Ônibus circulam em Itabuna até as 15h40 || Foto Diário do Transporte
Tempo de leitura: < 1 minuto

Brasil e Coreia do Sul se enfrentam hoje (5), às 16h, pelas oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol 2022. Para que os trabalhadores possam assistir ao jogo, o horário de funcionamento de serviços foi alterado. Confira, abaixo, as principais mudanças em Ilhéus e Itabuna.

A agências bancárias abriram às 9h e funcionarão até as 14h, nas duas cidades. O transporte público de Itabuna terá ônibus em circulação até 15h40, e o de Ilhéus, até 15h10min. Os buzus dos dois municípios voltam a rodar logo após o fim do jogo.

Agências bancárias fecharão às 14h

O Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus (Sicomércio) recomendou que as lojas suspendam o atendimento até 15h30. Em Itabuna, trabalhadores e empregadores entraram em acordo para que o comércio funcione das 9h às 15h nos dias em que a Seleção jogar às 16h, como hoje.

No caso do Shopping Jequitibá, as lojas fecham às 15h30 e reabrem meia hora após o fim da partida. Já os supermercados itabunenses não interrompem o funcionamento durante os jogos do Brasil na Copa.

Os serviços públicos que não são considerados essenciais também funcionam em expediente alternativo. As repartições municipais de Itabuna fecharão às 15h, e as de Ilhéus, às 14h.

Consumidores transitam no Centro Histórico de Ilhéus || Foto PMI
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os índices de Confiança do Comércio (Icom) e de Serviços (ICS) apresentaram queda em novembro, na comparação com outubro. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o Icom recuou 10,8 pontos e chegou a 87,2 pontos, em uma escala de 0 a 200, o menor patamar desde abril deste ano (85,9 pontos).

A queda da confiança atingiu empresários dos seis segmentos do comércio pesquisados pela FGV. O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no presente, perdeu 12,6 pontos e caiu para 89,7 pontos. O Índice de Expectativas, que mede a percepção sobre o futuro, recuou 8,6 pontos e atingiu 85,2.

SERVIÇOS

O ICS teve uma queda mais moderada que o Icom na passagem de outubro para novembro: -5,4 pontos. Com o resultado, o ICS chegou a 93,7 pontos, o menor nível desde março deste ano (92,2 pontos).

A queda foi influenciada pela piora das avaliações das empresas sobre a situação corrente e, principalmente, das expectativas nos próximos meses. O Índice de Situação Atual caiu 3,1 pontos e foi para 96,9, enquanto o Índice de Expectativas cedeu 7,5 pontos, ficando em 90,7 pontos, menor nível desde abril de 2021 (88,7 pontos).

Segundo o economista da FGV Rodolgo Tobler, apesar do término do período eleitoral, fatores políticos passaram a ser muito citados como limitadores de melhoria dos negócios nos próximos meses, o que eleva a incerteza do cenário no curto prazo e um ambiente macroeconômico delicado em 2023. Com informações d´Agência Brasil.

Vista aérea do Shopping Jequitibá, que anuncia novas operações
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Shopping Jequitibá, em Itabuna, manteve pelo quarto ano consecutivo a certificação ISO 9001:2015, que define a forma como a organização opera em ações como foco no cliente, liderança, envolvimento de pessoal, capacidade de tomada de decisões e busca continua na melhoria dos serviços. A avaliação foi feita pelo Bureau Veritas Certification Brasil.

O ISO 9001:2015 é um certificado de excelência que também possibilita negociações com clientes e obtenção de financiamentos para novos investimentos.

Helenilson, pioneiro, e Manoel Chaves, que atualmente toca o investimento || Divulgação

Desde que foi implantado pelo empresário Helenilson Chaves, há 22 anos, o Jequitibá vem passando por um processo permanente de ampliação de sua área e do mix de produtos/serviços, capacitação de colaboradores e consolidação como um shopping completo, atendendo uma área que abrange cerca de 100 municípios do sul e sudoeste da Bahia.

Segundo a direção do centro de compras, lazer, entretenimento e serviços, o Shopping Jequitibá vem recebendo novos empreendimentos e apresenta excelentes perspectivas para 2023, com vários projetos de lojas em fase de implantação.

