Tempo de leitura: 2 minutos

Este blog concorda com a necessidade de tempo razoável para que o novo governo itabunense resolva todos os problemas deixados pela administração passada e, quando faz cobranças, não é por desconhecer ou ignorar o quanto a administração passada prejudicou a cidade. É, simplesmente, porque só há um governo ao qual hoje a população pode recorrer, e não se trata, claro, da gestão finada em dezembro.
É óbvio e não precisa ser repetido a todo momento que o prefeito Claudevane Leite recebeu uma “herança maldita”, mas é preciso ter muito cuidado para que a exaustiva repetição de um fato notório não se transforme em pretexto para a falta de ações. A população está sendo até econômica na bronca, pois tem simpatia pelo prefeito e grande parte dos itabunenses certamente ainda confia nele.
O que se exige não é solução imediata para tudo, num ilusório passe de mágica. Mas as cobranças não podem ser vistas por certos setores do governo como negativismo ou apedrejamento. Por mais que a crítica incomode, ela deve servir – quando justa e correta – para indicar correções que precisam ser feitas.
Em vez de lembrar a todo momento da óbvia herança maldita, por que não se concentrar no principal lema do prefeito em campanha, que foi a palavra “mudança”? Um motorista, quando pretende mudar de direção, olha num primeiro momento o retrovisor para ter a segurança do que irá fazer. Depois, segue em frente e não precisa ficar o tempo todo mirando o que já passou. É essa a atitude que a população quer ver o governo adotar.
Se as condições não permitem grandes mudanças imediatas, que pelo menos o governo dê sinais claros de que ela ocorrerá em algum momento não tão distante. Evitar e combater velhos vícios, buscar soluções criativas para administrar com eficiência os recursos disponíveis e ter a transparência como princípio são posturas extremamente necessárias para que se vislumbre que há algo realmente novo na política local. Por outro lado, discursos e práticas repetidos, e bastante conhecidos, tendem a produzir uma frustração que Itabuna não merece viver mais uma vez.

24 respostas

  1. Itabuna está sendo 10respeitada, Vane é 10preparado e Azevedo era 10 vezes melhor que o bigode da moralidade, que tem uma equipe 10qualificada pra a coida pública que submete a população a condições 10sumana.
    Nota 10 só para os urubus e a astúcia dos cururu Wenceslau!

  2. Concordo plenamente com o quanto exposto. Chega de tanta explicação nos meios de comunicação. O Vane como Vereador na gestão passada, com certeza já estava sabendo do balaio de gato que ia pegar ao assumir o governo municipal. O tempo não para, se Vane já tomou posse, agora só falta assumir de verdade e começar a trabalhar, para o bem de todos os munícipes.

  3. CONCORDO plenamente com esse texto!!
    Apenas um aviso, Seu Pimenta, sei que foi um equívoco, mas substitua “ingnorar” por ignorar!!
    No mais, concordo…eu sempre falo dessa desculpa do atual governo sobre essa “herança maldita”. Vane e sua equipe sabiam que encontrariam a prefeitura sem dinheiro, mas ele foi eleito para resolver TODOS os problemas!!!! Até agora, AÇÕES CONCRETAS, não vi nenhuma!!!
    Nota da Redação: Obrigado pela correção, RK!

  4. O texto está ótimo Seu Pimenta. Hoje não tenho motivos para discordar, em absoluto.
    Ah, não sei se vocês quiseram colocar “finada” ou findada em dezembro.
    Parabéns pelo texto!
    Nota da redação: a intenção foi escrever “finada” mesmo; não no sentido de “concluída”, mas no de morta e enterrada.

  5. A forma direta e imparcial com que o PIMENTA, publicou este texto, me faz deixar este site “apimentado” como página inicial do meu computador.Parabéns pelo texto.
    Vane não só pode, mas deve investigar, buscar os culpados das improbidades sabida por todos, mas deve exercer o que disse em seu esperançoso e emocionado discurso de posse.
    Bem…torço que a gestão do Vane melhore,e que Itabuna se desenvolva enfim.Todos sabem que o prefeito é um homem religioso,então pode lhe faltar no momento ação e secretários mais atuantes, mas com certeza não lhe falta fé!

