Tempo de leitura: < 1 minuto

A artista plástica e ceramista grapiúna Conceição Portela abre, às 19 horas desta sexta-feira, 20, no Foyer do Teatro Municipal de Ilhéus, a exposição “Kakau”. As cerâmicas e telas foram inspiradas no livro Cacau, de Jorge Amado, editado em 1933.

A exposição também integra as homenagens ao centenário do escritor grapiúna e ficará aberta ao público até o dia 30. “Cacau” relata as questões sociais existentes nas fazendas de cacau: trabalho duro, escravo e as humilhações pelas quais passavam os trabalhadores nas plantações de cacau no sul da Bahia.

Neste cenário há também rico folclore. As telas de Conceição Portela trazem esse imaginário popular, retratando alegorias como Mula-sem-cabeça, o Lobisomem, Caipora e os Duendes do cacau. Na abertura, haverá apresentação musical de Jean Costa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.