O diretor do Shopping Jequitibá, Manoel Chaves Neto, faz questão de ressaltar que a certificação ISO 9001:2015 é resultado da dedicação, disciplina e envolvimento de todos os nossos colaboradores. “Formamos um time unido, focado na busca pela qualidade, num padrão de serviço visando sempre a satisfação dos nossos clientes”, afirma.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) está executando serviços de instalação de novas caixas e padronização de ligações em Itabuna, além da atualização cadastral e cadastramento de novos clientes. Até agora, segundo informa a empresa, locais como Rua de Fátima, no Daniel Gomes, Rua Dom João, no Pedro Jerônimo, Rua de Mutuns, no Santa Inês, e Avenida do Cinquentenário, no Centro, já receberam muretas, novas caixas e ligações de água.

Segundo o presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, esses serviços “são de extrema importância” e “outros bairros e ruas receberão o mesmo tratamento levando para a população um serviço com maior qualidade”. O trabalho é executado em conjunto com a Prefeitura de Itabuna, no Programa de Reestruturação da Cidade, projeto que prevê a pavimentação de ruas e avenidas.

De acordo com a gerente Comercial, Elizangela Gama, mais de 500 imóveis passaram por esse processo que amplia e melhora o abastecimento de água nas residências. A padronização e modernização, afirma, facilitam o processo de manutenção da rede de distribuição, além de evitar desperdício de água. “Além disso, o trabalho marca o diferencial na estratégia positiva da Emasa que por anos não fazia qualquer tipo de serviço nesses locais”, afirma Elizangela Gama.

Em Ilhéus, contribuinte tem acesso a serviços dos Tributos pelo Whatsaap
Tempo de leitura: < 1 minuto

A pandemia da covid-19 levou a uma guinada na prestação de serviços e atendimentos online devido às orientações de isolamento social e aos protocolos e segurança sanitária. A humanidade foi forçada a aderir a procedimentos online. Em Ilhéus, o Setor de Tributos criou um canal pelo WhatsApp para atender os contribuintes. O serviço continua ativo e presta orientações, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, pelo número (73) 98825-6126.

O canal de comunicação é mais um alternativa para ampliar o acesso do público, ao passo que economiza recursos e reduz o tempo de atendimento. O munícipe pode entrar em contato para tirar dúvidas ou solicitar informações contidas no site da Prefeitura, que incluem envio do boleto do IPTU 2022; envio do boleto de alvará de funcionamento; envio do boleto do foro anual de cemitério; dados sobre valor atual da dívida (imóvel, contribuinte e empresa); condições de regularização, entre outras, sem a necessidade de deslocamento até o setor responsável.

De acordo com Armando Rossi, diretor da Receita Municipal, o sistema de comunicação via WhatsApp é um dos mecanismos adotados pela atual gestão para estreitar o relacionamento com o cidadão. “O nosso objetivo é dar agilidade às solicitações, conforto e praticidade para o contribuinte, bem como reduzir o fluxo de pessoas no setor”, explicou Rossi.

O diretor ressalta, contudo, que nem todas as demandas podem ser resolvidas pelo aplicativo de mensagens. Em alguns casos é indispensável a presença do contribuinte ao setor.

Setor de serviços registra recuo, segundo o IBGE || Foto Fernando Frazão/Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

O volume de serviços no Brasil apresentou um recuo de 0,1% na passagem de dezembro de 2021 para janeiro deste ano. A queda veio depois de dois meses em alta, que acumularam ganho de 4,7% para o setor. O dado, da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), foi divulgado hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar do resultado de janeiro, o setor de serviços ainda está 7% acima do nível de fevereiro de 2020, ou seja, do patamar pré-pandemia de covid-19.

Os serviços tiveram alta de 9,5% na comparação com janeiro de 2021 e de 12,2% no acumulado de 12 meses, de acordo com os dados divulgados hoje.