  6. Mas a assessoria de comunicação está atuante, viu?
    É um release e uma errata, um release e uma errata, um release e uma errata…

  7. O texto reflete o sentimento de quem, como eu, acredita que nada pode ser pior do que o governo anterior.
    Aliás, Vane teria que se esforçar muito para suplantar Azevedo em incompetência, descaso e mau uso do erário público, vide obras da Av Cinquentenário e Amélia Amado, além da ausência de serviços públicos nas praças, canais, bairros periféricos, empresas públicas municipais etc.
    O sucesso do governo Vane é o progresso de Itabuna.
    Chega de morar numa cidade lembrada pelo mau cheiro das ruas e do que já tenha sido um dia.

  8. Nós devemos andar devagar com o andor,porque o santo é de barro! Diz um adágio popular,contudo, eu prefiro a Candinha!
    tenho o maior respeito pela livre expressão da sociedade,com exemplo,vou citar,eu amo um amigo,ou uma amiga,ou mesmo um político que durante toda esta convivência nunca houve se quer um ato de discórdia ou não cumplicidade. O que eu quero dizer é simplesmente o que esta ocorrendo na nossa cidade de Itabuna.
    A mídia falada,a mesma é uma formadora de opinião e milhares de ouvintes fazem destas informações suas análises e pensa será que é verdade ou não,ou será que é informações mentirosas de cunho de desgaste a outrem. O Sr.Capitão Azevedo,então prefeito,a mídia
    nas palavras do Sr. Ailton Bicudo,Itabuna era perfeita,o prefeito fez e tá fazendo,o nome do prefeito é trabalho,e só quaisquer um ir olhar nas periferias de Itabuna,esta um brinco e coisas que os valhas.
    Em uma caminhada com o então candidato a prefeito de Itabuna,no
    Bairro do Pontalzinho,um amigo me pergunta,como vane está nas periferias de Itabuna,o que eu ouso pelo rádio que nas periferias o prefeito tá trabalhando,eu disse é mentira,o que está ocorrendo é que os moradores está revoltado com Azevedo,o mesmo há quatro anos esteve lá e prometeu melhorar a urbanização dos Bairros,Azevedo,nunca pisou os pés por lá,agora
    ele retornou e o povo não quer conversa com ele,os bairros de Itabuna encontra-se um caos. O meu amigo disse,agora não me preocupo mais com Azevedo.
    Não obstante, só foi Vane está prefeito este radialista acima citado,no outro dia diz que Itabuna tá um caos total,a cidade não têm prefeito.
    Um outro radialista é meu doce amigo Val Cabral,o mesmo grande
    formador de opinião,faz crítica construtiva,o próprio prefeito
    reconheceu seus erros e o próprio Val Cabral,reconhecera que possa até exagerado nas críticas é um valor incomensurável do
    ser humano reconhecer o erro.
    Fiquei feliz com o surgimento e o comentarista Paulo do Pontalzinho,sou seu fã,gosto de ouvi-lo no rádio,sua entrada no ar,audiência sobe.
    Portanto,devemos andar devagar com o andor,neste caso as meias
    culpas de Val Cabral,o quanto a candinha fica para o radialista
    o Sr.Ailton Bicudo.
    No demais o homem é livre para falar e voar que o céu seja o limite!

  9. Zelão, diz: – “Paciência meu povo”
    “A pressa é inimiga da perfeição, assim como a inércia é filha do ócio.”
    Pode não ter sido ainda dessa vez, que Itabuna elegeu um governo capaz de fazer retornar o desenvolvimento e de restaurar a autoestima do seu povo. Mas tenham paciência: – Deus levou sete dias para fazer o mundo e na pressa, acabou errando em só criar o homem, para depois ter que fazer um remendo e criar a mulher. O imperador Nero levou três dias para por fogo em Roma e esqueceu-se de salvar os tesouros. Concordo que estamos sendo, dentro do ponderável, apressados, por querer que as promessas do prefeito Vane comecem a ser cumpridas. Talvez tenhamos que esperar por mais quatro anos, que pode parecer longos, para quem já sofreu tanto com o despreparo, falta de ética e corrupção em governos anteriores.
    Pode ser; que na pressa de mudar, tenhamos cometido outro erro. Talvez seja essa a nossa sina; nosso calvário e nossa expiação de culpas.

  10. Concordo plenamente com o texto, pois destaca o sentimento do povo de Itabuna, paciente, às vezes indifeente até à situação da cidade. Quem sabe agora, o Prefeito e sua equipe não arregaçarão as mangas e começarão a trabalhar! Esperemos.

  11. Parabéns pimenta, voltou a ser o blog que eu gostava de ler. Eu gostaria de saber por que o blog do Ricky, eu clico no COMENTÁRIO e, não ENTRA. Por que Sr. Ricky.

