculus e Gasparetto (dias 21 e 30, respectivamente).

Juçara classificou as pesquisas como “tentativas de golpe contra as consciências das pessoas”. Hoje, no encerramento de caminhada na Mangabinha, Juçara quis não dar crédito aos números divulgados hoje e que mostram o ex-aliado Vane do Renascer (PRB) na liderança:

– A voz das ruas desmente as pesquisas que aparecem a cada semana. Creio no que me dizem as periferias. As vozes das ruas não refletem o que os adversários tentam fazer o povo acreditar – afirmou a petista.