A receita nominal do setor recuou 1,6% na comparação com dezembro de 2021, mas subiu 15,3% em relação a janeiro do ano passado e 16% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de dezembro para janeiro, três das cinco atividades pesquisadas tiveram queda no volume de serviços: informação e comunicação (-4,7%), serviços prestados às famílias (-1,4%) e outros serviços (-1,1%).

Mas duas atividades tiveram alta no mês: transportes (1,4%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (0,6%).

O índice de atividades turísticas, que também integra da PMS, cresceu 1,1% ante dezembro, a oitava taxa positiva nos últimos nove meses, período em que acumulou um ganho de 69,6%. Apesar disso, o segmento de turismo ainda está 9,7% abaixo do patamar pré-pandemia.

Brasil supera perdas do primeiro ano da pandemia, segundo IBGE || Foto José Paulo Lacerda
Tempo de leitura: 2 minutos

O Produto Interno Bruto (PIB) do país avançou 0,5% no quarto trimestre de 2021 e encerrou o ano com crescimento de 4,6%, totalizando R$ 8,7 trilhões. Esse avanço recuperou as perdas de 2020, quando a economia brasileira encolheu 3,9% devido à pandemia. O PIB per capita alcançou R$ 40.688 no ano passado, um avanço de 3,9% em relação ao ano anterior (-4,6%).

O PIB, soma dos bens e serviços finais produzidos no país, está 0,5% acima do quarto trimestre de 2019, período pré-pandemia de covid-19, mas continua 2,8% abaixo do ponto mais alto da atividade econômica na série histórica, alcançado no primeiro trimestre de 2014.

Os dados são do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais, divulgado hoje (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, o crescimento da economia foi puxado pelas altas nos serviços (4,7%) e na indústria (4,5%), que juntos representam 90% do PIB do país. Por outro lado, a agropecuária recuou 0,2% no ano passado.

De acordo com a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis, todas as atividades que compõem os serviços cresceram em 2021, com destaque para transporte, armazenagem e correio (11,4%). Segundo ela, o transporte de passageiros também subiu bastante, principalmente no fim do ano, com o retorno das pessoas às viagens.

“A atividade de informação e comunicação (12,3%) também avançou, puxada por internet e desenvolvimento de sistemas. Essa atividade já vinha crescendo antes, mas com o isolamento social e todas as mudanças provocadas pela pandemia, esse processo se intensificou, fazendo a atividade crescer ainda mais”, disse, em nota, Rebeca Palis.

Outras atividades de serviços (7,6%) também tiveram alta no período. “São atividades relacionadas aos serviços presenciais, parte da economia que foi a mais afetada pela pandemia, mas que voltou a se recuperar, impulsionada pela própria demanda das famílias por esse tipo de serviço”, acrescentou a pesquisadora.

Cresceram ainda comércio (5,5%), atividades imobiliárias (2,2%), administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade sociais (1,5%) e atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (0,7%).

CONSTRUÇÃO

Segundo o IBGE, na indústria, o destaque positivo foi o desempenho da construção que, após cair 6,3% em 2020, subiu 9,7% em 2021.

“As indústrias de transformação (4,5%), com maior peso no setor, também cresceram, influenciadas principalmente pela alta nas atividades de fabricação de máquinas e equipamentos; metalurgia; fabricação de outros equipamentos de transporte; fabricação de produtos minerais não metálicos; e indústria automotiva. As indústrias extrativas avançaram 3% devido à alta na extração de minério de ferro”, informou o IBGE.

A única atividade que não cresceu foi a de eletricidade, gás, água, esgoto, gestão de resíduos, que teve variação negativa de 0,1%, que indica estabilidade. “A crise hídrica afetou negativamente o desempenho da atividade em 2021”, explicou Rebeca Palis.

Na Bahia, segmento econômico acompanha tendência nacional
Tempo de leitura: 2 minutos

O volume de serviços na Bahia encerrou 2021 com expansão de 9,8%. As informações com foco no segmento baiano, analisadas nesta quinta-feira (10) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), constam na Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com novembro de 2021, o volume de serviços na Bahia cresceu 1,7%, com ajuste sazonal. Já na comparação com dezembro de 2020, expandiu 5,4% e, na comparação com o quarto trimestre de 2020, ampliou 3%.