  12. Tô achando que Vane tá nuito ruim. Ainda não vi nenhum resultado satisfatório. Não podendo ser comparado a Azevedo, porque Azevedo não se compara. É incomparavél.

  13. Agora é 10!não era esse o lema seu Pimenta..?Teve varias candidaturas que avisou como seria o futuro se esse atual governo ganhasse. Não ha nenhuma novidade nesse que podemos chamar de “inico de desgoverno”. Uma pena para Itabuna.

  14. Os isntitutos que avaliam a tendencia de qualquer admisntração pública consideram que só após os 100 dias de governo é que poderá perceber qual a tendencia da nova admisntração, porém em Itabuna, considerando-se a forma como a equipe do atual governo tem se comportado na hora de desempenhar ou dar funcionalidade a determinado serviço poderemos prever uma gestão pifia e não tão diferente da anterior. Vane percisa lembrar-se promessas não podem ser feitas apenas para ganhar elição – até porque o povo não tem memória curta – Gostaria de saber o que Vane esta fazendo com os novos recursos que tem entrado no caixa do municipio? Se não existe justiça para criminalizar os atos lesivos contra o municipio cometido por azevedo e sua gangue então o melhor que Vane deve fazer cuidar de sua administração para que ela não venha tornar-se um fisco como o do seu antecessor. “O verdadeiro líder busca calmaria e não a tempestade”.

  15. Se alguém quiser um exemplo grotesco de falta de respeito ao cidadão e um atestado de incompetência política em início de (des)governo, passe em frente à Secretaria de Saúde, onde funcionava o antigo TRT, na rua Rio Branco (cabeceira da ponte do bairro da Conceição): centenas de pessoas, que pagam impostos direta ou indiretamente, mendigando por uma autorização para consulta médica. A maioria pessoas humildes, idosas, doentes. Elas deveriam ser tratadas com respeito e dignidade, no entanto, são expostas à humilhação pública. E frise-se que a maioria dos eleitores do Prefeito (no qual votei) vêm das classes menos abastadas. Os governantes, com certeza, têm muito que aprender sobre administração pública.

  16. Interessante! Dos tantos comentários acima, gostaria de enfatizar o do “Cidadão”, só como exemplo. “Chega de choradeira”!
    As pessoas precisão entender que o tempo passa, mas as dívidas ficam! Acham que é fácil desatar esse emaranhado provocado pela desonestidade e corrupção?
    Esses dias certo vereador veio com essa: “Vamos esquecer o passado, vamos agora olhar pra frente”.
    Muito, mas muito engraçado mesmo! Por que então esse vereador e todas as pessoas que assim pensam, não chegam para os credores da prefeitura e diz: “Esqueçam o passado, esqueçam essas dívidas, vamos olhar pra frente!
    Porque ninguém diz para a empresa que fornece produto químico para a Emasa, que tem mais de 1,5 milhões pra receber: “esquece o passado, esquece essa dívida, vamos pra frente”!
    Vamos deixar de demagogia! São apenas dois meses de governo e os funcionários estão em dia, a farra do lixo foi extirpada, a Emasa já está com suas dívidas quase todas renegociadas e muito mais.
    Será que só somos capazes de falar mal? Será que vão entrar nessa de “quanto pior melhor”?
    Esperem e verão o melhor governo da história de Itabuna, porque acredito que Deus quer assim.

  17. Parabéns pelo texto. Torço para que eu esteja errada, mas o meu sentimento é que teremos uma gestão igual ou pior a anterior. Meu Deus! Será que Itabuna merece isso…? Coitada da nossa cidade…!

  18. Das duas, uma..ou esse PAULO DO PONTALZINHO é azevedista e ainda não vestiu o luto…ou o juízo do pobre foi embora junto com a grana que azedo e seus asseclas levaram nas obras da cinquentenário/amelia amado e nas falcatruas dos salários na prefeitura….
    Comparar o GOVERNO VANE que tem hoje 66 dias de vida, com um desgoverno que levou ITABUNA pra O poço da dengue, da imoralidade administrativa, do desmando e da corrupção É UMA LOUCURA AZUL.
    VANE É 10! E CONTINUA 10!

  19. Eu acho esse governo VANE vai ficar só reclamando e não vai mostrar nada de concreto no chamado 100 dias. Mês que vem já completa 100 dias de governo.
    Afinal, dizem os especialistas, que com 100 dias, já da pra ter um diagnóstico das ações de qualquer governo. Vamos aguardar.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.