Tempo de leitura: < 1 minuto

A OAB Nacional divulgou na semana passada uma lista com o nome de 90 faculdades de Direito no Brasil que obtiveram aprovação zero no último exame de ordem unificado em 2010, realizado em dezembro. Dez das instituições listadas são baianas.
A Unime-Itabuna (ex-Facsul) foi a primeira a “gritar”. A coordenadora do curso, Fernanda Lima, disse que nenhum dos alunos estaria apto a realizar o exame em dezembro do ano passado, quando a primeira turma estava ainda no sétimo semestre. A OAB exige, no mínimo, que esteja no nono semestre (relembre aqui).
Já neste final de semana, o conselho federal da OAB emitiu declaração em que reconhece equívoco cometido contra a Maurício de Nassau, de Salvador. Assim como a Unime, a faculdade também não possuía turmas do 9º ou 10º semestres.

0 resposta

  1. Há de chegar o dia em que a superpoderosa OAB reconhecerá o equívoco maior que é a exitência do exame da ordem.

  2. Isto demonstra ainda mais cabalmente a desorganização na copnfecção desta lista da OAB. Sinceramente, não sei por que cargas d´agua eles divulgaram esta lista com tantos equívocos e até agora só divulgaram um deles, sem haver retratação quanto a Unime, pois o caso foi de um erro de extrema relevância que custa muito à reputação da instituição, que ao meu ver, deveria exigir de pronto esta retratação.

  3. Senhora Fernanda.
    Ao inves de tentar ficar querendo desqualificar a OAB a senhora deveria era pegar no pé dos alunos da UNIME, que não querem nada com a voz do Brasil, que estão no curso apenas pra abrir a boca e dizer que é “aluno de direito”. Vamos fazer assim então: vamos ver nessa OAB agora (pois os alunos já estão no 9º semestre)quantos alunos da UNIME sarão aprovados na OAB, isso se algum tiver coragem de fazer no 9º, o que acho muito difícil. Aplique simulados, fale com os professores para exigir mais dos alunos, não aprove alunos que foram reprovados pelos professores… pegue no pé…

  4. O erro da OAB (que admitiu candidato que não preenchia os requisitos para inscrição – 9º semestre) lesou o decoro da Instituição UNIME e por consequência dos seus alunos. Esta tem a obrigação moral para com seus alunos de ingressar com ação de danos morais contra a ordem, limpando a honra daqueles que em breve colarão grau e enfrentarão o mercado de trabalho, já estigmatizados.

  5. A sociedade deveria apoiar a OAB no que tange a iniciativa do exame de ordem, uma vez que este tem por objetivo garantir um padrão mínimo de qualidade dos profissionais da advocacia. Trata-se de medida importante, realizada em outros países e que será copiada por outras profissões.

  6. Atento ou desatento?
    Tá mais para desatento!
    Não tire as conclusões por vc, os alunos da Unime tem competênncia e muito para ser aprovado no exame tanto que um aluno do 7º semestre foi aprovado na primeira fase, vc está com inveja!!! kkkkkkkkkkkkkkkk
    Quanto a nossa coordenadora nem se fala a profissional é de muita competência morra de inveja dela pois é isso que percebo que vc tem.
    Vai procurar o que fazer e estudar para ver se um dia consegue ser aluno da UNIME de DIREITO e ter uma coordenadora como Fernanda Lima.
    Passe bem Desatento.

  7. A OAB ESTA CERTA FICO PREPLEXA QUANDO CONVERSO COM ” UM ” ALUNO DE DIREITO DA UNIME EM ITABUNA .
    TEM UM CIDADÃO QUE DA PENA E OUTRA ELE CONFESSA QUE SO PASSA PORQUE FAZ A PROVA TODA NA COLA E A PROVA VIRTUAL É UMA COLEGA QUE FAZ.
    É BRICADEIRAS UMA COISA DESTA!

  8. Vamos aguardar para ver se os alunos da UNIME farão o exame da OAB;
    Caso nao passe ja sei de quem é a culpa;; É DA INSTITUIÇÃO que pagam tão somente 14 reais a hora aula para os professores que tem qeu ficar o tempo todo a mercê de capricho de aluno que se este não gostar chama a coordenadora que demite de imediato.
    Essa unime tem que valorizar mais os professores e parar te ta fazendo viajenzinha para alunos.
    É isto ai paguem melhor o professor.

  9. Isso so serve pra provar que a funcao principal desse exame ridiculo e encher os bolsos dos donos de cursinho. Ja passou da hora desse mecanismo atrasado acabar.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.