NÚMEROS DO SEGMENTO NO BRASIL

O volume de serviços no Brasil avançou 1,4% na comparação com o mês imediatamente anterior (série com ajuste sazonal), mantendo a expansão iniciada no mês de novembro (2,7%), acumulando alta de 4,1% nos dois últimos meses.

A expansão do volume de serviços, observada na passagem de novembro para dezembro de 2021, foi acompanhada por quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para os ganhos vindos de transportes (1,8%) e de serviços profissionais, administrativos e complementares (2,6%).

Leia Mais

Setor de serviços registra crescimento em agosto
Tempo de leitura: < 1 minuto

O volume de serviços cresceu 0,5% na passagem de julho para agosto, quinta taxa positiva seguida, acumulando no período ganho de 6,5%. Com isso, o setor está 4,6% acima do patamar pré-pandemia e alcança o nível mais elevado desde novembro de 2015.

Embora tenha registrado crescimento, o setor de serviços ainda está 7,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014. Na comparação com agosto de 2020, o volume de serviços cresceu 16,7%, sexta taxa positiva consecutiva.

ACUMULADO

No acumulado do ano, o setor avançou 11,5% frente a igual período do ano anterior. Em 12 meses, ao passar de 2,9% em julho para 5,1% e alcançou a taxa mais intensa da série histórica, iniciada em dezembro de 2012. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Em agosto, 16 das 27 unidades da federação tiveram crescimento no volume de serviços, em relação ao mês anterior. Entre os locais com taxas positivas, o impacto mais importante veio de São Paulo (0,5%), seguido por Rio Grande do Sul (4,2%), Paraná (1,0%) e Bahia (1,7%). Já Mato Grosso (-3,6%), Distrito Federal (-2,0%) e Rio de Janeiro (-0,4%) registraram as principais retrações no período.

O índice de atividades turísticas avançou 4,6% em agosto na comparação com julho. É a quarta taxa positiva seguida, período em que acumulou crescimento de 49,1%. Cabe salientar que o indicador de turismo ainda se encontra 20,8% abaixo do patamar de fevereiro do ano passado.

Oito das 12 unidades da federação observadas nesse indicador apresentaram taxas positivas, com destaque para São Paulo (4,9%), Minas Gerais (4,7%), Goiás (8,8%) e Paraná (5,4%). No campo negativo, o Rio de Janeiro (-1,1%) teve o resultado negativo mais importante do mês.

Tempo de leitura: 2 minutos

Geraldo, ao centro, com Sodré (à esquerda) e Jairo durante live

Geraldo Simões (PT) se comprometeu a implementar amplo programa de geração de emprego, com destaque para comércio, indústria e serviços, em Itabuna, caso eleito. A promessa foi feita durante live do candidato a prefeito de Itabuna com o secretário de Organização do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (SindAlimentação), Eduardo Sodré, nesta terça-feira (3).

Ressaltando a importância da parceria com o governador Rui Costa para geração de emprego e renda, Geraldo afirmou que já tem entendimentos com Governo Estadual para que Itabuna tenha uma compensação por causa da perda de indústrias no município. “As empresas querem isenção de impostos e é o governador quem escolhe as cidades aonde elas vão se instalar. Nós vamos colar em Rui Costa para que Itabuna seja candidata para receber essas indústrias”.

Geraldo afirma que vai utilizar as relações que tem com o senador Jaques Wagner e o governador Rui Costa, para trazer o Porto Seco, coletar 100% do esgoto e tratar 100% água e pavimentar as ruas com asfalto de qualidade. “Está na hora da gente reverter esse declínio e ajudar Itabuna a dar a volta por cima”, afirmou.

Para Jairo Araújo, candidato a vice-prefeito, Itabuna necessita de uma gestão que trate os problemas da cidade, que são muitos, mas que também construa oportunidades e alternativas de emprego e renda. Geraldo pontuou que Itabuna está com apenas 22% de trabalhadores com a carteira assinada, destacando que é 81ª cidade no estado da Bahia com trabalhadores registrados.

Ele criticou a desativação da fábrica da Nestlé na cidade e alertou que acarretará um aumento do número de desempregados com carteira assinada, próprios como também dos terceirizados. “Além do empobrecimento das pessoas, isso diminui a arrecadação da prefeitura”.Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

O volume de serviços avançou 3,7% na Bahia em junho, em comparação com o mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal. As informações foram divulgadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), que sistematizou a pesquisa mensal feita pelo IBGE.

“Essa é a segunda variação positiva consecutiva, e a terceira positiva no ano de 2020. O resultado se deve a uma manutenção da recuperação do setor iniciada em maio, devido às medidas de enfrentamento ao coronavírus que o governo do estado da Bahia vem adotando”, ressaltou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Os efeitos da pandemia sobre o setor de serviços começaram a ser sentidos nos últimos 10 dias do mês março e se aprofundaram nos dois meses subsequentes. Diante deste cenário, na comparação com junho de 2019, o volume de serviços na Bahia caiu 23,1%, o indicador acumulado no ano retraiu 16,5% e o indicador acumulado em 12 meses decresceu 9,9%.

Já a receita nominal de serviços cresceu 2,1%, na comparação com maio de 2020, com ajuste sazonal. Na comparação com junho de 2019, caiu 24,3%, o indicador acumulado no ano retraiu 15,3% e o indicador acumulado em 12 meses decresceu 7,6%.

ATIVIDADES TURÍSTICAS

Em junho de 2020, o índice de atividades turísticas na Bahia apontou variação positiva de 4,7%, frente ao mês imediatamente anterior (série com ajuste sazonal).

Aumenta a taxa de desempregados|| Foto Adenir Britto
Tempo de leitura: 2 minutos

O número de pessoas ocupadas no Brasil teve redução recorde de 9,6% no trimestre encerrado em junho. Em relação ao trimestre anterior, a queda foi de 8,9 milhões de ocupados. Com isso, a taxa de desocupação subiu para 13,3%, uma alta de 1,1% frente ao trimestre encerrado em março.

Já o número de desocupados apresentou estabilidade e foi estimado em 12,8 milhões. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta quinta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Todos os grupamentos de atividade analisados pela pesquisa sofreram queda em relação ao número de ocupados. O comércio foi o setor mais atingido: 2,1 milhões de pessoas perderam suas vagas no mercado de trabalho, uma redução de 12,3% em relação ao último trimestre.

CONSTRUÇÃO CIVIL

O contingente de ocupados na construção teve uma redução de 16,6%, o que representa menos 1,1 milhão de pessoas trabalhando no setor. Outra perda considerável foi na categoria de serviços domésticos, em que os ocupados foram reduzidos em 21,1% frente ao trimestre encerrado em março. São 1,3 milhão de pessoas a menos nesse grupamento de atividades.

Leia Mais

Tempo de leitura: 5 minutos

Daniel Thame

Itabuna chega aos 110 anos de emancipação no momento em que o mundo vive uma das piores crises sanitárias de sua história, com impactos devastadores na economia. Por causa da pandemia da Covid-19, a cidade paralisou as atividades comerciais e empresariais não essenciais por mais de cem dias e só agora inicia um processo gradual de reabertura, seguindo rígidos protocolos de segurança determinados pela Organização Mundial de Saúde.

A crise afeta diversos segmentos de Itabuna, mas a capacidade de se reinventar, superar crises e dar a volta por cima, está no DNA do itabunense, desde os pioneiros que iniciaram a transformação da então Vila de Tabocas na Itabuna com ares de metrópole, até os tempos atuais, em que o espírito empreendedor prevalece em meio a dificuldades que estão aí para serem superadas.

Fernando diz acreditar na capacidade de superação do itabunense

Itabuna atravessou as crises cíclicas do cacau, encarou a pior das crises até então, com o apocalipse gerado pela vassoura-de-bruxa e as crises econômicas nacionais. Mas sempre se superou, como vai superar os impactos ainda não mensuráveis da Covid-19 no sul da Bahia.

É assim, por exemplo, que pensa o prefeito Fernando Gomes, em seu quinto mandato à frente do município. Mesmo com foco na saúde, para preservar vidas. “Ao assumir a Prefeitura de Itabuna decidi olhar para frente e não reclamar do passado. E assim fiz e tenho feito. Confio na força de trabalho dos itabunenses, acredito na capacidade de superação e tenho confiança no futuro, porque Itabuna é uma cidade que sempre superou obstáculos para se consolidar como um dos polos da Bahia e do Nordeste” afirma.

ESPÍRITO EMPREENDEDOR

Duas gerações de empreendedores, Helenilson e o filho Manoel Chaves Neto

Implantar em Itabuna o primeiro shopping do Sul da Bahia no ano 2000, em meio a uma crise devastadora provocada pela vassoura-de-bruxa, parecia algo impensável. Não para Helenilson Chaves, visionário e empreendedor nato, um apaixonado pela cidade, que fez nascer um shopping que se transformaria num marco da consolidação da Itabuna como o maior polo comercial, prestador de serviços, lazer/entretenimento, saúde e ensino superior da região.

Jequitibá é um dos símbolos do comércio sul-baiano

Aos 20 anos, o Shopping Jequitibá, hoje dirigido por Manoel Chaves Neto, passa por um processo permanente de ampliação, modernização e ampliação do mix de produtos/serviços. Mesmo com o shopping fechado por 120 dias por causa da pandemia, Neto mantém o otimismo. “Quando ocorreu o fechamento das operações do Jequitibá por força da pandemia, decidimos encarar a avassaladora consequência da Covid-19, com foco na adequação do shopping ao novo normal, buscando alternativas e soluções para o empreendimento como um todo”.

“Reabriremos o Jequitibá com seis novos projetos sendo implementados. Essas ações são um exemplo da educação e ensinamentos de meu pai e a nossa eterna crença na capacidade de Itabuna superar crises. Continuamos e estamos convictos do potencial mercadológico de Itabuna, do sul da Bahia e por contar disto, em breve vamos anunciar relevantes novidades” ressalta Manoel Chaves Neto.

Leahy: comércio unido na travessia

A FORÇA DO COMÉRCIO

Além do comércio, Itabuna também se consolidou como polo regional de serviços na área da saúde, com centenas de leitos hospitalares, de clínicas e consultórios médicos das mais diversas especialidades, e no setor educacional, com universidades públicas e centros universitários privados. Seu raio de influência atinge 120 municípios e uma população superior a um milhão de habitantes.

Carlos Leahy, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna fala do otimismo e esperança nos 110 anos do município. “Itabuna sempre foi um celeiro de grandes empresários, com um comércio de abrangência regional. Vamos atravessar juntos essa situação inesperada e unidos vamos dar a volta por cima, saindo mais fortalecidos, porque essa essas são marcas do itabunense, empreender, não desistir nunca e olhar para o futuro com otimismo”.

Margotto fala de aspirações e força do itabunense

Para Edimar Margotto Junior, advogado, empresário e agropecuarista, “a terra de Jorge Amado, de Firmino Rocha, de Candinha Doria, de Cyro de Mattos, de Zélia Lessa e de Valdirene Borges” tem tudo para surfar a onda do desenvolvimento sustentável. “Superamos a vassoura-de-bruxa e somos referência pujante em comércio e em tecnologia, a 8ª economia da Bahia, com mais de 5.000 empresas e um PIB anual superior a R$ 3 bilhões”, afirma.

Segundo Margotto, com um orçamento anual que supera os R$ 600 milhões, Itabuna pode viver dias melhores, com direito a educação de qualidade e em tempo integral, com saneamento básico e despoluição do Rio Cachoeira, com ambiente propício ao empreendedorismo, um plano de mobilidade urbana”. “Podemos vivenciar um novo momento, com uma cidade mais humana e mais justa, sobretudo para as pessoas mais necessitadas”, finaliza.

Rafael Andrade: superação e mutirão que é exemplo para o mundo

EXEMPLO DE SOLIDARIEDADE

Idealizador e coordenador do Mutirão do Diabetes de Itabuna, maior evento de prevenção e tratamento da doença no mundo, o médico oftalmologista Rafael Andrade, do Hospital Beira Rio, afirma que uma importante característica da cidade é se superar perante grandes adversidades, com o que ela tem de melhor, a sua gente. “Quantas crises passamos e quantos vezes nos levantamos, ainda mais fortes?”. “Enchentes, secas, crises da vassoura-de-bruxa, muitas crises econômicas, mesmo assim seguimos em frente com este povo de fé que não se entrega” diz.

“Minha história é a prova deste solo fértil grapiúna. Aqui nasceu, cresceu e se expandiu para todo o Brasil, o Mutirão do Diabetes, que se mistura com a história da minha vida, que começou em 2004 atendendo pouco menos de 200 pessoas, e durante 15 anos vem atendendo dezenas de milhares de pessoas.”

Julius Kaeser, ex-diretor da Nestlé em Itabuna, fala da avidez do grapiúna em aprender

HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

Julius Kaeser, que foi diretor da Nestlé em Itabuna no período de 1985 a 1998, hoje radicado em Portugal, testemunhou a bonança provocada pela alta do cacau e também da crise gerada pela vassoura-de-bruxa. “Algo que sempre me chamou positivamente a atenção com relação a comunidade grapiúna foi a forma fraternal no tratamento com as pessoas, o espírito empreendedor. A formação profissional dos colaboradores que trabalhavam na empresa também foi surpreendente. A avidez de querer aprender cada vez mais e se superar era até comovente”, diz.

“Foi um enorme prazer poder ter tido a oportunidade de liderar um grupo de pessoas tão motivadas. Foi uma lição de vida para mim e tenho a certeza de que mais uma vez a cidade vai ser recuperar e sair ainda mais fortalecida”, ressalta.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A casa lotérica do Shopping Jequitibá, em Itabuna, voltou a funcionar, das 8h às 16h, de segunda a sábado. A lotérica está entre as atividades consideradas essenciais, assim como agências bancárias, farmácias e supermercados.

A administração da lotérica informa que está respeitando todas as medidas preventivas determinadas pela Organização Mundial de Saúde. Dentre as medidas, distanciamento, aplicação de álcool gel e o uso obrigatório de máscaras para clientes e funcionários.

Banco de Leite do Manoel Novaes mantém serviços de captação
Tempo de leitura: 1 minuto

O Banco de Leite do Hospital Manoel Novaes reforçou as medidas de segurança nesse período de pandemia de novo coronavírus e mantém os serviços de captação tanto na própria unidade quanto em domicílio. No segundo caso, a coleta é feita em parceria com o Corpo de Bombeiros de Itabuna e ocorre nas segundas-feiras. Já diretamente na unidade, que funciona no anexo do Novaes, o serviço é oferecido de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas.

A coordenadora do Banco do de Leite, Bianca Baleeiro, explica que as interessadas podem fazer o cadastramento e doação de leite humano sem sair de casa. Para isso, as doadoras só precisam fazer contato pelo telefone (73) 3214-4346 para as instruções sobre o processo, que é rápido e seguro. A unidade, que é referência no sul da Bahia, atende 120 municípios.

O leite doado é destinado a crianças prematuras, com baixo peso, que não podem ser alimentadas diretamente nos seios das mães. Cerca de 70% do leite humano captado é consumido por filhos de mulheres que moram em locais distantes de Itabuna e que precisam muito desse ato de solidariedade. Por isso, a regularidade dessa doação é muito importante.

ALIMENTO COMPLETO

A enfermeira Bianca Baleeiro destaca que o leite humano é um alimento completo, capaz de oferecer todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento do recém-nascido. “Com o leite materno, o bebê fica protegido de infecções e diarreias, além de obter um bom desenvolvimento, diminuindo o tempo de internação”, conta a profissional.

De acordo com o Ministério da Saúde, a amamentação é um dos grandes aliados na redução da mortalidade infantil e uma forma da criança receber cálcio, fósforo e ferro, além de outros nutrientes importantes para que tenha um crescimento saudável. Hoje, 19 de maio, é o Dia Mundial da Doação de Leite Materno.